Economia

Tapioca vai custar R$ 8 em estádio da Copa e poderá ser paga com cartão de crédito

tapioca-Laura-Cortizo-Portal-da-Copa-em-RecifeNormalmente, brasileiros ou não pagam entre R$ 1,50 e R$ 5,00 por uma tapioca nas ruas das grandes cidades. O problema é que a Copa do Mundo vai inflacionar o produto tipicamente nordestino. Na Arena Pernambuco, por exemplo, uma tapioca recheada vai custar R$ 8,00 e o cartão de crédito poderá ser utilizado como forma de pagamento.

A tapioca tem origem indígena, mas os nossos velhos habitantes do nosso país fariam um apitaço ao se depararem com a inflação do famoso produto brasieliro.

Um estande montado na Arena Pernambuco, que vai contar com oito tapioqueiras, vai oferecer seis tipos de recheios aos torecdores: queijo, coco, coco com queijo, frango com queijo, carne de sol com queijo e leite condensado com coco.

O público será atendido também por jovens do programa Ganhe o Mundo. Com isso, os visitantes terão ajuda na comunicação com as atendentes. O olho no mercado estrangeiro tem uma estimativa.

– A estimativa é de que 60% dos torcedores na Arena sejam estrangeiros. Então, nada melhor do que promover nosso estado dando um toque regional, ressaltou o Secretário Executivo de Relações Institucionais da Secopa-PE, Gilberto Pimentel, em entrevista ao Portal da Copa.

A receita da comercialização da vendas das tapiocas, de preços padrão Fifa, irá para a Associação das Tapioqueiras do Recife.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. De Recife??
    Porque até nisso Pernambuco quer espoliar o RN?
    O que tem haver as tapiocas vendidas aqui em NATAL/RN com as tapioqueiras de Recife/PE?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Igreja de R. R. Soares e Bradesco oferecem cartão de crédito

A Igreja Internacional da Graça de Deus e o Bradesco buscam clientes e fiéis. De acordo com anúncio no site do banco, o cartão de pagamento oferecido na parceria permite, ao mesmo tempo, fazer pagamentos em até 40 dias, sem juros, e financiar parte das despesas da instituição religiosa liderada pelo comunicador R. R. Soares.

“Com o Cartão da Igreja da Graça de Deus Bradesco Visa Nacional, você ajuda a fortalecer as obras missionárias”, diz o anúncio. Essa ajuda vem por meio de fatia das anuidades pagas pelo uso do meio de pagamento, de R$ 151,20, para o titular, e de R$ 75,60, para cartões adicionais. Embora o cartão seja aceito só no Brasil, a igreja está presente em pelo menos outros 11 países.

Mas essa não é a única maneira encontrada pela Igreja Internacional da Graça de Deus para facilitar a arrecadação de dinheiro. Pagamentos de dízimos podem ser feitos pelos “patrocinadores” – como se refere aos seus colaboradores – com cartões de crédito e débito e por boleto e depósito bancários.
igreja_doar(1)
Estadão

Opinião dos leitores

  1. 'PATROCINADORES" CARTÃODE CRÉDITO PARA PAGAR O DIZIMO, SUPEROU O CUNHADO MACEDO. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Compras com cartões de débito e crédito crescem 17% no primeiro trimestre

As compras com cartões de crédito e débito cresceram 16,9% no primeiro trimestre deste ano em comparação com 2012. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), foram movimentados nos três primeiros meses do ano R$ 189,43 bilhões com esse tipo de transações.

A associação atribui o crescimento à mudança de comportamento do consumidor. “O crescimento está associado à contínua substituição de meios de pagamento por parte dos consumidores e o acesso de novos nichos de comércio e serviço ao sistema de cartões”, ressaltou a entidade.

Em uso de cartão de crédito, o faturamento no primeiro trimestre foi R$ 123,6 bilhões, volume 14,8% maior do que no mesmo período de 2012. Foi 1,05 bilhão de transações desse tipo, um aumento de 12,6% em relação aos primeiros três meses do ano passado.

O cartão de débito foi usado em um número maior de transações (1,09 bilhão), mas em compras de menor valor. O total movimentado com esse uso foi R$ 65,8 bilhões, um aumento de 21,2% em comparação com o primeiro trimestre de 2012. “O uso de cartão de débito, além de crescer mais que o de cartão de crédito, se caracteriza por ter maior participação em compras de menor valor, substituindo diretamente o uso de dinheiro de papel nas transações do dia a dia”, explicou a Abecs, em nota.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *