Comportamento

Medicamento que imuniza contra o HIV deverá chegar a Natal em 2018, estima SMS

por Dinarte Assunção

Tem o nome comercial de Truvada a panaceia contra o HIV a que está se submetendo quem quer adquirir formas de se imunizar contra o vírus causador da AIDS.

Ao contrário da PEP, a chamada profilaxia pré exposição (PrEP) serve para evitar que se contraia o vírus. Na prática, quem faz PrEP e transa sem camisinha com quem tem HIV não contrai o vírus. O tratamento, no entanto, não deve ser encarado como estímulo para dispensar o preservativo em razão dos riscos que ainda envolve.

O Truvada, ao contrário da camisinha, não protege de outras infecções transmitidas pelo sexo, como a gonorreia e as hepatites, para citar apenas alguns exemplos. Por isso, o Truvada não deve ser usado como um substituto do preservativo e, sim, como um método adicional de prevenção do HIV
A medicação começou a ser distribuída no SUS para grupos de riscos neste ano.

Em Natal, a Secretaria Municipal de Saúde estimou ao Blog do BG que deve estar disponível a partir do segundo semestre de 2018.

PrEP, assim como a medicação contra o HIV, deve ser tomada todos os dias. Os estudos indicam que a partir da primeira semana, o nível de imunização do organismo contra o vírus da AIDS já se eleva.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *