UFRN tem projetos selecionados em editais nacionais da covid-19

Foto: Ilustrativa

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foram selecionados, preliminarmente, em editais nacionais da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).  As seleções são voltadas para desenvolver projetos de enfrentamento à covid-19, em diversas áreas do conhecimento, como fármacos, antropologia, imunologia, telemedicina e análise de dados.

Para a pró-reitora de Pesquisa, Sibele Pergher, como os editais são voltados para ações de enfrentamento ao novo coronavírus, pesquisadores de alto nível e de várias áreas participaram das seleções. “A concorrência foi muito alta e em cada edital aprovamos pesquisadores da UFRN, o que mostra a qualidade da pesquisa na instituição”.

Na opinião do pró-reitor de Pós-Graduação, Rubens Maribondo, apesar de a covid-19 ser um tema novo, existem diversas pesquisas de base na UFRN que podem ser aplicadas ao novo coronavírus. “O sucesso que observamos nos editais do CNPq e da Capes mostra, claramente, que os projetos mais abrangentes, com mais professores e uma rede interdisciplinar, tiverem melhor avaliação e aprovação. Reforçando que os programas e os pesquisadores devem trabalhar em rede pelo interesse da instituição, do país e da ciência”, avalia.

A professora Karla Morganna Pereira Pinto de Mendonça, do Centro de Ciências da Saúde (CCS), e a docente Ana Gretel Echazu, do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA), foram aprovadas, com financiamento, no edital do CNPq Pesquisas para enfrentamento da covid-19, suas consequências e outras síndromes respiratórias agudas graves.

Outras selecionadas no mesmo edital, por Mérito Técnico Científico e de Relevância Sócio Sanitária, foram a enfermeira Deborah Dinorah de Sá Mororó, que é coordenadora da Residência Multiprofissional, e a professora Lucymara Fassarella Agnez Lima, do CB, que também foi aprovada, no edital da Capes de Epidemias, com a projeto Biotecnologias aplicadas ao enfrentamento da covid-19.

O docente do CCS, Eryvaldo Sócrates Tabosa do Egito, foi selecionado no edital da Capes de Fármacos e Imunologia, com o projeto de pesquisa Estratégias inovadoras aplicadas ao covid-19 – Do diagnóstico ao tratamento, além do professor Luiz Marcos Garcia Gonçalves, do Centro de Tecnologia (CT), para o edital da Capes de Telemedicina e Análise de Dados Médicos, com o projeto Métodos de predição da dinâmica de epidemias e pandemias virais com análise clusterizada de dados sob a perspectiva da inteligência artificial.

CNPq
O edital Pesquisas para enfrentamento da COVID-19, suas consequências e outras síndromes respiratórias agudas grave tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de pesquisas de cunho científico ou tecnológico relacionadas ao novo coronavírus e outras síndromes respiratórias agudas graves. Os detalhes do edital podem ser acessados no site do CNPq.

Capes
Edital de Seleção Emergencial Fármacos e Imunologia tem o objetivo de apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica e formação de recursos humanos altamente qualificados, nas áreas da epidemiologia, infectologia, microbiologia, imunologia, bioengenharia e bioinformática. O Edital de Seleção Emergencial Telemedicina e Análise de Dados Médicos é voltado exclusivamente ao desenvolvimento de estudos, procedimentos e inovações tecnológicas em telemedicina e análise de dados médicos para o enfrentamento da pandemia da covid-19 e temas correlatos. O edital de Epidemias é voltado ao enfrentamento da nova pandemia coronavírus. Confira os editais no site da Capes.

UFRN