Nota de esclarecimento JMT

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em atenção à imprensa e à sociedade, o Grupo Empresarial JMT presta esclarecimentos sobre o contrato firmado entre a JMT Service e Locação de Mão de Obra e a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte. Devido ao atraso, de dois meses, no pagamento da SESAP à empresa, além da não quitação de outras obrigações contratuais de reajustes e repactuações, referentes aos anos de 2015 e 2016, que soma um montante de R$ 9,5 milhões devedor, a JMT está impossibilitada de cumprir com o pagamento dos salários do mês de dezembro de 2016 dos profissionais que atuam nos hospitais geridos pelo Governo do RN. O Grupo Empresarial JMT pede a compreensão de todos os trabalhadores e informa que já está buscando alternativas legais para que, o quanto antes, a situação esteja normalizada.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. aurmarizio disse:

    Interessante também é que a propaganda governamental na TV, rádio e jornais, nos horários e canais mais caros do país (uma fortuna), nunca atrasa, nem cessa.

  2. Almir Dionísio da Silva disse:

    Interessante q o salário dos servidores efetivos atrasa e eles continuam trabalhando
    Essas terceirizadas só querem lucrar as custas do estado.

    • Brunovanutti disse:

      Se não fosse os terceirizadas o estado eo Brasil não funciona concursados fogados ganham muito e trabalha pouco.

COMENTE AQUI