Telefônica prepara oferta pela TIM Brasil em parceria com Oi e Claro, diz jornal

 A Telefônica trabalha em uma oferta pela TIM Brasil em conjunto com a Claro e a Oi e pode fechá-la ainda neste mês, segundo informações do jornal italiano “Il Sole 24 Ore”, que cita fontes confiáveis a par das negociações.

De acordo com a publicação, a ideia do grupo espanhol é criar um veículo de investimento em parceira com as concorrentes para comprar a TIM e dividir os negócios da companhia no país.

O banco BTG Pactual trabalha na proposta, segundo o jornal italiano. O negócio contaria ainda com o apoio de financiamento estatal.

A Telecom Italia, dona da TIM Brasil, disse desconhecer qualquer oferta pela sua unidade brasileira. “A Telecom Italia mais uma vez declara que a empresa brasileira é um ativo estratégico”, disse em comunicado.

Os rumores de uma possível venda da TIM brasileira ganharam força em meio às dificuldades do grupo italiano para diminuir o endividamento. O presidente da Telecom Italia chegou a dizer que poderia discutir uma venda a dependendo do “tamanho do cheque” proposto.

Em setembro, a Telefônica aumentou a sua participação na Telco, empresa que tem 22,4% da Telecom Italia, e passou a ter indiretamente 10% da TIM.

Diante da nova composição societária, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) defente que a espanhola saia da Telecom Italia ou busque um sócio na Vivo, também sob seu controle.

Conforme a Folha mostrou, estudos de bancos a possíveis interessados avaliam a TIM Brasil entre R$ 29 bilhões e R$ 36 bilhões.

Folha