Cidades atendidas pela adutora Médio Oeste iniciam parada programada de abastecimento, informa Caern

FOTO: CAERN/ASSECOM

As cidades de Triunfo Potiguar, Paraú, Campo Grande, Janduís, Messias Targino e Patu iniciaram parada programada de abastecimento, a partir das 6 horas da manhã, desta quinta-feira (5). A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) irá levar o conjunto motobomba para uma área mais profunda dentro da barragem Armando Ribeiro Gonçalves.

A previsão é que o sistema seja religado no final da tarde de sábado (7) para as cidades de Patu e Messias Targino, por onde recomeçará o sistema de rodízio, após 48 horas de abastecimento destas duas cidades, a água será enviada para a cidades de Campo Grande e Janduís.

As cidades de Triunfo Potiguar e Paraú não estão no sistema de rodízio porque estão próximas da captação da adutora Médio Oeste, que é dentro da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no município de Jucurutu. Devido à redução de água acumulada na barragem, o local aonde o conjunto motobomba da Médio Oeste está atualmente trabalhando ficou raso. O conjunto mobomba que retira água dentro da barragem fica em cima de boias de flutuação para que possa impulsionar a água até a Estação Elevatória de Água.

Médio Oeste potiguar: chuvas alteram cor da água em cidades

FOTO: CAERN/ADM

As cidades de Triunfo Potiguar, Paraú, Janduís, Campo Grande, Messias Targino e Patu estão com a cor da água alterada em função das chuvas. A Adutora Médio Oeste possui sua captação na barragem Armando Ribeiro Gonçalves que vem recebendo chuvas nos últimos dias. A mistura da água do manancial com a das chuvas provoca a mudança na cor. Este fato é registrado normalmente em período de inverno.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) faz o tratamento da água conforme a legislação vigente para garantir potabilidade ao produto. Os parâmetros atendidos incluem turbidez, PH, coliformes, entre outros. A Caern continuará fazendo esforços para melhorar a cor da água oferecida a população. Mesmo com as chuvas que vêm caindo, a barragem Armando Ribeiro está com 20,37% da sua capacidade. Os dados da situação volumétrica são desta segunda-feira (21) e está disponível no site da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh).