Esporte

Palmeiras empata com Atlético-MG e vai à final da Libertadores pelo segundo ano consecutivo

Foto: Divulgação/Palmeiras

O Palmeiras vai à final da Copa Libertadores pelo segundo ano consecutivo. O empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, nesta terça-feira, num Mineirão com barulhenta torcida do Galo, não foi fácil, mas serviu para manter vivo o sonho do tricampeonato continental – após as conquistas de 1999 e 2020, esta última vencendo o Santos, em janeiro passado.

O Atlético, jogando em casa e com apoio, abriu o placar com Vargas, já no segundo tempo, mas fica pelo caminho mesmo invicto – uma eliminação dolorida, sem uma derrota sequer na campanha. Isso porque um iluminado Gabriel Veron entrou e, em sua primeira jogada, deu o gol de empate de presente para Dudu, decisivo, levar o Verdão à final pelo critério do gol fora de casa (o jogo de ida terminou 0 a 0, em São Paulo). Agora é esperar Flamengo ou Barcelona-EQU na decisão de 27 de novembro, em Montevidéu.

GE

Opinião dos leitores

  1. Show Meu Palmeiras !! O Maior Campeão do Brasil 🇳🇬🇳🇬🇳🇬🇳🇬🇳🇬🇳🇬🇳🇬🇳🇬

    1. O parmeiras tem mundial? Vai continuar sonhando. O Bonde do Mengão tá chegando e o bicho vai pegar.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

VÍDEO: Mais um jogador do Palmeiras é hostilizado por torcedores na saída de suposta festa clandestina

Foto: Reprodução. VÍDEO (AQUI)

Patrick de Paula foi hostilizado por torcedores do Palmeiras na madrugada desta segunda-feira. Um grupo de palmeirenses abordou o volante na saída do que seria uma festa clandestina, no Tatuapé, na zona leste de São Paulo, e xingou o jogador, que não conseguiu entrar no carro para ir embora.

Amparado por um segurança, Patrick de Paula, de máscara, foi obrigado a voltar para o local onde estava. A diretoria do Palmeiras e o jogador ainda não se pronunciaram sobre o ocorrido.

O episódio com Patrick de Paula ocorreu horas depois de ele ter sido advertido por diretoria e comissão técnica por ter entrado em campo contra o América-MG de brinco. E, por isso, ter perdido seis minutos fora de campo para tirar a joia. Abel Ferreira, inclusive, disse daria “bronca de pai”.

No último sábado, o número de mortes por Covid-19 no Brasil ultrapassou a marca de 500 mil nessa pandemia. Na saída do local onde foi abordado por torcedores, Patrick de Paula está de máscara. Alguns dos palmeirenses que o abordaram, não.

Na madrugada de sexta-feira, aliás, Lucas Lima, também do Palmeiras, passou pela mesma situação. Sem máscara, o meia foi abordado na saída de um local na zona oeste de São Paulo, de madrugada. Multado e afastado do elenco, ele aguarda decisão da diretoria sobre o seu futuro.

Durante a pandemia de Covid-19, Patrick de Paula e Lucas Lima não foram os únicos casos do Verdão de jogadores que furaram o protocolo sanitário do clube. Ramires, já fora do time, Felipe Melo, Luiz Adriano, Danilo e Gabriel Veron também já foram advertidos pela diretoria.

Outros jogadores na balada? Eles negam

Durante a madrugada, em posts nas redes sociais, Paulo Serdan, ex-presidente da Mancha Verde, uma das principais organizadas do Palmeiras, e conselheiro do clube, chegou a dizer que, além de Patrick de Paula, outros três jogadores estavam na festa clandestina: Breno Lopes, Gabriel Menino e Rony.

Horas depois, ele editou o post e apagou o nome dos três. Rony e Breno Lopes, também pelas redes sociais, fizeram um post para negar a acusação, assim como Gabriel Menino, via assessoria de imprensa.

Globo Esporte

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

VEXAME COMPLETO: Palmeiras perde do Al Ahly nos pênaltis e vira primeiro brasileiro derrotado na disputa do terceiro lugar no Mundial de Clubes

 Foto: KARIM JAAFAR / AFP

O Palmeiras viveu nova decepção no Mundial de Clubes nesta quinta-feira. Depois de ser derrotado nas semifinais pelo Tigres, do México, o time brasileiro empatou por 0 a 0 no tempo normal e perdeu nos pênaltis por 3 a 2 para o Al Ahly, do Egito, na disputa do terceiro lugar em Doha – com isso, virou o primeiro brasileiro (e também sul-americano) a terminar o torneio da Fifa em quarto.

De quebra, o Verdão deixa o Catar sem ter feito um gol sequer com a bola rolando. O campeão mundial sairá do duelo entre o Bayern de Munique, da Alemanha, e o Tigres, ainda nesta quinta.

Globo Esporte

Opinião dos leitores

    1. deixa de ser radical pra não dizer burro , tu acha que o time todo do Palmeiras é bolsonarista ? , e mesmo assim o que tem relação com política ? bolsonaro, lula e ciro tão cagando pra tu zé ruela .

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Palmeiras pode, sim, vender o potiguar Gabriel Veron por valor maior do que o de Neymar; multa rescisória é de R$ 379 milhões na cotação atual

Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Após a vitória por 5 a 0 sobre o Delfín, na última quarta-feira, em casa, pelas oitavas de final da Libertadores, o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, declarou que “é impossível o Palmeiras vender Gabriel Veron por menos do que Neymar foi vendido ao Barcelona”.

Embora muita gente possa ver a declaração do treinador como exagerada, o fato é que essa avaliação está dentro da realidade pelos valores que envolvem o jogador atualmente.

Gabriel Veron, de 18 anos, assinou recentemente um novo contrato com o Palmeiras, válido até 2025. A multa rescisória é de 60 milhões de euros (cerca de R$ 379 milhões na cotação atual).

Esse valor já seria mais do que os 57 milhões de euros que o Barcelona anunciou como pago para tirar Neymar do Santos, em 2013. Mas a cotação do euro em relação ao real faz com que a diferença seja enorme na moeda brasileira.

Em 2013, o valor pago por Neymar, convertido, foi de cerca de R$ 182 milhões. Com o euro valendo muito mais atualmente, os 60 milhões de euros da multa de Gabriel Veron equivalem hoje a cerca de R$ 379 milhões.

A maior venda da história do Palmeiras foi a de Gabriel Jesus, em 2016, para o inglês Manchester City. O clube não ficou com todo o montante, mas a negociação girou em torno de 32 milhões de euros (cerca de R$ 121 milhões).

É importante lembrar que, normalmente, as vendas são feitas por valores abaixo da multa rescisória. A de Gabriel Jesus, por exemplo, era de 40 milhões de euros.

Campeão e melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17, no ano passado, Gabriel Veron é um dos jovens jogadores com maior valor de mercado no futebol sul-americano. Ele vem sendo monitorado por clubes europeus.

Promovido ao time profissional no fim do ano passado, Veron tem dez gols em 29 jogos pelo Palmeiras.

Globo Esporte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Corinthians está perto de vencer concorrência do Palmeiras e contratar lateral do ABC, noticia imprensa em SP

Foto: Reprodução

O Corinthians está próximo de contratar Reginaldo, lateral esquerdo de apenas 19 anos e que atualmente defende o ABC de Natal.

A ideia inicial é que o jogador chegue para integrar o time Sub-20 em uma espécie de adaptação ao clube antes de ser promovido ao elenco profissional.

Nos bastidores, a maior concorrência da diretoria alvinegra é com o Palmeiras, que também tem interesse no atleta. Nesta semana, porém, o empresário de Reginaldo praticamente encerrou as conversas com os dirigentes alviverdes.

Reginaldo já externou sua preferência pelo clube do Parque São Jorge e o acerto é tido como questão de tempo pelas pessoas envolvidas na negociação.

Quem é

Reginaldo foi revelado pelo ABC em 2019. Nesta temporada, o jogador foi emprestado ao Athletico-PR, clube pelo qual disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, além de uma partida pelo Campeonato Paranaense.

De volta ao ABC no meio do ano, o jogador atuou na Copa do Nordeste, contra o CSA, e em cinco compromissos pelo Campeonato Potiguar, sendo três deles como titular.

