Dólar vai a R$3,59 na abertura após Bolsonaro ser eleito presidente

(Yekorzh/Thinkstock)

O dólar abriu com forte queda ante o real nesta segunda-feira, com os investidores precificando a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na eleição presidencial e a promessa de responsabilidade fiscal.

Às 9:20, o dólar recuava 1.62 por cento, a 3,595 reais na venda, depois de terminar a sexta-feira no menor valor em 5 meses, de 3,6546 reais, em queda de 1,32 por cento. O dólar futuro tinha baixa de 1,61 por cento.

Em seu discurso após ser declarado vitorioso, Bolsonaro prometeu respeitar a Constituição, fazer um governo democrático e unificar o país, além de defender compromisso com a responsabilidade fiscal.

Paulo Guedes, que comandará o Ministério da Fazenda no novo governo, declarou que buscará zerar o déficit fiscal, além de colocar a reforma da Previdência como prioridade.

O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 7,7 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de novembro, no total de 8,027 bilhões de dólares.

Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral

Exame

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jorge disse:

    Pronto. Agora vamos todos viajar ao exterior.
    Vamos ver até quando esse encantamento do mercado financeiro internacional é especulativo vai durar!