Federação Nacional dos Policiais Federais esclarece “troca de comando” da Direção Geral, desmente supostas interferências políticas e refirma confiança em Bolsonaro e Moro

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), entidade que representa mais de 14000 integrantes da carreira policial federal de todos os cargos, vem a público esclarecer os seguintes pontos em relação à suposta troca de comando da Direção Geral da Polícia Federal, e outras questões correlatas:

1- Inicialmente refuta-se com veemência a utilização do nome da “corporação” Polícia Federal em manifestações de cunho político-classista, provenientes de integrantes de um único cargo minoritário na estrutura da PF, bem como de determinada associação que congrega parcela deste grupo.

2- Para a expressiva maioria dos integrantes da Polícia Federal, aqui representados pela Federação Nacional, o Presidente da República tem a prerrogativa exclusiva de NOMEAR o Diretor Geral da PF, em obediência a mandamento expresso contido no artigo 2º-C, da Lei n° 9266/96 (com a redação dada pela MP 657/14), bem como substituí-lo como e quando achar oportuno.

3- É fundamental ressaltar que a modificação na lei de regência da Polícia Federal que conferiu essa prerrogativa ao Presidente da República é fruto da polêmica, e pouco republicana, MP 657 de 2014, editada 10 dias antes da eleição presidencial daquele ano, e, publicamente patrocinada e defendida por entidade associativa de pouca representatividade, que hoje se insurge publicamente contra o mandatário do país, alegando pretensa interferência na PF.

4- Os Policiais Federais entendem que o Cargo de Diretor Geral deve ser ocupado por profissional de segurança pública que esteja em sintonia com as diretrizes e políticas públicas emanadas daquele que recebeu do povo nas urnas a autoridade de estabelecer tais políticas, segundo princípio republicano e constitucional vigente.

5- Até o momento não se tem notícia de qualquer interferência nas investigações em andamento no âmbito da Polícia Federal, até porque a PF detém autonomia investigativa e técnico-científica asseguradas em lei. A Federação Nacional dos Policiais Federais estará em constante vigilância em relação à defesa desta prerrogativa do Órgão.

6- Os Policiais Federais reafirmam sua confiança no Presidente da República, eleito segundo a regra democrática, e no Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública, considerado hoje um dos maiores ícones no combate à corrupção da história deste país; e repudiam a utilização do nome da Polícia Federal para o patrocínio oportunista da PEC 412 (da falaciosa autonomia), projeto corporativo que conta com rejeição da maioria esmagadora dos integrantes da corporação.

 

Câmara Municipal de Natal emite nota de esclarecimento

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em função da notícia veiculada em redes sociais, esclarecemos que o Sr. Amy Trajano de Carvalho Oliveira Júnior foi nomeado para exercer cargo de Assessor Legislativo desta Casa, em substituição a um outro servidor, por indicação do vereador Raniere Barbosa.

Nesta segunda-feira (9), o próprio vereador Raniere Barbosa solicitou a exoneração do mesmo, e a Mesa Diretora, no uso de suas atribuições, já acatou o pedido.

Natal, 09 de setembro de 2019.

MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE NATAL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. HUGO disse:

    Atitude fraca do Vereador Raniere Barbosa, por que não segurou a nomeação do Cidadão? Qual requisito ele não preenche? E se for olhar tem cada Servidor na Câmara que nem fazer um O com uma quenga faz.

Grupo de Valorização da Advocacia emite nota sobre prisão de advogado em operação da PF

Foto: Divulgação

O Grupo de Apoio a Valorização da Advocacia Criminal encaminhou nota de esclarecimento sobre a prisão do advogado Maxsuel Deizon de Freitas na operação “Extração” deflagrada pela Polícia Federal para desaticular facção criminosa com atuação no estado.

Confira nota na íntegra

NOTA DE ESCLARECIMENTO

No dia 03 de setembro de 2019, alguns veículos de comunicação do Estado do Rio Grande do Norte divulgaram, de maneira equivocada, a informação de que um advogado teria sido preso preventivamente como chefe de uma facção criminosa no Estado.

Nesse sentido, e em atenção à opinião pública potiguar, o Grupo de Apoio a Valorização da Advocacia Criminal vem a público manifestar o seu REPÚDIO às ações daqueles que se prestam ao papel de DESINFORMAR a sociedade com inverdades e especulações, bem como para esclarecer que:

Nas primeiras horas do dia 03 de setembro de 2019, a Polícia Federal deflagrou a operação denominada de “Extração”, e nesse contexto, foi cumprido um mandado de prisão temporária de um advogado. Em nenhum momento o referido advogado se opôs ao cumprimento do mandado, e, portanto, foi normalmente conduzido para a Superintendência da Polícia Federal, local em que prestou todos os esclarecimentos que se fizeram necessários.

A prisão é temporária, e, portanto, tem o prazo de 5 (cinco) dias para a sua conclusão, sendo falsa a informação de que o advogado foi preso acusado de ser chefe de uma facção criminosa no Estado – até porque até a presente data, não foi formalizada nenhuma acusação contra o advogado.

Um dos preceitos basilares que a Constituição Federal assegura é a garantia do estado de inocência, princípio pelo qual uma pessoa jamais poderá ser considerada culpada de algo sem que antes tenha a possibilidade de exercer regularmente o seu direito de defesa.

É notório que o País está passando por um momento de grande turbulência, e no cenário nacional, há um clima de verdadeiro inconformismo com a corrupção, com a violência e com a impunidade. A sociedade clama por medidas urgentes e severas de combate ao crime e à corrupção. Entretanto, não se pode, com base nesse sentimento de inconformismo, promover à execração pública de um indivíduo, utilizando os meios de comunicação como instrumento, sobretudo com base em informações que já no início da operação revelaram-se como equivocadas (ou mesmo falsas).

Deste modo, o Grupo de Apoio e Valorização da Advocacia Criminal REPUDIA a publicação de manchetes inverídicas e descompromissadas com o jornalismo sério e informativo, e segue vigilante na defesa das prerrogativas dos advogados que exercem a sua função Constitucional, acompanhando a investigação noticiada até que haja a sua final conclusão.

Natal/RN, 04 de setembro de 2019.

Grupo de Apoio a Valorização da Advocacia Criminal

TRT-RN emite nota sobre Lista Tríplice e cumprirá suspensão até decisão do CNJ

Foto: Divulgação

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RN) emitiu nota acerca da decisão liminar do Conselho Nacional de Justiça suspendendo o envio da Lista Tríplice para a vaga de desembargador, após deferimento de liminar do advogado Eduardo Rocha, contra o voto do desembargador Bento Herculano para a segunda vaga que havia ficado com Marisa Almeida.

Confira nota na íntegra AQUI no portal Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MELO disse:

    VERGONHA NOMEAR A MULHER PARA LISTA TRIPLICE
    DEVIA TER VERGONHA NA CARA

Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-RN) emite nota sobre fiscalizações das queijeiras no estado

Sobre as fiscalizações em estabelecimentos de produtos de origem animal, em especial das queijeiras do Estado do Rio Grande do Norte, o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-RN) esclarece que exerce suas atividades baseado na Lei Federal n. 5517/1968, a qual afirma que é da competência privativa do médico veterinário a direção técnica sanitária de usinas e fábricas de lacticínios e é obrigatório o registro nesta autarquia. Confira nota explicativa:

“Complementado a lei federal, o estado do RN sancionou a lei 10.230/2017, que disciplina o registro das queijeiras artesanais no órgão de inspeção estadual e a ter RT que possa detectar possíveis alterações na sanidade de seus produtos. Ressaltamos que, por esta lei federal supra citada, a capacidade técnica é atividade privativa do médico veterinário.

Tal legislação federal, inclusive, serviu de fundamento para recente decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que confirmou em maio de 2019 a obrigatoriedade do registro desses estabelecimentos nos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária. *Diante disto, a atuação do CRMV-RN é legal e as empresas autuadas tem 30 dias para se regularizar, antes das aplicações das sanções impostas pela legislação*.

