Chuvas foram registradas entre terça e esta quarta em mais de 81 localidades no RN; veja cidades mais “banhadas”

A Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) registrou chuvas em mais 81 localidades, dessa terça-feira(21) às 7h, até esta quarta-feira(22) às 7h, As maiores chuvas ocorreram na mesorregião Oeste, em Rodolfo Fernandes, com 55,0 milímetros (mm); Patu, 39mm; Messias Targino, 32mm; Umarizal, 25,2mm e Olho D’agua dos Borges, 25mm.

Choveu forte ainda na mesorregião Central, com 349mm em São Fernando e 34,8mm em Timbaúba dos Batistas. Em Caicó(Acude Itans), choveu 14,2mm. No Agreste e no Leste choveu mais forte em Bento Fernandes, 30mm; Bom Jesus, 14,2mm e Extremoz, 24,9mm.

Termo de Cooperação cria rede de proteção para mães no RN que desejam entregar filho para a adoção em maternidade

Foto: via TJRN

Para dar mais segurança à decisão da mãe de entregar o filho para a adoção, no Rio Grande do Norte, diversas instituições assinaram Termo de Cooperação Técnica para consolidar uma rede de proteção às crianças recém-nascidas no estado. A solenidade ocorreu na Presidência do TJRN, reunindo órgãos de Justiça e as Secretarias de Saúde Estadual e a de Natal, na manhã desta terça-feira (21). O termo dispõe a respeito dos procedimentos corretos a serem seguidos pelos profissionais da área, nos casos da decisão da mãe em entregar a criança para a adoção, ainda na maternidade. A articulação foi coordenada pelo juiz José Dantas de Paiva, coordenador da Infância e Juventude do TJ potiguar.

Além do presidente do TJRN, desembargador João Rebouças, e do corregedor geral de Justiça, desembargador Amaury Moura, também estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social, do Ministério Público Estadual e da Maternidade Januário Cicco, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O presidente do Tribunal, destacou que “esse Termo de Cooperação Técnica representa para o Judiciário o encaminhamento da mãe que pretende entregar o seu filho, que ela tenha a consciência de que esse é um gesto legal, humano e que a equipe interprofissional vai orientá-la a encaminhar essa criança para a Justiça, para a Vara da Infância e Juventude”.

Segundo José Dantas de Paiva, “o convênio surgiu de uma demanda nossa, da Infância e Juventude, no que diz respeito à adoção de crianças e adolescentes, num passado, não muito distante. Chegava uma mãe numa maternidade dizendo que queria entregar o filho para adoção, dizendo que não tinha condições de criar, de imediato eles (profissionais da saúde) assumiam essa situação”.

Por vezes, o que no momento era considerado uma atitude bondosa, gerava problemas futuros, a criança era entregue a um lar que não havia passado por nenhum preparo (em termos de conhecer os processos que envolvem a adoção) e acabava devolvendo a criança ao Judiciário, por perceber que não estavam preparados para acolher a criança. Não apenas isto, a própria mãe que havia concordado em realizar a entrega por vezes se arrependia e desejava recuperar o filho.

Orientação

Buscando evitar situações como esta e tornar a decisão da mãe cada vez mais consciente, José Dantas de Paiva acrescenta que o convênio deseja orientar o “acolhimento de mães que querem entregar os filhos, para que seja um atendimento humanizado, para que ela tenha consciência de que o ato que ela cometeu não é criminoso, pelo contrário, é um ato de amor, porque ela não abandonou, ela entregou o filho para que outras pessoas pudessem adotar”. E também priorizar a adoção para pais que estão no Cadastro Nacional e receberam a preparação necessária e correta para garantir uma adoção de sucesso.

O secretário estadual adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, afirma que a importância de construir uma rede entre os poderes juntamente com a sociedade para tratar de um assunto tão sensível, “para nós é uma alegria muito forte perceber a sensibilidade da Justiça. Um país tão desigual, com tantas dificuldades e iniquidades, nós precisamos estar muito próximos da sociedade. Se a gente puder trabalhar em normas e convivências sociais, pactos, termos de cooperação como este, que minimizem esses problemas e façam um enfrentamento a luz da sensibilidade para humanizar o processo de adoção na sociedade será de extrema importância”.

TJRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. nasto disse:

    Façam uma campanha de educação para essas mulheres pensarem antes de fabricar os filhos.

    • alice disse:

      Ahh sim… SÓ COM AS MULHERES porque elas se reproduzem sozinhas!

    • Fagner de Orós disse:

      Ora, Alice. Quem tem soberania sobre como e quando dispor da zona do agrião é a própria mulher.

    • João Rodrigues disse:

      Sem semente não há plantio, se o homem não quer filho, que use capa.

Com intensidade menor, fim de semana registrou chuvas em todas as regiões do RN; veja boletim pluviométrico

Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) registrou novas pancadas de chuvas pelo estado neste fim de semana e início de segunda-feira(20). Intensidade, porem, foi menor comparado as semanas anteriores. Confira abaixo boletim pluviométrico.

OESTE POTIGUAR

Alto Do Rodrigues(Emater) 51,1
Lucrécia(Emater) 29,2
Carnaubais(Emater) 27,5
Martins(Particular) 21,5
Portalegre(Particular) 21,1
Rodolfo Fernandes(Prefeitura) 18,0
Serrinha Dos Pintos(Prefeitura) 16,0
Antônio Martins(Emater) 15,0
Tenente Ananias(Emater-st Mororo) 13,2
Coronel João Pessoa(Emater) 13,0
Grossos 12,3
Baraúna(Emater) 12,2
São Francisco Do Oeste(Prefeitura) 11,6
Serra Do Mel(Prefeitura) 9,4
José Da Penha(Emater) 8,2
Severiano Melo(Prefeitura) 8,2
Felipe Guerra(Prefeitura) 8,0
Major Sales(Prefeitura) 8,0
Riacho Da Cruz(Emater) 8,0
Venha Ver(Emater) 7,0
Ipanguaçu(Base Fisica Da Emparn) 6,7
Pau Dos Ferros(Particular) 6,0
Apodi(Base Fisica Emparn) 5,3
João Dias(Emater) 5,0
Campo Grande(Particular 2) 4,2
Ipanguaçu(Emater) 4,0
Porto Do Mangue(Prefeitura) 3,9
Tibau(Prefeitura) 3,5
Água Nova(Prefeitura) 2,0
Apodi(Prefeitura) 2,0
Assu(Emater/st. Casa Forte) 1,5
Caraúbas(Particular) 1,3
São Rafael(Particular Ii) 1,2
São Rafael(Emater) 1,0
Luis Gomes(Delegacia) 0,7

CENTRAL POTIGUAR

Guamaré(Lagoa Doce) 13,0
São Bento Do Norte(Prefeitura) 10,0
Pedro Avelino(Base Fisica Da Emparn) 8,1
São João Do Sabugi(Emater) 7,5
Lajes(Olho Dagua Dois Irmaos) 7,0
Serra Negra Do Norte(Emater) 5,0
Caico(Acude Itans) 4,2
Pedro Avelino(Particular) 4,2
Jardim Do Serido(Emater/passagem) 4,1
Macau(Posto Nosso Barco) 3,8
Santana Do Serido(Emater) 3,8
Timbaúba Dos Batistas(Prefeitura-fz. Timbauba) 3,0
Florânia(Sitio Jucuri) 2,6
Parelhas(Emater) 2,4
Cerro Cora(Emater) 1,4
Angicos(Prefeitura) 1,0

AGRESTE POTIGUAR

Monte Alegre(Emater) 20,0
Ielmo Marinho(Prefeitura) 19,0
João Câmara(Centro Saude) 18,9

São Pedro(Emater) 14,2
Rui Barbosa(Emater) 12,5
Bom Jesus(Particular) 10,7
São Paulo Do Potengi(Emater) 10,0
Lagoa De Pedras(Prefeitura) 9,9
Santa Maria(Sind.trab.rurais) 9,5
Jaçana(Emater) 9,4
Parazinho(Emater – Ex-particular) 8,8
Coronel Ezequiel(Particular) 7,7
Barcelona(Particular) 4,7
Boa Saúde(Emater) 4,7
Santo Antonio(Emater) 4,7
Serrinha(Emater) 4,4
Monte Das Gameleiras(Emater) 4,0

LESTE POTIGUAR

Canguaretama(Emater/barra De Cunhau) 22,7
Parnamirim(Base Fisica Da Emparn) 18,1
Goianinha(Emater) 18,0
São Gonçalo Do Amarante(Base Fisica Da Emparn) 17,0
Extremoz(Emater) 10,8
Natal 10,1
Ceará-Mirim 8,0
Ceará-Mirim (Prefeitura) 6,0
Baía Formosa(Destilaria Vale Verde) 4,9
Maxaranguape(Particular) 3,5
Espírito Santo(Prefeitura) 2,6
Montanhas(Prefeitura) 2,1

 

Direto de cela de presídio federal no RN, Fernandinho Beira-Mar planeja site para vender produtos com a sua marca

Capturado há quase duas décadas nos arredores de um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) na selva amazônica, o traficante Luiz Fernando da Costa foi retratado à época pelos jornais colombianos como o “Pablo Escobar brasileiro”.

