MPRN denuncia duas pessoas, PM e compositor, por assassinato de irmãos durante ato politico em Pedro Velho

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) denunciou o policial militar da Paraíba Paulo Henrique Costa Silva e o compositor Denis de Oliveira Soares pelos assassinatos de dois irmãos durante um ato político na cidade de Pedro Velho. O duplo homicídio ocorreu por volta das 18h30 do dia 5 de outubro passado, em uma via pública da comunidade Cuité das Bocas, zona rural do município.

Segundo apurado em inquérito policial, havia um ajuste prévio entre Paulo Henrique e Denis de Oliveira para que ambos fizessem a segurança privada e armada do evento político que ocorria no local onde houve os crimes. Incomodados com a movimentação de Gilson Teixeira pela caminhada, já que ele era divergente político, cercaram o veículo dele. De acordo com testemunhas, Paulo Henrique chegou a apontar uma arma de fogo para a vítima.

Na tentativa de se defender, Gilson Marques Teixeira desceu do carro e foi em direção a Paulo Henrique, entrando os dois em luta corporal. Ainda de acordo com o relato de testemunhas, Adilso Marques Teixeira, que estava em uma moto, tentou intervir e retirar o irmão do local. Foi quando Denis de Oliveira sacou uma pistola e atirou contra os dois irmãos.

Gilson foi baleado na cabeça e no tórax. Adilso foi atingido no tórax. Os dois chegaram a ser levados para o hospital municipal, mas não resistiram aos ferimentos.

Em depoimento à polícia, Denis de Oliveira confessou que a arma que portava foi adquirida ilegalmente, cerca de dois meses antes dos crimes, em Natal. Além de balear os irmãos, um dos disparos efetuados transfixou o corpo de Gilson Teixeira e ainda atingiu Paulo Henrique Costa, causando lesões na cabeça, local onde o projétil se alojou.

Os crimes tiveram grande repercussão local e estadual. A Justiça Eleitoral chegou a determinar restrições nas atividades campanha com a finalidade de evitar revanchismos e escalada da violência.

O MPRN denunciou Denis de Oliveira Soares por duplo homicídio qualificado pelo motivo fútil e usando de recurso que dificultou a defesa das vítimas em razão da surpresa e também por porte ilegal de arma de fogo. O PM/PB Paulo Henrique Costa Silva também foi denunciado por duplo homicídio qualificado pelo motivo fútil e usando de recurso que dificultou a defesa das vítimas em razão da surpresa, tendo sido o agente provocador do delito e prévio conhecedor de sua supremacia de forças por contar com outros parceiros que faziam a segurança no local, contribuindo, com sua conduta intimidatória, decisivamente para o resultado das mortes.

MPRN

Grande Natal registrou na manhã desta quarta o assassinato de um motorista de aplicativo

A Polícia Militar registrou na manhã desta quarta-feira(21) o assassinato de um motorista de aplicativo, por volta das 7h, no município de Extremoz, na Grande Natal.

Segundo a PM, informações dão conta que o homem foi retirado do carro e morto com um tiro na cabeça. Logo após, o assassino fugiu no veículo com o qual a vítima trabalhava e não foi encontrado pelos policiais militares que patrulharam a área.

A motivação do crime ainda é desconhecida. A Polícia Civil investiga o caso.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luladrão Mor da Silva disse:

    Cadê a Governadora, ela tá sumida.
    É gopi

CASO FANTONE: Após recurso do MPRN, jipeiro acusado de assassinato em Extremoz é preso

Foto: Reprodução

Após um recurso do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o jipeiro Ailton Berto da Silva, réu confesso do assassinato de Fantone Henry Filgueira Maia e da tentativa de homicídio de outras três pessoas a tiros, foi preso na tarde desta sexta-feira (24). Os crimes foram cometidos durante uma confraternização de “jipeiros” na praia de Santa Rita, litoral Norte potiguar, em dezembro do ano passado. Todos os detalhes aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    Mais que "agilidade" da justiça, se quisesse tinha fugido tranquilamente.

