Diversos

Neymar acusa Nike de mentir sobre suposto caso de assédio sexual e diz que não pôde se defender

Foto: Charles Platiau – 09.dez.2020 / Reuters

O jogador Neymar manifestou-se em suas redes sociais sobre a informação de que a Nike encerrou seu contrato em 2020 porque ele teria se recusado a cooperar com uma investigação sobre acusações de agressão sexual feitas contra ele por uma funcionária da empresa.

Neymar afirma que o contrato foi encerrado por razões comerciais. Em publicação no Instagram, o atacante do Paris Saint-Germain acusou a Nike de “distorcer uma relação comercial” e de mentir sobre o que motivou o encerramento do contrato.

“Eu realmente não entendo como uma empresa séria pode distorcer uma relação comercial que está apoiada em documentos. As palavras escritas não podem ser modificadas. Elas sim são muito claras. Não deixam dúvidas!”, publicou.

Ele explica que sempre foi orientado a não comentar seus contratos por serem sigilosos e que a empresa esportiva contrariou esta regra. “Contrariar essa regra e afirmar que o meu contrato foi encerrado porque não contribuí de boa-fé com uma investigação isso é absurdo, mentiroso. Mais uma vez sou advertido que não posso comentar em público. Indignado vou obedecer!”

A Nike, maior fabricante de material esportivo do mundo, disse em uma nota enviada à CNN que considera as alegações sobre um incidente em 2016 críveis, mas que uma investigação independente sobre o caso não foi conclusiva.

A Nike e Neymar se pronunciaram após reportagem do Wall Street Journal revelar as alegações da empresa. Até então, a empresa não havia se posicionado publicamente sobre o encerramento do contrato com o jogador – que tinha duração de 15 anos e foi rompido ainda com 8 anos restantes.

Segundo a empresa, o caso foi relatado oficialmente em 2018 em um fórum interno, mas só foi investigado a partir de 2019 para respeitar a vontade da funcionária.

Em sua publicação no Instagram, Neymar enumera uma série de contatos com representantes da empresa em compromissos e diz que nada soube sobre a alegada denúncia.

“A matéria do WSJ é muito clara. Em 2016 parece que já sabiam desse acontecimento. Eu não sabia! Em 2017 viajei novamente para os EUA para campanha publicitária, com as mesmas pessoas, nada me contaram, nada mudou! Em 2017, 2018, 2019 fizemos viagens, campanhas, inúmeras sessões de gravação. E nada me contaram.”

“Não me deram a oportunidade de me defender. Não me deram a oportunidade de saber quem é essa pessoa que se sentiu ofendida. Eu nem a conheço. Nunca tive nenhum relacionamento. Não tive sequer oportunidade de conversar, saber os reais motivos da sua dor. Essa pessoa, uma funcionária, não foi protegida. Eu, um atleta patrocinado, não fui protegido”, escreveu.

Em nota ao jornal, a assessoria do jogador afirmou que o contrato com a Nike foi encerrado por motivos comerciais. “Em relação às acusações não há nada a acrescentar porque o atleta Neymar, ao longo desses cinco anos, nunca foi diretamente acusado e processado pela funcionária da Nike. Em relação às declarações da Nike, prestadas de forma indevida e irresponsável pela Conselheira-Geral da Companhia Hilary Krane, sobre o suposto motivo de rompimento do contrato com o atleta Neymar Jr., é importante esclarecer que os reais e verdadeiros fatos são totalmente dissociados da afirmação prestada.”

Veja a íntegra da nota da Nike à CNN:

A Nike ficou profundamente perturbada com as alegações de agressão sexual feitas por uma de nossas próprias funcionárias contra Neymar Jr. O suposto incidente ocorreu em 2016 e foi oficialmente relatado à Nike em 2018. A funcionária se apresentou para compartilhar sua experiência em um fórum criado pela liderança da Nike para proporcionar um ambiente seguro no qual ex e atuais funcionários possam compartilhar confidencialmente suas experiências e preocupações. Desde o início, tratamos as alegações da funcionária e sua experiência com grande seriedade.

Quando a funcionária transmitiu suas alegações pela primeira vez à liderança da Nike em 2018, ela o fez com garantias de confidencialidade. Enquanto a Nike estava preparada e pronta para investigar naquele momento, a Nike respeitou o desejo inicial da funcionária de manter o assunto confidencial e evitar uma investigação. Como seu empregador, tínhamos a responsabilidade de respeitar sua privacidade e não acreditávamos que fosse apropriado compartilhar essas informações com as autoridades policiais ou terceiros sem o consentimento da funcionária.

Em 2019, quando a funcionária posteriormente manifestou interesse em prosseguir com o assunto, agimos imediatamente. A Nike encomendou uma investigação independente e contratou um advogado independente para a funcionária, escolhido por ela e custeado pela empresa.

A investigação foi inconclusiva. Nenhum conjunto de fatos emergiu que nos permitiria falar substantivamente sobre o assunto. Não seria apropriado para a Nike fazer uma declaração acusatória sem ser capaz de fornecer os fatos de apoio. A Nike encerrou seu relacionamento com o atleta porque ele se recusou a cooperar de boa-fé com uma investigação de alegações críveis de irregularidades feitas por uma funcionária.

Continuamos a respeitar a confidencialidade da funcionária e também reconhecemos que esta tem sido uma experiência longa e difícil para ela.

Leia a íntegra do posicionamento da assessoria de Neymar:

Considerando a notícia veiculada na mídia que revela a existência de uma acusação de uma funcionária da Nike de um suposto assédio que teria sofrido em 2016 do Atleta Neymar Jr., oportunamente relatada para a Companhia, que, segundo a reportagem, não adotou providências oportunas, são necessários alguns esclarecimentos.

Transcrevemos inicialmente as informações prestadas à reportagem do ‘Wall Street Jornal’:

“Neymar Jr nega essas acusações. Semelhante às alegações de agressão sexual feitas contra ele em 2019 – alegações em que as autoridades brasileiras reconheceram a sua inocência – essas alegações são falsas. Neymar Jr, se for acionado, o que nunca aconteceu, se defenderá vigorosamente contra esses ataques infundados. Neymar Jr e Nike encerraram o relacionamento por motivos comerciais, o que vinha sendo discutido desde 2019, nada relacionado a esses fatos noticiados. É muito estranho um caso que supostamente teria acontecido em 2016, com alegações de um funcionário da Nike, venha à tona somente nesse momento.”

Em relação às acusações não há nada a acrescentar porque o Atleta Neymar, ao longo desses cinco anos, nunca foi diretamente acusado e processado pela funcionária da Nike.

Em relação às declarações da Nike, prestadas de forma indevida e irresponsável pela Conselheira Geral da Companhia Hilary Krane, sobre o suposto motivo de rompimento do contrato com o Atleta Neymar Jr., é importante esclarecer que os reais e verdadeiros fatos são totalmente dissociados da afirmação prestada.

Não obstante todas as inverdades relatadas, não apresentaremos, por ora, os documentos que revelam a forma de encerramento do contrato, por questões óbvias de estrito sigilo e confidencialidade, em total observância aos princípios éticos e de governança corporativa que devem nortear a conduta de uma companhia.

As medidas cabíveis já estão sendo adotadas e em breve os reais motivos poderão ser revelados e os fatos esclarecidos.

CNN Brasil

 

Opinião dos leitores

    1. É o que acontece com quem quer aparecer mais do que seu futebol.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Presidente municipal do PP, Eriko Jácome, realiza convenção partidária em Natal

Na manhã deste sábado (20), o Partido Progressista (PP) realizou sua convenção partidária em Natal, no Cemure. O evento foi marcado pela homologação de 30 candidaturas e contou com a presença de mais de mil pessoas, incluindo importantes figuras políticas da cidade.

O presidente municipal do PP, Eriko Jácome, destacou em seu discurso a importância do partido e a dedicação de seus membros. “Nossa legenda é composta por pessoas que realmente têm trabalho prestado e que se dedicam continuamente para o bem-estar de todos”, afirmou.

Durante a convenção, foi confirmado o apoio do PP à pré-candidatura de Paulinho Freire para prefeito de Natal. Paulinho que também participou do evento, encorajando os pré-candidatos do PP na disputa eleitoral e compartilhando um pouco de sua própria jornada.

O evento também contou com a presença do prefeito de Natal, Álvaro Dias, que parabenizou a organização e ressaltou a importância do encontro. “É fundamental ver a união e a força do PP em Natal, trabalhando juntos para um futuro melhor”, afirmou o prefeito.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Donald Trump faz primeiro comício após sofrer tentativa de assassinato

Imagem: reprodução/YouTube

Donald Trump está realizando neste sábado (20) o primeiro comício após ter sofrido uma tentativa de assassinato e também após ter sido oficializado como candidato do Partido Republicano à Presidência. O evento acontece no estado do Michigan.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

LEMBRA DELE? Após causar prejuízo milionário a vítimas e sumir, ‘Crente Trader’ volta a oferecer seu ‘método’ para operar no mercado financeiro

O BLOGDOBG foi procurado por duas vítimas de Mário Borges, que ficou conhecido como o ‘Crente Trader’, mostrando que ele está de volta. Após um período sumido, alegando ter passado dificuldades, dizendo que vendeu bombom pra sobreviver, agora ele diz que está de volta, pedindo que acreditem nele e dizendo que dará a volta por cima, mesmo após ele ter feito várias pessoas perderem milhões investidos meses atrás.

O fato é que quem foi ludibriado pelo ‘Crente Trader’ e perdeu muito dinheiro agora está se sentindo pior ainda.
A sensação de ter sido feito de otário e trouxa é maior entre as vítimas, pois o ‘Crente Trader’ agora voltou a oferecer nas redes sociais adesão ao ‘método’ dele de operar no mercado financeiro, como se nada tivesse acontecido.

Diante da novidade, vítimas do ‘Crente Trader’ estão se organizando para pedir providências à Justiça, inclusive para pedir também a prisão dele.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: Após dizer que ‘se o cara é corintiano, tudo bem’ ao citar violência contra mulheres, Lula agora diz que ‘homem que é homem’ não bate em mulher

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a falar neste sábado (20) sobre violência contra mulher ao dar a largada nos atos eleitorais do pleito municipal deste ano. O “homem que é homem”, disse, “não pode nunca levantar a mão para agredir uma mulher”. A declaração vem 4 dias depois de o presidente ter dito ser “tudo bem” se a violência partisse de um corintiano.

Em uma reunião na terça-feira (16), no Planalto, Lula afirmou: “Hoje eu fiquei sabendo de uma notícia triste. Eu fiquei sabendo que tem pesquisa, Haddad, que mostra que depois de um jogo de futebol aumenta a violência contra a mulher. Inacreditável. Se o cara é corintiano, tudo bem, como eu, mas eu não fico nervoso quando perco, eu lamento profundamente”.

Em evento neste sábado (20), no seu berço político, a cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo, o petista retomou o assunto. “O homem que é homem, o homem que tem fé em Deus, o homem que é fraterno e solidário não pode nunca levantar a mão para agredir uma mulher, não pode. E tem aumentado muito a violência. A violência contra a mulher é muito grande”, declarou o presidente.

Lula participou da convenção que oficializou a candidatura do deputado estadual Luiz Fernando (PT-SP) à Prefeitura de São Bernardo do Campo, com o ex-prefeito do município William Dib (PSB) como vice. O deputado é irmão do ministro Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar).

Com informações de Poder 360

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: PF prende tcheco com quase 5 kg de cocaína no aeroporto de Natal


A Polícia Federal prendeu em flagrante na madrugada deste sábado, 20/7, no aeroporto internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, um aposentado de 72 anos, natural da República Tcheca, que pretendia embarcar levando camuflado na bagagem 4,73 kg de cocaína. O homem viajava sozinho e se destinava a Lisboa/Portugal.

A prisão ocorreu durante uma fiscalização de rotina na área de embarque internacional, com o auxílio da cadela Kiara, que detectou um volume suspeito na mala de mão do passageiro. Ao ser abordado, o estrangeiro alegou não compreender as perguntas e disse não saber falar inglês. Desconfiados, os policiais fizeram um pequeno orifício na mala, revelando uma substância esbranquiçada que, após o narcoteste, confirmou-se como cocaína.

De imediato, o cidadão recebeu voz de prisão e seguiu escoltado para a sede da Polícia Federal, onde a bagagem foi desmontada e encontrado em um fundo falso, dois pacotes de um invólucro de cor preta contendo a droga.

Autuado em flagrante por tráfico internacional de drogas, o homem alegou durante o depoimento que foi contratado por uma pessoa desconhecida para levar a mala até a cidade de Paris, França, onde deveria ser entregue em um estabelecimento bancário. Ele alegou ainda que a bagagem foi deixada por um taxista no hotel onde ele estava hospedado em São Paulo, mas afirmou não saber que a mala continha droga.

Após exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), o suspeito foi encaminhado para a carceragem da Polícia Federal, onde aguarda audiência de custódia e está à disposição da Justiça.

Somente este ano, a Polícia Federal já apreendeu 37 kg de cocaína no aeroporto Aluizio Alves e prendeu cinco pessoas acusadas de tráfico de drogas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Solidariedade de Kelps indica vice de Jaime Calado

O partido Solidariedade de São Gonçalo do Amarante (RN) selou neste sábado, 20, a aliança com o pré-candidato a prefeito de Jaime Calado.

O presidente do Solidariedade no município, vereador Flávio Henrique, será o vice de Jaime Calado na eleição para reconstruir a cidade que está sofrendo com a atual o gestão da Prefeitura.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Diretório Municipal do PSOL em Natal emite nota contra intervenção da direção nacional do partido que cancelou convenção eleitoral

O Diretório Municipal do PSOL em Natal emitiu uma nota contra a direção nacional do partido em razão de uma intervenção que cancelou a Convenção Eleitoral com menos  de 24h de sua realização.

A vereadora Camila Barbosa foi às redes sociais e gravou um vídeo afirmando que defenderá a pré-candidatura dela à Prefeitura de Natal. “Não serei intimidada pelos que se proclamam donos do partido”, disse.

Leia a íntegra da nota abaixo:

Assinam a nota:

Diretório Municipal do PSOL Natal
Robério Paulino – Vereador do PSOL em Natal
Sônia Godeiro – Pré-candidata a vereadora pelo PSOL Natal
Sabrina Denielle – Pré-candidata a vereadora pelo PSOL Natal
Lourenço Capriglione – Pré-candidato a vereador pelo PSOL Natal
Juntas por Natal – Pré-candidata a vereadoras pelo PSOL Natal
Fábio Costa – Pré-candidato a vereador pelo PSOL Natal
Margareth Souza – Pré-candidata a vereadora pelo PSOL Natal
Carlinhos do Gás – Pré-candidato a vereador pelo PSOL Natal
Geomar Maia – Pré-candidato a vereador pelo PSOL Natal

Opinião dos leitores

  1. Oura…oura…a ordem é do alto da hipocrisia…a ordem não é do PSOL… é do PT.
    O bom é que a Ilustre vereadora discorre sobre o perfil da esquerda.
    Antidemocrático é só uma das características!

    Cobra de duas cabeças!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

85% dos consumidores que atrasaram contas em junho são reincidentes

Foto: Freepik

Dentre os consumidores que atrasaram contas em junho, 85,16% são devedores reincidentes, ou seja, já haviam aparecido no cadastro de inadimplentes nos últimos 12 meses.

Os dados são da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito).

“Neste cenário existem tanto as questões sociais do país em relação à renda e ao emprego da população, mas também os consumidores que têm dificuldade no controle dos gastos”, afirma o presidente da CNDL, José César da Costa.

O número de devedores reincidentes com participação mais expressiva no Brasil em junho foi da faixa etária de 30 a 39 anos (26,28%). A participação dos devedores reincidentes por sexo é melhor distribuída, sendo 53,23% mulheres e 46,77% homens.

Em relação à abertura por faixa etária dos consumidores que quitaram suas dívidas, o número de recuperados com participação mais expressiva foi da faixa etária de 50 a 64 anos (24,21%). A participação dos consumidores recuperados por sexo também é melhor distribuída, sendo 51,83% mulheres e 48,17% homens.

Nos 12 meses encerrados em junho, houve crescimento de 1,77% no número de consumidores que conseguiram sair das listas de negativados. A comparação é com os 12 meses anteriores.

Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Com mais de 18 mil atrasos em voos, companhias aéreas retomam serviços gradualmente após apagão cibernético

Foto: JUSTIN TALLIS / AFP

Companhias aéreas de todo o mundo retomam gradualmente seus serviços, um dia após o apagão cibernético que interrompeu atividades em bancos, aeroportos, estações de trem e até hospitais. De acordo com o site FlightAware, até as 11 horas da manhã deste sábado, 18.198 voos já haviam sido atrasados no dia e 1.436 cancelados.

O incidente, causado por uma atualização corrompida de um programa antivírus do grupo de cibersegurança americano CrowdStrike Falcon nos sistemas operacionais Windows, provocou 4.674 cancelamentos e 42.013 voos em atraso globalmente nesta sexta.

Nos Estados Unidos, várias companhias aéreas relataram que já retomaram as operações. Na sexta-feira, ao menos três estados sofreram interferências nos seus serviços de emergência e pelo menos 2.400 voos no país foram cancelados.

Na Ásia, os aeroportos de Hong Kong, Coreia do Sul e Tailândia anunciaram o restabelecimento dos seus serviços. As operações também voltaram ao normal nos aeroportos da Índia, Indonésia e Singapura. Os aeroportos de Pequim não foram abordados, informou a televisão estatal chinesa.

Os principais aeroportos da Europa – incluindo Berlim, que teve todos os voos na sexta – informaram que as partidas e chegadas de aviões foram retomadas.

No Brasil, alguns voos foram afetados na sexta com atrasos pontuais, já que empresas aéreas enfrentaram dificuldades operacionais, resultando em atraso de voos e formação de filas para os passageiros.

O Ministério de Portos e Aeroportos (MPor) informou que o problema não afetou o controle de tráfego aéreo, impactando apenas operações de check-in de algumas companhias aéreas. Além dos voos, o Brasil também teve plataformas bancárias e outros setores afetados com o apagão, como hospitais e plataforma do STF.

A CrowdStrike afirmou que a situação pode levar alguns dias para voltar ao normal.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Mais de 30 congressistas democratas pedem para Biden desistir, 12 deles nas últimas 24 horas

Foto: Jacquelyn Martin/AP

A lista de políticos democratas que pedem para o presidente dos EUA, Joe Biden, desistir da corrida presidencial não para de crescer.

Até o momento, 34 congressistas do partido pediram publicamente para Biden encerrar sua candidatura à reeleição –12 deles apenas nas últimas 24 horas.

Eles representam mais de um em cada dez democratas no Congresso americano, em que o Partido Democrata de Biden controla 213 cadeiras na Câmara dos Deputados e 51 no Senado.

Biden se encontra em um dos momentos de maior pressão sobre sua candidatura. Apesar dos esforços de sua equipe para apaziguar os ânimos no Partido Democrata, em crise desde o mau desempenho do presidente no debate contra Donald Trump, cada vez mais políticos do partido pedem sua desistência. Atualmente, Biden está refletindo se deveria deixar a corrida à Casa Branca, segundo fontes próximas a ele.

Ao todo, 12 desses 34 congressistas democratas se juntaram ao coro pela desistência apenas nesta sexta (19), um dia depois da Convenção Nacional Republicana, que consolidou o contraste de momento entre os dois maiores partidos dos EUA, e aos relatos de que Biden aparenta ter aceitado a ideia de que deva desistir, segundo fontes próximas a ele.

Com informações de g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *