Ministro Jorge Oliveira é hoje um dos favoritos a indicação para o STF

Se a escolha do presidente Jair Bolsonaro fosse hoje, não tinha para ninguém: o indicado para vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) seria o ministro Jorge Oliveira, da Secretaria Geral da Presidência. Ele orienta Bolsonaro na área jurídica há mais de uma década, e são amigos. Se o ministro não é “terrivelmente evangélico”, como prefere Bolsonaro, reza no evangelho do presidente. Advogado experiente, Jorge Oliveira se aposentou como major da PM do Distrito Federal. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Antes, Jorge Oliveira foi subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, de onde o ministro Dias Toffoli saiu para STF, que preside atualmente. Bolsonaro já manifestou sua opção por Jorge Oliveira em pelo menos três ocasiões, durante conversas com ministros do Planalto.