Saúde

Saúde negocia antecipar 10 milhões de doses da vacina da Janssen, a famosa de aplicação única

Foto: Saulo Angelo/Futura Press/Estadão Conteúdo

O Ministério da Saúde negocia com representantes da vacina da Johnson & Johnson a antecipação do envio de 10 milhões de doses do imunizante para o mês de julho. As informações são do âncora da CNN Kenzô Machida.

A pasta prevê para o quarto trimestre deste ano a entrega de 38 milhões de doses da vacina do braço farmacêutico da Johnson & Johnson, a Janssen. De acordo com a apuração da CNN, durante as tratativas a empresa demonstrou que pode antecipar para julho as 10 milhões de doses solicitadas pela pasta.

Diferentemente das outras vacinas aplicadas no Brasil, o imunizante da Johnson & Johnson para Covid-19 requer uma única dose. Com isso, caso a antecipação se confirme, seria possível imunizar mais 10 milhões de brasileiros em julho deste ano.

Previsão do Ministério da Saúde

Com a chegada ao país no último sábado (22) de insumos para retomar a produção de doses da AstraZeneca, o Ministério da Saúde prevê a entrega de pelo menos 40 milhões de vacinas no mês de junho, conforme informou o analista da CNN Gustavo Uribe.

A estimativa foi feita neste domingo (23) à CNN pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Caso o governo federal viabilize a entrega do montante, será o maior número de doses entregues em um único mês desde o início da pandemia do novo coronavírus.

A estimativa é de que a maior parte do total de doses previstas seja da AstraZeneca, tanto da Fiocruz quanto pelo consórcio Covax Facility. Para o próximo mês, o Ministério da Saúde também espera entregar 12 milhões de doses da Pfizer.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *