Samu socorre jovem baleado e ambulância é perseguida por criminosos

Trabalhar no Serviço de Atendimento Móvel às Urgências (Samu) é muitas vezes uma atividade de risco. Na noite de ontem uma das equipes do Samu Metropolitano passou um grande perigo e um susto enorme, ao atender a uma ocorrência em Macaíba.

Por volta das 21h um jovem de 17 anos foi atingido por quatro tiros na localidade de Lagoa do Sítio. Os paramédicos foram acionados e chegaram minutos depois ao local. Estabalizaram a vítima, colocaram-na dentro da ambulância e vieram em direção a Natal, ao pronto socorro Clóvis Sarinho. Informações extraoficiais dizem que o rapaz de 17 anos assassinou um homem tempos atrás, e a família da vítima teria jurado vingança.

Quando a ambulância ainda estava em uma estrada pequena, passou por um Fiat Uno branco,  onde estavam os homens que atiraram no moleque. E o Uno passou a perseguir o carro do Samu. Tentaram interceptar a ambulância, mas não conseguiram porque a pista era estreita. O condutor da viatura dificultou  a manobra dos bandidos, mantendo-a no meio da via. Foram momentos de muita tensão e os bandidos só desistiram quando o Samu chegou à BR-304, e a ambulância partiu em altíssima velocidade.

Pouco tempo depois chegou uma denúncia anônima à central de chamados avisando que os homens que tentaram matar o jovem iriam atrás de completar o serviço, parando a ambilância e o assassinando dentro dela. Felizmente os criminosos já haviam se afastado, e o Samu chegou ao Clóvis Sarinho em segurança.

Fonte: Jacson Damasceno