NATAL DE FORA: CBF divulga rota da seleção nos jogos das Eliminatórias da Copa

Willian (E) e Alex Sandro tentam sair da marcação dos jogadores da Argentina Foto: Pedro Martins / MowaPress

A CBF publicou nesta sexta-feira a lista completa dos locais pelos quais a seleção brasileira passará nas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Qatar, em 2022.

O principal clássico, contra a Argentina, será na Arena Corinthians, em São Paulo, dia 13 de outubro deste ano. O Maracanã receberá o jogo contra o Uruguai, já em junho de 2021.

São Paulo é o único estado que receberá dois jogos, já que Brasil x Colômbia será no Morumbi. Todas as regiões do país foram contempladas com ao menos uma partida.

A estreia do Brasil nas Eliminatorias será contra a Bolívia, em 27 de março, na Arena Pernambuco, em Recife.

– Essa organização com bastante antecedência é fruto de um trabalho que iniciamos em novembro do ano passado. Conhecemos bem as estruturas nos diferentes estados e fizemos um estudo muito aprofundado. Acima de muitas questões colocadas na discussão pautamos nossa decisão pela garantia de bons gramados e a certeza de que levaríamos a equipe para todas as regiões do Brasil – diz o coordenador da seleção, Juninho Paulista, ao site da CBF.

OS JOGOS

Brasil x Bolívia

Local: Arena Pernambuco / Data: 27/03/2020

Brasil x Venezuela

Local: Estádio Mané Garrincha / Data: 03/09/2020

Brasil x Argentina

Local: Arena Corinthians / Data: 13/10/2020

Brasil x Equador

Local: Arena Fonte Nova / Data: 12 ou 13/11/2020

Brasil x Peru

Local: Estádio Beira-Rio / Data: 30/03/2021

Brasil x Uruguai

Local: Estádio Maracanã / Data: 08/06/2021

Brasil x Colômbia

Local: Estádio Morumbi / Data: 02/09/2021

Brasil x Paraguai

Local: Arena da Amazônia / Data: 12/10/2021

Brasil x Chile

Local: Estádio Mineirão / Data: 11/11/2021

Extra – O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. rocha disse:

    Bem que eu falei kkkkkkkkkkkkkkk natal perde tudo pra nossos vizinhos, não ganha uma.

  2. Bento disse:

    Não precisamos desses jogos
    Já temos nossos clássicos

  3. Manoel disse:

    Graças a Deus não vem! Da Copa aqui em Natal só sobrou um elefante branco pra beneficiar esquema de corrupção e Zika e chicungunha de bônus pra população!

    • Gaius Baltar disse:

      Por esse raciocínio era melhor vir algum jogo importante para ajudar a pagar o elefante branco, não é mesmo?

  4. Naldinho disse:

    E tem abestalhado que diz que arena das dunas é o melhor e mais bonito do Brasil. Kkkkkkkkk

  5. rnordestino disse:

    Estou em Recife a passeio.
    Gasolina por 4,30, aeroporto (dentro da cidade e super movimentado), muitas indústrias, fábricas e comércio forte.

    E Natal? …O que dizer do absurdo preço do combustível, da falta de investimentos pesados no setor público e privado, do pouco movimento no aeroporto e do desinteresse por muitas melhoras na cudade, afinal, nem colocar a cidade na rota da seleção se consegue…

    Incrível.. lamentável.

  6. Pedro disse:

    A construção do arena das dunas foi de uma megalomania estúpida. Um estado pobre, carente, sem serviço de vergonha na saúde pública, nas áreas de abastecimento (CEASA), sem terminal rodoviário de vergonha, estradas vicinais abandonadas, com apenas uma BR duplicada, áreas desaparecidas d'água, povo morrendo de fome e essa porcaria (bonita) que só serviu para encher as burras dos políticos, principalmente do PT, como diria Boris Casoy, UMA VERGONHA !

    • Marcos disse:

      Eita raiva grande kkk, só para lembrar, não era o PT no governo do estado quando pediu para construir o estádio. Famílias poderosas tomavam o estado, da uma lida.

    • Marcos disse:

      O vagabundo ladrao condenado Lula tinha que inventar para poder ROUBAR

    • Miron disse:

      E ainda tiveram a brilhante idéia de construir aquele monstrengo aeroporto de SGA no fim do mundo, local apinhado de bandidos, mesmo tendo um aconchegante aeroporto praticamente dentro da cidade de Natal. Lamento por Natal, cidade tão linda e destruída por ações de políticos safados.

    • Cigano Lulu disse:

      Derrubar o Machadão foi uma vergonha dentro da vergonha.
      Inadmissível que num estado pobre como o RN um bem público seja destruído para se construir outro no mesmo lugar – ainda que com alguma hipotética vantagem.
      Agora mesmo se cogita derrubar o prédio da Fundação Nacional de Saúde para em seu lugar erguer-se um centro administrativo do governo federal.
      Por que não construí-lo na esquina das avenidas Hermes da Fonseca com Alexandrino de Alencar, numa área que vem sendo subutilizada para abrigar uma ociosa vila militar?

COMENTE AQUI