Procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis era o alvo de atentado no MPRN

O procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, era o alvo na ação do servidor identificado como Guilherme, no fim da manhã desta sexta-feira.

O suspeito então forçou a entrada, visualizou procurador-geral de Justiça e realizou um disparo, que não atingiu o alvo.  Em seguida, novos disparos foram realizados e atingiram os promotores que auxiliam o PGJ na administração do órgão.

Veja mais: Conheça o perfil do suspeito de realizar atentado que baleou promotores no MP em Natal; polícia realiza buscas

Assessor atira em promotores dentro da sede do MP em Natal

Informações extraoficiais dão conta que a motivação do atentado seria um procedimento administrativo disciplinar a que o servidor responde.