Palocci diz que MP 627, editada por Dilma, é “campeã de propinas”

Antonio Palocci diz que a MP 627 é fonte de muitas propinas em várias áreas.

Segundo ele, “essa MP talvez seja a campeã de propinas na história”.

A medida provisória em questão foi editada por Dilma Rousseff, em 2013, instituía as regras para a cobrança de tributos sobre o lucro que empresas brasileiras tivessem no exterior.

“Se você lê a MP, ela é uma autodenúncia.”

Cristiano Zanin, advogado de Lula, diz que “a narrativa” de Palocci sobre a MP 627 é para que o ex-ministro consiga benefícios em delações.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Dilson Eduardo disse:

    Acho que Palocci sabe muito mais do que vem revelando. Ele está poupando muita gente e pode ser até do judiciário, porque não? O tempo que ele vem negociando a delação, deixa margem para montar uma grande estratégia, apontando apenas para as figuras que interessam a ele de forma direta.
    Por exemplo, Marco Aurélio até hoje tem enorme dificuldade em fechar a delação, tem duas razões: Não está falando o que sabe ou falou demais sobre quem não devia.
    São apenas conjecturaras para tentar entender o que vem acontecendo.
    Qual a razão de Eduardo Cunha não fazer uma delação e resolver morrer na cadeia?

    • Ceará-Mundão disse:

      Talvez o Cunha tenha juizo e prefira apodrecer na cadeia do que morrer assim que dela sair. Ou tema pela saúde de sua família. Lembre do Celso Daniel (e das 9 testemunhas do seu caso), do Toninho do PT e de tantos outros. E o Cunha, nos seus àureos tempos, era aliadíssimo do PT, assim como todos os bandidos do PMDB. Alguns nunca deixaram a velha parceria. Vide o Renan Calheiros.

  2. Carlos Bastos disse:

    Eu gostaria de entender uma coisa, porque a PGR não fechou a delação com esse homem

  3. Ceará-Mundão disse:

    Tal afirmação não causa espanto a ninguém. Em se tratando de governos do PT, essa prática era considerada normalíssima.