Pesquisa da UFRN é premiada nas Nações Unidas pela Alimentação e Agricultura

Foto: Reprodução

O artigo “Plano Estratégico de Combate a Doenças Crônicas Não-Transmissíveis: o processo de construção coletiva em uma rede municipal de ensino” foi escolhido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO/ONU) como vencedor do “Premio a la investigación en innovación de políticas públicas en Seguridad Alimentaria y Nutricional”, na categoria Artigos Inéditos.

A pesquisa foi produzida pelas discentes Soraya Helena Penha do Nascimento e Kelly Arleziane de Lima, orientadas pelo professor Fábio Resende de Araújo, do Departamento de Administração Pública e Gestão Social (DAPGS/CCSA) em colaboração com os professores: Dinara Leslye Calazans do Departamento de Ciências Administrativas (DEPAD/CCSA), Ana Paula Fayh, do Departamento de Nutrição, Daline Fernandes Faculdade de Ciências da Saúde do Trairí (FACISA/ UFRN) e Ricardo Andrade (EMUFRN/Caicó).

O artigo apresenta a construção de um planejamento participativo para promoção de saúde com atores escolares fruto do programa de extensão “Saúde e Bem-estar na Escola”, sediado pela FACISA/ UFRN em parceria com a prefeitura municipal de Santa Cruz/RN.

Com base em um diagnóstico socioeconômico e de saúde dos escolares e de suas famílias, desenvolvido por meio de estudo populacional com duração de 3 anos, foi realizada uma consulta sobre soluções para enfrentamento dos problemas identificados. Foram utilizados métodos participativos nas escolas da rede, envolvendo os pais, diretores, professores, merendeiros e gestores municipais. O lançamento do plano na comunidade aconteceu no auditório da FACISA, em novembro de 2018.

PREMIAÇÃO

O “Premio a la investigación en innovación de políticas públicas en Seguridad Alimentaria y Nutricional” é organizado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e o Conselho Latinoamericano de Ciências Sociais (CLACSO). Todas as informações sobre o prêmio estão disponíveis AQUI.

Com informações da UFRN