Oficinas, indústrias têxteis e mais empresas no Ceará são liberadas para funcionar

Foto: Ilustrativa

Na mesma edição do Diário Oficial do Estado que isentou a população mais carente do pagamento da taxa de contingência da Cagece, o governador Camilo Santana liberou o funcionamento de mais empresas no Ceará no período de isolamento social decretado para enfrentar a pandemia do coronavírus. Entre os negócios estão oficinas mecânicas e indústrias têxteis e do ramo de confecções.

Todas as empresas têm relação direta com as demais medidas do Governo do Estado, pois são associadas ao funcionamento de equipamentos/empresas/indústrias de necessidades básicas.

Em caso de dúvida sobre o funcionamento ou não, o novo decreto indica que os empresários procurem a Casa Civil, que deverá “proceder a devida comunicação”.

Confira a lista do que pode funcionar:

Oficinas e concessionárias exclusivamente para serviços de manutenção e conserto em veículos;

Empresas prestadoras de serviços de mão-de-obra terceirizada;

Indústria e comércio que integrem a cadeia alimentar;

Fábricas de bomba de irrigação, ventiladores e ar-condicionado, bem como os respectivos serviços de manutenção;

Indústrias do ramo têxtil e de confecção que forneçam materiais para uso na rede de saúde pública ou privada

Empresas das áreas de logística;

Centrais de distribuição, ainda que representem um conglomerado de galpões de empresas distintas.

Contexto

Na última semana, em transmissão pela internet, o Governador Camilo Santana decretou fechamento de empresas e o isolamento social da população para evitar a transmissão do novo coronavírus no Ceará. A medida extrema segue o exemplo de países e estados pelo mundo, os quais tiveram inúmeros casos de contaminação e mortes.

Os efeitos severos sobre a economia cearense vieram em seguida e, desde a última quinta-feira (19), o governador tenta diminuir o impacto gerado a empregados e empregadores.

Diário do Nordeste – Verdes Mares

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/editorias/negocios/online/oficinas-industrias-texteis-e-mais-empresas-no-ceara-sao-liberadas-para-funcionar-confira-lista-1.2226247

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. De olho👀 disse:

    O RN tem um histórico de incompetência administrativa, malversação do dinheiro público e populismo que se perpetua com a administração atual. O negócio deles é arrochar a população e pedir ajuda ao governo federal, o mesmo governo que eles atacam ferozmente. Sugiro que os governadores do Nordeste, procurem a solução sozinhos, através do consórcio que eles criaram e aí sim poderão fazer qualquer crítica ao Bolsonaro.

  2. Francisco Andrade disse:

    Parabéns Governador pela coragem de assumir que o Presidente está correto. Você não se furtou a pedir ajuda a Moro quando precisou para proteger o seu povo. Enquanto isso em um estado vizinho…

  3. Deco disse:

    Aqui no meu condomínio muita gente é defensor ferrenho dessa quarentena horizontal ; mas só não vale dispensar os porteiros, faxineiros, domésticas, diaristas etc. Nem entregador do Ifood.
    E batem uma panela que é uma beleza kkkkkkkk

  4. Realidade disse:

    É bem simples, os Estados que estavam incentivando o isolamento social apenas por populismo, para ir de encontro com o Governo Federal, começaram a sofrer com a perda na arrecadação, devido as industrias e comércios fechado, e estão abrindo mão, vejo muitos funcionários públicos estaduais defendendo e aproveitando pra ficar em casa, esquecendo que sem arrecadação os primeiros a sofrer vão ser eles quando o Estado começar a atrasar os salários.

  5. Silva disse:

    Mas já ???

  6. Chicao disse:

    E esse Governador é do Pt,ta vendo a coisa ficando feia para os governadores!!!

  7. Marcilio Realista disse:

    Sao açoes como essa que torna. O Ceará grande. Vamos pra labuta elefante o negocio ja ta ruim imagina parado. Ou pensam os criticos que o negocio ja era bom. Antes nao podia sofrer uma fratura, pq o walfredo nao suportava, nao podia ter uma otite pq o sus do rn nao tem aparelhos pra avaliar ouvido. Acorda RN, o que é um peido pra quem ja tá cagado?

  8. gusthenrique disse:

    vai produzir, mas vender para quem, se o comércio está fechado????

  9. Ewerton disse:

    Ceará????? 200 casos confirmados e crescendo??? e o discurso afinado com o PRESIDENTE… Não acredito???? kkkkkkkkkkkk Bolsonaro tem razão, será?????

    • CHICO100 disse:

      Ceará é grande! Bem administrado, pois não passa dificuldades financeiras é um dos estados mais equilibrados da Federação, além de tudo, apesar de já passar de 200 casos, inúmeros já foram curados e não há nenhum óbito. Respeita o Ceará, amarelo! kkkkkk

    • Silva disse:

      Chico, em nosso estado também não há óbitos então por quê fechar tudo ? O Ceará pode, mas o RN não ?