O leite e seus produtos derivados podem transmitir Zoonoses (doenças dos animais transmitidas ao homem), tais como tuberculose, brucelose, salmoneloses, além de infecção intestinal, toxinfecção, entre outras *que podem inclusive causar a morte* das pessoas que acreditavam estar consumindo produto de qualidade. É valido salientar que, pelo código penal brasileiro, é crime punível com pena de reclusão de 10 a 15 anos causar epidemia por propagação de germes patogênicos (código penal, art. 267) e o CRMV-RN não vai ser cúmplice nem co-responsável por propagação de zoonoses, aceitando que produtos de origem animal seja elaborado sem a atuação do Médico Veterinário.

Diante de todo o iminente perigo à saúde pública, os cidadãos norte-rio-grandenses devem exigir o responsável técnico Médico Veterinário em queijeiras e laticínios, artesanais ou comerciais.

Por tais razões, o CRMV-RN reforça que é imprescindível a presença de um responsável técnico médico-veterinário, que tenha como atribuição garantir as boas práticas de higiene e a qualidade dos produtos de origem animal, assim como a atuação dos órgãos de inspeção.

Este Conselho agradece o espaço e se coloca à disposição da imprensa e da sociedade potiguar para esclarecer qualquer dúvida quanto a sua atuação”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Barbosa Santos disse:

    O artigo 5º, letra "f" dessa lei federal fala em "fábrica de laticínios". Fábrica é a instalação de grande porte, que produz algo em escala industrial e não a queijeira de "João Maria" em Riachuelo.
    Essa medida é apenas uma forma de coerção para arranjar um salário para algum veterinário desempregado.
    Assim que o primeiro entrar na Justiça questionando isso, eles botam o rabinho entre as pernas e arranjam o que fazer.

  2. Araújo disse:

    Continuemos pois, comendo queijos recheados de coliformes e adicionados de farinha de trigo é isso que muitos querem. Como consumidor defendo a atuação legal do CRMV, parabéns.

    • Carlos disse:

      O intuito é arrecadar às custas do fabricante artesanal, mania desses órgãos fiscalizadores, que a maioria das vezes só atrapalham!! Todos sabem que esses queijos artesanais vindo do interior são muito mais baratos e de qualidade muito superior à "esses queijos fiscalizados" de fábricas. Aposto que até o senhor fiscal prefere o queijo de coalho artesal. Esses queijos cheios de coliformes fecais e cheios de farinhas são esses "fiscalizados" pelos senhores, pois quando se frita ele na panela derrete igual queijo mussarela, coisa que o queijo artesanal não faz.

  3. Antonio Turci disse:

    Se for do jeito que os veterinários querem, 2 coisas poderão ocorrer: as queijeiras cerradão às portas e os veterinários não terão nem emprego, nem serviços eventuais. Será um jogo onde perdem os dois lados. A rigor, o que os dignos veterinários querem é dinheiro. Isto é corporativismo puro. Esta lei do tempo do Bumba precisa ser melhorada e deixar com o poder público a responsabilidade fiscalizatória. Este é o RN. Pobre e os senhores veterinários corporativamente lutando para que empobreçamos ainda mais.

  4. Fan disse:

    Vcs estão atrás de arranjar um bico às custas do pobre do queijeiro.

PM emite Nota de Pesar pelo falecimento de cabo lotado na 3ª CIPM de Currais Novos

É com pesar, que a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte comunica o falecimento do Cabo PM Evanilson Batista de França Silva, aos 40 anos.

O Cb Evanildo ingressou na corporação no ano de 2006, natural e residente na cidade de Lagoa Nova, estava a lotado na 3ª CIPM de Currais Novos. O Policial era aluno do VI Curso de Operações Especiais (COESP) e faleceu na noite dessa segunda-feira (19) na UTI do Hospital Walfredo Gurgel em Natal em decorrência de choque séptico oriundo de infecção.

De imediato será instaurado Inquérito Policial Militar objetivando apurar as circunstâncias do ocorrido.

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte está viabilizando todo o apoio aos familiares do nosso combatente.

A Polícia Militar está de luto pela perda irreparável do Cabo Evanilson. Guerreiro altivo, cumpridor de suas obrigações e excelente pai de família. Combatente aguerrido de Ações Táticas Especiais do turno de 2011.

Para nós uma perda irreparável. Para nossa Corporação um Grande Combatente.

UNP divulga nota de esclarecimento sobre recentes notícias divulgadas sobre o curso de Medicina

NOTA

Sobre as recentes notícias divulgadas a respeito do curso de Medicina, a UnP esclarece que, em cada ciclo letivo, movimentações no quadro de professores acontecem a partir de um diagnóstico aprofundado composto por inúmeros fatores, como o calendário acadêmico. Este processo natural e específico do segmento de educação, que engloba a gestão de docentes no que tange a contratações, promoções, realocações e desligamentos, é realizado de acordo com as necessidades da graduação e, também, para acompanhar o cenário atual brasileiro.

A UnP mantém o compromisso em dialogar com a sua comunidade acadêmica sempre priorizando a discrição e o cuidado que demandam cada temática, levando em consideração as estratégias, os planejamentos, as ações e os processos internos. A matriz curricular foi redesenhada analisando necessidades atuais de mercado, cursos de universidades renomadas no Brasil e no exterior e sempre atendendo às diretrizes do Ministério da Educação. No processo de comunicação à escola de medicina, reuniões foram realizadas para a apresentação do novo currículo do curso, com momentos de esclarecimento de dúvidas de alunos e abertura de canal para a participação dos professores. Esses encontros ocorreram durante o recesso de julho, mas não devem se encerrar. Momentos de avaliação sobre a implantação do novo currículo devem ocorrer regularmente, com os docentes do curso, para assegurarmos que continuemos entregando à sociedade médicos de excelência.

No que diz respeito ao fim do convênio do Hospital Infantil Varela Santiago, a UnP reforça que esta decisão ocorreu de forma unilateral por parte da direção do HIVS, não tendo sido a instituição comunicada previamente e sem a possibilidade de uma negociação. Diante disso, a Universidade buscou e já consolidou novos campos de rotação clínica e garante que não haverá prejuízos acadêmicos ao estudante.

Por fim, sobre a infraestrutura, a instituição esclarece que efetua manutenção contínua dos laboratórios e dos simuladores, em razão disso está sendo concluído um estudo dos equipamentos para a atualização e eventual troca de possíveis peças que não estejam funcionando adequadamente.

A UnP é sensível ao desconforto que pode ser ocasionado por alterações na operação de um curso tradicional e conceituado como de Medicina, mas esse movimento faz parte do processo de desenvolvimento de uma nova geração de médicos, que fazem uso de ferramentas tecnológicas e trabalham ainda mais focados na relação com os pacientes, bem como na saúde de família.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno disse:

    A concorrência descendo o pau na unp (nos comentários) porque é a instituição de ensino superior privado com mais alunos no RN, nas outras a situação é pior, só não é tão falada pq não são tão importantes economicamente e por terem poucos alunos, a menos ruim é a UFRN, e só por ser "gratuita".

  2. Madson Clarck disse:

    É o efeito bozo! Gente, as universidades federais recebem subsídios do ProUni! Tenho familiares com bolsas integrais, inclusive em medicina veterinária! É daí pra pior! Agora vira para o bolsominion aí do teu lado e diz assim: É bom jair se acostumando! Faz arminha miserávi pá pá pá pá pá pá pá 😂😂😂

  3. Junior disse:

    Infelizmente a UNP vem passando pela pior gestão de todos os tempos nos últimos 3 anos. É uma pena vermos em decadência essa tão renomada instituição Potiguar que nos enchia de orgulho por ter sido reconhecida como uma das melhores Universidades do país. Uma gestão que demonstra claramente sua incompetência a cada atitude tomada inconsequentemente, principalmente no que diz respeito às demissões em massa do seu quadro de funcionários de alto escalão, tanto administrativo quanto acadêmico. Demitiram os melhores profissionais, aqueles que realmente tinham a competência de levar o negócio adiante, com argumento de que precisavam reduzir os custos. Pois é, o “barato ta saindo muito mais caro” e o que não entendemos é como uma empresa de capital estrangeiro deixa uma gestão como essa destruindo décadas de sucesso. A postura da Universidade Potiguar é um desrespeito não somente aos profissionais que dedicaram sua vida a empresa, mas também com todos os alunos que confiaram seu futuro à instituição.

  4. Ivan disse:

    Acho que vai fechar logo logo…Aíh vai ficar Aluno sem professor e professor sem aluno…E os problemas estarão resolvidos…

  5. Pablo disse:

    Pelo comentário, nada mudará! Quem tiver achando ruim, saia. Sempre foi assim.

  6. michelle disse:

    Laureate está indo embora do Brasil. Estão adequando o curso para não vender a UnP tão barato quanto os compradores estão precificando.
    Acaba de sair o 'balancete' quadrimestral(lá é em quadrimestres), ontem 8 de agosto, direto dos USA. Veja um detalhe e o link para o todo: "Marcelo Santos — J.P. Morgan — Analyst
    Hi. Good morning. Thanks for taking my question. Just wanted to explore a little bit more the EBITDA decline that we saw in Brazil, in the first half of the year.
    We're talking here about more or less a 40% decline versus the previous year."
    pois é: 40% de queda em relação ao ano anterior. Ebidta facil saber, basta colocar no google ou no bing. LINK: https://finance.yahoo.com/news/laureate-education-inc-laur-q2-032412203.html . Resultado: compraram 150 milhões de dolares em ações para evitar uma queda ainda maior no preço da ação. Investidores estão exigindo o retorno do capital e tá dificil mesmo com muitas vendas. Por ex: esses 150 mi foram tirados de uma venda da Laureate no Panamá. São já 50 o numero de instituições vendidas ou devolvidas pela Laureate nos ultimos tempos.

  7. Jonas disse:

    Primeiro pronunciamento que vejo da faculdade, não esclareceram absolutamente nada sobre a mudança de currículo, a forma com que demitem os nossos professores é absolutamente desrespeitosa, os laboratórios SÃO DEFASADOS, um curso que recebe nota 5 no MEC tem a necessidade de nudar de uma hora pra outra? Porque reitoria? Não vi nenhum diálogo conosco durante o período letivo, o que vi foi a gente ter prática reduzida en UBS, a gente chegar pra um semestre sem saber de absolutamente nada, a genter 2 mil horas de curso clrtadas, períodos iniciais não terem aula de anatomia, serem barrados em prática, turma de internato tendo mais aula teórica do que prática, esse comunicado não passa de uma tentativa muito esfarrapada de abafar um problema enorme.

  8. Flavio disse:

    Só balela. Ano a ano tem piorado a educação na instituição, só vêem grana. As reclamações são todas engavetadas.

Ex-Deputado Jacó Jácome emite nota

NOTA JACO JACOME

Por meio da assessoria jurídica o ex-Deputado Jacó Jácome informa que, em face da Sentença que acolheu, parcialmente, a pretensão do MPRN, interporá o cabível recurso. Restou provado que a servidora investigada prestava o seu devido serviço, sobrevindo condenação que contemplou, tão-somente, a obrigação de restituição de valores. E segundo o próprio Juízo, não houve a demonstração da existência de dolo na conduta do ex-parlamentar afastando de pronto a improbidade.

Henrique Alves envia nota de esclarecimento. “Os incríveis 3 bilhões de reais”

Henrique Alves em contato com o Blog, comunica. “Com a segurança de saber que quer sempre bem informar, envio abaixo o texto do advogado Marcelo Leal, com o qual concordo integralmente, para o qual se espera idêntica divulgação ao já noticiado”:

Eis que o MPF noticia sobre a devolução de 3 bilhões de reais aos cofres públicos por acusados diversos.