CASO FANTONE: MPRN recorre de decisão judicial que libertou jipeiro acusado de assassinato em Extremoz

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) entrou com recurso para o Tribunal de Justiça potiguar para que seja reformada a revogação da prisão preventiva de Ailton Berto da Silva, réu confesso do assassinato de Fantone Henry Filgueira Maia e da tentativa de homicídio de outras três pessoas a tiros, durante uma confraternização de “jipeiros” na praia de Santa Rita, estando preso desde dezembro de 2019.

Na decisão de ofício, proferida em 2 de abril de 2020, sem remeter os autos ao Ministério Publico, foi revogada a prisão preventiva do réu, concedendo-lhe liberdade provisória, sob as condições de não se ausentar da cidade onde reside sem prévia autorização judicial e uso de tornozeleira eletrônica.

No início de março, a Justiça havia indeferido um pedido da defesa do denunciado de prisão domiciliar por entender necessária a custódia cautelar.

Para o MPRN, a decisão se valeu de fundamentação genérica para revogar a prisão preventiva. No recurso, a Promotoria de Justiça de Extremoz destaca as hipóteses legais para manutenção da prisão preventiva, “não sendo pertinente e muito menos recomendável da concessão de cautelares diversas da prisão, já que foi amplamente demonstrada a periculosidade do agente, risco de reiteração delitiva e efetiva possibilidade de fuga do distrito da culpa”.

Com Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    Como sempre a justiça sendo controvérsia. Como vai haver punição dessa forma? É um verdadeiro absurdo.

  2. Antônio Freire disse:

    Essa decisão deixou os Jipeiros revoltados!!

  3. Antônio Freire disse:

    Essa liberdade é incabível no caso concreto! O acusado é muito perigoso. A liberdade nos moldes do caso em tela coloca em risco a família da vítima!!

Irã: imprensa diz que agente da CIA responsável por assassinato de Suleimani foi morto em um avião que teria sido abatido

Veículos da imprensa iraniana noticiaram que o agente da CIA (agência norte-americana de inteligência) responsável pelo assassinato do general iraniano Qasem Suleimani foi morto em um avião que teria sido abatido por talibãs na segunda-feira (27), no Afeganistão.

O agente seria Michael D’Andrea. Ele vinha sendo apontado como responsável pela morte do líder da Guarda Revolucionária, durante visita a Bagdá, no Iraque. Segundo a mídia iraniana, ele está entre as vítimas da queda de um avião militar norte-americano, que os talibãs dizem ter abatido no início da semana, na região de Ghazni, a cerca de 900 quilômetros da fronteira iraniana.

A notícia ainda não foi confirmada oficialmente. Os primeiros relatos sobre a morte do agente da CIA foram veiculados pela imprensa russa. Só depois foi retomada pela imprensa iraniana. A agência de notícias iraniana Tasnim cita fontes russas para afirmar que “o assassino de Suleimani estava no avião e morreu na queda”.

Ainda segundo as notícias veiculadas no exterior, D’Andrea “é a mais relevante figura da CIA no Oriente Médio, tendo sido responsável por operações no Iraque, Irã e Afeganistão”. Segundo a imprensa estrangeira, a agência refere-se a D’Andrea como “Ayatollah Mike” ou “o príncipe das Trevas”.

D’Andrea também seria considerado o cérebro do assassinato do dirigente do Hezbollah libanês Imad Mughniyeh, em 2008.

Agência Brasil

Homem se apresenta à polícia, confessa assassinato de professor no litoral sul do RN e é liberado

O portal G1-RN destaca nesta sexta-feira(24) que um dos suspeitos de ter matado o professor Eliezel Urbano, de 42 anos, se apresentou à Polícia Civil nesta quinta-feira (23) e confessou ter esfaqueado a vítima durante uma briga, em uma casa da praia de Barreta, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal, na madrugada da última quarta-feira (22). Como não foi preso em flagrante, o homem acabou sendo liberado. e agora só pode ser detido por força de mandado judicial. Matéria completa aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno disse:

    Que absurdo!!!!!!!!!
    O criminoso se apresentar na delegacia, confessar o crime de homicídio e depois ser liberado.
    Ou seja pode continuar matando, o crime compensa.

