Mais de 100 novas viaturas reforçarão segurança pública no RN

Veículos se somarão aos já utilizados pelo policias potiguares, representando um incremento real na capacidade operacional motorizada da segurança estadual

A Segurança do Rio Grande do Norte receberá o reforço de 107 novas viaturas. O investimento do Governo do Estado resultará num aumento real da capacidade operacional das polícias Civil e Militar, sobretudo em Natal e região metropolitana.

Antes de irem às ruas, entretanto, as novas viaturas – já entregues à gestão estadual – serão equipadas com chips para reabastecimento, giroflex e sistemas de comunicação. Depois disso, elas serão liberadas gradativamente. E vale ressaltar que estes veículos zero quilômetro não irão substituir os carros antigos. Representam um ‘plus’.

“Esta era uma demanda reprimida de décadas. Com o esforço concentrado do Governo, foram encontrados meios de solucioná-la. Agora, as novas viaturas serão equipadas rapidamente para que estejam o quanto antes à disposição dos policiais para trabalharem em prol da sociedade”, assinalou a secretária da Segurança Pública, Sheila Freitas.

Do total de veículos, 57 viaturas serão destinadas para a Polícia Civil, todas adquiridas pelo Governo Cidadão. As demais 50, destinadas à Polícia Militar, foram locadas com recursos do tesouro estadual.

Comentários:

  1. Haroldo disse:

    Que carro é este que aguenta rodar 24h sem manutenção prévia,fica mais prático o aluguel,mesmo reconhecendo o custo alto.

  2. Mariah disse:

    Carro modelo gol 1.0 ( até meu carrinho de "rolimão" corre mais que aquilo. Os 'ladrãos' fogem de corolla roubado e a 'poliça' vai tentar ir atras de gol se pegar… foi de falta! (falta de sorte dos bandidos)

  3. Bruno disse:

    E efetivo, tem?
    Coloca boneco de barro dentro dessas viaturas. 😠

  4. #sovotoemquemtacomotrabalhador disse:

    Q bom parabéns, parabéns aos policiais q seguraram a onde de greve e conseguiram o q queriam… agora fica uma pergunta pq o gov não fez antes? De repente aparecru o dinheiro….estranho, nao?

    • #sovotoemquemtacomotrabalhador disse:

      Vamo tentar explicar…. em estado de calamidade o gov pode fazer compras sem licitação então deixasse entrar na crise para forçar a calamidade… veja q a saúde já está nesse estado a mto tempo e nada muda a qm interessa isso os super, superhomens do super faturamento sem licitação

  5. LULADRÃO disse:

    Amigos leitores, gostaria que o blog mostrasse a situação desses veículos novinhos daqui a seis meses. Vocês verão que a Polícia Militar e os policiais irão destruí-los quase que totalmente e nada irá acontecer a ninguém. O mal dos serviço público é esse. Ninguém é responsabilizado pela destruição do bem público e o sucateamento é quase regra. Agora na hora de cruzar os braços e fazerem exigências é com eles mesmos. Por que não é feita uma vistoria na entrega diária dos carros e no retorno ou troca de plantão? O serviço público no Brasil é a maior fonte de corrupção do mundo.

    • Jonas disse:

      Essa vistoria é feita diariamente. Contudo, ao contrário de você dirigindo o seu carro, não se persegue bandidos dirigindo a 40km/h, ou passando em lombadas em 2ª marcha. Infelizmente os veículos adquiridos não correspondem à necessidade operacional da atividade policial. Se os energúmenos raciocinassem antes de criticar, passariam a entender melhor as coisas.

    • Ems disse:

      Mais um "especialista em segurança" que nada sabe !!!

    • LULADRÃO disse:

      Pelo jeito, já tem gente vestindo a carapuça!

  6. Rico disse:

    Intervenção!!
    Simples assim…pior que tá não vai ficar!!!

  7. Azevedo disse:

    Pano de fundo, como ficam as manutenções das atuais viaturas? O problema é que compram ou locam novas viaturas e não alocar recursos para manutenção das mesmas. Outra coisa, policiamento ostensivo não se faz somente com viaturas rodando, cadê o policiamento a pé nos principais pontos da cidade, como centro e alecrim.

  8. Tomaz disse:

    A farra vai ser grande

  9. Fernando Alves disse:

    Penso que essa divisão está equivocada. Na PM tem 8.000 policiais e faz policiamento ostensivo e preventivo receberá menos viaturas do que a PC que tem efetivo de 1.200 e faz serviço velado e cartorário? Desse jeito mostra que o governo está priorizando o crime depois do ocorrido e não previni-lo.

  10. Luciana Morais Gama disse:

    Cadê as viaturas que a ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ia doar ao estado??? Ficou só na promessa??

  11. Tarcísio Eimar disse:

    E pq não foi feito antes. Isso é sacanagem, bandidagem, corrupção. Vai ver não fizeram licitação.

  12. Marcos Bezerra disse:

    Também foram adquiridos coletes e armas adequadas para combater os bem armados das facções?