Fernandinho Beira-Mar havia saído de um aglomerado de casebres às margens da Baía de Guanabara, a favela Beira-Mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para se tornar o maior distribuidor de drogas e armas às comunidades do Rio, segundo a Polícia Federal. Passados 18 anos de sua prisão por militares do país vizinho, ele planeja usar a internet para abastecer a cidade com outros tipos de produtos: canecas, camisas, bonés e capas para telefone celular. Tudo com a marca FBM.

É da cela 38 da penitenciária federal de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte, que o traficante condenado a mais de 300 anos de prisão planeja os detalhes de seu site de vendas, que também será usado para divulgar dois livros de sua autoria.

Uma das obras fala sobre Jesus Cristo, monografia escrita para conclusão do curso de Teologia, que fez à distância. O segundo texto é uma biografia, onde ele retrata a sua trajetória à margem da lei. Dos tempos de matuto, quando trazia pequenas quantidades de cocaína e maconha, respectivamente, da Colômbia e do Paraguai para abastecer as bocas de fumo da favela Beira-Mar, até o período em que se associou ao chefe da Frente 16 das FARC, Tomas Medina Caracas, o Negro Acácio, morto pelo exército colombiano em 2007.

Negócios, rebeliões e condenações

Articulado, inteligente, extremamente frio e violento — como é descrito nos relatórios de análise comportamental do sistema prisional –, Fernandinho Beira-Mar defendia a unificação das facções criminosas em atividade no Rio para se tornar o único fornecedor de drogas e armas aos criminosos.

Em 2002, menos de um ano após ter sido preso na selva colombiana, ele comandou uma rebelião em Bangu 1 que se estendeu por 23h e resultou em quatro assassinatos. Dentre os mortos estava Ernaldo Pinto de Madeiros, o Uê, que foi queimado vivo dentro de sua cela. Após o episódio, o traficante foi transferido para uma penitenciária federal de segurança máxima fora do estado e, posteriormente, condenado a 120 anos de prisão.

Produtos FBM serão feitos por dependentes químicos

Com o site de vendas, a ideia do traficante é oferecer produtos que serão confeccionados por dependentes químicos que estão sob tratamento oferecido por uma organização não-governamental (ONG) ligada a uma igreja evangélica. Procurada pelo UOL, a advogada Paloma Gurgel confirmou que a página está em fase de construção e que Beira-Mar vem acompanhando todo o processo de criação do site e dos textos, que obrigatoriamente são analisados pelo setor de inteligência do sistema prisional e pela direção da penitenciária de Mossoró.

A defensora disse ainda não estar autorizada a informar detalhes sobre o site, mas se prontificou a encaminhar ao traficante uma relação de perguntas enviadas pela reportagem. Havendo respostas, este texto pode ser atualizado.

Uma das questões formuladas se refere ao fato de um traficante internacional planejar empregar o trabalho de dependentes químicos para vender sua marca, além da relação de Beira-Mar com a ONG, o nome da entidade e para onde serão destinados os lucros obtidos com a comercialização dos produtos.

O Código de Processo Penal (CPP) brasileiro não prevê nenhum tipo de impedimento para que um preso condenado tenha uma marca comercial, tampouco um site na internet com o seu nome. O Departamento Penitenciário Nacional (Depen), contudo, esclarece que o preso Luiz Fernando da Costa não tem autorização para acessar computadores, salvo nos períodos dedicados ao estudo à distância, mas sob monitoramento do setor de inteligência. A construção e manutenção do site deve ser feita por terceiros, segundo a advogada, seguindo instruções de Beira-Mar.

Duas décadas no sistema prisional

Aos 51 anos, Fernandinho Beira-Mar concluiu ano passado a faculdade de teologia feita à distância. Preso em abril de 2001, o traficante passou por presídios do Rio de Janeiro (Bangu 1), Paraná (Catanduvas), Rondônia (Porto Velho) e Rio Grande do Norte (Mossoró). Apesar de as unidades serem consideradas de segurança máxima, Beira-Mar conseguiu driblar a segurança para continuar dando orientações aos integrantes de sua quadrilha, inclusive, para arquitetar seu resgate de Catanduvas. A descoberta do plano levou o Departamento Penitenciário a transferí-lo de penitenciária.

Em 2017, quando cumpria pena em Porto Velho, a Polícia Federal descobriu que Fernandinho Beira-Mar continuava a ditar as regras para seu bando por meio de bilhetes e mensagens codificadas. As orientações, segundo as investigações da PF, eram repassadas ao menos duas vezes por semana. A troca de mensagens em alguns casos continha até imagens anexadas. Após a descoberta de que o traficante havia transformado a cela de Porto Velho em escritório da quadrilha, Beira-Mar foi novamente transferido, dessa vez para a unidade federal de Mossoró, onde agora ele se articula para lançar seu site.

UOL

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro Melo disse:

    Estamos nos país onde ser bandido é ser top, fera, corajoso, inteligente(depende), obstinado e outros adjetivos positivos.
    Vai ter relógio com a cara dele? Quero um!

  2. Manoel disse:

    Se Lulaladrão de bilhões pode, pq um reles traficante como BeiraMAr não pode? Claro que pode!

  3. Antônio disse:

    Realmente nós estamos cheios de Mitos.

  4. Ariston disse:

    O que estão fazendo com esse rapaz é uma sacanagem gente, esse rapaz é um homem de postura um mito. Vão atrás desses caras de terno e gravata que estão acabando com o nosso país e não beira mar, esse cara já era pra estar solto.

  5. #Lula Na Cadeia sempre disse:

    Se o ladrao condenado Lula pode dar entrevista para revistas ,porque o colega não pode ??

Arboviroses transmitidas pelo mosquito aedes aegypti continuam levando muitas pessoas às unidades de saúde no RN

As arboviroses transmitidas pelo mosquito aedes aegypti continuam levando muitas pessoas às unidades de saúde no Rio Grande do Norte. Até a Semana Epidemiológica 16, encerrada em 20 de abril, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebeu 5.457 notificações de pessoas atendidas nos hospitais com suspeita de dengue, e deste total, 1.330 casos foram confirmados. Em relação ao zika vírus, há 37 casos notificados como prováveis.

A chikungunya levou 664 pessoas a procurarem unidades de saúde no mesmo período, e 258 tiveram o diagnóstico confirmado para a doença. “Embora o número de casos notificados seja menor que o registrado em 2018 no mesmo período, os casos confirmados já ultrapassam o ano anterior”, explica a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi.

Ela destaca que municípios e a população têm um papel essencial na prevenção dessas doenças. “É necessário que todos tomem as medidas de prevenção à proliferação do mosquito: receber o agente de combate às endemias em suas residências, eliminar água de vasos de flores, tampar tonéis e tanques, não deixar água acumulada, lavar semanalmente depósitos de água, manter caixas de água e tanques devidamente fechados e colocar o lixo em sacos plásticos, mantendo a lixeira fechada, entre outras”.

É importante lembrar que o período chuvoso continua, e a alternância com os dias de sol e calor formam o ambiente ideal para a proliferação do aedes aegypti. Os ovos do mosquito, quando entram em contato com a água, dão origem a novos mosquitos, e os ambientes quente e úmidos são ideais para que as fêmeas depositem seus ovos. “Infelizmente essas condições ideais estão presentes em nosso estado nessa época do ano, por isso o cuidado de evitar acúmulo de água deve ser constante”, orienta.

Operação Infância Ferida: Polícia Civil prende suspeitos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes no RN

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) deflagraram, nesta sexta-feira (17), a Operação Inocência Ferida, em alusão ao “18 de Maio”, instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Até o momento, foram cumpridos seis mandados de prisão, em Natal e Ceará-Mirim.

Em Natal foram presos: Ailton Souza da Costa, 58 anos, José Marcelino da Silva, 66 anos, Antão Sena Neto, 60 anos, Clemilson de Melo Lima, 64 anos, e Kelton Thiago Gomes da Silva, 33 anos. Em Ceará-Mirim, foi preso Sérgio Souza Gomes, 32 anos.

A operação foi coordenada pela delegada Igara Rocha, titular da DCA, e contou com a participação de policiais civis das seguintes unidades: Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA), Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), Delegacia Especializada de Capturas (DECAP), Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC), 7º Distrito Policial, 9º Distrito Policial, 13º Distrito Policial, Delegacia de Extremoz, Delegacia de Ceará-Mirim, Delegacia de Macaíba e 2º Distrito Policial de Parnamirim.

18 de Maio – Instituído pela Lei Federal 9.970/2000 como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, em memória à menina Araceli, uma das mais emblemáticas vítimas de violência contra a criança no país. Araceli Cabrera Crespo tinha 8 anos, quando foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada, no Espírito Santo, em 1973, e até hoje ninguém foi punido pelo crime.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

MPF com inscrições abertas para seleção de estágio em Direito no RN; procuradorias em Natal, Mossoró, Caicó, Assu e Pau dos Ferros

As inscrições para o concurso de estágio voltado a alunos de Direito e destinado a preencher cadastro de reserva para as procuradorias da República em Natal, Mossoró (PRMs Mossoró e Assu), Caicó e Pau dos Ferros começaram nessa segunda-feira (13). O prazo de inscrições segue até 24 de maio (às 16h) e, para participar, o estudante deve estar matriculado em uma das instituições conveniadas (ver lista abaixo) e não concluir a graduação este ano. Além disso, caso seja aprovado e venha a ser convocado, quando do momento da contratação o candidato deverá ter concluído no mínimo o 3º ou 4º semestre do curso – a depender da duração total do mesmo.

Para inscrever-se, o candidato deve preencher o formulário disponível no site do MPF/RN (aqui) e confirmar a inscrição enviando um e-mail com cópias dos seguintes documentos em formato PDF: identidade; CPF; e declaração de matrícula. Caso pretenda concorrer às vagas para pessoa com deficiência ou minorias étnico-raciais, deve enviar também, respectivamente, o laudo médico ou a declaração específica (disponibilizada junto ao edital).

O conteúdo das provas e outros detalhes sobre as inscrições podem ser consultados no edital e todas as informações sobre o processo serão publicados no site do MPF/RN. O concurso prevê a realização de prova objetiva e discursiva, ambas marcadas para 16 de junho, das 9h às 13h. A prova objetiva terá 40 questões de conhecimentos específicos em Direito, valendo 0,25 cada questão correta. Serão eliminados aqueles que não obtiverem nota total igual ou superior a 5,0.

Somente terão as provas discursivas corrigidas os candidatos que, na prova objetiva, obtenham classificação até a 110ª posição (para Natal), 60ª (para Mossoró/ Assu) ou 15º (para Caicó e Pau dos Ferros). A discursiva consistirá na “elaboração de dissertação, análise e interpretação e/ou elaboração de peça ou texto jurídico”, valendo de 0 a 10 pontos. A classificação final será estabelecida atribuindo-se peso 1 à prova objetiva e 2 à discursiva.

A aprovação não gera o direito à contratação do estagiário, que poderá ser ou não realizada, a critério da Procuradoria da República. Os aprovados e convocados irão estagiar 20 horas por semana, recebendo uma bolsa mensal de R$ 850, além de auxílio-transporte de R$ 7,00 por dia estagiado.

Confira o edital completo do processo seletivo: http://www.mpf.mp.br/rn/estagie-conosco/concursos-de-estagio/2019/processo-seletivo-para-estagiarios-de-direito-da-pr-rn-prms-mossoro-assu-caico-e-pau-dos-ferros-2019/edital-no-02-processo-seletivo-2013-direito-2019

Instituições de ensino conveniadas com a Procuradoria da República no Rio Grande do Norte

• Centro Universitário do Rio Grande do Norte – UNI-RN;

• Centro Universitário Facex – UNIFACEX;

• Faculdade Evolução do Alto Oeste Potiguar – FACEP;

• Faculdade Mater Christi – FMC;

• Faculdade Maurício de Nassau de Natal – FMN

• Faculdade Vale do Jaguaribe – FVJ;

• Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN;

• Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN;

• Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA;

• Universidade Potiguar – UNP.

Semana abre com previsão de chuvas mais fracas no RN

Foto: Ilustrativa

Para essa semana a previsão é de chuvas fracas com maior concentração ao longo da faixa litorânea leste e na Região da Costa Branca (Guamaré até Mossoró).

No fim de semana, da manhã de sexta-feira, até a manhã desta segunda-feira (13), as chuvas foram de moderadas a fracas.

As informações são da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn).

Chuvas no mês de abril no RN superam a média esperada em 3,1%; veja regiões que mais choveram

Imagem: WEBDESIGNER/EMPARN

A análise pluviométrica do mês de abril/19, da Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), aponta que as chuvas no RN, superaram em 3,1% a média esperada. A previsão eram chuvas em torno de 165,1mm e foram registradas 170,2 mm. Os dados revelam que as chuvas intensas ocorreram devido à atuação do sistema meteorológico Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), influenciada pelo aquecimento das águas superficiais do Oceano Atlântico, na parte Sul e mais fria do que o normal na bacia Norte.

Nas regiões de Mossoró, Grande Natal e na Microrregião de Serra de Santanta foram observadas chuvas acima de 200mm. “Ocorreram alguns episódios de chuva intensas, com destaque para os municípios de Acari, com acumulado de 286,4mm, Currais Novos com 249,6mm (chuva que recuperou de forma expressiva o armazenamento de água no reservatório Dourados), Santana do Matos com 294,3 mm (influenciou no arrombamento de uma rodovia) e Natal, onde o acumulado no mês foi de 470,7mm”, destacou o gerente do setor, Gilmar Bristot.

