VÍDEO: Confira íntegra de reunião de Bolsonaro, com Maia, Alcolumbre e governadores, por socorro aos estados

Trechos repercutidos:

 

“O motivo da reunião é unir a força de todos para enfrentar os problemas da crise. Ainda não sabemos o tamanho da sua dimensão. Sabemos que a pandemia em muito prejudicou não só o Brasil, mas o mundo todo”, afirmou o Presidente  Jair Bolsonaro
no início da reunião.

“Temos que trabalhar em conjunto. A pauta de hoje é a sanção de um projeto, que trata de uma continuidade de outras leis aprovadas de uma auxílio aos governadores de aproximadamente R$ 60 bilhões”, disse.

“Quando se fala que os trabalhadores informais e formais perderam muito, temos que falar da cota de sacrifício dos servidores. De não ter reajuste até dezembro ano que vem”, lembrou Bolsonaro.

“Deixo claro nesse projeto que as progressões e as promoções dos servidores públicos vão continuar ocorrendo normalmente. Essas não serão atingidas”, ressaltou o Presidente da República.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia(DEM-RJ), também se posicionou: “O projeto foi construído no Congresso Nacional junto com o Governo Federal. Esse é um momento muito importante no enfrentamento a crise. A união de todos vai criar, com certeza, as melhores condições para que possamos tratar da nossa recuperação econômica”.

“A sanção desse projeto une a todos e isso é o mais importante. Tenho certeza, Presidente Bolsonaro, que sua decisão em sancionar o projeto vai garantir as condições mínimas para que prefeitos e governadores possam proteger a sociedade desse vírus”, ressaltou Maia.

O presidente do Senado,  Davi Alcolumbre (DEM-AP), em sua fala na abertura do encontro, celebrou o consenso: “Fico muito feliz de participar desse momento histórico onde os atores envolvidos em um processo de reconstrução de um país estão sentados em uma mesa dialogando. Diferente do que muitos pensam, não há uma divisão entre o Executivo, Legislativo e Judiciário”.