Ibope mostrou que Bolsonaro tem que ficar ligado e chamar nos carreteis turma da campanha

A poucos dias de cruzar a linha de chegada a penúltima pesquisa do Ibope, mostrou que coisas estanhas acontecem.

Bolsonaro (57%) oscilou dois pontos para baixo. Haddad (43%) moveu-se dois pontos para o alto. A taxa de rejeição do capitão, declinante na semana passada, saltou de 35% para 40%. O índice dos que rejeitam o petista, que subia, caiu de 47% para 41%.

Horas antes da divulgação da pesquisa, Bolsonaro e Haddad cumpriram suas agendas. Franco favorito, o capitão participou de um churrasco festivo na casa elegante do empresário Paulo Marinho, onde grava seus programas eleitorais, no Rio de Janeiro. A pretexto de se despedir da equipe, confraternizou à beira da piscina ao som violoncelos. Presentes, dois personagens que frequentam o noticiário como quase-futuros-ministros: Gustavo Bebianno (Justiça) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil).

Também no Rio, o azarão petista foi à favela da Maré. Discursou num centro de artes. Haddad disse à plateia que ainda é possível vencer a eleição mesmo sem ninguém acreditar. Rogou aos presentes que pedissem votos aos familiares e conhecidos. Anabolizando os números que a pesquisa revelaria mais tarde, agarrou o otimismo pelo colarinho e disse: “O povo começa a perceber, já estou no 45%, 46%. Falta quatro, cinco para ganhar a eleição. Tem que conversar com as pessoas.”

Há uma semana, Bolsonaro sentenciou: “Nós estamos com uma mão na faixa. Ele (Haddad) não vai tirar 18 milhões de votos daqui a dois domingos.” Bolsonaro entrou no segundo turno extremamente confiante. Jogando parado, administra sua vantagem. Ela já foi de 18 pontos, está em 14. A distância ainda é grande o bastante para que Haddad dependa de um milagre para alcançar o rival e Bolsonaro precisar chamar nos carreteis filhos e pessoas que fazem parte do seu Staff.

Com informações de Josias de Souza

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LULADRÃO disse:

    Quase todas as pesquisas no Brasil são feitas de acordo com o interesse de quem as contratou e manipuladas para que os objetivos sejam alcançados de qualquer maneira. Se morássemos em um país sério o IBOBE, o Data Folha seriam processados e proibidos de atuarem. O Presidente Jair Bolsonaro teria sido eleito no primeiro turno caso essas pesquisas tivessem desde o inicio mostrado a realidade. Bolsonaro será eleito com uma maioria superior a 30 milhões de votos.

  2. euzim disse:

    Esperem o resultado. O Capitão 17 terá mais de 30 pontos à frente dos bandidos. Esses institutos arriscaram tudo na tentativa de manipular a eleição. Não sobreviverão à lei do mercado após o pleito eleitoral. O Brasil começará a mudar, para muito melhor.

  3. Bento disse:

    As pesquisas não tem credibilidade, erraram todas no primeiro turno. O Mito com certeza será eleito com mais de 70 por cento dos votos no segundo turno.

    • Daniel disse:

      Tu tem noçao da dimensao do q é 70%, cala boca magda!

    • Paulo disse:

      BG
      A "mulé" que queria engarrafar vento já estava eleita pelo ibope e folha de São Paulo, até o vestido para a posse tava comprado, ficou em quarto lugar. esses institutos de pesquisas (com algumas exceções) influenciam para umas verdadeiras fraudes nas eleições.

  4. José Aparecido Filho disse:

    O IBOPE SEMPRE TARALHOU PARA ESQUERDA e POR ELA É CONTRATADA.
    Quem contrata o Ibope? A folha de São Paulo e a Globo, precisa desenhar?
    Diariamente a globo dá uma parte completa de todos seus jornais para enaltecer o candidato do PT e falar mal dos militares e de Bolsonaro.
    A globo sequer MOSTROU A MENTIRA plantada por Geraldo Azevedo e REPETIDA por Haddad quando de forma CALUNIOSA e CRIMINOSA falaram que Mourão torturou o cantor, mesmo o cantor admitindo que mentiu!
    Assim vem sendo feita essa campanha com uso de, uma mentira atrás da outra, repetidamente, culpando os outros pelos crimes do próprio PT, metodologia aplicada pelo P(erda) T (otal)desde 1990. Pelos menos estamos vendo que 60% do povo brasileiro não aceita mais isso e quer mudança. Os 20% indecisos precisam vir para o lado do bem, da ordem, da decência, da honestidade.

  5. nando disse:

    ME respondam por favor: Porquê o Bozzo recebeu Benes e não recebeu o Cabeção?

    • duendevermelho disse:

      Benes já é um deputado eleito, o kbcao não… Assim como ele não recebeu João Dória em São Paulo

      #kbcao 12 e B17

  6. Anderson disse:

    O Ibope quebrou a cara no 1º turno, mostrando Bolsonaro abaixo dos 40% e vejam no que deu. Sem alardes, os milhões de brasileiros do "caixa 2" trabalham de graça e estão conquistando milhões de votos.
    Domingo vai ser um MASSACRE #B17

  7. Marcello disse:

    Quem morre de véspera é peru!

  8. Almir disse:

    Melhor JAIR explicando o escândalo do BOLSOLÃO.

  9. P. A. disse:

    BG
    Quem tem que se ligar é esse Instituto de pesquisa, já erraram feio de forma grosseira no primeiro turno, no RJ e MG. Como também em dizer durante todo o primeiro turno, que Jair Messias Bolsonaro não ganhava de ninguém no segundo, o que se ver é Bolsonaro com uma maioria acima dos 15 milhões de votos, por tanto, esse ibope não tem essa credibilidade toda não.

    • José Aparecido Filho disse:

      Exato P.A. O Ibope é uma das armas montada pela esquerda para manipular os menos avisados.
      A pesquisa Ibope tem errado demais nas eleições e o instituto continua sendo prestigiado com contratos e mais contratos pela turma da esquerda que precisa dele para manipular os números eleitorais. O Ibope não tem credibilidade, é a imagem das promessas do PT, o mais real reflexo da mentira proposital

  10. Marcos disse:

    Uma diferença dessa é reversível? Já o empate técnico aqui no RN n? A eleição a nível nacional está decidida. A nível Estadual quem ganhar levará por menos de 5 mil votos e aposto em carlos Eduardo.

    • Aroldo Pontes disse:

      O PT jogou baixo e sujo mais uma vez. O que é marca registrada desse partido. Comprou literalmente os prefeitos de algumas cidades, inclusive os do próprio partido do Carlos Eduardo. Mas o povo está esperto e vai saber escolher o melhor para o nosso estado.

  11. Neto disse:

    Na verdade, essa análise está errada quando fala em crescimento de Haddad de 2 pontos, bem como não analisa com profundidade a baixa de 2 pontos de Bolsonaro.
    Se olharmos os dados da pesquisa, quanto à estimulada, veremos que Haddad, que tinha 37 pontos, na pesquisa anterior, permaneceu com 37 na atual. Assim como veremos que a baixa de Bolsonaro se encontra dentro da margem de erro, e que os 2 pontos a menos foram distribuídos entre braços/nulos e indecisos. Portanto, a verdadeira análise é de estabilidade.
    Vale salientar que Bolsonaro cresceu 5 pontos no Nordeste, fora da margem de erro, tendo caído 1 ponto no Sul e 1 ponto no Sudeste, esses dentro da margem de erro.

    • Beto disse:

      Verdade, isso é a leitura tendenciosa, e abarrotada de dinheiro do petrolão, ao abrir as urnas Bolsonaro crescerá mais.

    • Fábio disse:

      Seu comentário perfeito.

COMENTE AQUI