Polêmica e a discussão são necessárias, diz Tasso, sobre programa do PSDB

O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), afirmou que não se arrepende do vídeo exibido na quinta-feira, 17, em cadeia nacional com críticas indiretas ao governo do presidente da República, Michel Temer, e uma autocrítica pelo partido “ter aceitado o fisiologismo”. A peça de dez minutos foi alvo de críticas alguns tucanos e intensificou a crise interna na legenda.

Ao ser questionado pela imprensa se considera que deveria ter exibido o programa aos correligionários antes da veiculação em cadela nacional, Tasso respondeu que não se arrepende “de nada” e que assume “total responsabilidade pelo programa”. As declarações foram feitas durante um evento em Fortaleza com a presença do prefeito de São Paulo João Doria.

Por se tratar de uma autocrítica do PSDB, Tasso disse que “uma determinada polêmica” já era esperada. “A essa altura a polêmica é necessária, a discussão é necessária. Então é bom, porque desperta em todos posições diferentes e eu acho que a população quer isso”, afirmou.

Sobre a possibilidade de ser destituído do cargo de vice-presidente da sigla, Tasso disse que enquanto eu for presidente interino dará orientação ao partido. “Se por acaso houver outra posição do partido também é natural”, minimizou.

“O partido não está rachado não, todos os partidos estão rachados hoje no sentido que tem posições divergentes. Não tem pensamento único, pensamento único só no partido comunista.”

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Josiel disse:

    CASO DO PSDB É DE AUTÓPSIA, NÃO DE AUTOCRÍTICA”

    "Ficou claro que a tentativa de reconhecimento dos erros chegou quando já não adianta", afirma o colunista do UOL; "Quando for concluída a autópsia, encontrarão no coração do tucanato o amargor da hipocrisia de exigir a moralidade e a honestidade sem praticá-las. No estômago da legenda, acharão os restos políticos de personagens como Eduardo Azeredo e Aécio Neves, filiados cujas transgressões o PSDB engoliu sem se dar conta do mal que fariam".

  2. Botelho pinto disse:

    Tasso pra Presidente!
    Enfim alguém que parece correto na política.

  3. Blue disse:

    O relator da maldosa reforma trabalhista é deputado do PSDB/RN. Não esqueceremos em 2018.

  4. Blue disse:

    O partido apoia o governo corrupto de Temer. Não esqueceremos!

COMENTE AQUI