Gazeta Esportiva

Opinião dos leitores

  1. Se for, tomara que não tenha o mesmo destino de Matheus Matias e Fessin, ambos preteridos pelo"genial" técnico corintiano na época, que afirmou que os mesmos não estavam preparados fisicamente. Tal ato, pode ter encerrado prematuramente e de forma psicológica, a carreira dos citados atletas. Vi depoimento do próprio treinador, a respeito.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Luxemburgo cita exemplo de Neymar e pede calma com potiguar Gabriel Veron no Palmeiras

Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

O atacante Gabriel Veron, de apenas 17 anos, é uma das maiores promessas do Palmeiras. Eleito o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17 no ano passado, ele conta com o apelo dos torcedores para que tenha mais chances no time titular. Porém, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem tido cautela para utilizá-lo.

Nesta temporada, ele foi titular em três partidas e entrou em outras quatro. Ainda não fez gol. Luxa explica os motivos pelos quais não tem usado muito o garoto.

– Eu não quero colocar e me pedirem para tirar amanhã. Quero colocar quando eles puderem seguir. O Veron não estourou ainda, ele teve uma participação excelente na Seleção, mas no Palmeiras ele está começando a história dele. Temos de ter um pouquinho de calma, já que a história dele até agora foi na Seleção – disse.

Na visão de Luxemburgo, a cautela serve também para proteger o jogador. Por isso a cautela.

– Lançar quando o torcedor quer, pode se equivocar e perder um talento. Pode colocar e tirar, você vai sentindo. Até quando puder colocar e deixar. Depende de como sentir o ambiente. O Gabriel Veron, eu coloquei. Mas teve jogo que quando ele perdia duas, três bolas, começava uma culpa nele ali. Uma sequência errando, já iam ver o Veron diferente, eu falei “opa, deixa eu tirar”. Aí comecei a colocar em jogos já entrando com o adversário cansado e ele usando a velocidade. É para preservar um talento como o Veron, que tem um futuro brilhante pela frente. Tem que ter calma com isso – declarou.

Vanderlei Luxemburgo era o treinador do Santos em 2009, quando Neymar tinha acabado de subir ao profissional. E ele cita o exemplo de como fez com o astro, hoje no PSG, para explicar a utilização de um garoto que gera muita expectativa.

– O dia que eu começar a sentir que a torcida está me chamando de burro porque eu não coloco o cara, está na hora dele começar a jogar. Quando cheguei no Santos, o Neymar tinha sido lançado pelo Dorival Junior, ele teve uma queda e começaram a falar que era só uma promessa. Eu chamei ele e o pai e falei pra fazermos um trabalho de ganhar massa muscular, chamei de filé de borboleta brincando, que eu ia colocar ele no banco, entrando 15 minutos, 20 minutos – explicou.

– Daqui a pouco a torcida vai estar me chamando de burro. Quando ela me chamar de burro, ele volta a jogar e será titular. Foi o que aconteceu. A torcida começou a me chamar de burro, seu filho disso, filho daquilo, Neymar tem que jogar… Eu bati no ombro dele e disse “Não te falei? Agora vai lá jogar, meu filho” – completou.

Globo Esporte

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Gols e arranque de 38km/h fazem início do potiguar Veron no Palmeiras animar mais do que do xará Jesus

Foto: Ricardo Moreira / Estadão Conteúdo

O começo de Gabriel Veron como profissional tem animado muito o departamento de futebol do Palmeiras. Na última quinta-feira, o atacante fez dois gols e deu uma assistência ao entrar no segundo tempo da goleada por 5 a 1 sobre o Goiás, em Campinas, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

A rapidez e a habilidade demonstradas na ponta esquerda, que levaram a torcida a gritar seu nome depois do apito final, são dois dos pontos mais elogiados internamente.

Segundo números apurados pelo clube, Veron tem arranques que chegam a 38 km/h – velocidade que no elenco só é alcançada pelo também atacante Dudu e pelo lateral-direito Mayke.

– Minha velocidade me ajuda muito no futebol. Vou continuar treinando isso, mas sei que também sou bom na parte técnica, no um contra um. Vou continuar aperfeiçoando tudo – disse o garoto, na saída do Brinco de Ouro.