Alguns bloqueios atmosféricos, que ocorreram devido a intensificação do fenômeno El Niño no final de março e começo de abril, prejudicaram a ocorrência de chuvas com mais intensidade nas regiões do Alto Oeste e algumas áreas Central e Borborema. Nessas regiões as chuvas acumuladas foram entre 100 a 150 milímetros, observando-se desvios negativos.

“A intensificação do fenômeno El Niño no Oceano Pacífico, durante o final de março e início de abril, causou bloqueios atmosféricos parciais sobre a região Nordeste, prejudicando a ocorrência de chuvas com mais intensidade e melhor distribuição”, disse Bristot.

Os valores médios da chuva observada para as diversas regiões, suas médias históricas (dados do período de 1963 a 2007) e os desvios são os seguintes: no Oeste, a média observada foi de 150,4 mm, para uma média esperada de 178,3mm. Portanto, um desvio negativo de 15,7%. Na região Central, a média observada foi de 147,3mm, para uma média esperada de 151,4 mm, um desvio de menos 2,7%. No Agreste, a média observada foi de 144,3mm, para um registro positivo de 130,4mm, mais 10,7%. No Leste a média observada foi de 238,7mm, para um registro de 200,3 mm, um registro negativo de apenas 2%.

FOTOS: Pesquisa desenvolvida no ITEP ajudará no combate ao tráfico de cocaína no RN

Fotos: Divulgação/Itep

Uma pesquisa que está sendo desenvolvida no Núcleo de Laboratório Central de Perícias Forenses, do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), poderá ser uma grande aliada no combate ao tráfico de drogas no estado. De autoria da perita criminal Karine Coradini e do estagiário em Biomedicina da UFRN, Daniel Almeida, o estudo busca identificar adulterantes presentes na cocaína apreendida no Rio Grande do Norte, caracterizando padrões encontrados nos entorpecentes que fornecerão informações às autoridades policiais na investigação da rota do tráfico.

Segundo a perita criminal do ITEP-RN, o conteúdo das drogas comercializadas ilegalmente é muito diversificado. “A cocaína não é comercializada nem traficada na forma pura (100% cocaína). A ela são adicionadas substâncias adulterantes ou diluentes, que diminuem a concentração de cocaína, tais como cafeína, lidocaína, bicarbonato de sódio, entre outros”, explicou Karine.

Adulterantes são definidos como aditivos que promovem uma potencialização dos efeitos, aumento do volume ou aumento da toxicidade da droga. Já os diluentes são materiais inativos adicionados que reduzem o efeito desejado ou o custo financeiro de produção.

“Conexões químicas podem ser estabelecidas e materiais de diferentes apreensões alocados em grupos de características similares. Além disso, associações podem ser estabelecidas entre usuários e fornecedores, um padrão de distribuição de drogas pode ser identificado, e as diferentes rotas usadas pelo tráfico de drogas e as fontes de produção, incluindo a origem geográfica, podem se tornar claras”, enfatizou Karine.

A análise está sendo feita em amostras apreendidas no período de janeiro a julho deste ano no RN. O trabalho científico será utilizado na conclusão do Curso de Biomedicina da UFRN e inscrito em periódicos científicos para publicação.

“O tráfico de drogas possui um caráter internacional, logo, a realização de intercâmbio de dados entre as autoridades responsáveis em nível nacional, regional e internacional torna-se fundamental”, concluiu a perita do ITEP-RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Realista disse:

    O ITEP após o concurso virou realmente uma polícia científica, diferente de tão somente um órgão para abrir presunto.

Redepetro discute parceria com empresa que comprou 34 campos de petróleo no RN

O vice-presidente da Redepetro Criste Jones (ver vídeo abaixo) disse que a entidade está pronta para receber os investimentos e firmar parcerias. “É um aspecto muito positivo porque a Redepetro tem várias empresas qualificadas para receber e dar continuidade a esse processo de exploração”, frisou.Ontem na sede do Sebrae em Mossoró, os dirigentes da Redepedro receberam o presidente da Petrorecôncavo Marcelo Magalhães para receber informações sobre a instalação da empresa na capital do Oeste.

Também foram discutidas parcerias.

Marcelo Magalhães reforçou que a prioridade é de firmar contrato com empresas locais. Outra garantia dada é de que a Petrorêncavo contratará mão-de-obra local. “É uma política nossa.

A expectativa é de realizar dois eventos em Mossoró para divulgar os projetos da empresa no Estado. Um deles seria voltado para os possíveis fornecedores em julho. “Vamos fazer um cadastramento das empresas”, declarou. O outro seria voltado para a comunidade local. “Queremos mostrar os nossos planos num evento mais geral”, disse.

O início das operações depende da aprovação do CADE e da ANP. “São 600 licenças. A nossa meta é iniciar as operações em outubro”, acrescentou.

Outra expectativa da Petrorecôncavo é de fazer investimentos no Rio Grande do Norte também em gás natural.

O presidente da Redepetro Gutemberg Dias elogiou a parceria (ver vídeo abaixo). “A reunião foi muito proveitosa e o presidente da Petrorecôncavo mostra interesse em firmar parcerias com as empresas locais. Isso já nos traz uma certa tranquilidade. Essa reunião serviu para aproximar a Redepetro e os fornecedores da cadeia produtiva de petróleo e gás dessa nova fase”, analisou.

Gutemberg explica que os últimos anos foram de acumulação de perdas na cadeia do petróleo. “Essa empresa chega com a perspectiva de dobrar a produção de petróleo”, acrescenta.

O vice-presidente da Redepetro Criste Jones (ver vídeo abaixo) disse que a entidade está pronta para receber os investimentos e firmar parcerias. “É um aspecto muito positivo porque a Redepetro tem várias empresas qualificadas para receber e dar continuidade a esse processo de exploração”, frisou.

A Petrorcôncavo adquiriu em leilão 34 campos de petróleo no Estado. O investimento previsto para os próximos cinco anos é de US$ 150 milhões o que dá algo em torno de R$ 600 milhões.

A empresa se apresenta com a experiência de revitalização dos campos de maduros na Bahia onde produz 4.630 barris de petróleo por dia. Além 65 mil metros cúbicos de gás. A expectativa inicial em Mossoró é de gerar 80 empregos.

Blog do Barreto

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. #Lula Na Cadeia disse:

    Se entrar sindicatos no meio …a coisa emperra

Condições climáticas são favoráveis a ocorrência de mais chuvas em Natal e interior até domingo, alerta Emparn

As condições climáticas seguem favoráveis para ocorrência de chuvas até domingo (12), segundo a análise feita pela equipe da Gerência de Metereologia da Emparn. De acordo com o meteorologista Gilmar Bristot, o bloqueio atmosférico que estava presente sobre o Nordeste diminuiu de intensidade. “Associado ao aumento da temperatura das águas superficiais do Oceano Atlântico, que libera mais umidade, temos uma condição favorável para a ocorrência de chuvas em todo o RN nos próximos dias”, disse.

As chuvas marcaram o início da manhã dessa terça-feira (07) em Natal e Parnamirim. A previsão é que o tempo permaneça nublado com possibilidade de chuvas, de intensidade moderada a intensa, em todo o RN, com distribuição espacial irregular, isto é, chove numa localidade e na localidade vizinha pode não chover.

Nesta quarta-feira(08), a previsão é de aumento da nebulosidade em todo o Estado com chuvas mais concentradas nas regiões Central (Vale do Assú) e Médio Oeste. Na sexta-feira, predominância de céu parcialmente nublado e ocorrência de chuvas em todas as regiões. No sábado, novamente predominância de céu parcialmente nublado em todo o Estado com ocorrência de chuvas mais concentradas no Litoral Leste e Agreste e, no domingo (12), predominância de céu parcialmente nublado a claro e ocorrência de pancadas de chuvas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio Nogueira disse:

    Podemos ir para praia sem medo.

Sesap confirma 7 mortes no RN por vírus respiratórios em 2019; veja locais

Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) confirma que 7 pessoas já morreram este ano no estado vítimas de vírus respiratórios. Destas, seis pelo vírus influenza e um pelo vírus sincicial respiratório (VSR) – que é uma das principais causas de infecções das vias respiratórias e pulmões em recém-nascidos e crianças pequenas, e um de muitos vírus que podem causar bronquiolite. Segundo o Boletim da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), divulgado nessa terça-feira (7), de janeiro até o dia 27 de abril foram confirmados 108 casos de notificação da SRAG, número menor que o registrado no mesmo período de 2018, quando foram notificados 146 casos.

Ainda de acordo com a Sesap, as mortes causadas pelo vírus influenza ocorreram em Santa Cruz, Santana do Matos, Ceará-Mirim, Campo Redondo e Jardim do Seridó (2). Já a morte pelo VSR, aconteceu em Natal.

Dentre os casos notificados em 2019, a VII Região de Saúde (Grande Natal) apresentou o maior número de ocorrências, seguida pela II Região (Polo Mossoró) e IV Região (Polo Caicó).

Deste total de notificações, 49 casos foram confirmados por meio de exame laboratorial. Destes, 7 correspondem ao VSR e 42 à influenza, sendo 35 referentes à influenza A H1N1, três à influenza A, um à influenza A não subtipado e três à influenza A sazonal H3.

Influenza

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

A Sesap reforça que para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de grande infectividade, como vírus influenza, é importante que, além da vacinação, sejam adotadas medidas gerais de prevenção, como:

Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento.

Utilizar lenço descartável para higiene nasal.

Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.

Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.

Higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

Manter os ambientes bem ventilados.

Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza.

Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre.

Evitar sair de casa em período de transmissão da doença (até sete dias após o início dos sintomas).

Vacinação

Está em vigor em todo o país a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe influenza. A ação é promovida pelo Ministério da Saúde. A campanha termina no dia 31 de maio. Em todo o país, a meta a imunizar 59 milhões de pessoas. Destas, 972.875 no Rio Grande do Norte.

Com acréscimo de informações do G1

Polícia Civil prende homem acusado de simular o próprio sequestro no RN para comover ex-companheira

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam, nesta segunda-feira (6), Luciano Lopes da Silva, 31 anos, pela prática de falsa comunicação de crime, em que teria sido vítima de um sequestro. As denúncias de extorsão mediante sequestro chegaram à Polícia Civil por meio dos familiares de Luciano Lopes, ainda no domingo (5), quando relataram que ele havia sido levado por três indivíduos, em um veículo celta de cor preta, com destino ignorado.

A família da vítima foi avisada por meio de mensagens de WhatsApp, em que os supostos sequestradores encaminharam fotos de Luciano Lopes amordaçado e com uma arma apontada para ele. Na Delegacia de Plantão, foram registrados dois Boletins de Ocorrência e a DEICOR foi acionada, com a realização das primeiras diligências investigativas.

Os familiares foram ouvidos pelos policiais e, no início da noite de domingo (5), Luciano Lopes entrou em contato com a família, informando que os sequestradores tinham deixado-o em um matagal, no município de Lajes. Logo após, foi providenciada a vinda dele até Natal, sendo ouvido nesta segunda-feira (6), na Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado.

Durante uma breve conversa, os investigadores perceberam que a vítima estava mentindo, sendo orientado que falasse a verdade. Foi então que Luciano Lopes relatou que estava passando por alguns problemas familiares e, por isso, simulou o sequestro, uma vez que deseja voltar com sua ex-companheira.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Empresa de petróleo pretende duplicar produção no RN

A exploração de petróleo em terra – modalidade denominada “onshore” – ganhará um novo fôlego no Rio Grande do Norte com a chegada da companhia Petroreconcavo S.A., que recentemente adquiriu da Petrobras 34 campos maduros, na região Oeste. Em visita à governadora Fátima Bezerra, nesta segunda-feira (06), o administrador e presidente da empresa, Marcelo Campos Magalhães, anunciou que serão investidos 150 milhões de dólares nos próximos cinco anos, mesmo período em que pretende duplicar a produção de petróleo no polo denominado Riacho da Forquilha, que atualmente produz de 6 a 8 mil barris por dia.

Instalada há 19 anos no Brasil, a Petrorecôncavo explora petróleo em 17 campos na Bahia, onde produz cerca de 4,5 mil barris por dia e se destaca pela larga experiência em aumentar a produtividade nos chamados campos maduros. Para iniciar as atividades no RN, previsto para o mês de outubro, após cumprir etapas de licenciamentos e autorizações junto aos órgãos reguladores, a corporação está constituindo empresa local – a Potiguar E & P (Exploração e Produção) – que terá sede em Mossoró e deverá gerar pelo menos 200 empregos diretos, nas bases de produção, além dos funcionários que atuarão no setor administrativo.

“Em princípio, iremos trabalhar com três sondas e temos a estimativa de criar cerca de 70 a 80 postos por sonda”, disse Marcelo, que veio à governadoria acompanhado dos executivos Troy Finney (diretor de operações), Juan Alves (potiguar de Currais Novos, formado pela UFRN, gerente de operações) e Davi Carvalho (gerente jurídico). A Potiguar E & P também vai explorar a produção de gás natural e o presidente da companhia já adiantou que pretende criar as condições necessárias para oferecer gás a preço mais competitivo. “Temos que agradecer essa recepção maravilhosa e destacar que o nosso projeto deverá causar um impacto muito positivo para o estado”, afirmou.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Silva disse:

    Vai contratar muita gente, mas aqueles salários de 15 mil p peão da Petrobrás esqueçam.

    • Eliria disse:

      O importante é que empregos serão gerados e a roda da economia vai girar. De fato, os salários da petrobrás, em sua grande maioria, são totalmente dissonantes com os da iniciativa privada. Um verdadeiro disparate.