IBGE: No RN, 10% mais pobres precisam trabalhar quase 20 anos para levar o salário de 1 mês do 1% maior

Segundo dados divulgados hoje pelo IBGE, em 2016 no RN os 10% com maiores rendimentos do trabalho no estado abocanhava 46% das rendas do trabalho. Os 50% mais pobres ficaram com apenas 17%.

No estado, enquanto o 1% com maiores rendimentos do trabalho recebem mensalmente cerca de R$ 22 mil, os 10% com menor rendimento recebem apenas R$ 95. A relação é 232,5 para um. Ou seja, os 10% mais pobres precisam trabalhar quase 20 anos para levar o salário de 1 mês do 1% maior.

O 1% mais bem remunerado leva 14,1% de todos os rendimentos do trabalho. Uma fração maior do que aquela com a qual fica os 40% com menores remunerações.