Travesti Morreu por causa de R$ 800,00

Um dos Jovens marginais que aparecem batendo e, esfaqueando o travesti Daniel de Oliveira, de 24 anos, assassinado em Campina Grande esse final de semana, cujas imagens gravadas por câmeras de segurança correram o Brasil e o mundo, planejou o assassinato porque o travesti tinha o enrolado na negociação com uma garota de programa.

Esse menino “bom”, de apenas 17 anos, que colaborou nas 30 facadas que Daniel levou, confessou que “tomou um chapéu” do travesti no valor de R$ 800,00 nessa negociação com a prostituta e, por isso tinha planejado o extermínio.

A polícia até agora ainda não localizou os outros comparsas desse bandido.

O que danado está valendo uma vida hoje em dia?