  2. Az disse:

    Depois a culpa da violência brasileira é só exclusivamente da polícia, tem muita coisa que tem que mudar nesse país, começando pelas leis mas quem tem o poder da caneta não está muito preocupado pois a violência não bateu na sua porta, ainda.

  3. é foda disse:

    Tudo certo, pode sair matando a torto e a direito, pois é só escapar do flagrante e stá tudo certo.

Quem matou Celso Daniel? Reportagem fala de fita com pistas sobre o assassinato e até um pedido de Lula “para esquecer assunto”

Foto: Reprodução

A reportagem de capa da nova edição da Crusoé revela uma outra história sobre o crime que assombra o PT há quase duas décadas: a morte de Celso Daniel.

“Uma fita com pistas sobre o assassinato. Um pedido de Lula e um amigo para esquecer o assunto. Uma invasão de bandidos em busca de provas contra petistas.”

O mistério da fita

O Antagonista, com Crusoé

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ana Bueno disse:

    Sempre me pergunto: alguém leu O CHEFE, do Ivo Patarra ? Alguém leu o O ASSASSINATO DE REPUTAÇÕES ? De Romeu Tuma Jr. ? Por que será que esses dois não foram processados por calúnia ? Por que será que todas aquelas denúncias ficaram por isso mesmo ? EU NUNCA DISSE ISSO.

  2. Ojuara disse:

    Essa quadrilha de PTralhas atua a muito tempo e esse foi so um dos crimes cometido por esse bando. LULADRAO está envolvido em tudo de ruim em nosso país nós últimos trinta anos. O canalha tem que voltar o mais rápido para cadeia.

  3. Fábio disse:

    Deve ter sido o Presidente Bolsonaro.

    • Dilma disse:

      Por favor esqueça isso, melhor saber sobre a rachadinha de Flávio, que todos o poderes legislativos municipais, estaduais e congresso praticam, e até outros poderes

    • Flavio disse:

      Foi morto por não aceitar entrar no esquema de corrupção proposto por luladrao.

VÍDEO: Suposto entregador de aplicativo é procurado pela polícia por assassinato de empresário em Natal

O portal OP9 e a TV Ponta Negra destacam nesta quinta-feira(28) o assassinato do empresário do ramo automobilístico Edgard Tavares, no fim da tarde dessa quarta-feira (27) enquanto conversava com amigos no bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal.  De acordo com a reportagem, o atirador chegou em uma moto trazendo uma caixa de isopor, utilizada por entregadores de aplicativo.

Conforme imagens capturadas por um sistema de câmeras de segurança, um homem chega em uma motocicleta, estaciona e vai em direção ao empresário, que estava na calçada do cruzamento da Avenida Presidente Quaresma com a Rua dos Canindés. Na ação criminosa, os tiros também atingiram outra pessoa, que foi socorrida ao hospital, mas não apresenta risco de morte.

Mais detalhes de reportagem aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Raimundo disse:

    Não caberia pena de morte neste caso?

  2. VERGONHA disse:

    E AINDA TEM FDP que defende BANDIDO DESSA QUALIDADE , tinha que fazer o mesmo com um VERME DESSES

Frente Parlamentar em Defesa das mulheres faz homenagem na Câmara Municipal de Parnamirim e repudia assassinato de enfermeira

Foto: Divulgação

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres, através de sua presidente, a vereadora Ana Michele, realizou na manhã desta segunda-feira18), no plenário da Câmara Municipal de Parnamirim, uma mobilização intitulada “Dayana, vive! Dayana, presente!”.

O ato foi uma homenagem à técnica de enfermagem do Samu e enfermeira Dayana Deyse Oliveira de Lima, assassinada no último dia 11, na porta de sua casa, na Zona Norte de Natal. A jovem que deixa dois filhos pequenos foi aluna da vereadora Ana Michele durante sua graduação.

Ana Michele ocupou a tribuna e fez um discurso emocionante. “Dayana não era uma estranha, era minha aluna. Sempre dedicada e determinada, vivia sorrindo. O mínimo que podia fazer, era não me calar. Nós mulheres, não podemos nos calar! É muito difícil estar aqui, mas é necessário! Trago aqui o meu repúdio, a minha solidariedade, a minha voz. Nós enquanto frente parlamentar, temos que estar atentos às políticas públicas e que possamos fazer mais, mobilizações ou movimentos e que sejam permanentes”, disse.

Demais vereadores também se manisfestaram

As vereadoras Kátia Pires e Rhalessa Freire, além dos vereadores Pastor Alex e Abidene Salustiano apartearam o discurso de Ana Michele e também se solidarizaram à família da vítima. “Inadmissível que o homem, que não é Deus, resolva tirar a vida de uma mulher. Não podemos deixar que o caso de Dayana não seja mais um no meio de centenas de vidas de mulheres assassinadas por homens que ainda veem a figura feminina como única e exclusivamente objeto de posse”, enfatizou a vereadora Kátia Pires.

A sessão ordinária também contou com a presença de representantes do Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Norte (COREN-RN),SAMU Metropolitano, e amigos de Dayana.

A Câmara Municipal de Parnamirim reitera que repudia qualquer ato de violência, independente de gênero, idade, raça ou religião. E que a casa do povo Parnamirinense estará sempre atuante, para que medidas sejam sempre tomadas em prol da sociedade.

VÍDEO: Apontado como comparsa de Ronie Lessa no assassinato de Marielle Franco, ex-PM Élcio Queiroz diz que foi assessor do PT quando o prefeito era Lindbergh

Vídeo poder conferido aqui em texto na íntegra. Foto: Reprodução

O ex-PM Élcio Queiroz, apontado como comparsa de Ronie Lessa no assassinato de Marielle Franco, negou participação no crime.

Em depoimento ao Ministério Público do Rio, ele também revelou que foi funcionário da Prefeitura de Nova Iguaçu, quando o prefeito era Lindbergh Farias. “O melhor patrão que tive.”

“Fui assessor do PT em Nova Iguaçu, quando o prefeito era Lindbergh”, disse, ao ser questionado sobre eventual divergência com a esquerda.

“Não tenho antipatia nenhuma por governo de esquerda. Pelo contrário, melhor patrão que eu já tive. Pagava muito bem seus funcionários. Não tenho nada a falar da esquerda.”

Élcio teve de explicar por que fez pesquisas na internet sobre Jean Wyllys e Marcelo Freixo, padrinho político da vereadora.

“Eu concordo com muitas coisas que ele (Freixo) fala, inclusive do PSOL também. Vou dizer uma coisa, por exemplo: a reforma da Previdência. Eu sou contra a reforma, como o PSOL também é.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    Onde tem crime e ruindade nesse país, tem esquerda envolvida…Hah quadrilha dos infernos….Só sabem atrapalhar e ir contra tudo que é bom…ô povinho medíocre!!!!

  2. Paulo Campos disse:

    Essa esquerda não se entende, onde tem merda ela vai atrás para apoiar.

  3. djalma disse:

    É gópi; culpa de Moro; Queiroz livre!!! Ninguém solta a mão de ninguém.. kkkkkkk

  4. Manoel disse:

    Deu um bug na esquerda. Um esquerdista, ex assesssor do PT, foi o assassino de Marielle ?

    • Alberto Meneses Castro disse:

      Por isso a esquerda "quer determinar" quem são os assassinos, fazendo de tudo para impedir as investigações normais. Talvez tenham informações privilegiadas e sabem onde vai dar o assassinato de Marielle. A esquerda não tem o menor interesse em desvendar o assassinato de Celso Daniel, de juízes e promotores, e ainda vão a mídia questionar se realmente houve a facada em Bolsonaro. O mudus operandi da esquerda é o mesmo a muito tempo, e como diz: "O pior cego é aquele que faz questão de não ver o que os olhos comprovam"

Após localização do MPRN, condenado por assassinato é preso pela PM

Foto: Reprodução

Após um trabalho de localização e identificação por parte do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), a Polícia Militar prendeu um homem condenado por homicídio que estava foragido da Justiça. José Maurício Dantas foi localizado e preso na cidade de Vila Velha nessa quinta-feira (10).

Ele é condenado pelo assassinato de Edival Moises de Paiva, crime cometido em 12 de janeiro de 1992, em São Pedro. Segundo investigações da polícia à época do crime, José Maurício matou Edival Paiva dentro da casa da vítima com tiro de revólver calibre 32. O crime foi cometido sem que Edival tivesse a oportunidade de se defender enquanto tomava o café da manhã. Em 2009, a Justiça potiguar condenou José Maurício Dantas a 14 anos de reclusão em regime fechado. A sentença determina que a pena seja cumprida no presídio de Alcaçuz, em Nísia Floresta.

Entenda o caso aqui no Justiça Potiguar.

Ação do MPRN prende italiano suspeito de ordenar assassinato de compatriota em Natal

Foto: Ilustrativa

Uma ação do Ministério Público do Rio Grande do Norte, com o apoio da Polícia Militar, prendeu nesta sexta-feira (13) o italiano Pietro Ladogana. Ele é suspeito de ordenar o assassinato do compatriota Enzo Albanese, crime cometido em 2014, em Capim Macio, na zona Sul de Natal. Além do mandado de prisão, foi cumprido um mandado de busca e apreensão nas casas que o europeu tem no Estado. Veja todos os detalhes aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PAULO disse:

    A Investigação que culminou com a prisão desse italiano, ainda em 2014, foi toda realizada pela Polícia Civil/RN.

Polícia registra assassinato no interior do RN de grávida de três meses e prisão do marido

O portal G1-RN destaca o assassinato de uma mulher, grávida de três meses, na manhã desta quarta-feira (22) na Vila São Bernardo, comunidade da zona rural de Luís Gomes, na região Oeste potiguar. De acordo com a notícia, após a ação criminosa, o marido da vítima foi preso. De acordo com a Polícia Militar, a mulher de identidade a ser confirmada foi degolada.

Segundo o portal G1-RN através das primeiras informações levantadas pela polícia, vizinhos disseram que ela, no ano passado, já havia sofrido um tiro de espingarda disparado pelo próprio marido. O casal chegou a se separar, mas depois reatou o relacionamento.

O casal tem dois filhos, um de 3 e outro de 10 anos.

Réus pelo assassinato do empresário Ademar Miranda Neto em Ponta Negra, mulher e amante vão júri popular nesta quarta

O Juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Natal/RN, marcou para esta quarta-feira(10), às 8:00, no Forum Miguel Seabra Fagundes, o julgamento dos réus Martha Renata Borsatto Miranda e seu amante Antônio Ribeiro, pelo assassinato do empresário Ademar Miranda Neto, ocorrido em Ponta Negra no dia 07 de junho de 2016. Os réus estão presos desde dezembro de 2016.

O empresário do ramo hoteleiro foi executado a mando da esposa Martha Renata Borsatto Miranda e seu amante Antônio Ribeiro.

FOTO E VÍDEO: Polícia Civil prende dois suspeitos pelo assassinato de empresária potiguar

Homens foram presos em Alagoas e Sergipe

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma ação conjunta das Polícias Civis do Rio Grande do Norte, de Alagoas e de Sergipe resultou na prisão de dois homens que são suspeitos pelo assassinato da empresária Maria da Conceição de Lima Barbosa, 56 anos, que teve o corpo encontrado na zona rural do município de Pedro Velho, dia 08 de novembro de 2018, após ter sido levada por homens armados, um dia antes. As prisões são frutos de uma investigação realizada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) em conjunto com a Delegacia Municipal de Canguaretama.

Fábio de Souza Santos, conhecido como Fábio “Xuxa”, já respondia por outros crimes e foi preso na cidade de Arapiraca, em Alagoas. Ele é apontado como o autor dos disparos que vitimou Maria da Conceição. Lucio Silva Calazans Júnior, que é apontado pela investigação como o homem que alugou o carro usado no crime, foi preso na cidade de Aracajú, Sergipe. A polícia continua investigando o caso com o intuito de desvendar se houve a participação de mais pessoas.

Confira vídeo com a fala dos Delegados que participaram da investigação:

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mateus Maia disse:

    Parabenizo também os agentes e escrivães que encabeçaram as investigação, além de “ir buscar” os caboclo