No que diz respeito a Henrique Eduardo Alves, as Ações Civis Públicas ajuizadas pelo Ministério Público Federal decorrentes da Operação Cui Bono são absolutamente infundadas.

Ao longo de mais de dois anos de processos criminais já foram ouvidas mais de duas centenas de testemunhas nos diversos processos movidos contra ele e a Acusação, em nenhum dos casos, conseguiu fazer qualquer prova de contrapartida que indicasse a prática de corrupção.

Exatamente por isso ele foi absolvido deste delito nessa Operação Sepsis, nome dado a recursos que teriam sido desviados da Caixa Econômica Federal.

É de se ressaltar que a acusação de lavagem de dinheiro utilizada pelo Ministério Público para fundamentar o pedido de prisão que manteve Henrique preso por mais de 11 meses foi sumariamente arquivada.

A defesa ainda não teve acesso às iniciais, mas nas ações penais que possuem o mesmo objeto, pode-se afirmar categoricamente que o MPF utiliza um mesmo fato para imputar pagamentos a duas empresas diferentes, num verdadeiro jogo de adivinhação, como um arqueiro que atira a flecha a esmo para, no local de sua queda, pintar o alvo ao seu redor.

Todos esses excessos e prejuízos causados serão objeto de futuras ações de responsabilização e indenização.

Brasília/DF, 30.7.2019.

Marcelo Leal
Advogado

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antônio disse:

    Viva Henrique é honesto

    • alves honestos disse:

      Graças a esse “grande patriota” somos obrigados a embarcar num aeroporto elefante branco, feito no terreno da família, que seria de cargas e virou de passageiros. O que a população espera para pedir a desativação do Aluízio Alves? É porque ele esta solto?

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Coitadinho, em 50 anos de vida pública nunca não fez nada…..

Detran-RN emite nota sobre denúncia Clonagem de Placas Cinza

Nota

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) comunica que recebeu a denúncia de clonagem de placas no padrão cinza feita pelo veículo de comunicação “Via Certa Natal”.

Informamos que todas as providências legais para apuração da denúncia e a aplicação correta da lei já foram tomadas, inclusive com o acionamento da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) e da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil do RN (Deicor).

Por fim, agradecemos a iniciativa do “Via Certa Natal” que contribui com a eficiência dos procedimentos de fiscalização desenvolvidos pelo Detran no intuito de ampliar o controle e a transparência pública.

Departamento Estadual de Trânsito do RN
Natal-RN, 28 de fevereiro de 2019

Em nota, Companhia Docas do Rio Grande do Norte(Codern) diz que já estuda medidas para corrigir deficiências no Porto de Natal e retorno das atividades à normalidade

Nota à Imprensa

A nova gestão da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) informa que, conjuntamente à Secretaria Nacional de Portos, ampliará, de imediato, o canal de comunicação com a CMA-CGM para buscar a manutenção das operações da empresa no Porto de Natal.

Conforme foi demonstrado em sua última correspondência, enviada ao Porto de Natal esta semana, a empresa reafirmou sua disposição em continuar as operações, atendendo aos clientes locais, exportadores de frutas, com programação de navio para dia 06 de abril.

A Companhia já estuda medidas para a superação dos óbices existentes, visando a corrigir as deficiências observadas, com o retorno das atividades à normalidade o mais breve possível. A intenção é demonstrar aos clientes que podem contar com o empenho da nova gestão.

Uma das principais metas será melhorar a segurança, com vista a recuperar a certificação do Código Internacional para Proteção de Navios e Instalações Portuárias (ISPS CODE).

Outra ação será o estreitamento do relacionamento institucional com a Receita Federal, Polícia Federal, Anvisa, Ministério da Agricultura e Capitania dos Portos, visando uma maior interação e aperfeiçoamento das atividades no Porto.

A CODERN reafirma seu compromisso inalienável com o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e priorizará, dentre suas metas de curto e médio prazo, a otimização de seus processos, a racionalização de sua gestão e, principalmente, a modernização de sua infraestrutura.

Assessoria de Comunicação
Companhia Docas do Rio Grande do Norte – CODERN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Medeiros disse:

    Suspenderam as exportações ???

  2. Brasil! disse:

    Tem que investigar todos nessa cadeia de acontecimentos. Investigar o patrimônio desse povo todo, inclusive da Codern.

    • JotaJusto disse:

      Com certeza! toda essa facilidade em exportar tanto ilícito, é possível que tenha uma cadeia de conivência…

Em nota à imprensa, Flávio Bolsonaro fala em “mais uma ilação irresponsável”, e diz: “não posso ser responsabilizado por atos que desconheço”, sobre seu gabinete ter empregado mãe de foragido

Flávio Bolsonaro divulgou nas redes sociais uma “nota à imprensa”:

“Continuo a ser vítima de uma campanha difamatória com objetivo de atingir o governo de Jair Bolsonaro.

A funcionária que aparece no relatório do Coaf foi contratada por indicação do ex-assessor Fabrício Queiroz, que era quem supervisionava seu trabalho. Não posso ser responsabilizado por atos que desconheço, só agora revelados com informações desse órgão.

Tenho sido enfático para que tudo seja apurado e os responsáveis sejam julgados na forma da lei.

Quanto ao parentesco constatado da funcionária, que é mãe de um foragido, já condenado pela Justiça, reafirmo que é mais uma ilação irresponsável daqueles que pretendem me difamar.

Quanto a homenagens prestadas a militares, sempre atuei na defesa de agentes de segurança pública e já concedi centenas de outras homenagens.

Aqueles que cometem erros devem responder por seus atos.”

Veja nota como foi publicada em sua rede social:

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria disse:

    Deixa de lero… Enganador de trouxas.

  2. Fagner disse:

    Desconhece? Trabalhava no gabinete do cara e ele fala q desconhece?

  3. Ceará-Mundão disse:

    A explicação do FB já disse tudo. Mas, é claro que os esquerdopatas não irão se conformar e continuarão com sua sórdida e irresponsável campanha de tentar prejudicar o novo governo, recorrendo a suas eternas armas: mentiras, ilações fantasiosas, desonestidade intelectual. Essa cambada não tem jeito e teremos que suportar essa canalhice por todo o governo Bolsonaro. Pior pros esquerdopatas. Bolsonaro fará um excelente governo, o nosso Brasil voltará ao caminho da ordem e do progresso e o nosso povo saberá distinguir facilmente quem são os patriotas e quem são aqueles que só pensam nos seus próprios interesses, mesmo que às custas de toda uma nação. Prá frente Brasil.

    • Fortal-Ce disse:

      É interessante sua cegueira. Quando Lula foi acusado ele disse a mesma coisa que o filho do Presidente Jair tá falando agora, Que não sabia de nada. Fique com seu malvado favorito.

    • Amo os Minions disse:

      É fácil falar nas redes sociais e dar entrevista para os amigos, encarar a opinião pública é mais complexo. Enfim, vivemos um governo virtual cheio do monólogos.

RITZ Property Investimentos Imobiliários emite nota

Nota

Em decorrência de medida cautelar de busca e apreensão em nossa empresa, a RITZ Property Investimentos Imobiliários vem, em respeito à nossa história e nosso projeto de investir no Rio Grande do Norte desde 2007, presta os seguintes esclarecimentos públicos:

1. Tomamos conhecimento, na data de hoje, de medida de busca e apreensão com base em representação mentirosas de ex-diretor estrangeiro da empresa, que já moveu quatro processo cíveis contra a RITZ e um processo disciplinar contra nossos advogados, tendo perdido todas as demandas;

2. Nossas atividades são totalmente legais e legítimas, tendo movimentado mais de R$ 150.000.000,00 em investimentos, através de venda de imóveis e investimentos em ativos reais, todos existentes devidamente documentados e que criaram centenas de empregos nos últimos anos;

3. Todas as atividades da empresa foram realizadas com o devido registro dos movimentos bancários, registros no Banco Central, registros contábeis e fiscais, com o recolhimento dos tributos devidos;

4. Temos certeza da legalidade de nossas atividades, confiamos na Justiça e tomaremos todas as medidas judiciais para esclarecer os fatos e reafirmar nossa inocência.

RITZ PROPERTY INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIO

Vice-prefeito de Florânia emite nota

Sobre o episódio de uma suposta confusão envolvendo o vice-prefeito de Florânia, Claudinho Pinheiro, destacada pelo blogueiro local Edson Dantas, e reproduzido neste Blog  nesse domingo(25), segue abaixo nota de esclarecimento enviada.

Em respeito a sua pessoa e aos leitores do seu Blog, venho esclarecer fatos a cerca da nota enviada pelo sr Edson Dantas de Florânia.

Vamos aos fatos : como uma pessoa pública, em meio a festa de nossa co- padroeira em Florânia, é de costume cumprimentarmos as pessoas ali presentes de forma amistosa. Ao chegar a mesa de um amigo meu a fim de cumprimentá-lo, não percebi que o mesmo estava num elevado estado de embriaguez. Certamente em virtude de tal estado, o mesmo começou a trazer à tona assuntos de forma ríspida e acalorada. Ao perceber a situação incômoda, ouvi calmamente por instantes e, em seguida, me retirei do local para evitar conflitos. Portanto, não houve NENHUMA agressão física no ocorrido. Ao sair, percebi que meu amigo ficou esbravejando palavras e, em seguida, alguns amigos nossos foram até lá para acalmá-lo.

É público e notório, a antipatia que o sr blogueiro Edson Dantas tem parávamos a atual gestão de nossa cidade e, com isso, tenta de todas as formas (até mesmo criando fatos ou situações inverídicas ) para tentar manchar a imagem das pessoas que fazem parte da mesma. No entanto, temos que exercer a democracia de forma ética e não de forma leviana, por isso venho trazer tais esclarecimentos.

Outrossim, todas as pessoas de Florânia e do RN que me conhecem, são sabedores do meu comportamento calmo, tranquilo e apaziguador e avesso a qualquer tipo de violência física, pois (graças à Deus ) nunca me envolvi com brigas corporais.

Sendo esta a realidade dos fatos, agradeço a atenção.

Claudio Pinheiro
Vice prefeito de Florânia

Avanço das dunas móveis na RN 305 – (Estrada de Pitangui): Prefeitura de Extremoz emite nota

PREFEITURA DE EXTREMOZ – NOTA

Em virtude do problema do avanço das dunas móveis na RN 305, (Estrada de Pitangui), a Prefeitura Municipal de Extremoz esclarece que mesmo sendo uma Rodovia Estadual, de responsabilidade do DER, órgão do Governo do Estado, a gestão Municipal tem feito grande esforço para resolver esse antigo problema, colocando tratores, caminhões, fiscais, defesa civil, chegando inclusive a iniciar o trabalho de contenção da Dunas Móveis trabalhando de modo preventivo.

Em meses anteriores houve êxito na remoção, contudo com o aumento dos ventos e com a falta de apoio por parte do DER, que parou de enviar as suas máquinas, restando apenas as do Município, a situação vem se agravando. Mesmo assim, a prefeitura vem colocando todo seu maquinário para remoção das areias que invadem a estrada num esforço por entender que os maiores prejudicados são os moradores.

O problema exige esforço conjunto com órgão competente que é o DER que precisa com urgência tomar uma atitude mais eficaz e assumir a responsabilidade no processo. E umas das medidas é fazer a contenção de dunas e trabalhar prioritariamente nesse caso, o que não tem ocorrido, especialmente nos últimos dias por parte do DER que precisa agir com eficiência e agilidade.