Palmeiras não consegue superar retranca do América-MG e perde a 1ª na Série B

O Palmeiras não conseguiu passar pela forte marcação do América-MG e perdeu sua primeira partida na Série B do Brasileiro por 1 a 0.

Neste sábado, em Itu, o técnico de Gilson Kleina viu Nikão abrir o placar no primeiro tempo e um time mineiro fechado defensivamente na etapa final.

A partida teve o Palmeiras indo para cima e o América-MG conseguindo segurar, com boa participação do goleiro Matheus, que entrou pela primeira vez no time titular substituindo Neneca.

As oportunidades mais claras de gol palmeirenses ocorreram com Caio, que entrou no segundo tempo.

Com o preço do ingresso reduzido a R$ 40, mais de 7.500 pessoas compareceram ao estádio Noveli Junior e vaiaram a equipe do Palmeiras na saída do gramado.

Na quarta rodada, nesta terça, o Palmeiras receberá o Avaí em Itu às 19h30. No mesmo dia, o América-MG vai a Juazeiro do Norte para enfrentar o Icasa às 21h50.

O JOGO

O técnico Gilson Kleina repetiu a formação da vitória por 3 a 0 sobre o ASA, em Arapiraca, sem os três atacantes da estreia. A única mudança foi Vinícius na vaga de Kleber, lesionado.

A equipe do América-MG começou mais atenta a partida e quase abriu o placar aos 8min. Doriva disparou em contra-ataque, mas adiantou demais a bola e Bruno saiu do gol para chutá-la longe.

O Palmeiras então melhorou e teve mais posse de bola, tendo ficado a maior parte do primeiro tempo no campo de ataque do adversário.

Com forte marcação no seu campo de defesa, o América-MG afastou todas as investidas do Palmeiras até que conseguiu abrir o placar.

Aos 37min, após cobrança de lateral, Nikão partiu pela esquerda, saiu da marcação de Maurício Ramos e chutou para o gol. Bruno ainda desviou a bola, mas ela foi para o fundo das redes.

Gilson Kleina fez uma alteração no intervalo, colocou Caio no lugar de Wesley, que logo mostrou serviço. Com um minuto de jogo, Ayrton cobrou lateral pela direita e Caio partiu para o ataque, tirou do goleiro e chutou para o gol. A bola passou muito perto da meta de Matheus.

O segundo bom lance do Palmeiras no jogo foi novamente com Caio. Ele aproveitou sobra de chute e saiu livre na cara do gol. Matheus fechou bem o ângulo e o chute do palmeirense foi para fora.

Aos 21min da segunda etapa, Kleina fez as outras duas mudanças possíveis. Entraram Maikon Leite e Ronny, e saíram Vinícius e Tiago Real.

O Palmeiras iniciou então uma pressão no adversário, que fechou a marcação ainda mais em seu campo defensivo e não se preocupou em atacar.

Após os 35min, o América-MG saiu para o ataque e quase aumentou o placar com Nikão.

A equipe palmeirense tentou o empate até os últimos minutos, mas o time mineiro conseguiu segurar a vantagem.

Da Folha