Há quem entenda no Palmeiras que Veron possa superar os passos do xará Gabriel Jesus, também revelado pelo clube e que atualmente defende o Manchester City e a seleção brasileira. Apesar de tratar o antecessor como um exemplo, o garoto não quer comparações.

– O Gabriel Jesus é um grande jogador, me espelho nele também pelo fato de ele ter virado ídolo no Palmeiras e ter ido para o Manchester City. Mas vou fazer uma carreira com o meu nome, Gabriel Veron, e continuar trabalhando. Temos que dar o nosso melhor sempre porque a camisa do Palmeiras é gigante – afirmou Veron.

Ao balançar a rede em Campinas, ele se tornou um dos jogadores mais jovens a fazer gol pelo Palmeiras, com 17 anos, três meses e dois dias. Gabriel Jesus marcou o primeiro com 18 anos, três meses e 12 dias, em 2015, na vitória por 1 a 0 sobre o ASA-AL, pela Copa do Brasil.

O recorde pertence ao ex-atacante Juliano, que tinha 16 anos, 11 meses e 23 dias quando marcou, em 1998, um dos gols da vitória por 5 a 0 sobre o Nacional, do Uruguai, pela Copa Mercosul.

A partida contra o Goiás foi a segunda de Veron pelo time principal. A estreia aconteceu no Maracanã, quando entrou aos 30 minutos da etapa final da derrota para o Fluminense. No jogo seguinte, contra o Flamengo, passou o tempo todo no banco de reservas.

Globo Esporte

Opinião dos leitores

  1. Jogador que foi dispensado nas bases dos times do RN. Olhe que isso não é a primeira vez.
    Depois não sabem as razões do nosso futebol ser da série D ou mais para baixo.
    Onde existe excesso de vontade, comando pela vaidade, chefes demais, não tem como dar certo.

    1. Amigo, ele não foi dispensado de nenhum time do Estado. Foi descoberto pelo trabalho de captação de jovens atletas feito pelo Santa Cruz de Natal aqui no RN, após isso, foi trabalhado até ser enviado para as categorias de base do Palmeiras.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Velloso: Sampaoli é o novo técnico do Palmeiras

Foto: Bruno Ulivieri/AGIF

Jorge Sampaoli vai comandar o Palmeiras em 2020. A informação foi divulgada por Velloso, comentarista do programa Os Donos da Bola.

“Vai subir a serra pedalando, vai chegar em São Paulo pedalando”, afirmou o ex-goleiro do Verdão.

Velloso ainda revelou que o contrato do treinador argentino com o Santos vai até o final de 2020. No entanto, a partir de janeiro não existe mais multa para rescindir. “Até por isso o Palmeiras está esperando para anunciar”, explicou o comentarista.

De acordo com Neto, Sampaoli recebe R$ 1.600.000,00 no Peixe. Além disso, o apresentador relembrou as confusões que ele arrumou durante a sua primeira temporada na vila Belmiro.

O Verdão está sem técnico desde domingo, 1º, quando Mano Menezes foi demitido após a derrota para o Flamengo no Allianz Parque. Alexandre Mattos, diretor de futebol, também deixou o clube após cinco anos.

Band

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

VÍDEO: Talento potiguar Gabriel Veron passa por trote em primeira viagem como profissional do Palmeiras

Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras

Novidade na lista de relacionados do Palmeiras para o duelo desta quinta-feira, contra o Fluminense, às 19h30, no Maracanã, pelo Brasileirão, Gabriel Veron passou pelo tradicional trote no jantar do elenco.

Em cima de uma cadeira e usando uma faca como microfone, o atacante de 17 anos agradeceu a todos pela oportunidade e disse:

– Eu sei que vou mais aprender do que ensinar.

Pela frase, o atacante recebeu aplausos dos companheiros (veja no vídeo aqui).

Gabriel Veron é uma das principais promessas da base do Palmeiras. Destaque da seleção brasileira sub-17 na conquista do Mundial, o atacante teve dias agitados recentemente.

Globo Esporte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

FOTOS: Potiguar Gabriel Veron faz o 1º treino no profissional do Palmeiras

Fotos: Tossiro Neto

Foi na manhã desta terça-feira, antevéspera da partida contra o Fluminense, o primeiro treino de Gabriel Veron com o elenco profissional do Palmeiras no campo da Academia de Futebol. Ainda tímido, o atacante de 17 anos nem participou da roda de bobinho dos jogadores.

Em vez disso, ficou alguns passos atrás, sozinho, observando aqueles que agora – mas principalmente a partir da pré-temporada do ano que vem – serão seus novos colegas de trabalho.

Apesar de ter sido integrado ao grupo profissional já na última segunda-feira, quando fez apenas uma atividade regenerativa, Gabriel Veron ainda terá compromissos pelo time sub-20, como as duas partidas finais do Campeonato Brasileiro, contra o Flamengo, na quinta-feira e no domingo.

Somente em janeiro é que a promessa palmeirense poderá ser considerada efetivada de fato. Ainda assim, é possível que esteja na lista de relacionados em alguns dos quatro jogos que restam ao Palmeiras no Campeonato Brasileiro.

Nesta terça-feira, depois de admirar seus ídolos, o atacante se juntou a eles numa primeira atividade física comandada pela comissão técnica. A imprensa, porém, precisou deixar o centro de treinamento logo depois.

Além de Gabriel Veron, a atividade em campo teve a presença Felipe Melo. Recuperado de edema na panturrilha esquerda, o volante também está liberado para atuar, ao menos até novo julgamento, graças a efeito suspensivo concedido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Terceiro colocado do Brasileirão, o Palmeiras visita o Fluminense às 19h30 (de Brasília) de quinta-feira, no Maracanã.

Globo Esporte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Palmeiras cogita antecipar a promoção do potiguar Gabriel Veron ao elenco profissional

 Foto: Divulgação/Palmeiras

O final de ano reserva mais novidades na carreira de Gabriel Veron. Depois de ter sido eleito o melhor jogador da Copa do Mundo sub-17 e ter seu contrato com o Palmeiras renovado, o atacante de 17 anos está próximo de ser observado no elenco profissional.

A princípio, o garoto deveria ter as primeiras experiências com o time principal a partir da pré-temporada de 2020, mas sua promoção já neste ano começou a ser cogitada internamente e pode ocorrer a partir da próxima semana.

– Agora é fácil falar do Veron, o país inteiro fala do Veron. Seria muito cômodo aqui agora dar uma satisfação e ficar de bem com todo mundo. Não é assim que as coisas são conduzidas, mas certamente teremos jogadores da base no grupo principal no ano que vem, porque enxergo que essa é a ordem natural das coisas – disse o técnico Mano Menezes, no fim de semana.

Se a promoção de fato ocorrer na próxima semana, haverá ainda quatro jogos no Campeonato Brasileiro (contra Fluminense, Flamengo, Goiás e Cruzeiro) para que a promessa palmeirense possa ser ao menos relacionada.

Nome da vez nas divisões de base do Palmeiras, Gabriel Veron tem sido sondado por clubes do exterior, um dos motivos pelos quais, na última quinta-feira, ele teve seu vínculo estendido de outubro de 2021 a dezembro de 2024.

A assinatura ocorreu na Academia de Futebol, na presença do diretor de futebol profissional, Alexandre Mattos, e do presidente Maurício Galiotte, ao lado dos quais o atacante foi fotografado para anúncio do clube nas redes sociais.

Globo Esporte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Fluminense, Inter, Palmeiras, Vasco e Goiás são os times mais impactados pelo VAR no Brasileiro

Foto ILUSTRATIVA/  Leandro Lopes/ via site CBF

Alvo de polêmicas recentes, o VAR foi um dos protagonistas da 22ª rodada. Foram incríveis seis gols anulados: dois do Corinthians, um do Vasco, um do Palmeiras, um do Fortaleza e um do Cruzeiro. A controvérsia foi tamanha que o Cruz-Maltino protestou contra a arbitragem, o Verdão foi à CBF pedir explicações, e o Colorado também pediu acesso aos áudios do VAR na derrota para o Flamengo na 21ª rodada.

Apesar de estarmos no returno, o que se percebe é que, com o decorrer do Campeonato Brasileiro, as reclamações pelas decisões com a tecnologia não diminuíram. Para PC Oliveira, comentarista de arbitragem do Grupo Globo, as reclamações têm razão em certa parte, mas discorda de favorecimento a alguma equipe específica.

– No geral, o desempenho dos árbitros no campo é ruim, ocasionando um número muito grande de revisões e mudanças de decisão. O VAR, que era para ser exceção, até agora é protagonista. Eu só discordo da teoria da conspiração que existe um direcionamento para favorecer determinadas equipes. Dirigentes, treinadores e jogadores que se manifestam dessa maneira irresponsável, criam um clima de desconfiança e desvalorizam o produto “futebol brasileiro”.

O Espião Estatístico* esmiuçou todos os 218 jogos disputados até aqui no Brasileirão, as partidas foram paralisadas para análise do VAR 408 vezes. Em média, a cada parada, a arbitragem levou 1min35s para anunciar sua decisão. Porém, quando o árbitro precisou consultar o vídeo na beira do campo, a média sobe para 2min49s. A demora e a excessiva paralisação do jogo são algumas das reclamações dos clubes.

No total, o árbitro de vídeo mudou a decisão de campo em 111 oportunidades nestas 22 primeiras rodadas. Uma média de cinco mudanças por rodada. Com 10 mudanças de decisão, o Fluminense é o time mais impactado pelo VAR até o momento, seja com decisões favoráveis ou não. Com a ajuda do recurso, a arbitragem marcou três pênaltis contra o Flu, deu três vermelhos e um amarelo, além de anular dois gols e confirmar um.

Uma das principais reclamações da última rodada foram os gols anulados após consulta do VAR. Mas você sabe quais os times que mais tiveram gols invalidados até aqui? Ceará, Internacional e Vasco estão empatados no topo desta lista, com quatro gols cancelados com ajuda da tecnologia. No total, a arbitragem já anulou 26 gols neste Brasileirão.

OBS: a lista abaixo mostra apenas os gols anulados pelo VAR, com mudança da decisão inicial do juiz de campo.

Times com mais gols anulados pelo VAR

Time Gol anulado

Ceará 4
Internacional 4
Vasco 4
Corinthians 3
Botafogo 2
Fluminense 2
Palmeiras 2

Fonte: Espião Estatístico

Enquanto o ranking acima impede uma comemoração de gol, o próximo ranking alivia o torcedor. Isso porque, graças ao VAR, um gol anulado equivocadamente é corrigido pela equipe de vídeo. Ou seja, um gol anulado por impedimento pode ser validado após checagem do árbitro de vídeo. Neste quesito, o Goiás é o time que mais comemorou com gols confirmados pelo VAR: três vezes.

Times com mais gols confirmados pelo VAR

Clube Gol confirmado

Goiás 3
Flamengo 2
Grêmio 2
Palmeiras 2
Vasco 2

(Fonte: Espião Estatístico)

Outra marcação importante nas partidas são os pênaltis. Athletico-PR e Flamengo são os dois times mais impactados pelo VAR, com quatro pênaltis marcados contra cada um. Por exemplo, na 14ª rodada, o árbitro Bráulio da Silva Machado revisou uma falta de Pablo Marí em David Braz dentro da área e apontou para a marca da cal após voltar da revisão no vídeo.

Pênaltis cometidos assinalados pelo VAR

Time Pênaltis marcados contra

Athletico-PR 4
Flamengo 4
Atlético-MG 3
Chapecoense 3
Fluminense 3
Palmeiras 3

(Fonte: Espião Estatístico)

*A equipe do Espião Estatístico é formada por: Guilherme Maniaudet, Guilherme Marçal, Leandro Silva, Roberto Maleson, Roberto Teixeira, Valmir Storti e Vitória Azevedo

Globo Esporte

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Palmeiras e Flamengo aumentam “abismo” financeiro sobre rivais, diz estudo

Imagem: Divulgação

A rivalidade entre Flamengo e Palmeiras segue intensa também fora das quatro linhas. Segundo um estudo financeiro divulgado nesta terça-feira (16) pelo Itaú BBA, os dois clubes tiveram novamente os melhores resultados econômicos – os números mostram uma tendência de ambos se “descolarem” dos demais times brasileiros.

O trabalho mostrou mais uma vez a superioridade financeira de Flamengo e Palmeiras em relação aos outros clubes. A concentração de receitas recorrentes de ambos chegou a 23% do total dos clubes analisados. Esse número era de 21% em 2016, segundo o estudo. Por isso, existe a tendência de o “abismo” aumentar.

“Distância de Palmeiras e Flamengo em relação aos outros tende a aumentar, porque com maior geração de caixa eles tendem a se destacar, ficar mais acima da tabela, com mais jogos transmitidos”, disse César Grafietti, consultor do Itaú BBA, responsável pelo estudo divulgado pelo 10º ano consecutivo e que analisou 27 clubes brasileiros.

O clube paulista apresentou os melhores resultados nas receitas totais obtidas em 2018: R$ 654 milhões. Os rubro-negros atingiram a marca de R$ 536 milhões. No ano anterior, o Flamengo estava à frente, com R$ 643 milhões, contra R$ 515 milhões do Palmeiras.

São Paulo, com R$ 399 milhões, Corinthians, com R$ 389 milhões, Grêmio, R$ 381 milhões, e Cruzeiro, R$ 322 milhões, vêm na sequência, de acordo com os dados de 2018 apresentados pelo estudo.

O Palmeiras, porém, gastou mais que o Flamengo no ano passado. Mas nem isso afetou a geração de caixa do clube alviverde, de R$ 212 milhões. “Vemos o Palmeiras em manutenção, mesmo com o aumento expressivo de custos e despesas”, diz o estudo.

O trabalho, que aponta o Palmeiras como o “dono da bola”, ainda frisa que o clube paulista “atingiu um patamar econômico-financeiro muito acima dos demais clubes. “O nível de receitas é equilibrado, e nenhuma concentração relevante. Consegue obter um enorme retorno dos seus torcedores, com receitas de bilheteria e sócio-torcedor expressivas”, diz.

A segunda maior receita do Palmeiras em 2018 foi justamente com as bilheterias dos jogos e o programa de sócio-torcedor: R$ 160 milhões, atrás somente de “transações de atletas”, com R$ 170 milhões. Direito de TV marcou R$ 137 milhões, e patrocínio e publicidade renderam R$ 100 milhões.

Os direitos de TV representam a maior parte das receitas do Flamengo: R$ 222 milhões. Patrocínio e publicidade chegaram à marca de R$ 90 milhões. Bilheteria e programa de sócio-torcedor, a R$ 93 milhões. Vendas e jogadores, por sua vez, a R$ 57 milhões.

Compare os dados de Flamengo e Palmeiras em 2018:

FLAMENGO

Receitas: R$ 536 milhões
Geração de caixa: R$ 154 milhões
Dívida total: R$ 418 milhões

PALMEIRAS

Receitas: R$ 654 milhões
Geração de caixa: R$ 212 milhões
Dívida total: R$ 420 milhões

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

CONFRONTO: Aliados, torcedores do Palmeiras prometem 'vingar' o Vasco contra o Atlético-PR

fanati Integrantes da maior torcida organizada do Palmeiras escreveram em uma rede social na internet que prometem ajudar vascaínos a “dar o troco” nos atleticanos após a violenta briga que marcou o jogo entre Atlético-PR e Vasco, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

A página não é oficial, mas conta com 12 mil membros de torcedores palmeirenses. Nela, é possível ver a mensagem: “Os Fanáticos do Atlético Pr vocês não perdem por esperar. MV + FJV o Aval está dado…”. Outros membros, no entanto, condenaram a postagem alertando para o risco do clube ser punido em função da violência.

A suposta revanche aconteceria no próximo duelo entre Palmeiras e Furacão no Pacaembu, estádio onde os paulistas têm atuado, já que a Arena Palestra ainda está em obras.

Presente no “Redação SporTV” desta quinta, o o secretário nacional de futebol do Ministério do Esporte, Antonio Nascimento, disse que mensagens em redes sociais têm ajudado a polícia a identificar torcedores violentos.

– Por isso que é importante o serviço de inteligência da polícia. Isso é uma minoria das organizadas. Não pode achar que é hora de suspender todas as organizadas. Foram algumas delas que, inclusive, alertaram que o jogo entre Vasco e Atlético tinha grande risco de ter confusão – disse.

Sportv

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Palmeiras próximo de anunciar atacante ex-ABC

5934abd1-9a2a-489f-b5f6-3debcbfb8113_linsO Palmeiras pode anunciar nos próximos dias o primeiro reforço para o centenário. Trata-se do atacante Lins, do Criciúma, que já tem conversa com o clube, mas a negociação estava estagnada até que fosse resolvida a situação do técnico Gilson Kleina. Com a renovação do treinador, a tendência é que o time sacramente a contratação do jogador logo após o término da Série A do Campeonato Brasileiro.

Lins tem contrato com o Criciúma até 1º de junho do ano que vem, mas o Palmeiras tenta sua liberação antecipadamente. Para isso, terá de oferecer o empréstimo de alguns jogadores para o time catarinense liberá-lo ainda em janeiro. A equipe paulista já acertou salários com o atacante, autor de 24 gols na temporada, 11 deles no Brasileiro.

O atacante é um dos destaques e responsáveis pela reabilitação do Criciúma no Brasileiro. Ele tem 26 anos, é natural de Camaçari, na Bahia, e já passou por Grêmio, Mogi Mirim, São Caetano, Paulista, Guaratinguetá, Ponte Preta, Mirassol, ABC e Itumbiara.

Esporte Interativo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

E agora? Súmula de árbitro denuncia atraso e falta de segurança em jogo Palmeiras e Figueirense-SC

Untitled-4Aos “céticos”, clique aqui e confira

Opinião dos leitores

  1. Quero saber onde o Palmeiras vai jogar, pq já tá pagando punição por conta de mando de campo! KKK
    Mas tem que levar em conta que por ser um time de grande expressão, atrai muita gente, principalmente na série B, que o time precisa jogar em lugares que muitas vezes leva anos para ir…aqui em Natal é um exemplo disso!
    Londrina é o mesmo caso de Natal…desde 1990 que o Palmeiras não vai lá, ai dá nisso.

    1. Cara, O Palmeiras já está sendo punido pela terceira vez só nessa série B, inclusive jogou em Londrina por conta da perda de mando de campo, e vai jogar denovo sexta…menos ai, viu? O que aconteceu no Frasqueirão não justifica.

  2. Homi, sem clubismo, mas o abc ta muito errado e essa situacao ai nao se compara com oq aconteceu aqui. Foi quase 1 h de atraso, super lotacao, invasao do gramado, comandante disse que a quantidade de policiais era insuficiente para a quantidade de gente…

  3. O que tem a ver o __ com as calças.
    Alguém foi pisoteado? esmagado? empurrado? pulou alambrado? faltou espaço?, foi vendido mais ingressos do que a capacidade?

  4. Foi manchete porque a imprensa fez sensacionalismo. Eu estava presente no Frasqueirão e digo que estava cheio, claro, mas não estava superlotado, já estive em jogos de maior público (ou sensação disso). O que aconteceu foi um grande problema na entrada, que deve ser apurado e responsabilidades atribuídas com suas devidas punições. A situação do jogo do Palmeiras x Figueirense me parece a mesma de ABC x Palmeiras, só que sem o "espernear" da imprensa bairrista do sudeste.

    1. Foi manchete porque a imprensa fez sensacionalismo. Eu estava presente no Frasqueirão e digo que estava cheio, claro, mas não estava superlotado, já estive em jogos de maior público (ou sensação disso). O que aconteceu foi um grande problema na entrada, que deve ser apurado e responsabilidades atribuídas com suas devidas punições. A situação do jogo do Palmeiras x Figueirense me parece a mesma de ABC x Palmeiras, só que sem o “espernear” da imprensa bairrista do sudeste. [2]

  5. O caso do jogo do Palmeiras aqui em Natal foi caso de polícia e má gestão do clube daqui. Vergonha nacional que, inclusive, foi manchete nos noticiários esportivos dentro e fora do Brasil!

    1. Esses americanos estão recalcados com as 5 vitórias do ABC.
      O time que tem torcida que lota o estádio está sujeito a essas coisas. Enquanto o time de goianinha tem o recorde de 4.043 torcedores.

      Obs: Somando o público dos 15 jogos que o time de vermelho fez como mandante, temos 22.315 sofredores. o ABC em somente um jogo fez a alegria de quase 16 mil apaixonados pelo MAIS QUERIDO.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *