CANDEEIRO: MPRN pede condenação de Gutson e mais 14

O MPRN pediu a condenação do ex- diretor administrativo do Idema-RN, Gutson Johson Giovany Reinaldo Bezerra, pela suposta prática de crimes de peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de bens, organização e  associação criminosa.

Gutson e outros 14 réus da Operação Candeeiro são acusados do desvio de aproximadamente R$ 19,3 milhões da autarquia ambiental entre 2013 e 2014.

Além da condenação de Gutson, o MPRN requereu a 6ª Vara Criminal de Natal que todos os réus sejam julgados culpados, inclusive, o delator do esquema, o ex-diretor administrativo do Idema, Clebson José Bezerril. Para ele, os promotores fizeram uma observação: que seja conferido ao réu-colaborador a diminuição de pena pela metade conforme acordo de colaboração premiada.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    Mande esse bando de ladrões pra cadeiaaaaaaaa, que lá é que é o lugar deles