Diversos

Se na Lua não venta, por que a bandeira dos EUA tremeu?

Untitled-3Nesta semana, o mundo comemora o aniversário de 45 anos do dia em que o homem colocou os pés na Lua pela primeira vez. E apesar de tanto tempo ter passado, ainda há quem acredite que tudo não passou de uma armação dos americanos. Um dos argumentos mais utilizados para alimentar a teoria da conspiração é o da bandeira dos EUA, que aparece em movimento nos vídeos da Nasa (a agência espacial americana). Como isso é possível se na Lua não venta?

O questionamento sobre a ondulação da bandeira aparece em todos os textos e documentários criados para espalhar a tese de fraude, que nasceu nas palavras de Bill Kaysing, autor do livro “Never Went to the Moon”(“Nunca fomos à Lua”), de 1974. Kaysing morreu há alguns anos, mas suas ideias nunca deixaram de circular, ainda mais com o advento da internet.

A questão é que os vídeos originais da Nasa são bem tediosos e ninguém tem muita paciência para assisti-los inteiros. E se a bandeira aparece tremulando no momento em que é fincada na Lua, ou quando o astronauta a arruma, as mesmas imagens a mostram paradinha momentos depois, como deve ser em um ambiente de vácuo como é o espaço.

“Se você olhar com cuidado os filmes da época, ou as fotos, verá que a bandeira está parada, e só se mexe quando algum astronauta a toca. Quando ele faz isso, ela se move como um tecido se moveria, ou seja, vai fazer uma onda. Não por causa de vento, mas sim pelo movimento provocado pelo astronauta diretamente na bandeira e pela flexibilidade do tecido”, explica Douglas Galante, pesquisador do Laboratório Brasileiro de Luz Síncrotron e do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP (Universidade de São Paulo).

Na verdade, a bandeira se move daquele jeito ao ser manipulada justamente porque não está sujeita à resistência do ar. Vale lembrar que o mastro é de alumínio flexível, por isso o movimento continua mesmo depois que o astronauta tira a mão. “A inércia faz com que ela continue a se mover”, esclarece o especialista Roger Launius, do Museu Espacial Smithsonian, em Washington, em reportagem da National Geographic sobre o tema.

Mitos

O astrônomo Phil Plait, autor do premiado blog “Bad Astronomy”, tem um post específico para explicar não só a história da bandeira, mas todas as outras divulgadas pelos conspiracionistas. Como o fato de que não há estrelas nas fotos tiradas pelas máquinas embutidas nos trajes dos astronautas da Apollo 11. Ele explica que o tempo de exposição das câmeras estava configurado para ser curto, já que o pouso ocorreu de manhã, com o Sol brilhando intensamente. Assim, a luz das estrelas que estão ao fundo não pode ser vista.

Outro argumento famoso é o das pegadas, que para ficarem assim tão bem definidas só poderiam ter sido feitas em areia molhada, segundo os céticos. Plait também derruba o questionamento, lembrando que o solo lunar é composto por uma areia finíssima, que lembra pó ou cinza vulcânica. Por isso, ela se comprime facilmente, formando o desenho detalhado da bota. E por que fica intacta por tanto tempo? Novamente, por causa do vácuo.

Vários desses mitos foram derrubados pelos divertidos apresentadores do programa “MythBusters”, do Discovery Channel, que até usaram uma câmera de vácuo para desbancar as teorias. Mas o povo do contra não se convenceu: de acordo com eles, o programa é patrocinado pela Nasa.

Provas

“Muita gente tentou desacreditar a ida dos americanos à Lua, mas ela de fato aconteceu e isso é um consenso hoje em dia”, comenta Galante. O pesquisador até cita uma prova clara disso: “Podemos enviar um laser para a Lua, fazê-lo refletir em um dos espelhos deixados para esse propósito pelos astronautas da Apollo, e medir o sinal de volta aqui na Terra.”

Há várias outras confirmações, não só do pouso da Apollo 11, mas das missões que se seguiram até 1972, quando o dinheiro acabou. A missão indiana Chandrayaan-1, lançada em 2008, orbitou a Lua e confirmou que os jatos propulsores do módulo lunar da Apollo 15 alteraram a superfície, deixando-a mais clara. E olha que a Índia não teria nenhum interesse em apoiar os EUA em um eventual embuste.

Ainda há fotos de satélites que mostram objetos deixados pelos astronautas americanos na Lua, e confirmam a desconfiança de Buzz Aldrin de que a famosa bandeira caiu com a vibração do módulo lunar durante a decolagem. E, bom, há as centenas de amostras de rochas lunares trazidas pelos astronautas. Russos também fizeram coletas em missões não tripuladas e eles certamente teriam feito algum barulho caso houvesse diferença de composição entre as pedras.

Mas talvez seja mais interessante para certas pessoas pensar que foi tudo foi simulado – e teve até direção do cineasta Stanley Kubrick, dizem. Pelo menos enquanto não for possível para qualquer mortal ir até a Lua e procurar as provas pessoalmente. “Em breve, se alguém vencer o Google Lunar Prize, talvez tenhamos um pequeno rover particular visitando um dos antigos locais de pouso na Lua, mostrando aos incrédulos que há quase 50 anos já éramos capazes de viajar para outros corpos do nosso Sistema Solar”, conclui Galante.

UOL

Opinião dos leitores

  1. O desespero do PT começou cêdo.
    MORTE ANUNCIADA É O FIM DA PALHAÇADA E DAS BOLSINHAS RSRSRSRS…

  2. Boa, roteirista!
    Enquanto o PT lança o minha casa minha vida, o PSDB de Aécio Neves lança MEU AEROPORTO MINHA VIDA

  3. Carvalho,
    Na volta da lua o PT poderia pousar no aeroporto que o Aécio Neves construiu com dinheiro público na fazenda de um familiar, o problema seria conseguir autorização do familiar, uma vez que apesar da área ter sido "desapropriada" a família do Aécio é quem tem as chaves dos portões e quem autoriza pouso e decolagem.

    1. O poder judiciário certamente vai apurar o mal entendido acerca da pista de pouso. O que não podemos fazer é massacrar, crucificar e execrar o candidato sem conhecer os fatos. É necessário passar pelos ditames legais.

  4. Se os PTralhas tivessem feito essa conquista teriam roubado a bandeira. Ela tremula porque teme que Dilma seja mais poderosa que Obama, mas isso nunca acontecerá.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Lula chama Moro de canalha, que reage: “Você será derrotado”

Foto: Ricardo Stucket / Marcelo Camargo / Divulgação 

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro rebateu nesta 4ª feira (19.jan.2022) as críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula sa Silva (PT). Depois de ser chamado de “canalha” pelo petista, Moro devolveu o xingamento e o acusou de usar “nosso dinheiro pra financiar ditaduras”.

Lula deu a declaração em conversa com representantes de veículos de mídia digitais simpáticos à ideologia de esquerda ou ao PT nesta 4ª feira (19.jan). O petista não foi confrontado com perguntas difíceis sobre Lava Jato (ainda que os processos tenham voltado para a 1ª Instância, as provas seguem sem contestação definitiva) ou a recessão econômica produzida pelo governo de Dilma Rousseff, com uma inflação maior (10,7% em 2015) do que a de 2021, mas sem pandemia.

Moro respondeu em seu perfil no Twitter. O pré-candidato à Presidência pelo Podemos disse que o nome petista “será derrotado” nas eleições de outubro.

“Canalha é quem roubou o povo brasileiro durante anos e quem usou nosso dinheiro pra financiar ditaduras. E quadrilha é o nome do grupo que fez isso, colocado por você, Lula, na Petrobras. Você será derrotado. Só ofende pois não tem como explicar a corrupção no seu Governo”, declarou o ex-ministro da Justiça.

Poder360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Justiça determina restabelecimento de 50% da frota de ônibus em Natal

Foto: Carlos Azevedo

A Justiça do Rio Grande do Norte determinou o restabelecimento de 50% da frota de ônibus em Natal. A decisão foi assinada nesta quarta-feira (19) pelo Desembargador Federal do Trabalho, Edson João Fernandes Medeiros, atendendo a um recurso do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (SETURN).

A Justiça levou em conta que apenas 21% da frota regular de ônibus circulou nesta terça-feira (18), um total de 118 veículos, segundo o SETURN. De acordo com o documento, a Secretaria de Mobilidade Urbana do município informou ao presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Transportadores Rodoviários do RN (SINTRO) que a entidade deveria cumprir o percentual de 70% da frota circulando, correspondente à 396 veículos.

O Desembargador também considerou os princípios da dignidade da pessoa humana e o direito à vida e à saúde no contexto atual da pandemia da Covid-19 no RN.

“Fazendo a devida ponderação de interesses e necessidades, este Desembargador Vice-Presidente, sem olvidar do legítimo direito de greve dos rodoviários, entende razoável – dado, sobretudo, o notório e elevado grau de contaminação no momento atual da pandemia – que o percentual de circulação da frota seja acrescido para o percentual de 50% (cinquenta por cento), inclusive pleito parcial contido na presente ação”, afirma Fernandes na decisão.

Em declaração ao Novo Notícias, o presidente do Sintro, Júnior Rodoviário informou que a classe irá cumprir a decisão a partir desta quinta-feira (20). Uma reunião está marcada para a próxima sexta-feira (21) no Tribunal Regional do Trabalho, para discutir sobre o dissídio coletivo da categoria, a data base e o reajuste dos benefícios como o vale de alimentação.

Novo Notícias

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Bebê com quatro braços e quatro pernas é tratado como Deus na Índia

Foto: Reprodução / Portal IG

No leste da Índia , um bebê nasceu com quatro braços e quatro pernas e está sendo tratado como a encarnação de um deus hindu. Vídeos mostram moradores cercando a criança, que passou a ser venerada, enquanto outros fotografavam o recém-nascido.

A mãe do bebê tem recebido visitas no hospital desde o dia que deu à luz na segunda-feira (17). A criança, cujo sexo ainda não foi revelado, tornou-se uma celebridade local por sua aparência.

Nas imagens, a criança aparece deitada em um cesto repleto de lençóis coloridos colocados no colo da mãe, enquanto ela estava sentada em uma cama do hospital.

Embora o nascimento da criança tenha atraído os olhares de muitos religiosos, os médicos afirmaram que a condição do bebê está relacionada a complicações durante a gravidez, segundo o portal Daily Star.

Com informações do portal IG

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

REVOLTANTE: Ex-PM é preso suspeito de estuprar criança de 5 anos no interior do RN

Foto Ilustrativa: Divulgação

Um homem de 53 anos, identificado como ex-policial militar, foi preso preventivamente nesta terça-feira (18) no município de João Dias, no Oeste do Rio Grande do Norte. Ele é suspeito de ter estuprado uma criança de 5 anos.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Alexandria, com o apoio da Polícia Militar, deram cumprimento nesta terça (18) a um mandado de prisão preventiva contra Francisco Pereira da Silva, de 53 anos. O mandado foi expedido pela Comarca da Vara Única de Alexandria, após representação da autoridade policial, e a prisão aconteceu na residência do ex-PM, no município de João Dias.

O crime pelo qual Francisco é suspeito, que vitimou uma criança de 5 anos, ocorreu no dia 10 de janeiro, em João Dias. Ele já havia sido condenado a 10 anos de prisão por outro crime da mesma natureza e encontrava-se em regime semiaberto.

Nesta terça (18), o suspeito foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Anvisa adia decisão sobre autotestes de Covid para cobrar mais regras e política pública do Ministério da Saúde

Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu nesta quarta-feira (19) adiar a decisão sobre se libera ou não a venda de testes rápidos de Covid-19 para que a população possa realizar o exame em casa.

Por volta das 16h10, três diretores já tinham votado pelo adiamento da decisão e pela cobrança de mais dados. A liberação dos autotestes foi pedida pelo Ministério da Saúde diante da explosão do número de casos com a chegada da variante ômicron.

Apesar de a relatora do processo votar pela liberação, mesmo com críticas em seu voto, os diretores da Anvisa decidiram acompanhar o posicionamento do diretor Rômison Rodrigues Mota, que solicitou a realização de diligências, dentro de um prazo de até 15 dias, para cobrar do Ministério da Saúde a formalização de uma politica publica antes de decidir sobre a liberação do autoteste.

Em seus posicionamentos, os diretores da agência criticaram a falta de uma política pública do Ministério da Saúde para testagem ampla da população. Os diretores também apontaram a falta de regulamentação sobre o uso do autoteste, apesar de ela ter sido cobrada durante o processo.

Um dos principais pontos levantados pela Anvisa é a falta de orientação sobre como se dará a notificação, ou seja, se os casos positivos serão incluídos no balanço oficial. Os testes realizados dentro das farmácias são contabilizados regularmente.

A relatora do processo, Cristiane Rose Jourdan, defendeu a aprovação fazendo a ressalva de que o produto “pode representar excelente estratégia de triagem” e “medida adicional” no controle da pandemia.

g1

Opinião dos leitores

  1. Mais uma ação da Anvisa que comprova a politização da agência, liberam vacina de uso emergencial até em crianças e se nega a autorizar auto-teste de covid pela população, que serviria para desafogar os hospitais que causam aglomerações com alto risco de contaminação.
    São uns canalhas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Gilmar Mendes absolve homem condenado por furto de picanha de R$ 52 no DF

Foto: Reprodução

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), absolveu um homem condenado pelo furto de uma peça de picanha avaliada em R$ 52 na cidade de Guará, no Distrito Federal. O integrante da Corte acolheu pedido de absolvição aberto pela defesa contra decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Na data da ocorrência, o homem foi pego por um fiscal de prevenção de um supermercado quando saia do estabelecimento com a peça de carne escondida nas roupas. Ele foi condenado a um ano de prisão em regime semiaberto.

A anulação da condenação ocorre após a defesa do homem pedir um segundo habeas corpus para rever decisão da primeira instância, tomando do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJ-DF), levando o caso ao STJ. No primeiro recurso interposto, a Corte de primeiro grau manteve a sentença e o STJ também negou habeas corpus por entender que o princípio da insignificância não se aplicaria aos casos em que o réu for reincidente.

Para Gilmar Mendes, no entanto, o caso se aplica “com nitidez” nesse princípio. “A hipótese reclama com nitidez a incidência do princípio da insignificância, sobretudo porque a consequência nuclear do crime patrimonial é acrescer o patrimônio do autor e minorar o da vítima, o que acabou por se configurar de forma ínfima no caso em questão”, diz trecho da decisão do ministro.

Ainda segundo Mendes, o caso conta com todos os aspectos objetivos exigidos pelo STF para a aplicação do princípio da insignificância. Entre os aspectos estão ofensividade mínima da conduta, ausência de periculosidade social da ação, reduzido grau de reprovabilidade do comportamento e inexpressividade da lesão jurídica causada.

Casos semelhantes a esse já foram parar várias vezes no STJ e no STF. Em um dos últimos deles, o ministro Nunes Marques, do STF, negou recurso de uma mulher condenada pelo furto de 18 chocolates e 89 chicletes, avaliados em R$ 50. A sentença foi proferida em 2017 e o caso chegou ao Supremo por meio da Defensoria Pública de Minas Gerais, que também pedia a aplicação do princípio da insignificância ao caso.

Uol

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Show de Bell Marques em Parelhas é cancelado; organização considera ‘aumento de casos de Covid’

Foto: Pedro Vitorino

O show que o cantor Bell Marques faria na cidade de Parelhas, a 240 km de Natal, nesta quarta-feira (19), foi cancelado. Em nota divulgada nas redes sociais, a organização a festa confirmou a “suspensão temporária da apresentação diante dos aumentos de casos de Covid e outras doenças virais”.

O evento “Vumbora Parelhas” seria realizado no clube Acampar, e também teria Henry Freitas e Fofo Chicleteiro como atrações.

No comunicado, a organização destaca que a partir de segunda-feira (24) serão divulgadas as formas de reembolso para quem comprou ingresso e a nova data do evento.

No dia anterior ao cancelamento, a produção havia divulgado nas redes sociais que o evento estava aprovado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública e que exigiria comprovante de esquema vacinal com as duas doses.

LEIA TAMBÉM: FOTOS: Grande fila é formada em centro de Covid em Parelhas

Opinião dos leitores

  1. Não conheço nada nesse mundo que aglomere mais do que esse bando de artistas que só sabem abrir a boca pra chamar Bolsonaro de Genocida .. Saem aglomerando multidões quase todo dia .. e por quase todas as cidades do Brasil. A grande mídia devia fazer uma reportagem de quantas milhares de pessoas foram aglomeradas nos últimos meses por esses bandos de aproveitadores.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem é morto com pelo menos 25 tiros dentro de casa em Mossoró, diz PM

Foto Ilustrativa: Divulgação

Um homem foi morto com pelo menos 25 tiros dentro de casa na madrugada desta quarta-feira (19), em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Militar, dois homens armados invadiram o imóvel e executaram a vítima.

A vítima foi identificada como Alex Batista da Silva, de 28 anos. O crime aconteceu por volta das 2h da madrugada no conjunto Odete Rosado, no bairro Rincão.

A PM informou que ele estava dormindo quando dois homens armados arrombaram a porta da frente e invadiram a residência.

Ainda segundo a PM, além de Alex, também havia uma mulher e uma criança de aproximadamente 7 anos na casa. A mulher contou aos policiais que os criminosos invadiram o quarto onde eles estavam dormindo, pediram para ela afastar e começaram a atirar.

De acordo com a Polícia Militar, foram pelo menos 25 disparos de pistola 380, .40 e revólver calibre 38. A mulher ainda contou que chegou a ver as cápsulas voando e que aquela foi uma noite de terror.

Testemunhas contaram à polícia que, após o crime, os suspeitos fugiram a pé.

Os policiais confirmaram que a vítima, Alex Batista, tinha passagem pelo sistema prisional e era investigado por homicídio. A Delegacia de Homicídios de Mossoró vai investigar o caso.

g1 RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

VÍDEO MEIO-DIA RN: Confira o programa desta quarta-feira

Confira programa desta quarta-feira (19). O Meio-Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo. Nesta edição, também houve entrevista com Sâmela Gomes, Psicóloga e Fundadora do Instituto Personalli. Clique abaixo e assista via YouTube.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Televisão

VÍDEO: Repórter de TV testa positivo para Covid ao vivo na PB

Durante uma transmissão ao vivo, o repórter Rubens Junior, da TV Arapuan, afiliada da RedeTV! na Paraíba, recebeu o diagnóstico positivo para a Covid-19.

Durante a entrevista com a enfermeira que realizou o exame, o comunicador informou que sentia dores na cabeça, na garganta e febre no dia anterior.

O repórter fez o teste acompanhado do cinegrafista, que teve a detecção negativa para o novo coronavírus.

Rubens ainda informou que esta é a terceira vez que testa positivo para a Covid-19.

Blog do BG PB

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *