Política

VÍDEO de Flávio Bolsonaro chorando não tem relação com depósitos em conta; gravação cortada e compartilhada nas redes ainda comete outras gafes

Flavio Bolsonaro enxuga as lágrimas com uma bandeira do Brasil ao falar do pai em uma ‘live’ no Facebook – 07/09/2018 (Reprodução/Youtube)

Um vídeo compartilhado nas redes sociais nas últimas horas traz o deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) chorando e enxugando suas lágrimas na bandeira brasileira, com a insinuação de que se trata de uma reação do político às últimas notícias a respeito da investigação do Ministério Público sobre seu ex-assessor Fabrício Queiroz, o que não é verdade.

A gravação ocorreu em setembro de 2018, dias depois do pai de Flavio, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) sofrer um atentado à faca durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG). O trecho selecionado e divulgado nas redes é de um faixa de 38 segundos em que o senador eleito, emocionado, não faz nenhum comentário.

Na sequência de onde o vídeo foi cortado, como mostra a íntegra do vídeo publicada por um canal no YouTube, ele comenta sobre a saúde do pai. “Ele vai ficar bem. Obrigado a todo mundo que nos ajudou, daqui a pouco eu estarei em São Paulo para acompanhar ele e dar mais informações. Continuem as orações”, pede Flávio Bolsonaro.

Perfil onde a gravação alcançou o maior número de visualizações, mais de 27.000 até a tarde desta segunda-feira 21, o Jornalistas Livres critica o político por “sujar nossa bandeira com essas lágrimas fakes de crocodilo” e pede explicações sobre “os sete milhões que teu super amigo Queiroz, o motorista, depositou na tua conta”.

Na verdade, relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) identificou depósitos de 96.000 reais, e não de sete milhões de reais, na conta do senador eleito. Esse valor diz respeito ao que Fabrício Queiroz movimentou em sua conta bancária, contando entradas e saídas, ao longo de um período de três anos, o que foi considerado “atípico” pelo Coaf, por ser incompatível com a renda mensal do ex-assessor.

Veja mais: Ex-atleta que comprou imóveis confirma pagamentos a Flávio Bolsonaro: “como recebi aos poucos, fui pagando aos poucos”; declaração corrobora versão do senador eleito

O vídeo cortado, apenas com os segundos do choro, foi republicado por outras páginas. A “Globo não mamãe” diz que o senador eleito “chora fake news para que os ingênuos acreditem em sua inocência”. Já um outro usuário afirma se tratar de um trecho da entrevista que Flávio Bolsonaro concedeu à RecordTV na noite deste domingo 20, o que também não é verdade.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=1&v=rQKdYtOdo7A

Blog Me Engana que eu Posto – Veja

Opinião dos leitores

  1. Izi Malia papi, que chorinho lindo, parece que tá com uma batata na boca….hahahaha…#escolaciganoigordeinterpretação

    1. Aí o bebê está chorando de mentirinha, mas se a justiça que bate no Lula for a mesma dos bolsonaros, eles vão chorar de verdade.

    2. Eram pra ter colocado esse choro na campanha, aí era que a surra de votos ia ser maior. Mas o petralhismo escondeu até agora, depois do ômi ter sido eleito e já tá governando. Portanto, os petralhas vão ter que assaltar tudo, pra arranjar dinheiro, menos os cofres públicos como eram costumazes.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *