VÍDEO: Humorista Tom Cavalcante brinca com imagem de torcedor do ABC se equilibrando em grade, e diz que o Ceará não vai cair: “Segura, Vozão”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Meu time Ceará não vai cair! Segura aí Vozão!

Uma publicação compartilhada por Tom Cavalcante (@tomcavalcante) em

O humorista Tom Cavalcante, através do seu Instagram nesta sexta-feira(06), publicou um “famoso vídeo” de um torcedor do ABC em um dia de Frasqueirão lotado, equilibrando-se em grade para não despencar enquanto torcedores a sacudiam em manifestação de apoio.

“Meu time Ceará não vai cair! Segura aí Vozão!”, brincou o humorista. Alguns torcedores ainda questionaram se Tom confundiu as torcidas do ABC com a do Ceará, ou se usou a imagem em alusão ao momento do seu time, que precisa de pelo menos um empate contra o Botafogo no domingo(08), no Rio de Janeiro, para garantir a sua permanência na Série A. O Cruzeiro, concorrente, com dois pontos a menos, precisará vencer o Palmeiras, no Mineirão, e torcer pela derrota do time nordestino.

Fotos: Reprodução/Instagram

COISAS DO FUTEBOL BRASILEIRO: A três rodadas do fim, Argel Fucks troca CSA, 18º, pelo Ceará, 16º; ameaçadíssimo, Cruzeiro demite Abel e anuncia Adilson Batista

Foto: Reprodução/Premiere

O técnico Argel Fucks pegou muita gente de surpresa e anunciou a sua saída do CSA na madrugada desta sexta-feira. Logo após a vitória azulina contra o Cruzeiro, o treinador confirmou seu acerto com o Ceará para a reta final do Brasileirão.

– A gente sai com o dever cumprido, de portas abertas, agradece o apoio do torcedor, do clube, mas é um projeto diferente, já houve um convite muito forte em outubro e agora o convite é mais forte ainda. E e a gente entendeu, juntamente à minha comissão técnica, que era o momento de irmos para um desafio diferente. Eu gosto desse tipo de desafio, foi isso que a gente fez, e a gente sai daqui deixando o time vivo na competição.

O treinador falou sobre o desafio de aceitar o convite para comandar uma equipe que, assim como o CSA, luta pela permanência na Série A.

– [A gente] Vai também num desafio lá no Ceará que é grande, também brigando por uma permanência na Série A, e a gente sai daqui satisfeito com o nosso trabalho porque quando chegou, há seis meses, o CSA era rebaixado virtualmente e conseguimos dar uma volta na situação.

Argel apontou os responsáveis pela evolução do CSA no Brasileiro enquanto o time foi comandado por ele.

– Os jogadores. Eles assimilaram a nossa forma de jogar, o nosso modo de trabalhar e o resultado está dentro do campo. A gente sai, agradece a todo mundo, aos jogadores, ao clube, à cidade de Maceió, o clube sempre vai estar no meu coração.

E o contrato?

Argel também comentou o modelo de contrato que tinha com o CSA. Ele havia renovado por mais um ano em outubro.

– Futebol é assim, é profissional, dinâmico, tem isso, principalmente quando você tem um contrato onde não tem cláusulas que te prendem, nem de um lado e nem do outro, é um acordo. Isso até quando você entender que esse acordo tem que ser cumprido. A gente sempre deixou a diretoria do CSA à vontade, eles também nos deixaram da mesma forma, então é um até logo, faz parte do futebol. Daqui a pouco a gente se encontra. O mais importante foi o tempo, seis meses para um treinador na Série A do Brasileiro é uma eternidade… Mas vida que segue: o mais importante é deixar o agradecimento a todos.

Abel Braga deixa o Cruzeiro após derrota para o CSA; Adilson Batista é o novo técnico

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Abel Braga deixou o comando do Cruzeiro. O anúncio foi feita na manhã desta sexta-feira pelo gestor de futebol do clube, Zezé Perrella, após o Cruzeiro ser derrotado por 1 a 0 para o CSA, dentro do Mineirão, na noite passada. Adilson Batista é o novo técnico do Cruzeiro.

– Eu estive aqui exatamente há dois meses atrás, ontem completaram dois meses e de forma muito rápida, estou saindo, estou me despedindo, com consciência doendo, porque vim com o intuito único exclusivamente de ajudar esse clube esses jogadores e encontrei, no clube, em todos os seguimentos, é o que eu vou levar daqui. Torcendo mais do que nunca pelo Cruzeiro e amizade, o respeito e o carinho. Foram 14 jogos, conseguimos ficar 10 ou 11 sem perder e não conseguimos sair da zona – afirmou Abel Braga.

Frustração

Contratado para ocupar a vaga de Rogério Ceni, que ficou apenas oito jogos no comando do time, Abel Braga também teve curta passagem pelo Cruzeiro. Esta semana, ele completou dois meses na função. São 14 jogos à frente do time cruzeirense, com três vitórias, oito empates e três derrotas.

“Esse peso e essa frustração é de não ter conseguido. É o que eu coloquei ontem, eu não estou conseguindo, se tu bota uma equipe e o adversário deu um chute e fez um gol, nos finalizamos 23 vezes e não conseguimos fazer gol isso se repetiu contra o Avaí, contra o Fortaleza, tem que se tentar uma coisa de impacto, então eu deixei a direção muito a vontade e com muita clareza, eu sei a situação que eu peguei o clube e esse homem que tá aqui (Zezé Perrella), que fez isso tudo, sabe a situação que pegou, outro dia ele falou para mim assim: “nós somos o que, eu não consegui entender a pergunta, nós somos malucos ou o quê para pegar o clube assim”. Mas está ai trabalhando, como todos estão” – declarou Abel.

– Então, eu levo esse lamento de ter sido pensado dois meses, de não te conseguido, algo que eu era convicto, tem um ambiente de jogadores excepcional. Culpa todos têm, mas eu me sinto mais responsável . Obrigada a todos, foi muito curto, gostaria que fosse mais longo, mas lamentavelmente esse é o mundo do futebol e é assim que tem que ser. Peço a Deus que o novo treinador consiga dar o choque eu não consegui – concluiu o ex-técnico da Raposa.

O gestor de futebol do Cruzeiro afirmou que a rescisão com o técnico, Abel Braga, não tem multa para o Cruzeiro, e que, agora, o momento é de dar um “choque” para tirar o Cruzeiro dessa situação.

– Eu quero primeiro abrir aqui que eu tive a oportunidade um dos melhores caráter que eu conheci no futebol, que é o Abel Braga. Ainda quando presidente do Cruzeiro eu sempre quis trabalhar com Abel e, por um motivo ou outro, as coisas não deram certo. Mas eu estava dizendo a ele, o que mostra o caráter dele, é o primeiro contrato de treinador que não consta multa, porque ele assim quis. Isso em todos os clubes que ele passou. Eu não coloco multa porque a hora que quiserem me tirar, me tirem, e a hora que eu quiser embora eu vou. Isso é raríssimo no futebol. Para mim, é um momento de muita dificuldade, porque a gente tá tratando com ser humano, com sentimento e tudo mais.

O resultado no Mineirão deixou ainda mais dramática a situação da Raposa na briga para escapar da zona do rebaixamento. Restando três rodadas, o time ocupa a 17ª colocação, a primeira no Z-4, com 36 pontos. O Ceará, primeiro clube fora do grupo da degola, tem 37 pontos.

O Cruzeiro, agora, tem três partidas para tentar evitar o inédito rebaixamento no Brasileirão. Os dois próximos jogos são fora de casa, contra Vasco, segunda-feira, e Grêmio, quinta. Na rodada final, dia 8 de dezembro, a Raposa encara o Palmeiras, no Mineirão.

– O Abel nos deixou muito à vontade para que fizemos essa tentativa. Infelizmente, as coisas, às vezes, não dão certo, ou não deram até então por uma série de motivos. Não é pela capacidade ou incapacidade do treinador que até porque ele não tem que provar nada para ninguém. É um dos treinadores mais vitoriosos da história do futebol brasileiro. Mas nesse momento, temos que tentar alguma coisa, um choque qualquer. Ele nos deixou a vontade para isso e por isso tomamos essa decisão, doída – afirmou Zezé Perrella.

Adilson Batista

Adilson é o quarto técnico do Cruzeiro nesta temporada. Antes, além de Abel Braga, Rogério Ceni e Mano Menezes comandaram a equipe em 2019.

Com 51 anos, Adílson Batista começou a carreira em 2001, dirigindo o Mogi Mirim. Entre 2006 e 2007, o técnico teve experiência no exterior no Jubilo Iwata, do Japão. Foi a partir dessa experiência que o treinador chegou ao Cruzeiro no início de 2008 e pelo qual teve o momento de mais sucesso na carreira.

No clube mineiro, Adilson Batista dirigiu do começo de 2008 até a parada do Brasileiro para a Copa do Mundo de 2010. Foi bicampeão mineiro (2008 e 2009) e vice-campeão da Copa Libertadores (2009), perdendo a decisão para o Estudiantes. A passagem ainda ficou marcada por duas goleadas de 5 a 0 sobre o Atlético-MG, uma na decisão do Mineiro de 2008 e outra na final de 2009. Ao todo, foram 169 partidas, com 97 vitórias, 34 empates e 39 derrotas.

Adilson Batista também atuou como zagueiro no Cruzeiro, entre 1989 e 1993. Pela Raposa, foi campeão estadual em duas ocasiões: 1990 e 1992. Além disso, levou o bicampeonato da Supercopa da Libertadores, de 1991 e 1992.

Depois da passagem pelo Cruzeiro, Adilson Batista nunca teve mais tanto sucesso na carreira. Dirigiu Corinthians, Santos, Athletico-PR, São Paulo, Atlético-GO, Figueirense, Vasco, Joinville, América-MG e, por último, o Ceará.

Globo Esporte

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cristian disse:

    Argel Fucks CSA

Nova lei determina que locadoras no Ceará usem apenas carros licenciados no estado

Foto: Julio Caesar/O POVO

Empresas locadoras de automóveis que atuam no Ceará deverão utilizar veículos licenciados apenas no Estado. É o que diz o projeto de lei aprovado na última quinta-feira (10), na Assembleia Legislativa. A mudança viabiliza ainda a cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) relativo a esses veículos. Para entrar em vigor, a matéria precisa ser sancionada pelo governador Camilo Santana e publicada no Diário Oficial do Estado.

A mensagem do Governo do Ceará encaminhada para apreciação dos deputados justifica a medida no sentido de proporcionar maior justiça fiscal, como argumenta: “parte das empresas locadoras de veículos atuantes neste Estado possuem suas respectivas sedes em outras unidades da Federação e acabam licenciando seus veículos nesses estados”. O texto governamental acrescenta que essa situação gera desequilíbrio na arrecadação de impostos de competência estadual e afeta empresas locais.

Segundo a secretária da Fazenda do Estado, Fernanda Pacobahyba, a iniciativa confere justiça, equidade e transparência à tributação dos veículos de locadoras. “Hoje, esses carros são registrados e licenciados em unidades da Federação, especialmente no Sudeste, que ficam com todo o IPVA. O carro vem para o Ceará, onde essas empresas ganham dinheiro, e o imposto não é recolhido. Além disso, nenhuma parcela da arrecadação do ICMS é destinado ao nosso Estado. Com a nova lei, vamos equalizar uma situação de nítida discrepância. Essas empresas precisam contribuir para esta comunidade”, afirma.

Aplicativos e comunicação

O texto do Executivo foi aprovado com duas emendas parlamentares. Uma delas diz que condutores de automóveis que prestem serviço de transporte por aplicativos, bem como empresas locadoras que prestem serviço ao Poder Público ou tenham veículos utilizados em transporte por aplicativos, também fiquem obrigados a utilizar somente automóveis registrados e licenciados no âmbito do estado do Ceará.

A outra emenda parlamentar inclui que a Secretaria da Fazenda poderá firmar convênios com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e com órgãos de trânsito municipais e federais para criar ferramentas no sentido de viabilizar a comunicação imediata às locadoras sobre as multas de trânsito aqui estabelecidas.

A exceção na lei está naqueles veículos alugados em outro estado para, no máximo, um contrato, que precisam ser entregues ao locatário em território cearense.

Controle

A empresa locadora fica obrigada a fornecer a relação de todos os veículos à disposição para locação. E, quando deixar de fornecer documentos ou prestar informações, fica sujeita a multa correspondente a 50 Unidades Fiscais de Referência (Ufirces) por veículo, além dos impostos devidos.

A cobrança relativa ao IPVA respeitará os mesmos critérios vigentes para todos: o imposto será cobrado proporcionalmente ao período relativo a 12 meses do respectivo exercício.

Já a multa para a empresa locadora que descumprir a lei e deixar de registrar e licenciar o veículo no sistema cearense é de 1 mil Ufirce. Em caso de reincidência, a penalidade será de 5 mil Ufirces.

Poder Público

A nova regra passa a valer também para todos os órgãos da administração pública estadual de todos os poderes, que somente poderão contratar veículos para locação de empresas cujos automóveis se encontrem devidamente registrados e licenciados no Ceará.

Já no processo licitatório para contratação de locação de veículos, a empresa vencedora deverá ofertar somente veículos registrados e licenciados neste Estado. Caso a empresa vencedora tenha domicílio em outro estado, terá prazo de 90 dias contados a partir da assinatura do contrato para registrar seus automóveis no Ceará.

Cadine

A medida aprovada pelos deputados estaduais altera ainda a lei que institui o Cadastro de Inadimplência da Fazenda Pública Estadual (Cadine). Dessa forma, passa a excluir do cadastro as pessoas físicas ou jurídicas consideradas depositárias infiéis pela guarda, segurança e inviolabilidade de selos, documentos fiscais e formulários contínuos, decorridos cinco anos da data do registro.

Governo do CE

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Neto disse:

    Onde o Estado põe a mão azeda. Os veículos são registrados no sudeste pq pagam menos IPVA. Aí os gênios achando que vai trazer equilíbrio, vão transferir os custos pra quem utiliza o serviço. Parabéns aos envolvidos.

  2. Julia disse:

    De fato a merreca do IPVA reduzido, que se cobra das locadoras vai todo pra BH e Curitiba. Mas como a frota e grande, já da para tapar alguns buracos nas estradas potiguares.

  3. Luiz Candido disse:

    Flagrantemente INCONSTITUCIONAL.

  4. Naldin disse:

    Taí uma boa ideia a ser copiada, não apenas o plano de governo do Piauí.

    • paulo disse:

      BG
      Governo do Ctrl C / Ctrl V, mesmice total só sabe copiar e muitas vezes mal sucedido.

Bombeiros confirmam 2ª morte após queda de edifício no Ceará

Agentes do Corpo de Bombeiros do Ceará tentam escutar algum chamado de socorro vindo dos escombros do prédio residencial de sete andares que desabou durante a manhã em Fortaleza — Foto: João DiJorge/Photopress/Estadão Conteúdo

As buscas por desaparecidos continuavam na manhã desta quarta-feira (16) na área de escombros do Edifício Andrea, que desabou nesta terça no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza.

Até 7h45 desta quarta, duas mortes haviam sido confirmadas. Nove vítimas foram resgatadas com vida até a noite de terça, segundo o Corpo de Bombeiros. Nesta manhã, a corporação atualizou de oito para nove o total de pessoas desaparecidas.

O governo do Ceará e a prefeitura de Fortaleza informaram, por meio de nota, que o resgate às vítimas do desabamento se mantém ininterrupto desde o início dos trabalhos.

Segundo a prefeitura, a construção foi feita de forma irregular e não há registros oficiais do prédio. Até 1995, havia uma casa no lugar do Edifício Andrea. O primeiro imóvel foi erguido na década de 1970. O Conselho Regional de Engenharia do Ceará (Crea-CE) informou não ter o nome de um engenheiro responsável pela obra.

Durante a madrugada desta quarta-feira, os bombeiros iniciaram a retirada dos entulhos. Caminhões foram usados para o transporte dos escombros. Os bombeiros estimam que os trabalhos de buscas pelos desaparecidos podem durar até três dias.

Pedestres se feriram

Pedestres que passavam pelo local no momento do desabamento do prédio tiveram ferimentos e foram encaminhados a clínicas próximas ao prédio.

“Eu estava em casa. […] Ouvi um barulho forte, como se fosse uma batida de caminhão, coisa do tipo. Em seguida ouvi um barulho desencadeado. Eu disse: ‘Não! Caiu alguma coisa, desabou alguma coisa’. Olhei pela janela e vi poeira muito forte e gente correndo”, disse Mário Ferreira, morador da região.

Segundo o vigilante Vando Pereira, que estava em frente ao local, os destroços do prédio ficaram espalhados por toda a rua. Houve correria na hora do desabamento.

“Conseguimos sair correndo, eu estava sentado. É muito tranquilo aqui. Minha rotina é sempre muito tranquila, pois tem mais é idoso no prédio. Eu vi só os estragos caindo tudo, pois estava mesmo debaixo. Foi muito rápido. Rápido demais. Não sei nem como estou aqui”, disse o vigilante.

Entre os feridos está o estudante de arquitetura Davi Sampaio, que enviou uma selfie aos familiares enquanto estava preso sob os escombros do prédio que desabou em Fortaleza na terça-feira (15). A imagem foi enviada a um grupo da família do estudante no WhatsApp. Morador do primeiro andar, Davi foi a oitava pessoa resgatada com vida.

G1

 

Com apoio do MPRN, mulher condenada por matar filha em ritual de magia em Natal é presa no Ceará

Foto: Ilustrativa

Após um trabalho de investigação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), uma mulher condenada por participação no assassinato da própria filha em Natal foi presa na cidade do Eusébio, região metropolitana de Fortaleza.

A operação que resultou na prisão foi comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas do Ceará (Gaeco), do Ministério Público do Ceará, e contou com o apoio da PM local. O MPCE realizou a ação de prisão de Cleisa Maria Rodrigues Braz, de 40 anos, na quinta-feira (3). Ela foi condenada por participar do assassinato da própria filha, de um ano e nove meses, num suposto ritual de magia.

O crime ocorreu no dia 23 de fevereiro de 2005, na periferia de Natal. Segundo a Polícia Civil potiguar, a criança foi encontrada amarrada, com hematomas na cabeça resultantes de pedradas e com os lábios cortados em uma encruzilhada perto da casa onde morava.

Leia texto completo aqui no Justiça Potiguar.

Cabo da PM de Mossoró salva a vida de criança vítima de afogamento no Ceará

Foto: reproduzido via O Câmera

O blog O Câmera, de Mossoró, destaca nesta segunda-feira(30) que uma ação rápida e eficaz do cano Silva Júnior, do Grupo Tático Operacional da Policia Militar do Rio Grande do Norte, salvou a vida de uma criança no Estado do Ceará.

Segundo conta, o militar que é lotado no 2º Batalhão de Policia em Mossoró, estava no seu momento de folga na cidade de Aracati e quando percebeu a aflição da família com uma criança desfalecendo, vítima de afogamento num clube da cidade, resolveu intervir. O Câmera ainda destaca que as habilidades do militar foram de fundamental importância para a reanimação e os primeiros socorros da criancinha, que foi conduzida para uma unidade de saúde da cidade.

“Esse tipo de ocorrência não é muito comum, mas acredito que a satisfação é enorme e deve ser uma ação muito melhor e mais gratificante do que prender alguém”.

Leia matéria na íntegra aqui.

Em meio a onda de atentados no Ceará, PF realiza operação contra chefes do crime organizado

Foto: Reprodução/Twitter

A Polícia Federal (PF) realizou na manhã desta quarta-feira a Operação Torre, em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Combate (Gaeco) do Ceará, para cumprir 15 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão contra chefes do crime organizado. Os suspeitos estariam por trás dos ataques a torres elétricas em abril deste ano na Região Metropolitana de Fortaleza. A iniciativa ocorre em meio à nova onda de atentados que aflige o estado há seis dias e já soma 75 ocorrências, de acordo com o “G1”.

As investigações da PF apontam que os ataques de abril foram ordenados por chefes de facções detidos em presídios e executados por integrantes em liberdade. Os mandados foram cumpridos no próprio Ceará e também em Pernambuco, onde um homem de 45 anos foi preso. Ele é suspeito de ser o fundador da facção criminosa que está por trás dos atentados. No caso dele, o mandado foi cumprido antes da deflagração da operação, na última terça-feira.

Em paralelo, as autoridades policiais cearenses já prenderam 63 suspeitos de participação na onda de ataques que teve início no último dia 20. Anteriormente neste ano, o Ceará sofreu outras levas de atentados, nos meses de janeiro e abril, ambas ligadas à atuação de facções criminosas em retaliação à política penitenciária do governo de Camilo Santana (PT). Na última quarta-feira, 257 detentos que estariam envolvidos na coordenação dos ataques foram transferidos para presídios não informados pelo Ministério da Justiça.

Ataques prosseguem

Na manhã desta quinta-feira, uma loja de estofados foi incendiada no bairro Quintino Cunha, em Fortaleza. Em Pindoretama, na Região Metropolitana da capital, a Câmara Municipal foi incendiada, bem como uma casa onde era guardada a frota da prefeitura. Bandidos também atearam fogo em uma viatura policial em Aratuba, a cerca de 150 quilômetros da capital, e um caminhão de lixo teve o mesmo destino em Iguatu, município localizado na região Centro-Sul cearense.

O serviço público de ônibus voltou a operar normalmente em Fortaleza na última quarta-feira. Antes, o serviço funcionava parcialmente em razão dos ataques criminosos e os coletivos chegaram a receber escolta policial, a exemplo do que ocorreu na capital durante a onda de violência em janeiro.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Robério Mauricio da Silva disse:

    A maior facção do pais é cria paulista que é comandado pelo Psdb/direita a 300 anos, portanto, quem pariu que assuma a cria. Gado é gado aqui em Natal em São Paulo em……

    • Genaro disse:

      Kkkkkkk, não tem quem debloqueie a cachola desses esquerdalha. Isentar o luladrão pela disseminação das fracções criminosos no Brasil inteiro ao estado de SP, é o cúmulo da lacração. Tolo o governo petralha, assim como o irmão siamêses chaves/maduro sempre Irão semear o caos, para a partir daí conseguir seus, frutos, que é a ditadura. E usando a política assistencialistas, consegue manipular boa parte da população, e como consequência, naufraga o país num caos. E daí instalando uma ditadura, provocando, emigração em massa de empreendedores, empresários e trabalhadores. Que não conseguem viver num pais sub humanamente. Igualzinhos aos cubanos e venezuelanos.

  2. Francisco disse:

    Os petralhas deixaram umas mazelas que vai perdurar muito tempo. Violência,Facções criminosas, desemprego, caos na saúde, e miséria. O governo federal tem que fazer milagre pra minimizar esses males

  3. Manoel disse:

    O que seria do CE e do RN sem tanto apoio do governo federal como estão tendo este ano!!!

    • Anti-Político de Estimação disse:

      O Ceará e o RN também fazem parte do Brasil, também tem brasileiros pagadores de impostos federais, estaduais e municipais, portanto , nada mais normal que o Governo Federal trabalhe para todos os brasileiros. Já pensou se os governantes só trabalhassem para quem simpatiza ou votou neles ???????? que tipo de ditadura seria essa ???

Ceará tem 5º dia de ataques a veículos e prédios públicos; ônibus são escoltados por policiais em Fortaleza

Ônibus foram incendiados no pátio da Prefeitura de Jucás, no interior do Ceará, em meio a onda de ataques no estado — Foto: TV Verdes Mares/Reprodução

Dois caminhões e três ônibus foram alvos de ataques incendiários na madrugada desta terça-feira (24), no 5º dia seguido de ações violentas no Ceará. Criminosos atearam fogo em um veículo de carga na ponte do Rio Ceará, em Fortaleza, e em dois ônibus estacionados em um posto de gasolina no município de Canindé, no sertão cearense.

O Governo do Estado não divulgou o motivo da onda de ataques. Fontes ligadas ao sistema penitenciário do Ceará afirmam ao G1 que a descoberta de um plano de resgate de presidiários e o isolamento dos detentos que iriam fugir gerou reações dos criminosos.

Em um dos ataques desta terça, o caminhoneiro Kelvin Alves, 37 anos, sofreu queimaduras depois que criminosos arremessaram uma substância inflamável e atearam fogo no veículo que ele conduzia. Alves dormia dentro do caminhão na Avenida Vicente de Castro, em Fortaleza, e acordou com o susto. Ele foi atendido em um hospital e passa bem. Ao todo, três pessoas já ficaram feridas durante as ações.

Desde a sexta-feira (20), foram registrados pelo menos 30 ataques no estado contra prédios públicos e privados, transportes coletivos, caminhões, carros particulares, uma torre de telefonia e uma loja revendedora de veículos.

Até a noite de segunda (23), a polícia havia capturado dez suspeitos de envolvimento nos atentados. Ainda não há informações sobre feridos e pessoas detidas nesta terça-feira. O Governo do Estado convocou os policiais militares de férias para reforçar a segurança no estado.

Serviços afetados

Durante os cinco dias de ataques, pelo menos três ônibus de transporte coletivo, três carros da empresa Enel, um veículo da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), três ônibus escolares e um caminhão de coleta de lixo foram incendiados no estado.

No sábado (21), uma torre de telefonia foi atacada no Bairro Messejana, em Fortaleza. Já na segunda-feira (23), o alvo foi a 15ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal, no Bairro Vila Velha, também na capital, onde foi detonada uma bomba caseira.

Por conta das ações, a frota de ônibus de Fortaleza e da Região Metropolitana foi reduzida. Nesta terça-feira (24), 70% do total habitual de coletivos circula em Fortaleza, e parte deles com escolta policial. Com a redução da oferta, as paradas de ônibus estavam lotadas na manhã desta terça-feira.

Conforme o Sindicato Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus), todas as linhas estarão disponíveis, contudo, algumas devem mudar a rota.

No município de Jucás, onde dois ônibus escolares foram incendiados, a Secretaria Municipal de Educação cancelou as aulas nas escolas da rede pública. Cerca de 1.300 alunos são afetados.

Motivações

Segundo informou uma fonte do sistema penitenciário ao G1, uma das possíveis motivações para a sequência de ataques é que agentes de segurança impediram uma fuga em massa de um presídio em Aquiraz, na Grande Fortaleza. O plano foi descoberto em um papel na boca de um detento.

Ainda conforme a fonte, os internos que iriam fugir passaram por um regime disciplinar mais rigoroso, com vistorias nas celas e permanência em áreas isoladas da detenção.

Pelo WhatsApp, o secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, e o chefe da PM no Ceará, Alexandre Ávila de Vasconcelos, pediu que as equipes de segurança ficassem em alerta. “Mais uma vez o Estado está sob ataques, tudo indica. Temos que novamente mostrar que o estado não cederá nenhum milímetro”, afirmou Mauro Albuquerque.

Policiais militares de férias foram convocados para retornar às atividades, e servidores que estavam em cursos tiveram as aulas suspensas para reforçar o policiamento ostensivo, informou a secretaria.

O governador do Ceará, Camilo Santana, afirmou que “não iria recuar” das medidas mais rigorosas nos presídios do estado.

“Não recuaremos em absolutamente nada nas medidas que foram tomadas até aqui. Muito pelo contrário, seremos cada vez mais rigorosos com quem desrespeitar a lei. A possibilidade do retorno às regalias nos presídios é zero.”

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. observador disse:

    Quero ver queimar onibus no Irã, na China, na Russia, nos EUA. A conversinha lá é outra.

FOTO: Polícia Civil prende em pousada na Zona Sul de Natal vereador de Sobral por estelionato no Ceará

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Errata da Polícia Civil: “corrigimos o cargo “ex-vereador”. Romário Araújo ainda é vereador do município de Sobral (CE), mas, por decisão judicial, está afastado das atividades parlamentares”.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) prenderam, nesta sexta-feira (9), o vereador do município de Sobral (CE), Romário Araújo de Sousa, 30 anos. A prisão, que aconteceu em uma pousada no bairro de Capim Macio, Zona Sul de Natal, se deu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Tribunal Justiça do Estado do Ceará, referente à prática do crime de estelionato.

De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia de Polícia Civil de Sobral, no Ceará, Romário Araújo vendia falsas licenças de táxis e supostas vagas de emprego, pelas quais os interessados pagavam determinadas taxas e, posteriormente, eram enganados.

Romário foi indiciado pela prática do crime de estelionato. A juíza havia determinado o afastamento dele das atividades parlamentares, além de várias medidas cautelares, como a proibição de frequentar determinados locais, a assinatura no fórum e o pagamento de uma fiança de 100 salários mínimos. Com o não cumprimento, as medidas cautelares foram convertidas em prisão preventiva e Romário estava foragido da Justiça do Ceará.

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Você sentiu a terra tremer nos últimos dias? O sertão do Ceará sim – mais de 100 vezes; sismólogo na UFRN alerta para “momento de muita atenção”

FOTO: (Gary S Chapman/Getty Images)

O Brasil está em uma posição privilegiada, geologicamente falando, no que diz respeito à incidência de terremotos. Aqui, no centro da placa Sul-Americana e a uma distância segura de áreas com atividade geológica intensa, é pouco provável que algum brasileiro vá sofrer algum dia as consequências de um terremoto severo. Mas isso não quer dizer que abalos sísmicos, ainda que de menor intensidade, não aconteçam.

E uma região específica do nordeste do país é a maior prova disso: o sertão cearense. Segundo dados da RSBR (Rede Sismográfica Brasileira), foram mais de 1,2 mil abalos naturais por lá desde o dia 17 de março – sendo 1.052 deles só entre março e maio.

Outra parte significativa desse total aconteceu na última quarta-feira (24). Pelo menos 102 tremores assolaram a região ao longo da madrugada, algo que os especialistas costumam chamar de “enxame sísmico”. Todos tinham como epicentro Quixeramobim – cidade a 212 km de Fortaleza – e o mais forte, iniciado às 2h46, alcançou magnitude 2.5.

Diferente de abalos sísmicos convencionais, onde há um tremor principal e, depois dele, apenas balanços secundários, enxames sísmicos se caracterizam pela incidência de vários tremores em sequência. Eles acontecem sempre em um curto período e em uma mesma área. Acredita-se que o enxame sísmico da região de Quixeramobim teve início no dia 17 de março.

Depois da madrugada agitada da última quinta-feira, um terremoto mais intenso voltou a afetar a região. Na quinta-feira, mais precisamente às 21h44, o abalo alcançou magnitude 3,2. Moradores das regiões de Quixeramobim, Madalena e Boa sorte, no sertão cearense, relataram ouvir um estrondo muito forte e ver objetos balançaram. Não houve feridos nem desabamentos, e é provável que nada caia exclusivamente por conta dos balanços. No entanto, estruturas que já estão fragilizadas, caso continuem sendo chacoalhadas por mais sismos, podem acabar cedendo.

Não se sabe ainda ao certo qual o fenômeno por trás da série de abalos mais recente. De acordo com com a RSBR aspectos como a ruptura de rochas – que causa seu deslocamento e liberação de energia – e o acúmulo de pressão na superfície podem ter influência.

“Este é um momento de muita atenção, pois a atividade sísmica da região pode parar de repente ou gerar um terremoto de maior magnitude. Estamos atuando em colaboração com a Defesa Civil para esclarecer a população”, afirma Eduardo Menezes, sismólogo da RSBR na UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte).

O terremoto mais forte já registrado na região (e coincidentemente, no Brasil) segue sendo o da cidade cearense de Chorozinho que, em 1980, teve magnitude de 5.3. Considerando o planeta todo, nenhum outro abalo foi tão forte quanto o de Valdívia, no Chile, em 1960: 9,5 na escala Richter.

Super Interessante

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Se eu senti a terra tremer nos últimos dias? Ora essa, perguntem isso a Sandro Pimentel.

  2. David disse:

    Isso é a petralhada cearense tremendo com o desmantelamento da bufa de véi do gleengay e seus comparsas, pois sabem que com o desenrolar das investigações, irão parar no xilindró. Hehehe

Estações sismográficas operadas pela UFRN registram intensa atividade sísmica no Ceará

No domingo(17) e nessa segunda-feira(18), ocorreram vários tremores no Ceará. O epicentro preliminar está localizado a aproximadamente 20 km a E de Boa Viagem. Esses eventos foram registrados por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira operadas pela UFRN.

Segundo o acompanhamento, na noite de domingo ocorreram 3 sismos, de magnitudes preliminares 1.8 (22:24, hora local; 01:24 do dia 18/03 UTC), 2.1 (23:20, hora local; 02:20 do dia 18/03 UTC) e 2.4 (23:41, hora local; 02:41 do dia 18/03 UTC). Nessa segunda-feira(18), foram registrados dois eventos dentro do limite de percepção de 1.5. O primeiro evento, de magnitude preliminar 2.3, ocorreu às 12:45 (hora local; 15:45 UTC). O segundo evento, de magnitude preliminar 2.6, ocorreu às 16:28 (hora local; 19:28 UTC).

Segundo Francisco Brandão, da Defesa Civil do Ceará, os eventos de domingo foram sentidos no município de Madalena. No momento ele está fazendo um levantamento em outros municípios próximos ao possível epicentro.

O mapa de localização do provável epicentro está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo azul mostra a localização da estação de Pedra Branca (NBPB).

O registro dos eventos na estação NBPB está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma de hoje da estação NBPB. Os três primeiros eventos estão mostrados na parte superior do sismograma. O evento das 19:28 UTC está registrado, em azul, na parte inferior do sismograma.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes , Marconi Oliveira, Flauber Costa, André Silva, Rômulo Brito

Vinte presos do Ceará são transferidos para a Penitenciária Federal de Mossoró

Bombeiros chegaram a tempo de impedir destruição de carro incendiado em Fortaleza, em mais um ataque de madrugada 08/01/2019 Foto: PAULO WHITAKER / REUTERS

O Ministério da Justiça informou que foram transferidos do Ceará 20 presos . Na madrugada desta quarta-feira, o grupo de detentos foi levado para o presídio federal de Mossoró. Segundo a nota, o remanejamento dos presos começou a ser feito às 2 da manhã e terminou às 4h30. Um outro preso já havia sido transferido no fim de semana. Segundoo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), os detentos remanejados são acusados de comandarem a onda de ataques que completa hoje uma semana.Desde a última quarta-feira, o Ceará foi alvo de164 ataques de fações criminosas em 39 cidades. Trezentos agentes da Força Nacional reforçam a segurança no estado desde sábado.

Segundo o ministério, a operação envolveu o Ministério Publico, Poder Judiciário do Ceará e Justiça Federal de Mossoró. “A partir de Mossoró os presos serão distribuídos entre as demais 4 unidades prisionais do Ministério da Justiça. Novas vagas poderão ser deferidas para o Estado”, diz a nota.

A Secretaria de Administração Penitenciária.informou que outros 40 presos serão retirados do Ceará para penitenciárias federais. Não há ainda previsão de quando a nova transferência vai acontecer.

Em entrevista a Globo News, o governador Camilo Santana voltou a afirmar que o estado vai endurecer as medidas contra a entrada de celulares nas unidades prisionais.

— Dobrei o número de agentes penitenciários, e agora no fim do ano tomei a decisão de que era uma área que precisava de uma intervenção mais forte do Estado. A verdade, é que temos leis muito frouxas hoje no Brasil. Infelizmente, a polícia prende o bandido, mas ele continua a comandar o crime de dentro do presídio. O que eu estou fazendo é cumprir a lei dentro dos presídios.

O governador também voltou a defender que o país necessita de um sistema integrado de combate ao crime organizado.

— Eu sempre defendi que a questão da violência no Brasil precisa ser uma questão nacional. Precisamos de um plano, uma estratégia, uma pactuação, centros integrados de inteligência que possam passar informações de um estado para outro. Porque a dinâmica do crime se transnacionalizou. E quem tem que coordenar isso é a União, não pode um Estado sozinho coordenar. Quem tem que ter esse papel é o Governo Federal”, disse o governador em entrevista ao Sistema Verdes Mares.

A preocupação com o avanço da violência levou outros dois estados a pedir ajuda ao governo federal nesse início de ano : Pará e Espírito Santo.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, tem encontro marcado hoje com Moro, em Brasília, para tratar do reforço da segurança e da estrutura do sistema prisional do estado, que, diante da superlotação, estaria sob ameaça.

Já o governador do Pará, Helder Barbalho, solicitou o envio ao estado de 500 homens da Força Nacional para impedir o avanço da criminalidade. Segundo o Ministério da Justiça, o pedido de Barbalho ainda está em análise na pasta.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MARIA disse:

    Presente do PT(CEARÁ) pro PT (RN)

  2. Ray disse:

    Sou comediante não seu Mito é pq não cola mais tudo ser atribuído a Lula, votei nele uma só vez , agora pense no presente e avalie o que seu Mito está aprontando, como um despreparado, e o que irá aprontar.

  3. Sergio disse:

    "Infelizmente, a polícia prende o bandido, mas ele continua a comandar o crime de dentro do presídio." É o que Lula faz, não é?

    • Ray disse:

      O homem mais sexy do Brasil, mais lindo, mais tesudo, ninguém consegue esquece_lo, são homens, mulheres, todos gritam seu nome em todos os casos, quem é ele? É o Lula. Não têm o que defender do governo do Coisa, não tem como admitir as fracções que vieram de São Paulo, criadas no governo do PSDB e se estabeleceram no Nordeste, mas tudo é culpa do LULA. É melhor aceitar que isso é amor. Até onde durar esse governo de Bolsonaro, tudo de ruim no Brasil vai ser atribuído a Lula. Vai chegar no momento que o nome do Belsionaro não será mais nem pronunciado pelos seus eleitores mas aposto que o nome Lula continuará por muitos e muitos anos.

    • Mito disse:

      Esse "Ray" só pode ser um comediante. kkkkkkkkkkkkkkkk

Criminosos atacam estação ambiental, rádio e Câmara dos Vereadores no 6º dia de violência no Ceará

Força Nacional começa a atuar nas ruas de Fortaleza — Foto: Camila Lima/SVM

Criminosos voltaram a cometer ataques no Ceará no 6º dia seguido de uma onda de violência que atinge o estado desde quarta-feira (2). Bandidos incendiaram uma ambulância em Reriutaba, uma loja de móveis em Fortaleza e atacaram uma rádio e a Câmara dos Vereadores da cidade de Icó, na madrugada desta segunda-feira (7). Em todo estado, ocorreram 125 ações criminosas desde o início da onda de violência. A Força Nacional chegou ao estado na sexta-feira e começou a atuar nas ruas na noite de sábado (5).

Em resposta aos crimes, o Governo do Ceará informou que transferiu um dos chefes de uma facção criminosa do Ceará para um presídio federal. Outros 19 detentos também devem ser levados para outras unidades prisionais nos próximos dias. (veja a lista dos ataques abaixo)

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 110 pessoas suspeitas de participação nos crimes foram capturadas, e dois homens morreram em confronto com policiais. Pelo menos 60 prisões ocorreram após a chegada de tropas da Força Nacional ao Ceará.

O Governo Federal ofereceu 60 vagas em presídios federais para receber integrantes de facções criminosas que atuam no estado do Ceará. Atualmente, algumas unidades prisionais do estado têm presos separados de acordo com os grupos criminosos que participam.

Motivação

A Secretaria da Segurança e Defesa Social do Ceará não se pronunciou oficialmente sobre o motivo dos ataques no estado.

A sequência de ataques ocorreu após a fala do novo secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, que prometeu fiscalizar com mais rigor a entrada de celulares nos presídios, segundo o governo. Desde o início da onda de crimes, agentes penitenciários apreenderam 407 celulares em presídios de onde foram ordenados os crimes. Em uma das ações, os presos fizeram um motim.

O presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará, Cláudio Justa, afirmou que os atentados são uma represália a essa fala do novo secretário de Administração Penitenciária.

De acordo com uma fonte do Serviço de Inteligência da Secretaria da Segurança ouvida pelo G1, membros de duas facções rivais fizeram um “pacto de união”, com o objetivo de “concentrar as forças contra o Estado”. Em pixações em prédios públicos de Fortaleza, criminosos escreveram que “não vão parar até o secretário sair”. “Fora Mauro Albuquerque”, diz a mensagem.

Ataques na madrugada

Durante a madrugada desta segunda-feira, a cidade de Icó, no Centro-Sul do Ceará, registrou, pelo menos, três ações criminosas em diferentes pontos. Os bandidos atiraram contra o prédio da Câmara dos Vereadores da cidade e em uma rádio local. Além disso, um outro grupo de suspeitos incendiou um caminhão caçamba que presta serviços para a Enel, empresa distribuidora de energia elétrica no estado.

Em Fortaleza, por volta de 1h, uma oficina mecânica que atende a Enel foi incendiada em Fortaleza. Dois veículos foram destruídos pelas chamas. O fogo foi contido pelo proprietário do local com a ajuda de vizinhos. Já no Bairro Couto Fernandes, também na capital, uma loja de móveis foi queimada por criminosos.

Em Reriutaba, no interior do estado, bandidos queimaram uma ambulância do município. O fogo atingiu todo o veículo, que ficou destruído pelas chamas.

Celulares nos presídios

De acordo com o secretário Mauro Albuquerque, o controle da entrada de celulares será “uma das medidas” adotadas na gestão dele como secretário de Administração Penitenciária, cargo criado no segundo mandato do governador do Ceará, Camilo Santana, em 1º de janeiro deste ano. “É uma das medidas, mas não a única. Investir nos equipamentos que impeçam a entrada de objetos é um trabalho mais importante e que vamos aprimorar aqui”, afirmo Mauro.

“O crime hoje está organizado nacionalmente, para além das divisas. Então não adianta uma unidade possuir o bloqueio [de sinal de celular] e as demais, não. Iniciativas como o Sistema Único de Segurança Pública e o Fundo Penitenciário são importantes para essa nacionalização das medidas”, disse.

Reforço policial

Desde a quinta-feira, as equipes de segurança do Ceará receberam vários reforços: 300 membros da Força Nacional, 100 policiais militares da Bahia e 50 policiais rodoviárias federais.

As equipes da Força Nacional atuam principalmente em blitze, já que a maior parte dos criminosos usam carros para ir aos locais do crime e em seguida para fugir, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Ceará.

As equipes foram pelo menos 20 blitze simultâneas em “vias estratégicas” de Fortaleza e cidades da Região Metropolitana, que concentram cerca de 80% dos ataques no estado.

Já os policiais baianos que chegaram neste domingo ao Ceará para ajudar no combate ao crime atuam no interior do estado.

G1-CE

 

Após ataques, Moro autoriza envio da Força Nacional para o Ceará

Geraldo Bubniak/ AGB/ Estadão Conteúdo – 05.11.2018

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou, no final da manhã desta sexta-feira (4), o envio de tropas federais para o Ceará, que vive sob ataques pelo segundo dia consecutivo.

Diversas cidades do Estado registraram desde quinta-feira (3) noites e madrugadas de ataques. Em Fortaleza, uma delegacia da Polícia Civil sofreu atentado de incêndio. A Prefeitura de Maracanaú também foi atacada. Ônibus e vans foram queimados pelos suspeitos, que também incendiaram colunas que sustentam um viaduto da rodovia BR-020, que liga a capital cearense a Brasília.

Cerca de 300 homens e 30 viaturas da Força Nacional seguem ainda hoje para o Estado e atuarão por 30 dias em ações de segurança e apoio à PF (Polícia Federal), à PRF (Polícia Rodoviária Federal), ao Depen (Departamento Penitenciário Nacional) e às forças policiais estaduais. Caso necessário, o prazo de atuação da FN poderá ser prorrogado.

A decisão foi tomada após os episódios de violência registrados e à dificuldade das forças locais combaterem sozinhas o crime organizado. Também foram consideradas a gravidade dos fatos, a necessidade de manutenção da segurança pública e o dever das forças policiais federais e estaduais de, por ação integrada, proteger a população civil e o patrimônio público e privado de novos incidentes.

Ataques

Os ataques foram feitos após a declaração do novo secretário de Administração Penitenciária do Estado, Luís Mauro Albuquerque, de que não reconhece facção criminosa no Ceará. Ele confirmou que a divisão de presos por unidades não irá mais obedecer a distribuição por vínculos com organizações criminosas.

O governador Camilo Santana, que assumiu na terça-feira (1°) o segundo mandato, para o qual foi reeleito em outubro de 2018, havia dito em janeiro do ano passado que das 441 mortes registradas nos primeiros 29 dias de 2018, 84% eram vinculadas às facções criminosas. O principal grupo criminoso do Ceará é o GDE (Guardiões do Estado).

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Beto disse:

    Parece Natal qdo foi atacada, passaram 10 dias pra enviar essas tropas

Tentativa de assalto a bancos com reféns deixa 13 mortos após tiroteio com a polícia no Ceará

Reprodução Facebook

Um grupo de criminosos armados e com reféns tentou assaltar duas agências bancárias da cidade de Milagres, na Região do Cariri do Ceará, na madrugada desta sexta-feira (7). Houve intensa troca de tiros e pelo menos 13 pessoas morreram, segundo informou a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense (antigo IML) da cidade de Juazeiro do Norte, que recolheu os corpos.

De acordo o prefeito de Milagres, Lielson Landim, entre os mortos estão duas crianças, entre 10 e 13 anos, que eram feitas reféns pelo grupo criminoso. No total, seis reféns morreram no confronto, sendo cinco da mesma família, conforme a polícia. A polícia ainda não conseguiu identificar todos os mortos no confronto.

A família vítima dos bandidos vinha da cidade de Serra Talhada, em Pernambuco, quando foi abordada na rodovia BR-116. A quadrilha utilizou um caminhão para bloquear a via e parar o veículo das vítimas.

A tentativa de roubo aconteceu por volta de 2h17 da madrugada. Houve confronto entre os policiais e os criminosos. Diversos carros da PM foram usados para conter a quadrilha. Devido à ação da Polícia Militar, o grupo criminoso não conseguiu levar o dinheiro de nenhum dos estabelecimentos bancários. Os dois bancos ficam na Rua Presidente Vargas, no Centro do município, que tem 28 mil habitantes.

Agentes da Perícia Forense do Ceará informaram que dois veículos foram acionados para recolher os corpos e, em seguida, realizar a identificação das pessoas. A Polícia Militar acrescentou que equipes realizam investigações na região, com objetivo de identificar e prender o restante do grupo, que conseguiu fugir.

Durante essas buscas, um homem com um colete balístico foi encontrado morto dentro de uma caminhonete. Ele ainda não foi identificado, mas a polícia suspeita que ele seja um dos assaltantes que tentou fugir.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará ainda não se pronunciou oficialmente sobre o ocorrido. O titular da pasta, delegado André Costa, deve falar sobre o assunto nesta manhã, durante um evento de lançamento de um equipamento de segurança.

‘Madrugada de horror’

Segundo o comerciante e agricultor Mendonça de Santa Helena, a troca de tiros durou cerca de 20 minutos. “Nunca tinha visto algo parecido. Eu fiquei dentro de casa abaixado e com medo. Ouvi gritaria e pessoas chorando. Foi horrível”, relatou o comerciante.

Ainda segundo Mendonça, depois que o grupo fugiu, deu para perceber que, pelo menos, seis pessoas estavam no chão e apresentando sangramentos. No início do dia, segundo o comerciante, policiais que realizam a segurança da cidade, afirmaram que dez pessoas deram entrada no Hospital Municipal de Milagres, vítimas do tiroteio.

“Um policial afirmou para gente que, pelo menos, dez pessoas estavam no hospital. Pelo menos uns sete já tinham morrido e outros em estado muito grave”, disse.

G1

 

Ceará prepara implantação de vara especializada em crime organizado

Os delegados da Polícia Civil fazem paralisação de 48 horas para reivindicar melhorias nas condições de trabalho, sendo a superlotação das carcerágens das delegacias.
Na foto: Carceragem da 1ª delegacia.

Começou a tramitar na Assembleia Legislativa do Ceará um projeto de lei que cria a Vara de Delitos de Organizações Criminosas na estrutura da Justiça do estado. A proposta, já aprovada pelo Pleno do Tribunal de Justiça (TJCE), determina que os casos que envolvam organizações criminosas sejam julgadas por um colegiado de juízes, de forma a serem mais céleres.

Pelo texto do documento, o colegiado será formado por três juízes, que “decidirão e assinarão, em conjunto, todos os atos judiciais de competência da unidade”. Na prática, o TJCE já adota esse modelo para julgar processos que envolvam organizações criminosas. Um exemplo é o caso da Chacina do Curió, que aconteceu em 2015 e causou a morte de onze pessoas. Por decisão do colegiado formado para esse caso, trinta e quatro réus vão a júri popular.

A criação de uma vara específica para o crime organizado é uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), já atendida por sete estados. O assunto ganhou relevância no Ceará após o assassinato de 14 pessoas durante uma festa na periferia de Fortaleza no fim de janeiro, que ficou conhecido como Chacina das Cajazeiras, em alusão ao nome do bairro onde ficava a casa de shows.

O presidente da Comissão de Direito Penitenciário da Ordem dos Advogados do Estado do Ceará (OAB/CE), Márcio Vitor de Albuquerque, considera necessária a criação da nova estrutura diante do crescimento da presença de facções criminosas, além se somar à Lei do Crime Organizado (12.850/2013), que define organização criminosa e estabelece os procedimentos da investigação criminal.

Aliado a isso, o presidente da comissão ressalta que é preciso dar impulso às atividades de inteligência e cobra investimentos na área. “Há mais necessidade nesse momento de investimento maciço na inteligência, principalmente da Polícia Civil, em equipamentos, tecnologia e monitoramento, para que esse tipo de crime seja investigado com mais propriedade.”

Para Albuquerque, o investimento em inteligência vai refletir diretamente na qualidade dos inquéritos que chegarão na nova vara. “Temos que pensar esse início, porque, senão, quando o inquérito chegar na vara, pode faltar prova e pode gerar arquivamento.”

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol), Lucas Oliveira, considera inócua a criação da Vara de Delitos de Organizações Criminosas e acredita que a nova estrutura pode até mesmo atrapalhar os processos, considerando, por exemplo, casos como o da morte de 10 presos na Cadeia Pública de Itapajé (a 130 quilômetros de Fortaleza), causada por uma briga entre grupos rivais, que seria transferido para a capital.

Ele também destaca a necessidade de valorização da Polícia Civil como ponto-chave na solução de crimes envolvendo organizações criminosas. “Não quero dizer que a Polícia Civil do Ceará vai sozinha combater a criminalidade, mas a mensagem de todos os especialistas é de que sem uma polícia de investigação fortalecida não vamos combater a criminalidade de hoje, cuja marca são as facções.”

Atualmente, 730 policiais civis, entre escrivães, inspetores e delegados, estão em processo de formação. Segundo o presidente do Sinpol, o efetivo do Ceará é de cerca de 2,7 mil, mas seriam necessários, pelo menos, 6 mil agentes para atender a demanda do estado.

O projeto de lei que cria a Vara de Delitos de Organizações Criminosas entrou na pauta do Legislativo na primeira sessão plenária do ano e ficará apta a ser votada pelos deputados estaduais após passar por três comissões técnicas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jacó disse:

    O Juiz que for para lá merece uns 10 AUXÍLIO MORADIA