Hospital Giselda Trigueiro receberá 5 pacientes de Manaus


Foto: Quézia Oliveira/Inter TV Cabugi

O Estado do Amazonas solicitou, nesta tarde (17), o acolhimento de mais cinco pacientes provenientes de Manaus (AM). Eles serão transferidos para o Hospital Giselda Trigueiro. Além deles, outros dez pacientes irão para o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). Desta forma, o RN agora receberá ao todo 15 pacientes transferidos da capital do Amazonas.

A previsão é que eles cheguem na noite deste domingo (17). A transferência teve início às 17h e foi possível através da parceria do Ministério da Saúde, Forças Armadas e Governo do Amazonas com o apoio do Governo do Rio Grande do Norte.

Ao governo do estado coube o apoio logístico de ambulâncias, reposição de oxigênio da aeronave para o seu retorno, além de hospedagem dos profissionais e insumos e medicamentos ao Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), além da garantia dos cinco leitos no Hospital Giselda Trigueiro.

Na manhã deste sábado (16), a equipe técnica da Sesap reuniu-se com o núcleo de dirigentes da Sesap, direção do HUOL e representante do Ministério da Saúde para alinhar as estratégias que garantirão a melhor forma de recepção e acolhimento.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando De Lima Fernandes disse:

    Não seria mais econômico mandar tubos de oxigênio pra lá?

  2. Junin disse:

    Que burrice é essa??? Não era melhor investir por lá!???? Não são estados vizinhos !!! É outra região e longe….!!! Que governo burro é esse ? Expliquem ai isso !!!!

    • Sevem pinto disse:

      Ôôôhh jumentinho de estimação do PT.
      Vc quer tratar dessas pessoas no meio da rua é??
      Não tem leitos abertos por lá, tá lotado até a tampa, entendeu agora??
      Se ebtendeu, agora vc já sabe de quem é a burrice.
      Prefeitos e o governador, cheios de dinheiro que Bolsonaro mandou, mas faltou competências pra gerenciar a pandemia, poderiam ter vindo aqui aprender com Álvaro Dias.
      Entendeu??
      Não né??
      É mais fácil jogar a culpa no PR.

  3. Tico de Adauto disse:

    👏👏👏👏👏👏

  4. heraldofenicio433 disse:

    Manaus é o Estado em que estavam dando Azitromicina e Cloroquina adoidado pra todo mundo.
    E por coincidência, foi a cidade do Estado mais Bolsonarista do Brasil.
    Dai querem agora espalhar o virus no Nordeste?

    • Severino Portões (Biu Gates) disse:

      Mentira. É o que mais tinha probido o trataemnto precoce.

    • Severino Portões (Biu Gates) disse:

      Manaus foi aquele lugar onde deram uma superoverdose de cloriquina em pacientes terminais,
      para desacreditar o medicamento. Querem que acredite que nenhum medicamento ajuda nos estágios iniciais. Deve ser a única doença com essas caracteísticas. Coisa de demõnios.

    • Victorino disse:

      Seus comentarios são inútil, preconceituosos, sem noção, o estado da Amazônia é brasileiro, somos um país só, aceite a democracia, respeite as instituições, mas pessoas como você tem o celebrado atrofiado.

  5. Pai do Caca ( tá tenso) disse:

    Sejam bem vindos irmãos da Amazônia. Precisamos ser ágeis também no combate a essa nova variante surgida lá! Então também, é preocupante e muita cautela a todos os profissionais de saúde! Mas, jamais negar auxílio médico!

COMENTE AQUI