Natal Hospital Center esclarece sobre contrato com a Secretaria de Saúde de Natal

O Natal Hospital Center enviou ao BlogdoBG nota em que esclarece a respeito do contrato de mais de R$ 9 milhões com a Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo a nota, “há de se elucidar que todos os débitod tributários deste hospital foram totalmente lançados, não sendo fruto de omissão ou de retenção indevida de capital, não cabendo falar, portanto, em sonegação fiscal. Nesse quesito, informa-se qe todos os tributos, em qualquer esfera, estão sendo negociados com a participação do poder público, judiciário e dos órgãos de controle externo”.

A nota ainda destaca que “o NHC é o único hospital habilitado pelo Ministério da Saude para Transplante de Médula Óssea na categoria ‘A’, sendo um dos únicos do Norte e Nordeste a realizar transplante ‘aparentado’ e ‘não aparentado’, uma das razões pelas quais se deu a contratualização com a SMS NAtal para a prestação dos serviços”.

A íntegra da nota pode ser consulta abaixo:

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tomaz disse:

    Devo sim,pago quando puder.E assi/ a privatização da saúde.

  2. Falando nisso... disse:

    No que tange a Neurocirurgia, asterisco, gostaria que mencionasse um médico se quer que faz parte da pasta da SESAP. Ou seja, que são funcionários públicos e que prestam serviços de neurocirurgia através de "cooperativa". Talvez em outras especialidades existam, não na Neurocirurgia. Concordo que concurso seja uma forma de resolver o problema da falta de médicos, e de valorizar o funcionalismo público. Mas não se engane, asterisco, nosso Estado está falido e não tem nenhum interesse em promover concurso com salários atraentes para médicos ou quaisquer que sejam o cargo para saúde, nem tão pouco em investir em instrumento e meios para estes trabalharem. Quando foi o último concurso para o quadro da saúde, da polícia militar? Por aí você me diz… Sou a favor que valorizem a polícia sim, que façam concurso, que reabram o hospital Pedro Germano, que aumentem a demanda do Centro Clínico, mas com o quadro atual, sem estrutura, sem o mínimo de estrutura e condições para o profissional X paciente; Impossível!!!Se eles não estão investindo nem no concurso para O Praça, que por hora está suspenso, avalie…

  3. Asterisco disse:

    BG ! Essa é uma boa pauta . Aprovunde esse assunto amigo . Você estará prestando um excelente serviço ao RN . Vamos aos fatos ; o Natal hospital Center emitiu uma nota muito bem feita . Digamos uma sopa de pedra ao molho de caldo de Chuchu . O ponto não é esse . O ponto G ( de grana ) , está no modelo errado . Vejamos : existem cooperativas de anestesistas , neurocirurgiões , Taxisista e portuários . Em muitos casos os cooperativistas médicos são funcionários públicos . Mas ; adivinhe ! Recebem como cooperados . Resumindo ou desenhando : um neurocirurgião recebe pela cooperativa valor x pelo procedimento . Muitas vezes ele é funcionário do estado mas recebe também pela cooperativa . Uma associação , para não dizer outra palavra , indeiscente . O estado tem como resolver ? Tem . Faça concurso para 30 anestesistas , 30 ortopedistas , 30 neonatologista 30 cirurgiões gerais , 30 obstetras , 30 urologistas e por aí vai . Coloque esse povo como militar da PM , entrando como segundo tenente e com promoções por merecimento e antiguidade . Bote o HPM para funcionar . Valorize o oficial médico da PM . Duvido ele não melhorar a saúde do RN . Enquanto ficar refem da cooperativas o estado vai se afundar no problema . Outra coisa : concurso com divulgação nacional
    . Os daqui que não quizerem fazer não tem problema . O que não pode BG , é vc ter paciente com fratura de braço em corredor , esperando vaga no memorial e ter vizinho um hospital com 7 salas cirúrgicas prontas para resolver . Basta somente interesse e decisão . Repito BG . Vá conhecer e veja o potencial de um hospital que foi totalmente colocado à margem do sistema . Desculpe se estou sendo chato nas argumentações .

    • Frasqueirino disse:

      Perfeito. Perfeito. Perfeito. Vamos abrir as caixas pretas das cooperativas começando por nominar os médicos com vínculos com a SESAP que também recebem pelas cooperativas médicas.

COMENTE AQUI