Processo licitatório para conclusão do Campus de Natal da UERN é finalizado

Foto: Divulgação

O resultado do procedimento licitatório para contratação da empresa para conclusão das obras do Campus Avançado de Natal, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (CaN/UERN), foi publicado na edição desta sexta-feira, 7, do Diário Oficial do Estado (DOE). A empresa vencedora foi a HB Engenharia LTDA (EPP).

Serão investidos R$ 680.502,49 para execução dos serviços de conclusão da reforma das instalações físicas e dos serviços de acessibilidade do Campus. De acordo com o titular da Secretaria de Estado da Infraestrutura do Rio Grande do Norte (SIN/RN), Gustavo Coelho, com a finalização do processo licitatório, os próximos passos serão a contratação da referida empresa e a emissão da Ordem de Serviço, o que definirá o início da obra.

O prazo para execução é de 150 dias, a partir do início dos serviços. Os procedimentos para a contratação da empresa foram iniciados. Conforme o secretário, a equipe do Governo aguarda a liberação do Orçamento estadual para sua efetivação.

“Trata-se de uma obra de grande significado, posto que permitirá a plena utilização das novas instalações físicas do Campus de Natal, garantindo conforto e segurança aos seus usuários-alunos, professores e servidores da UERN em Natal, com reflexo direto sobre a qualidade do ensino a ser ali gerado e disseminado”, enfatiza Gustavo Coelho.

“Essa publicação é mais um grande passo para a conclusão do Campus. A UERN é a única Instituição de Ensino Superior pública localizada na Zona Norte de Natal, fomentando a educação, arte, cultura, saúde e cidadania. Nós temos uma grande expectativa para ver o quanto antes nossos estudantes, técnicos e docentes em um ambiente planejado para recebê-los. O percurso parece longo, às vezes sem fim, porém, somos persistentes. Registro e agradeço o apoio da governadora Fátima Bezerra e do secretário Gustavo Coelho que assumiram o compromisso, ainda no início da gestão, de concluir a obra do Campus de Natal”, destaca o reitor Pedro Fernandes.

Com informações da UERN