Tenente da PM acusado de matar atleta de MMA na zona sul de Natal tem marcada audiência com juiz

Está marcada para o dia 9 de setembro uma audiência de instrução com o tenente da Polícia Militar Iranildo Félix de Sousa, acusado de matar a tiros o professor de musculação e lutador de MMA Luiz de França Trindade – crime ocorrido no dia 10 de fevereiro deste ano na Zona Sul de Natal. O policial nega o crime.

O PM será ouvido pelo juiz Ricardo Procópio Bandeira de Melo, titular da 3ª Vara Criminal de Natal.

O crime

Luiz de França tinha 25 anos, e foi assassinado a tiros na calçada da academia Alta Performance, que fica na rua Serra da Jurema, no conjunto Cidade Satélite. Segundo a polícia, a vítima foi atingida por vários disparos de pistola calibre ponto 40. No homicídio, um outro professor e atleta de jiu-jitsu e de luta olímpica identificado como Ademir Júnior, também foi atingido pelos disparos, mas, felizmente, escapou.

Veja mais: Polícia Civil prende soldado da PM acusado de participação na morte do lutador de MMA Luiz de França‏