Política

Pelo menos seis secretários de Fátima deverão disputar eleições este ano; confira quem são

O Poder Executivo do Rio Grande do Norte tem na sua formação 22 funções na administração direta, incluindo a governadoria e a vice-governadoria. Ou seja, 20 órgãos são classificados oficialmente com a nomenclatura de Secretarias de Estado. Além da governadora Fátima Bezerra (PT) que vai concorrer à reeleição, e o vice-governador Antenor Roberto (PCdoB) pretenso candidato à Câmara Federal, tem-se que seis secretários devem concorrer ao pleito deste ano. Uma parte vai disputar a Câmara Federal e outra vai tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado. Os secretários que querem disputar o pleito vão ter que deixar seus cargos.

Os prazos para a desincompatibilização eleitoral são contados com base no dia da eleição e variam de três a seis meses, dependendo da classe a que o agente público pertence. A pessoa que deseja concorrer deve estar desincompatibilizada oficialmente no tempo estabelecido, sob pena de ter o pedido de registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral.

Com isso, os seis secretários de Fátima Bezerra devem deixar o governo até o início de abril deste ano para disputar a eleição, já que para secretário de Estado o prazo é de seis meses que antecede o pleito, marcado o primeiro turno para o dia 2 de outubro próximo.

Por enquanto, a lista dos secretários que vão encarar as proporcionais está da seguinte forma: os que pretendem se candidatar à deputado federal são: Jaime Calado(Desenvolvimento), Cadu Xavier (Tributação), Fernando Mineiro (Gestão de Projetos, Metas de Governo e Relações Institucionais) e Samanda Freitas (subsecretária Trabalho, Habitação e Assistência Social). Já para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, ou seja, vão se candidatar à deputado estadual: Júlia Arruda (Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos) e Pedro Lopes (Controladoria). Dos seis, o único que não concorrerá pelo PT será Jaime Calado, que disputará pelo Pros.

As informações foram repassadas pelo chefe da Casa Civil e interlocutor do governo para assuntos eleitorais, Raimundo Alves, que frisou não ser oficial, até porque só se confirmam as candidaturas, após as convenções partidárias e os registros das mesmas. Pelo calendário eleitoral, as convenções partidárias devem ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto, quando todas as legendas devem oficializar a escolha de seus candidatos.

Os registros de todas as candidaturas devem ser solicitados até 15 de agosto. “Até o momento, o que temos são expectativas”, comentou Raimundo Alves, deixando a entender que a lista de secretários estaduais que pretendem ir para o embate eleitoral pode aumentar.

Agora RN

Opinião dos leitores

  1. Caramba, vai desfalcar parte da quadrilha. Cada um já pensado como pode roubar um pouquinho a mais em sua área de atuação dentro do bando. Agora entendo por que os generais tinham tanto medo dos “comunistas” , os bandidos jogam m todas as pontas, são algozes, vítimas, denunciantes dos crimes dos outros quando o deles é muito maior, influenciam no rádio, TV, Internet, música…………. e mais um sem números de áreas, eis o motivo. Agora fica difícil retirá-los do poder. E todos que entram para o grupo, fazem uma lavagem e ficam piores que seus mestres.

    1. Minha nossa… o senhor é mt burro mesmo! Incrível como consegue bostejar em todos os lugares kkkkkk. Quero que você me mostre as provas de que são todos ladrões kkkkk. Os ladrões são os filhos do Bolstanaro e são investigados sempre kkkkkk.

    1. Não vai ser fácil para LULA no RN. Um governo das bases populares e se deparar com decepção no governo FÁTIMA DO PT, vendo uma diferença entre as PREVIDÊNCIA NACIONAL , TETO de R$ 7 087,22 e observando do ESTADO DO RN, que é R$ 3. 500,00 significa dizer; empobrecimento, humilhação e longe da realidade para os APOSENTADOS E PENSIONISTAS. Antes a conversa era outra tudo pelos os POBRES, os HUMILDES e os DESASSISTIDOS.
      VIVA O PT! VIVA O PT!

    2. Não vai ser fácil para LULA no RN???
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Esse omi é um cientista político “mermo”….kkkkkkkkk

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Prefeitura do Natal vai liberar comércio da cobrança do passaporte de vacina e proibir festas públicas e privadas

Deverá ser publicada nesta terça-feira na edição normal ou extraordinária do diário oficial de Natal, a liberação por parte da prefeitura do Natal da cobrança do Passaporte de Vacinação no município de Natal.

O decreto da Prefeitura de Natal também vai proibir shows, eventos e festas públicas e privadas.

O decreto de Álvaro Dias vai no caminho oposto do decreto de Fátima Bezerra.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Roberto Jefferson recusou vacina e contraiu Covid-19 no presídio, diz Moraes em despacho que determinou prisão domiciliar

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O ex-deputado Roberto Jefferson se recusou a tomar vacina contra a Covid-19 e acabou contraindo a doença no período em que estava preso em Bangu 8, apontou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes em despacho desta segunda-feira que autorizou sua saída para prisão domiciliar, com a imposição de algumas medidas cautelares, como o uso de tornozeleira eletrônica.

“No atual momento, trata-se da hipótese incidente, pois, inclusive, o detento –que, segundo consta dos autos, negou-se a receber a adequada vacinação– contraiu Covid-19”, escreveu o ministro.

Moraes determinou que o descumprimento dessas medidas poderá resultar no restabelecimento da prisão preventiva de Jefferson.

O ex-deputado estava preso desde agosto por causa de suspeitas de ataques às instituições democráticas. A defesa de Jefferson havia pedido a saída da prisão, alegando que seu quadro de saúde estava fragilizado.

Na semana passada, Jefferson chegou a ser liberado por Moraes para realizar exames fora da prisão.

“Diante de todo o exposto, com fundamento no art. 318, II, do Código de Processo Penal, SUBSTITUO A PRISÃO PREVENTIVA DE ROBERTO JEFFERSON MONTEIRO FRANCISCO PELA PRISÃO DOMICILIAR, a ser cumprida em seu endereço residencial, na Rua Marcelino Ferreira Marinho, 09, Gulf, Comendador Levy Gasparian/RJ, ACRESCIDA DA IMPOSIÇÃO DAS SEGUINTES MEDIDAS CAUTELARES (art. 318-B, do CPP): (…) Destaco que o descumprimento injustificado de quaisquer dessas medidas ensejará, natural e imediatamente, o restabelecimento da prisão preventiva (art. 282, § 4°, do Código de Processo Penal)”, decidiu Moraes.

Com informações de CNN Brasil e O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

STJ nega suspensão de ação penal da Lava Jato contra José Dirceu

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou uma liminar pedida pela defesa de José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil no governo Lula, que pedia a suspenção de uma ação penal contra o político. No caso analisado, houve denúncia no âmbito da Lava Jato.

O vice-presidente do STJ, ministro Jorge Mussi, destacou que a solicitação confunde-se com o próprio mérito da ação. Por conta disso, merece uma análise aprofundada, o que, segundo o juiz, é inviável no plantão judiciário no período de férias.

O Tribunal manteve a tramitação da segunda ação penal contra o ex-ministro. Na decisão, Mussi disse que os fatos serão analisados em momento oportuno pela Quinta Turma do STJ.

Entenda a acusação

Em fevereiro do ano passado, o Ministério Público Federal (MPF) no Paraná pediu a condenação de José Dirceu por lavagem de dinheiro no âmbito da operação Lava Jato. O ex-ministro de Lula foi acusado de ter recebido propina no valor de R$ 2,4 milhões de empreiteiras.

A defesa, porém, alegou que José Dirceu já foi condenado por lavagem de dinheiro pela mesma operação e que não seria possível uma condenação pelos mesmos fatos. Devido a isso, uma nova ação seria irregular.

Band

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Governo do RN diz a representantes do comércio que vai reavaliar exigência do passaporte da vacina daqui a 15 dias

Foto: Magnus Nascimento

Em reunião nesta segunda-feira (24) com representantes da Fecomércio RN e CDL Natal sobre a possibilidade de flexibilizar a exigência do passaporte vacinal em shopping centers, o Secretário Chefe do Gabinete Civil do Governo do RN, Raimundo Alves, afirmou que o Governo está sensível às demandas dos empresários, mas não é possível que seja realizada nenhuma flexibilização no decreto nas próximas duas semanas.

“Os números de ocupação dos leitos não nos permitem isso neste momento. O passaporte é uma forma, inclusive, de tentarmos evitar outras medidas mais restritivas”, destacou.

VEJA MAIS: Fecomércio RN e CDL Natal reivindicam flexibilização do passaporte vacinal nos shoppings centers

O Governo se comprometeu a, dentro de duas semanas, analisar o cenário e verificar a possibilidade de alteração nas medidas já publicadas. Caso não seja possível a extinção da exigência do Passaporte, sua cobrança restrita às Praças de Alimentação foi uma possibilidade apresentada pela classe produtiva.

Para o presidente da CDL Natal, José Lucena, é preciso ampliação das testagens em massa. “O Passaporte, por si só, não impede que pessoas contaminadas circulem em lugares públicos ou privados e ainda prejudicam diretamente os setores de comércio e serviços, que já sentem queda substancial de seu faturamento nestes primeiros dias de exigência”, finalizou.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Fecomércio RN e CDL Natal reivindicam flexibilização do passaporte vacinal nos shoppings centers

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio RN) e a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal) participaram, nesta segunda-feira (24), de audiência com o Secretário Chefe do Gabinete Civil do Governo do RN, Raimundo Alves. Na pauta de discussões, os impactos negativos da cobrança do “Passaporte de Vacinação” para os shoppings centers.

Na ocasião, foram levadas ao Governo as reivindicações do segmento, após reunião promovida pelas entidades com representantes da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) e das Associações de Lojistas do Natal Shopping, Midway Mall e Partage Norte Shopping Natal.

O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, explica que a Federação vem acompanhando a situação da Covid e do surto de Influenza e buscou se articular previamente com o Governo. “Na nossa última reunião, discutimos questões referentes ao segmento de eventos, bem como aos bares e restaurantes. No entanto, a cobrança do Passaporte Vacinal para shoppings centers e estabelecimentos comerciais não foi abordada. Os impactos sentidos nos últimos dias têm sido significativos, com filas de acesso e quedas nas vendas”, afirmou.

Veja os pontos que foram levados ao Governo do Estado:

  • Extinguir a exigência da cobrança do Passaporte de Vacinação nos shoppings centers do Rio Grande do Norte.
  • Ampliação das testagens em massa.
  • Reforço das Campanhas de Conscientização quanto à necessidade de conclusão do esquema vacinal, bem como ensinando como ter acesso à versão on-line do passaporte.
  • Reabertura de pontos de vacinação Drive Thru, ampliando o acesso da população à vacina.
  • Uso dos shoppings como espaços para divulgação de campanhas de conscientização, e implementação de postos de vacinação, atuando como um canal de facilitação para o acesso à população.

Opinião dos leitores

  1. Esses parasitas PTralhas não sabem oque é gerar emprego, são trabalhadores , sem nunca terem trabalhado , professora sem nunca ter entrado em aula , assim dá nojo 🤮 , essa raça desgracada está quebrando o ESTADO , ainda tem idiota que defende essa QUADRILHA PTRALHA

  2. Depois de quatro dias dormindo e várias críticas dos associados, e com razão, resolveram aparecer pra fazer jus a função que ocupam. Só lembro que o lugar de presidente de entidade não é para pessoa frouxa.

  3. FATAO GD , só tem COVID em shopping??? No ônibus, no show de sábado não tem , no alecrim não tem … MULHER NOJENTA 🤮esse FATAO , cadê que apareceu ALGUM MACHO DO MP para barrar o CARNATAL???

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Orçamento prevê a abertura de 43 mil vagas no serviço público federal em 2022

Foto: reprodução/Governo Federal

O Orçamento de 2022, sancionado nesta segunda-feira pelo presidente Jair Bolsonaro, autoriza a contratação de 43.192 servidores públicos federais, a maioria deles no Poder Executivo. Desses, 4.263 são novas vagas e 38.929 são para reposição de postos já existentes.

Embora conste a autorização na Lei Orçamentária, o governo não é obrigado a contratar esses servidores. Em todos os anos, é comum ter uma grande quantidade de cargos autorizados, mas eles são preenchidos em sua totalidade.

O preenchimento de todos os cargos geraria uma despesa de R$ 4,1 bilhões.

A maior parte dos cargos estão no Poder Executivo e são destinados para preencher o banco de professores do Ministério da Educação, num total de 19.272 vagas. Ainda está prevista a criação de 1.129 novos cargos voltados para o anteprojeto de Lei que cria os “Cargos Comissionados de Militares” e as “Gratificações de Militares Fora da Força”.

O Poder Judiciário tem a previsão de reposição de 1.490 vagas, além da criação de 2.117 novos cargos. Na Defensoria Pública da União, a estimativa é de reposição de 95 vagas e a criação de outras 1.011. Para o Ministério Público da União e o Conselho Nacional do MP o Orçamento prevê a reposição de 191 vagas e a criação de 6 postos.

Já em todo o Poder Legislativo Federal, a previsão é de reposição de apenas 63 postos, sendo 28 na Câmara dos Deputados, 19 no Senado e 16 no Tribunal de Contas da União (TCU).

Esse total de cargos não considera as vagas temporárias abertas pelo IBGE para o Censo 2022. Há concursos federais com inscrições abertas como Aeronáutica e Marinha.

O governo ainda reserva R$ 1,9 bilhão para reajustes para servidores. Embora não carimbe os valores, Bolsonaro já indicou que irá destinar o recurso para aumentar os vencimentos da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e do Departamento Penitenciário Nacional.

Nos vetos que fez ao Orçamento de 2022, o presidente Jair Bolsonaro cortou R$ 1,2 bilhão em investimentos (de um total de cortes de R$ 3,2 bilhões). Com isso, o total dos investimentos previstos para este ano é de R$ 42,3 (de gastos totais de cerca de R$ 1,5 trilhão).

É o maior valor de investimento federal desde 2018, quando os investimentos na largada do Orçamento somaram R$ 44 bilhões.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Jair Bolsonaro anuncia aplicativo ‘Bolsonaro TV’ que agrega publicações de seus perfis em diferentes redes sociais

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira, em uma publicação no Twitter, o aplicativo “Bolsonaro TV”, disponível nos sistemas operacionais iOS e Android.

O dispositivo funciona como um agregador dos conteúdos disponibilizados nas diversas contas do presidente nas redes sociais. Na tarde desta segunda, estavam disponíveis publicações nos perfis do YouTube, Telegram, Twitter e Instagram.

A partir do agregador, é possível compartilhar os posts em diferentes aplicativos, como o WhatApp, ou abri-los nas plataformas originais em que foram publicados.

De acordo com os dados disponíveis nas lojas virtuais, o “Bolsonaro TV” foi desenvolvido por Rogério Cupti, que aparece no site da Câmara Municipal do Rio como um dos assessores do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente e responsável pela estratégia nas redes sociais.

Imagem: reprodução

Assim como em 2018, Bolsonaro dará atenção especial na campanha à disseminação de conteúdo nas redes sociais. Ele já demonstrou preocupação, por exemplo, de ter contas banidas durante a campanha – no ano passado, ele chegou a ficar impedido de publicar vídeos no YouTube por uma semana, depois de associar as vacinas contra a Covid-19 ao desenvolvimento da Aids.

Me banir das redes sociais é jogar fora das quatro linhas. O jogo tem que ser realizado dentro das quatro linhas. Eu só posso dizer isso. A gente não pode admitir um jogo baixo dessa natureza. Aí não é uma disputa eleitoral dentro do critério democrático, é uma imposição. A gente não pode admitir isso daí. O bom senso se fará presente — disse Bolsonaro, em 10 de janeiro.

Extra

Opinião dos leitores

  1. Nesse aplicativo O MINTOmaníaco das rachadinhas poderá mentir mais e melhor pra os cada vez mais escassos bovinos que ainda teimam em ser enganados por ele…

  2. Falem o que quiserem mas o véio é moderno e antenado com as significações da tecnologia.
    Dár lhe meu PRESIDENTE!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

BC cria sistema para clientes consultarem valores a receber de bancos; Cerca de R$ 3,9 bilhões devem ser devolvidos nesta 1ª fase


Foto: Pixabay no Pexels

O Banco Central (BC) informou nesta segunda-feira (24) que está disponível o sistema para que pessoas e empresas possam consultar se têm algum valor a receber de bancos e demais instituições financeiras.

O serviço pode ser acessado a partir da aba “Valores a Receber” no sistema Registrato, disponível no site do Banco Central.

Caso tenha valores a serem resgatados, o usuário poderá receber o dinheiro de duas formas:

  • diretamente via PIX na conta indicada no sistema do Registrato, para bancos e instituições financeiras que aderiam a um termo específico junto ao BC;
  • em um meio de pagamento ou transferência a ser informado pela instituição bancária, nos demais casos. Aqui, o beneficiário informará seus dados de contato no sistema para receber a comunicação.

Para acessar o site, o cliente precisa precisa estar cadastrado no login único do governo federal ou fazer um cadastro, pela internet, junto ao Banco Central.

Até R$ 8 bilhões

Segundo o Banco Central, nesta primeira fase do serviço são cerca de R$ 3,9 bilhões de valores a serem devolvidos decorrentes de:

  • contas-correntes ou poupança encerradas com saldo disponível;
  • tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o Banco Central;
  • cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito; e
  • recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

Ao todo, o Banco Central estima que os clientes tenham a receber cerca de R$ 8 bilhões. O restante dos valores será disponibilizado no decorrer deste ano de 2022, fruto de:

  • tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, previstas ou não em Termo de Compromisso com o BC;
  • contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas com saldo disponível;
  • contas de registro mantidas por corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários encerradas com saldo disponível; e
  • outras situações que impliquem em valores a devolver reconhecidas pelas instituições.

Publicidade

Na época em que anunciou a criação da funcionalidade, o Banco Central disse que objetivo do sistema é dar publicidade a valores que clientes de instituições financeiras têm direito e, muitas vezes, nem sabem.

“Além disso, a perspectiva de recebimento de valores baixos pode não motivar as pessoas a procurarem as instituições financeiras com as quais mantém ou mantiveram relacionamento atrás de informações”, afirmou o BC em nota na época.

A autoridade monetária informa que as informações disponibilizadas no novo serviço são de responsabilidade das próprias instituições.

“Em algumas situações, os saldos a receber podem ser de pequeno valor, mas pertencem aos cidadãos que agora possuem uma forma simples e ágil para receber esses valores”, diz o Banco Central em nota divulgada nesta segunda.

g1

Opinião dos leitores

  1. Esse dinheiro é do povo, só que fica nas maos dos banqueiros. Agora Bolsonaro mandou devolver ao dono. Por essa e outras coisas que os banqueiros não gostam de Bolsonaro. Parabéns Bolsonaro!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Medina desiste da 1ª etapa do Mundial de Surfe para cuidar da saúde mental: “Cheguei no meu limite”

Foto: reprodução/Instagram

Atual campeão mundial, o brasileiro Gabriel Medina está fora da primeira disputa da temporada 2022 do Circuito Mundial de Surfe. Ele vai abrir mão de competir na tradicional etapa de Pipeline, no Havaí, para cuidar de sua saúde mental. A janela de competição abre no sábado e ele será substituído por Caio Ibelli.

O surfista surpreendeu a WSL (Liga Mundial de Surfe, na sigla em inglês) ao comunicar sua ausência da etapa. Mas a entidade entendeu as dificuldades do atleta de Maresias e já está montando um novo chaveamento contando com a ausência de Medina. Além dele, outro brasileiro que não estará é Yago Dora, machucado.

“Essa foi uma decisão difícil, acredito que uma das mais difíceis que já tomei. Eu vou me ausentar das primeiras etapas de 2022. Por mais que eu queira estar na água surfando e competindo, eu não estou bem física e emocionalmente para isso. E reconhecer que cheguei ao limite tem sido um processo duro”, disse o surfista.

A questão sobre a saúde mental dos atletas vem gerando um debate importante no esporte mundial desde que a ginasta Simone Biles, cotada para ser o grande nome nos Jogos de Tóquio, abriu mão de competir para cuidar de sua cabeça. Desde então, o tema deixou de ser tabu entre muitos atletas.

“No final do ano passado, eu lesionei o meu quadril. Desde então, estava fazendo fisioterapia, tomei a vacina e venho me cuidando para estar bem para esse ano. No entanto, ainda não estou 100%. Somado ao corpo vem a mente, que também não está na melhor fase. Venho de meses desgastantes. E eu preciso olhar para mim nesse momento e me cuidar”, afirmou Medina.

“Para quem não está bem, tomar uma decisão como essa não é fácil. Eu me questionei mil vezes se eu deveria me expor ou não. Se eu comunicaria apenas que não competiria por meio de uma nota oficial mais formal… Mas eu não acho justo. E porque também não tenho motivos para esconder. A saúde física é muito importante, mas a saúde mental é tão importante quanto. Não tem como estar 100% se uma não está alinhada com a outra”, continuou.

O surfista revelou que já está se tratando e se cuidando. “Vou priorizar a minha saúde nesse momento. Estou empenhado e focado para voltar bem e encontrar vocês assim que eu estiver pronto. Desde já eu agradeço a atenção, a compreensão e o carinho dos meus fãs, da imprensa e o respeito dos meus patrocinadores.”

“A saúde e a segurança de nossos atletas são de extrema importância e apoiamos totalmente a decisão de Gabriel de priorizar seu bem-estar”, disse Erik Logan, CEO da WSL. “Queremos colocar os melhores surfistas do mundo na frente de nossos fãs para começar a temporada, mas certamente respeitamos sua decisão e estaremos aqui para recebê-lo de volta quando ele estiver pronto.”

Medina vem de um ano tumultuado em sua carreira e também na vida pessoal. Em 2021, ele arrasou no Circuito e ficou com o título dando show. Mas ficou aquém do esperado na Olimpíada de Tóquio, saindo sem medalhas após perder na semifinal e na disputa do bronze. Ele ainda contestou as notas que recebeu na semifinal da disputa no Japão, contra Kanoa Igarashi.

Longe das competições, ele enfrentou questões familiares. Rompeu com Charles Saldanha, seu padrasto e técnico durante toda a sua carreira até então, e teve grandes desavenças com a mãe Simone. Isso tudo culminou na parada de seu projeto social em Maresias. Por outro lado, contratou o australiano Andy King como seu novo treinador e se reaproximou do pai biológico.

Pouco antes da Olimpíada, ele teve divergências com o Comitê Olímpico do Brasil (COB). O surfista teve negado seu pedido para credenciar a esposa Yasmin Brunet como membro de sua equipe técnica para a Olimpíada. A entidade havia informado aos atletas que só liberaria uma pessoa como acompanhante no Japão, em razão das medidas restritivas impostas pelos Jogos Olímpicos devido à pandemia.

IstoÉ com Estadão Conteúdo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Ex-capelão da Polícia Militar morre com suspeita de Covid-19 em Natal

Foto: Reprodução/Arquidiocese de Natal

A Polícia Militar e a Arquidiocese de Natal comunicaram o falecimento do major Capelão PM da Reserva Remunerada Antonio Cassiano da Silva, nesta segunda-feira (24), em Natal. O homem – de 77 anos – estava internado desde o dia 21 de dezembro de 2021, na Casa de Saúde São Lucas, onde tratava problemas cardiorrespiratórios, comorbidades e a suspeita de Covid-19. A suspeita de acometimento pela doença estava em investigação há 15 dias, mas ainda não foi confirmada.

O Padre Antônio Cassiano nasceu em 10 de maio de 1945, no município de Timbaúba (PE) e foi ordenado sacerdote em 01 de fevereiro de 1975, em Natal. Foi pároco da Paróquia de Santana, em Santana do Matos, nos primeiros anos da vida sacerdotal. De maio de 1982 a agosto de 2020 foi pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, nas Quintas, zona oeste de Natal, quando se tornou emérito. Entre 1984 e 2006, também desempenhou a função de capelão da Polícia Militar do Rio Grande do Norte.

“A Polícia Militar lamenta a morte deste honrado profissional de segurança pública, externando aos amigos, companheiros de trabalho e familiares, os nossos sentimentos de mais profundo pesar”, disse a PM em Nota.

A Arquidiocese de Natal também prestou solidariedade aos familiares e amigos por meio de nota. “Padre Cassiano foi chamado para a casa do Pai, onde contemplará, eternamente, a face de Deus a quem muito amou e serviu ao longo de sua vida e exercício ministerial. Aos seus familiares, ex-paroquianos, irmãos no sacerdócio e a todos os seus amigos, desejamos a paz, a esperança e a consolação que vêm do Senhor”, disse o comunicado.

Velório e sepultamento

O corpo chegará às 18h, desta segunda-feira, à Igreja Matriz de Jesus Bom Pastor, no bairro do Bom Pastor, em Natal, onde será celebrada missa. Às 20h, será trasladado para a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, nas Quintas, onde haverá missa, às 21h30. A Igreja permanecerá aberta durante toda a noite para que os fiéis possam se despedir do Padre Cassiano. Nesta terça-feira, às 10h, será celebrada a missa exequial, presidida pelo Arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha. Após as exéquias, o corpo será conduzido para o sepultamento, no Cemitério Público de Nova Descoberta.

Desencontro de informações

Anteriormente, havia sido divulgada a morte cerebral do padre, porém, a informação foi desmentida pela Polícia Militar por meio de nota. “Neste momento, a Corporação informa que o Maj RR Cassiano ainda encontra-se internado, em estado grave, com alguns sinais cerebrais ainda existentes, além da comprovação do funcionamento de seus órgãos vitais, e que, amanhã (22/01), às 13 horas, será realizada uma nova avaliação médica acerca do seu estado clínico, como protocolo médico oficial”, disse o comunicado veiculado nas redes sociais da PM no dia 22 de janeiro.

96 FM Natal

Opinião dos leitores

  1. Que Deus em sua infinita bondade conceda ao seu Servo o Padre Cassiano o repouso eterno. Que ele descanse em paz,
    amém.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *