Saúde

Unimed começa a atender hoje ex-clientes da Golden Cross

Clientes de planos individuais e familiares da Golden Cross começam a ser atendidos hoje em todo o país pelo Sistema Nacional Unimed, após aquisição da carteira da empresa com 160 mil usuários pela Unimed-Rio, anunciada no último dia 20. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informou que a negociação, cujo valor não foi divulgado, só recebeu autorização mediante a garantia de que não haja prejuízos aos consumidores. A cooperativa de médicos, que passará a atender a 1,1 milhão de pessoas, garante que os contratos, a rede de hospitais e os procedimentos em andamento estão mantidos.

A rede hospitalar, no entanto, não está plenamente informada da mudança nem atendendo a todos os usuários. É o caso do Hospital Nipo-Brasileiro, em São Paulo. Apesar de o local aparecer na lista de credenciados da Unimed-Rio, os clientes da cooperativa ainda não podem ser atendidos.

Segundo Antônio Carlos Silveira, sua mãe, Nair, cliente Golden, deixou de ser atendida no Nipo-Brasileiro na semana passada, e o médico responsável por seu tratamento de hérnia de disco recomendou que a paciente procure o Hospital Bandeirantes.

— Estamos apavorados. Já estou até consultando outras empresas. Recebemos a carta sobre a migração na sexta-feira, mas não esclarece nada — disse Silveira.

Segundo o Nipo-Brasileiro, o atendimento aos clientes da Golden Cross foi suspenso em 1º de setembro por motivos não relacionados à alienação da carteira. Três pacientes da operadora estão internados no hospital e permanecerão até o fim do tratamento. Já os novos clientes da Unimed-Rio, acrescentou o hospital da comunidade nipônica, não poderão ser atendidos até que a Unimed Paulistana faça a intermediação com a cooperativa do Rio.

E-mail para conciliação

A Unimed-Rio não respondeu por que o Nipo-Brasileiro, que aparece em sua lista de credenciados, não atenderá de imediato aos clientes da cooperativa, limitando-se a informar que quem tem procedimentos já agendados no local poderá ser atendido sem prejuízo, ignorando o descredenciamento da Golden informado pelo próprio hospital.

O juiz Flávio Citro, coordenador do Centro Permanente dos Juizados Especiais do Tribunal de Justiça do Rio, informou que, em caso de dificuldades de atendimento, os beneficiários que foram migrados para a Unimed-Rio podem encaminhar problemas a [email protected] Os casos serão enviados à cooperativa.

Segundo Luiz Eduardo Perez, superintendente de Operações da Unimed-Rio, um call center (4020-3858, para as regiões metropolitanas, e 0800-039 3858, para outras localidades), com 50 atendentes, funcionará a partir de hoje, 24 horas por dia, para esclarecer as dúvidas dos novos clientes.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Agora a GOLDEN CROSS FALIU MESMO! EM Solidariedade aos clientes golden cross principalmente aos idosos, ofereço descontos e consultoria para outros planos de saúde! ligue para Cleide e peça seu desconto para migração CLARO 11 976293667 ou TIM 11 95825 47 67

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *