Júlia Arruda critica burocracia do sistema de transportes coletivos de Natal

Foto: Elpídio Júnior
Foto: Elpídio Júnior
A vereadora Júlia Arruda deu entrada, na sessão ordinária desta quarta-feira (12), a requerimento destinado à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), solicitando providências urgentes quanto à burocracia imposta pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município (Seturn) aos idosos e estudantes usuários do sistema de transporte público coletivo de Natal.

Após dificultar o acesso dos estudantes ao benefício da meia passagem paga em dinheiro, e previsto em lei, agora foi a vez de submeter os idosos ao controle manual da passagem pela catraca, através do preenchimento de formulário. Além de deixar o trajeto mais lento, aumentaram as atribuições dos rodoviários, que além de acumular as funções de motorista e cobrador, agora também atuam como fiscal.

“E o mais preocupante: o risco a que ficam expostos os idosos – sobretudo aqueles com mobilidade reduzida -, e os estudantes, que precisam se equilibrar com o ônibus em movimento para responder ao questionário. É com grande preocupação e sentimento de revolta que temos acompanhado essa situação e, por isso, pedimos providências urgentes por parte da STTU”, destacou Júlia.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joao disse:

    Apoio a dona Julia! E aproveitando o gancho quero expressar minha indignação com o codigo de lei do Detran… Se o motorista ao dirigir não pode falar ao celular? Qual a razão de um condutor de transporte coletivo que está responsável por várias vidas pode dirigir e passar troco ao mesmo tempo? Pois, se o fizer com ônibus parado a cidade vai parar.

  2. Flavio disse:

    Existe falso idoso?

  3. Frasqueirino disse:

    Vereadora saiba que o combate ao falso estudante tem que ser constante para evitar que os demais usuarios acabem pagando por esses falsos estudantes que oneram o preco final da passagem no transporte coletivo de Natal.

COMENTE AQUI