FOTO: Servidores da saúde em greve fazem ato na Secretaria Municipal de Saúde e exigem audiência com secretário‏

DSC08322Os servidores da saúde municipal de Natal, em greve desde o dia 15 de abril, fizeram um ato na manhã desta terça-feira (20), na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para cobrar uma reunião de negociação com o secretário Cipriano Maia. A categoria quer respostas e o atendimento da pauta específica dos servidores da saúde, como um plano para garantir a segurança nas unidades e o reajuste nas gratificações.

Durante o ato, os servidores fizeram denúncias e cantaram paródias de protesto contra o assédio moral nos locais de trabalho. Uma comissão de 10 servidores subiu até o gabinete do secretário para buscar uma audiência e foram surpreendidos com a notícia de que o secretário só receberia o Sindsaúde quando fosse marcada a próxima Mesa de Negociação do SUS.

A informação surpreendeu os servidores, já que o Sindas se encontrava na antessala do gabinete, à espera de um novo encontro com Cipriano Maia. “O secretário recebe todos os sindicatos, mas quando é a vez de receber o Sindsaúde é preciso passar por toda essa burocracia. Nós queremos discutir a pauta específica da saúde e não sairemos daqui enquanto não tivermos uma data”, afirmou a coordenadora geral do Sindsaúde, Simone Dutra, à secretária de Cipriano.

Após a reposta negativa da SMS, os demais servidores que se encontravam no estacionamento subiram ao segundo andar do prédio e ocuparam os corredores, exigindo que o secretário recebesse a comissão do Sindsaúde. Após muita cobrança, a reunião da Mesa de Negociação do SUS foi marcada para a próxima sexta-feira (23), às 15h, na própria Secretaria de Saúde.

Os servidores começarão a se organizar para a reunião ainda na manhã da sexta (23). A concentração da categoria terá início às 8h, na sede do Sindsaúde. Até lá, a greve da saúde já conta com novo calendário de atividades.

Nesta quarta-feira (21), os servidores farão uma mobilização às 9h, no Distrito Sanitário Oeste, na Unidades de Saúde de Nazaré. Já na quinta (22), a mobilização será nas unidades do Distrito Sanitário Norte, com concentração às 9h, na Policlínica da Zona Norte.