Sem caixa, Correios vão precisar de financiamento para pagar salários

Operando no vermelho, os Correios vão precisar recorrer a um empréstimo neste ano para conseguir honrar seus compromissos, incluindo salários de empregados e encomendas de fornecedores. As projeções são de que o dinheiro no caixa da empresa termine no segundo semestre. No ano passado, as indicações são de que a empresa tenha terminado com prejuízo de R$ 2,1 bilhões – o balanço ainda não foi publicado. Este ano, até maio, a perda já chega a R$ 700 milhões.

Mais de dez anos após ser o palco inaugural do escândalo do mensalão, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) ainda sofre, segundo quem acompanha o dia a dia da companhia, as consequências do aparelhamento político-partidário a que foi submetida nos últimos anos.

A atual direção, composta na maior parte por indicados do PDT, partido do ex-presidente Giovanni Queiroz e do ex-ministro das Comunicações André Figueiredo, tem apenas um membro que é funcionário de carreira, com experiência em logística.

O valor de R$ 2,1 bilhões de perda em 2015 já passou pelo crivo do conselho de administração da estatal, mas ainda não é oficial porque tem de ser submetido a uma assembleia geral ordinária, que não tem data para ocorrer. Procurados, os Correios disseram apenas que “adotam as melhores práticas de governança corporativa” e que só iriam se manifestar sobre o balanço após a aprovação pela assembleia.

Tarifas

Fontes consultadas pela reportagem apontam o represamento do preço das tarifas de serviços, para evitar impactos na inflação, como um dos principais fatores desse prejuízo recorde. Mesmo com o reajuste de 8,89% dado pelo governo em dezembro de 2015 para as tarifas de entrega de cartas e telegramas, a defasagem retirou cerca de R$ 350 milhões dos Correios no ano passado.

Apesar do reajuste, os cálculos são de que as tarifas ainda continuam defasadas em torno de 8%, o que retira R$ 40 milhões, em média, do caixa da empresa todo mês. O aumento deste ano, previsto para abril, ainda não foi autorizado.

As despesas dos Correios crescem em ritmo superior às receitas. Em 2015, enquanto as despesas aumentaram 18,3%, as receitas cresceram 6,5%, abaixo da inflação. Só as despesas médicas dos funcionários subiram mais de R$ 500 milhões. A Postal Saúde, plano de assistência médica dos funcionários, foi criada para reduzir as despesas com assistência médica, hospitalar e odontológica. Mas o resultado foi o contrário.

Antes de apresentar os prejuízos de R$ 313 milhões em 2013, de R$ 20 milhões em 2014 e de R$ 2,1 bilhões em 2015, os Correios fecharam 2012 com R$ 6 bilhões em aplicações. Mas os resultados deficitários dos anos seguintes e os fortes repasses de dividendos para o Tesouro Nacional, para ajudar no fechamento das contas do governo, fizeram com que os recursos investidos fossem minguando nos anos seguintes. No ano passado, fechou em menos de R$ 2 bilhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Isto É, com Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Efraim Moreira de Carvalho disse:

    A bandidagem que administrou os Correios levaram a empresa ao descrédito. As encomendas são postadas e não chegam ao destino, não dão satisfação, alguém deve estar surrupiando as mercadorias postadas e dando outro destino. Esta empresa que outrora era a menina dos olhos da população, a empresa numero um, em confiança do cidadão brasileiro. Pior, não temos a quem prestar queixa, tamanha é a dificuldade de se obter uma resposta, uma vergonha a situação a que chegou, roubaram o que puderam e quiseram e ao que parece, ficará por isto mesmo, uma vergonha …. enquanto isto nós cidadãos que precisamos do serviço ficamos à mercê e ao DEUS dará.

  2. Pedro Paulo disse:

    Ainda tem gente que defende dilma e o PT. Será que temos que aturar uma presidente incompetente e um partido corrupto só por que venceram a "eleição democraticamente". Não se pode tirar uma presidente por crime de responsabilidade ?

  3. Maurício Giovani disse:

    Tudo culpa dos fascistas e coxinhas que desde 2003 fizeram o rapa na empresa e aparelharam a companhia com o que há de pior na política, deram preferência ao capital opressor operado pelas elites fascistas dirigentes da empresa. Ainda bem que o PT e as esquerdas não tem nada a ver com a roubalheira, pois socialista revolucionário, mesmo gostando de I-phone, uísque importado, ternos de primeira linha, viagens de helicópteros e jatinhos para todo lado, hotéis cinco estrelas, prostituas de luxo ao seu dispor, pagas com dinheiro público, detestam o capital. Cumpriram a promessa. O capital dos Correios foi abolido e transferido para os cofres dos malandros e dos bandidos. Pena que eles são fascistas e irão ficar impunes, pois são golpistas e querem a todo o custo ferrar o pobre trabalhador para se manterem no poder.

  4. Val Lima disse:

    Só há um saída….
    PRIVATIZAR!!!!
    Até o Postalis (Fundo de previdência dos Correios), o DESgoverno/PT conseguiu arromba-lo em mais de R$5.000.000.000,00 (cinco bilhões de reais)…
    A Polícia Federal já vem investindo os desvios desde o início do ano….
    Ôooo povo ladrão esse,…
    Só não rouba o vento, pq passa entre os dedos… rs

  5. sil disse:

    eita brasil veio virou um puteiro nos governos de lula o 1 chefe e depois no da subchefe onde acabou o brasil veio de guerra de pernas pro ar pega fogo cabare

  6. joao disse:

    Venda essa bomba. Venda a petrobras a caixa

  7. Igor disse:

    Parabéns petistas, essa vitória é de vcs!!!

  8. paulo disse:

    Sem dinheiro e com seus serviços CARÍSSIMOS, impossível se mandar qualquer coisa pelo SEDEX. Os bandidos ptralhas acabaram com um dos correios que era referencia até no exterior. Hoje não vale nada e presta um PÉSSIMO serviço.

  9. João Maria da Silva disse:

    Mas ontem na Câmara as deputadas e deputados do PT falaram em alto e bom som que não foi o PT que quebrou os fundos de pensões de várias estatais. Me acorde mamãe

  10. cabral facista disse:

    Privatiza isso e acaba com todos os problemas

  11. fernando disse:

    fedex neles ! Privatização já !!!!!

  12. Cruz disse:

    Quebraram até os Correios? Minha nossa Senhora, e eu que pensei que a maior quadrilha do mundo era a de Campina Grande PB. Mas não é a do PT.

  13. Luciana Morais Gama disse:

    Viva o jeito PT de administrar.

  14. Dorian Vargas disse:

    A culpa pela falência da CEF é da globo? Foi a globo que mandou a CEF financiar projetos sem retorno financeiro? Quem nomeia a direção da CEF é a globo?

COMENTE AQUI