Jornalismo

Robinson diz que o único opositor ao governo Rosalba é ele

Em entrevista ao Jornal Verdade, da Rede TV e reproduzida no O Jornal de Hoje o candidato ao Governo do Estado Robinson Faria (PSD) afirmou ser o único candidato da oposição e explicou os motivos. “Nós ganhamos no voto e saímos do governo porque discordamos da gestão. Já o deputado Henrique perdeu no voto, aderiu e participou e mandou no governo Rosalba”.

Robinson deu essa declaração quando foi suscitado a responder sobre o assunto em que a jornalista levantou o questionamento “Seus adversários falam que você nunca rompeu de fato porque continua vice-governador. O que dizer a respeito disso?”

O candidato ao Governo pela coligação Liderados pelo Povo respondeu: “Muito boa essa pergunta, porque dá oportunidade do eleitor fazer a sua avaliação. Eu rompi com o Governo. Passei a dar entrevista e a me posicionar publicamente contrário ao atual governo, entregando todos os cargos que o meu grupo político tinha no atual governo, ao contrário do meu adversário, o candidato do acordão, o candidato do PMDB, que aderiu ao governo Rosalba, sem ter votado nela, sem ter doado nenhum capital para ela, aderiu a gestão, indicando seis ou sete cargos no primeiro escalão, assim como Rosalba falou em entrevista a revista Época, e participou do Conselho Político. Quem não se lembra do Conselho Político de Rosalba, quem fazia parte? O candidato Henrique Alves e o candidato a vice dele, João Maia.”

Depois, Robinson detalhou porque é oposição ao Governo. “Foram eles quem governaram nesses quatro anos o Governo Rosalba, participando de cargos importantes. Quando o governo perdeu a sua popularidade, muito embora eles tenham dito que iriam ajudar em cima de um cargo importante de presidente da Câmara Federal, mas de nada parece que serviu a “força política dele em Brasília” a prosperar. Então, o PMDB foi partícipe. O deputado Henrique foi partícipe do insucesso do Governo Rosalba. Então, há uma grande distinção: Robinson ganhou no voto e saiu do governo; o deputado Henrique perdeu no voto, aderiu e participou e mandou no governo Rosalba”,  disse.

IMG_1959

 

Opinião dos leitores

  1. Hj não senhor Arivaldo Costa. ele se diz oposição desde 2011 primeiro ano do mandato. e todos nos sabemos que o candidato que ele apoiasse ganharia a eleição. fale de Henrique que esta ha 44 anos no poder e so teve dois projetos. Boa Noite!!

  2. Ele hj se diz oposição dela. Não esqueçamos que ele é vice dela.
    Conclusão: Na ultima campanha ele também pediu voto para a atual governadora jurando que ela era uma perola.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro pede a banqueiros que reduzam taxas de juros de empréstimos

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu nesta 2ª feira (8.ago) a banqueiros que reduzam as taxas de juros de empréstimos, durante discurso em encontro com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Confederação Nacional das Instituições Financeiras (CNF), em São Paulo.

Alguns dos banqueiros vêm sinalizando que não promoverão a redução. Na semana passada, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) aumentou a taxa básica de juros, a Selic, de 13,25% para 13,75% ao ano.

Ainda no discurso desta 2ª feira, Bolsonaro defendeu várias ações do governo na pandemia, acusou pessoas que o chamam de antidemocrático de serem-no, diferentemente dele, e criticou novamente a Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito, que foi elaborada pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) e, assim como o manifesto Em Defesa da Democracia e da Justiça, da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), será lido em ato na 5ª feira (11.ago) no Pátio das Arcadas, onde, em 1977, houve a leitura de outra carta – esta contra a ditadura militar.

O presidente chegou ao encontro por volta de 13h, acompanhado dos ministros da Economia, Paulo Guedes, da Casa Civil, Ciro Nogueira, e da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, além do filho Flávio, senador e um dos coordenadores da campanha pela reeleição. Bolsonaro saiu antes das 15h.

SBT News

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

25% dos solteiros não estão interessados em monogamia, aponta estudo

Foto: iStock

Um artigo recente da revista norte-americana Cosmopolitan reforçou a tese de que o formato de relações monogâmicas está perdendo espaço, sobretudo no contexto pós-pandemia. Segundo o levantamento, um em cada quatro solteiros não embarcaria em um relacionamento monogâmico.

Se você é do time do amor romântico, calma. O mesmo estudo apontou que, quando se trata de namoro, 71% dos solteiros querem relacionamentos duradouros.

O amor romântico

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Esquadrão Falcão, da Base Aérea de Natal, realiza resgate de tripulante filipino a bordo de um navio na costa do Ceará

Fotos: Divulgação

O Esquadrão Falcão (1o/8o GAV), sediado na Base Aérea de Natal, em Parnamirim (RN), resgatou, nesta segunda-feira (08), um tripulante filipino com suspeita de apendicite em um navio liberiano (NM BOKM TIANJIN) que seguia do Brasil para a China. O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), organização da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pela coordenação de missões aéreas, acionou o Esquadrão após o contato do SALVAERO Recife.

Os primeiros contatos do navio com os órgãos do sistema de busca e salvamento foram realizados na manhã do dia 08 de agosto, quando a embarcação estava navegando a cerca de 50 milhas náuticas (NM) à nordeste de Fortaleza-CE (aproximadamente 237 milhas da cidade de Natal-RN).

A aeronave H-36 Caracal decolou de Parnamirim (RN) às 12:04h e seguiu diretamente para a vertical do navio para efetuar o resgate do tripulante por meio de um içamento com o uso de um guincho de resgate. Após o içamento da vítima, a aeronave prosseguiu para Fortaleza, onde pousou às 14:15h (horário local).

O helicóptero manteve o voo pairado enquanto os Homens de Resgate – SAR (do inglês Search And Rescue – Busca e Salvamento) desceram até o convés do navio e içaram a vítima com uso de um triângulo de resgate. Esse procedimento ocorreu em uma posição situada a 38 NM de Fortaleza. A tripulação do helicóptero, formada por 10 militares, sendo 3 pilotos, 2 operadores de equipamentos, 3 homens de resgate, 1 médico e 1 enfermeiro.

De acordo com o Capitão Aviador Andrey Araújo Moulin, Comandante da aeronave, o vento no local do resgate estava bastante forte, acima de 20kt. Por esse motivo foi necessário coordenar com o Comandante do navio um deslocamento da embarcação na proa do vento para facilitar a manobra de içamento da vítima. “A colaboração do Comandante do navio foi fundamental para a rapidez do resgate, acrescentou o Capitão Moulin.

O Aspirante Bruno Gomes Fonseca de Sá, médico que participou da missão, destacou que o paciente apresentava um quadro sugestivo de apendicite com necessidade de abordagem cirúrgica de urgência. “Durante o voo, foi realizada a devida analgesia e o controle dos sinais vitais da vítima de forma a conduzi-la com segurança aos cuidados médicos especializados em Fortaleza”, salientou.

O Suboficial César Augusto Machado Corchaki, Operador de Equipamento, que efetuou o içamento do filipino informou que a aeronave só tinha trinta minutos de autonomia na cena e todo o procedimento foi efetuado em quinze minutos. “Os treinamentos frequentes nesse tipo de missão foram fundamentais para a celeridade do resgate”, ressaltou o Suboficial.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Rosa Weber envia à PGR pedido de investigação contra Alexandre de Moraes por prevaricação e ativismo judicial

Foto: REUTERS/Adriano Machado

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, mandou a Procuradoria-Geral da República se manifestar em um pedido de investigação contra o também ministro Alexandre de Moraes por suposta prevaricação e ativismo judicial.

A determinação de Rosa é praxe porque cabe à PGR decidir se pede a instauração de apurações formais contra autoridades com foro privilegiado.

“Determino a abertura de vista dos autos à Procuradoria-Geral da República, a quem cabe a formação da opinio delicti em feitos de competência desta Suprema Corte, para manifestação no prazo regimental”, disse.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

FBI executa mandado de busca em residência de Trump em Mar-a-Lago, diz ex-presidente

Foto: REUTERS/Gaelen Morse

O FBI executou um mandado de busca nesta segunda-feira (8) na residência Mar-a-Lago de Donald Trump em Palm Beach, Flórida, confirmou o ex-presidente dos Estados Unidos à CNN.

Trump se recusou a dizer por que os agentes do FBI estavam em Mar-a-Lago, mas disse que a operação não foi anunciada e “eles até invadiram meu cofre”.

“Minha bela casa, Mar-a-Lago, em Palm Beach, Flórida, está atualmente sob cerco, invadida e ocupada por um grande grupo de agentes do FBI”, afirmou em um comunicado.

Em 2021, a decisão do ex-presidente dos Estados Unidos de utilizar o imóvel como sua residência permanente chegou a ser legalmente contestada.

O imóvel, que pertencia à socialite Marjorie Merriweather Post, foi comprado por Trump em 1985. Oito anos depois, ele decidiu transformar o local em um clube e gerar lucros com a propriedade.

Quando Trump transformou o local de uma residência privada em um clube, ele teria acordado com a cidade que limitaria as suas hospedagens em Mar-a-Lago. Ir morar no local seria uma violação do acordo, segundo alguns moradores.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Dólar cai para R$ 5,11 e fecha no menor nível em sete semanas

Foto: Marcello Casal Jr.

Em meio ao alívio no cenário externo e às expectativas para a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), o dólar aproximou-se de R$ 5,10 e fechou no menor nível em sete semanas. A bolsa de valores subiu quase 2%, impulsionada por ações da Petrobras e pela divulgação de lucros de empresas.

O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (8) vendido a R$ 5,113, com recuo de R$ 0,054 (-1,04%). A cotação operou em queda durante toda a sessão, beneficiada pela entrada de fluxos estrangeiros de investidores em busca dos juros altos no Brasil. A divisa está no menor valor desde 15 de junho, quando tinha fechado a R$ 5,02.

Com o desempenho de hoje, a moeda norte-americana acumula queda de 3,11% desde quinta-feira (4), no dia seguinte à reunião do Copom. Na semana passada, o Banco Central (BC) indicou que o ciclo de alta da taxa Selic (juros básicos da economia) está perto do fim.

No mercado de ações, o dia também foi marcado pela euforia. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 108.402 pontos, com alta de 1,81%. O indicador está no maior nível desde 7 de junho.

As ações da Petrobras dispararam nesta segunda-feira. Os papéis ordinários (com voto em assembleia de acionista) subiram 4,82%. As ações preferenciais (com prioridade na distribuição de dividendos) valorizaram-se 5,05%. Os investidores aguardam a distribuição recorde de R$ 87,8 bilhões em dividendos da estatal, que ocorrerá na quinta-feira (11).

Amanhã (9), o BC divulgará a ata da última reunião do Copom, que elevou a taxa Selic para 13,75% ao ano. A expectativa de que as elevações da taxa de juros acabem agora, ou em setembro, tem atraído investidores estrangeiros, em busca de maiores rendimentos no Brasil, o que empurra para baixo a cotação do dólar.

Quanto à bolsa de valores, o fim do aperto monetário eleva as ações de empresas ligadas ao consumo, como varejistas. A ata do Copom e a divulgação da inflação oficial em julho indicarão se o BC encerrou o ciclo de alta da Selic na última reunião ou se promoverá uma elevação adicional da taxa Selic, em setembro, para 14% ao ano.

Agência Brasil com informações da Reuters

Opinião dos leitores

  1. Desse jeito a quadrilha endoida o cabeção kkkk. Só noticias boas para o Brasil. Nunca foi tão fácil escolher um presidente.

  2. Grande Guedes. O Mago da economia tá concorrendo ao prêmio Nobel de Economia.
    E o MITO de melhor presidente.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Nike proíbe nomes de Lula, Bolsonaro, ‘mito’ e ‘comunismo’ na camisa da Seleção Brasileira

Foto: divulgação

Os novos uniformes da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2022 no Catar não podem ser personalizadas no site da Nike com nomes dos candidatos à presidência, como Lula, Jair Bolsonaro, Ciro Gomes e Simone Tebet. Os nomes Luiz, Jair, Ciro e Simone estão disponíveis. Outros termos como “mito”, “socialismo” e “comunismo” também não são permitidos.

O uso do primeiro nome dos candidatos, associado a seus números na urna eletrônica, também está liberado. Ou seja, se o comprador quiser usar na camisa o nome Luiz, com o número 13, é permitido. O mesmo acontece com “Jair 22”, “Ciro 12” e “Simone 15”, por exemplo.

Imagem: reprodução

RESPOSTA

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Nike explicou os motivos para não liberar a personalização dos uniformes com nomes dos candidatos. Segundo a fabricante de material esportivo, o veto está de acordo com as diretrizes da empresa de impedir o uso de expressões religiosas, políticas, racistas e até palavrões.

A Nike, como descrito na própria página, não permite customizações com palavras que possam conter qualquer cunho religioso, político, racista ou mesmo palavrões. Este sistema é atualizado periodicamente visando cobrir o maior número de palavras possíveis que se encaixem nesta regra“, informa a nota.

Estadão Conteúdo

Opinião dos leitores

  1. Vou comprar 5 camisas, já separei 1.250,00 reais.
    Em cada uma vou colocar nomes.
    MITO 22
    JAIR 22
    MESSIAS 22
    Bolsonaro 22
    Véio Macho 22

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

TSE nega às Forças Armadas acesso a dados das eleições de 2014 e 2018

Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, negou pedido das Forças Armadas para ter acesso a dados das eleições de 2014 e de 2018. A Corte considerou que entidades fiscalizadoras do pleito não têm poderes para análise de eleições que já passaram.

A resposta foi encaminhada ao ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira. “As entidades fiscalizadoras do processo eleitoral, nos termos da Resolução nº. 23.673, de 2021, não possuem poderes de análise e fiscalização de eleições passadas, não lhes cumprindo papel de controle externo do TSE”, diz documento.

Ofício circular by Manoela Alcântara

Fachin responde a pedido feito em junho deste ano. Na ocasião, os militares solicitaram ao TSE que liberassem o acesso a dados referentes às eleições de 2014 e 2018. Na ocasião, foram solicitadas imagens dos boletins de urnas e arquivos do registro digital de voto e os logos das urnas eletrônicas.

A justificativa do ofício foi “esclarecer e conhecer os mecanismos do processo eleitoral com a finalidade de permitir a execução das atividades de fiscalização do processo eleitoral”.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Os milicos tem que voltar pra caixinha deles e proteger a Amazônia que eh o que eles mais deveriam fazer pra defender a nação e não ficar dando pitaco onde não os cabem!

  2. FACHIN BANDIDO QUE SOLTOU O LULADRÃO QUE VOTOU A FAVOR DA PRISÃO ILEGAL E INCONSTITUCIONAL DO DEPUTADO DANIEL SILVEIRA O BANDIDO FACHIN JÁ DEVIA ESTAR PRESO É LADRÃO DE ELEIÇÕES E PROTEGE BANDIDOS UM CAPACHO DO LULADRÃO E DO SISTEMA CORRUPTO

  3. Existe um velho e tradicional ditado, que fala que quem não deve não teme. Diante de uma luta ferrenha desse TSE, pelas famigeradas urnas eletrônicas, capaz de punir quem questioná-las e após negar esse pedido das forças armadas, o que o brasileiro, que não é retardado, vai ficar pensando? E só uma pergunta.

  4. Estar apenas confirmando o que o povo desconfia, cada vez mais eles dão margem para para a falta de credibilidade, por que não mostra , qual motivo???, isso ainda vai da M….

  5. Se não dar conhecimento é pq tem coisa errada. Dados de eleição são de interesse público, quanto mais transparência melhor.

    1. Já diz o ditado: “Quem disso usa, disso cuida”. Então pra um bom entendedor, meia palavra basta, essa não permissão demonstra que boa coisa não há.

  6. Como reservista aprendi que o papel da forças armadas é garantir o direito ao voto, ficando a 100 metros das seções eleitorais. Lógico quando não tínhamos no Planalto: um “QBU”(maluco no linguajar militar).

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Candidato do PCO ao governo do Paraná defende a ‘extinção total’ da polícia e criação de ‘milícias populares’

Imagem: reprodução/Band

O candidato ao governo do Paraná, Adriano Teixeira, do Partido da Causa Operária (PCO) defendeu a ‘extinção total’ da polícia enquanto instituição e a criação de ‘milícias populares nos bairros’, durante o debate realizado pela Band na noite de domingo (8).

“Nosso partido tem uma proposta clara. A gente sabe muito bem que hoje em dia a polícia é uma máquina de matar preto e pobre”, disse o candidato do partido de extrema-esquerda.

“O nosso programa para a polícia é o fim. A extinção total desta instituição. Com o fim desta instituição, teríamos as milícias populares organizadas pelos bairros. O cidadão vai lá, coloca seu nome, a população vota nessa pessoa e ela fica ali como alguém que cuida do bairro”, disse Adriano.

Opinião dos leitores

  1. Lula produziu uma legião de Alienados e idiotas úteis.
    Em 22 vamos dá descarga nos restantes que sobraram.

    1. Engraçado, o cara é de esquerda e você vem culpar Bolsonaro? É falta de argumentos, amigo? Te vira! Procura pelo menos um açaí da WAL!

    1. Esse também é o projeto do PT, só não fala agora por conveniência. Mas uma vez no poder porá em prática. A esquerda pensa assim ou alguém acha que existe alguma diferença entre PT e PCO?

    2. Se não dar conhecimento é pq tem coisa errada. Dados de eleição são de interesse público, quanto mais transparência melhor.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 170 óbitos e 17 mil casos nas últimas 24h

Foram divulgados os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta segunda-feira (8), de acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass):

– O país registrou 170 óbitos nas últimas 24h, totalizando 680.166 mortes;

– Foram 17.409 novos casos de coronavírus registrados, no total 34.035.780;

A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 207. A a média móvel de novos casos é de 25.688.

O ministério da Saúde calcula que mais de 32,7 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid.

Opinião dos leitores

  1. O enviado do Apocalipse, Luizinho Nove Dedos agradeceu a natureza por ter criado o monstro do coronavírus.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *