Reunião na Sesed define planos operacionais para festejos juninos no interior do estado

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) reuniu, nesta terça-feira (21), órgãos de segurança ligados ao Governo do Estado para que fossem apresentados os planos de ações operacionais que serão deflagrados no período das festas juninas no interior do Rio Grande do Norte.

Na reunião, foram discutidas as ações integradas para os dois principais eventos juninos do interior do estado, o Mossoró Cidade Junina e o São João de Assú. Ambos ocorrerão no período de 01 a 30 de junho.

Durante os eventos, a Polícia Militar fará o patrulhamento nas áreas internas e externas nos locais de festas. Em complemento à atividade policial, o Corpo de Bombeiros Militar atuará em possíveis ocorrências e nas fiscalizações dos locais de evento.

Já a Polícia Civil irá atuar em ambas as cidades durante todos os dias de festejos, com as delegacias municipais em regimes de plantão. Em Mossoró, será instalada a Delegacia Móvel (ônibus), que atenderá aos procedimentos de menor potencial ofensivo. O efetivo contará ainda com uma equipe exclusiva para atender aos procedimentos das operações de combate a embriaguez no trânsito.

Verbas, segurança e preocupação com o próximo semestre foram discutidos em reunião de reitores de instituições federais do RN com o MEC; veja como foi

Os reitores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), acompanhados dos deputados federais Rafael Motta, Fábio Faria, Benes Leocádio, Walter Alves e General Girão, além dos senadores Styvenson Valentim, Jean-Paul Prates e Zenaide Maia, estiveram reunidos na noite desta segunda-feira, 20, com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, com o secretário de Educação Superior, Arnaldo Barbosa de Lima Júnior, e do secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Ariosto Antunes Culau, na sede do Ministério, em Brasília.

Após abertura da reunião pelo ministro e pelo deputado Rafael Motta, coordenador da bancada, a reitora da UFRN, Ângela Paiva, apresentou o perfil das Instituições Federais de Ensino Superior do RN e os dados específicos da universidade. Na sequência, mostrou a impossibilidade de dar continuidade ao ano letivo após setembro, caso não haja o desbloqueio. Em seguida, os reitores do IFRN, Wyllys Tabosa, e da UFERSA, Arimatea de Matos, apresentaram dados das suas instituições e, da mesma forma, pediram a disponibilidade do orçamento previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA). Segundo ambos os gestores, as condições de funcionamento também se inviabilizarão no segundo semestre. Juntas, as três instituições sofreram um bloqueio de 109 milhões de reais.

Embora, de imediato, o ministro tenha declarado que não há como desbloquear o orçamento sem a aprovação da Reforma da Previdência, “em virtude da situação de a economia estar muito difícil”, ainda assim afirmou que o MEC buscará atender as situações, caso a caso, junto ao Ministério da Economia. Abraham Weintraub acrescentou que defende a gratuidade do ensino de graduação, embora salientasse a necessidade de estabelecer um novo modelo de fazer a universidade funcionar, permeado pela existência de outras fontes de financiamento complementares. O ministro complementou observando que deseja iniciar um novo modelo de relacionamento entre MEC, Ifes e parlamentares, sugerindo que estes últimos sejam os defensores das Instituições Federais de Ensino Superior do RN. Por fim, um encaminhamento proposto por Abraham Weintraub, para a contenção de despesas das Instituições, foi de ter a Polícia Militar nos Campi garantindo a segurança. Os reitores argumentaram que o bloqueio não afeta apenas o contrato de pessoas para a segurança patrimonial e que as Ifes já trabalham em parceria e complementaridade com as polícias militar e federal, de acordo com a legislação vigente.

Na avaliação dos reitores, a agenda construída pela bancada federal foi extremamente importante para abrir o diálogo das Ifes do RN com os novos dirigentes do MEC. Os parlamentares defendem e apoiam as Ifes, observando-as como propulsoras de melhores condições de vida e desenvolvimento econômico do nosso Estado. O principal resultado da reunião foi a disponibilidade do ministro Weintraub em analisar os casos específicos das instituições e buscar alternativas junto ao Ministério da Economia. Entretanto, será necessário o replanejamento em cada instituição, tendo em vista que a manutenção do bloqueio dificulta, em alguns casos até impede, a execução de projetos acadêmicos e ações da administração previstos para o ano de 2019.

Ângela Maria Paiva Cruz

Reitora da UFRN

Willys Abel Farkatt Tabosa

Reitor IFRN

José de Arimatea de Matos

Reitor Ufersa

Via UFRN

Senadora Zenaide Maia garante apoio aos projetos do IFRN durante reunião com reitor e professores

Nesta segunda-feira (01) pela manhã, a senadora Zenaide Maia iniciou a semana cumprindo agenda na Reitoria do Instituto Federal do Rio Grande do Norte – IFRN, em Natal. Em pauta projetos de desenvolvimento tecnológico e apoio para ações em médio e longo prazo do IFRN.

Durante a reunião foi exibido o filme institucional e discutidas atividades que vem sendo desenvolvidas pelo IFRN, com especial destaque ao Centro de Tecnologia Mineral, em Currais Novos e o de Energias Renováveis, em João Câmara. O reitor, professor Wyllys Tabosa, apresentou dados orçamentários, comentou a redução de recursos por parte do governo federal e disse contar com o apoio da parlamentar. A senadora por sua vez garantiu todo apoio, como vinha fazendo no seu mandado como deputada federal. “Como deputada federal eu sempre apoiei o IFRN e agora como senadora estarei sempre pronta a contribuir. O IFRN pode contar comigo”, declarou.

Estiveram presentes: Wyllys Farkatt , Reitor do IFRN, Auxiliadora Pereira, chefe de gabinete da Reitoria, Professor Márcio Azevedo, pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Auridan Dantas, diretor de Gestão de Pessoas, Professor André Gustavo, diretor de Gestão em Tecnologia da Informação, Professora Odisseia Gaspareto, diretora de Gestão de Atividades Estudantis, Professor Agamenon Tavares, pró-reitor de Ensino, Mariz Fernandes, assessor de Suporte Organizacional, Patrícia Maia, assessora de Gestão Estratégica, Professor Marcos Oliveira, pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e Juscelino Medeiros, pró-reitor de Administração.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LADRAVAZ disse:

    DEFENSORES DE CORRUPTOS, CORRUPÇÃO. PODE ISSO ARNALDO ?

Embaixadora do Brasil na ONU e Jean Wyllys batem boca durante reunião em Genebra

O ex-deputado federal Jean Wyllys participa de evento na ONU em Genebra; embaixadora brasileira interrompeu evento para criticá-lo Foto: Reprodução/Twitter DelBrasGENEBRA

A embaixadora do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU), Maria Nazareth Farani Azevedo, e o ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) protagonizaram um bate boca durante um debate promovido pela ONU em Genebra, na Suíça. Maria Nazareth interrompeu o evento, que tinha Wyllys entre os convidados, para ler um discurso em que defende o governo Jair Bolsonaro. O jornalista Jamil Chade, do portal UOL, filmou parte da discussão e publicou uma nota sobre o caso em seu blog.

“O presidente Bolsonaro não fugiu do Brasil após a tentativa real – e muito televisionada – de tirar sua vida”, disse a embaixadora. O discurso foi publicado na conta oficial da delegação brasileira em Genebra no Twitter, e republicado pelo Itamaraty na mesma rede social. “O governo Bolsonaro não é uma organização criminosa. Nem o presidente Bolsonaro é fascista ou autoritário. Ele não cuspiu na cara da democracia.”

Sem mencionar Wyllys, o texto faz referência à votação do impeachment de Dilma Rousseff, quando o então deputado do PSOL cuspiu em direção a Bolsonaro no plenário da Câmara dos Deputados, e à saída do psolista do País em janeiro deste ano. Na ocasião, Wyllys alegou que sofria constantes ameaças de morte, e abriu mão de assumir o que seria seu terceiro mandato na Câmara.

O discurso da embaixadora também diz que o governo Bolsonaro está comprometido com a proteção de grupos vulneráveis, inclusive a comunidade LGBT. “Eles (LGBT) estão sendo incluídos e não estão sendo discriminados por qualquer instituição oficial de forma alguma”, diz o texto.

Em seguida, os mediadores do evento deram à palavra ao ex-deputado para que ele respondesse ao discurso, e convidaram Maria Nazareth a ficar na reunião. Ela disse que só ficaria se tivese direito à tréplica, o que o mediador se recusou a fazer.

“Se a senhora gosta de debate, a senhora deveria ouvir a minha resposta. O fato de a senhora ter saído, inclusive, do seu lugar e ter vindo com um discurso pronto para esta sala é um sintoma, mesmo, de que a minha presença aqui amedronta a senhora e o seu governo”, disse o ex-deputado, enquanto ela se levantava para ir embora.

“Não amedronta. Envergonha”, respondeu a embaixadora, antes de sair da sala.

Ataques

Esta não é a primeira vez que Wyllys se torna alvo de manifestações públicas na Europa. Em fevereiro, no primeiro evento em que participou desde sua saída do Brasil, manifestantes do Partido Nacional Renovador (PNR), de Portugal, interromperam uma conferência na Universidade de Coimbra. Dois homens tentaram acertá-lo com ovos.

Wyllys participava, na ocasião, de um debate sobre fake news e discurso de ódio contra minorias.

Estadão

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. A verdade disse:

    Embaixadora foi cantar o hino rsrsrs quando se faltam palavras melhor fazer o basico a retirada!!!

  2. José Dantas disse:

    Parabéns embaixadora, colocou essa figura folclórica comunista no lugar dela… Lixo!

  3. antonio disse:

    UMA EMBAIXADORA QUE VAI PERDER TEMPO BATENDO BOCA COM UM ANALFABETO COMO ESSE EX-BBB,TÁ COMPLICADO A COISA……..

  4. Keyla disse:

    E o desgoverno Bolsonaro vai ficando cada vez pior…
    Passando em baixo na ONU para o Wyllys!
    Presidente, chama algum intelectual de esquerda e tente subvertê-lo com um bom salário, quem sabe assim você encontra alguém capaz de falar algo com nexo nesse seu governo.
    Mandar seus coleguinhas para os EUA aprender sobre terraplanismo com o Olavo não vai te ajudar muito!
    Seu Guru é tão competente no que faz, que vive agora de vaquinha virtual para poder se sustentar! Que belo fim!

    • Keyla disse:

      embaixo*

    • Pátria e Família disse:

      Esse Jean é que é uma vergonha pro Brasil.
      A ONU só serve pra essas palhaçadas.
      E manter milhares de empregos pra esquerdopatas. Não resolve nada.

    • João Maria disse:

      Kkkkkkkk
      Chora ptralhada, chorar acalma!!!!

    • PTdorento disse:

      E você, por que não toma o destino maravilha, tal como, Cuba ou, até mesmo, Venezuela? Se liga, se não for para os países ligados a sua ideologia política, fica numa boa, pois Lula está, baba…

‘Todo feminismo acaba sendo um machismo de saia’, diz Papa em reunião no Vaticano

Foto: GIUSEPPE LAMI/AFP

No segundo dia da reunião “A proteção de menores na Igreja”, que reúne 190 membros do alto clero no Vaticano, o Papa Francisco ouviu o discurso da professora de Direito Canônico, Linda Ghisoni, para em seguida falar sobre a presença dela no encontro, considerado um marco na história da Igreja.

— Convidar uma mulher a falar não é entrar no modo de um feminismo eclesiástico. Porque, no final, todo feminismo acaba sendo um machismo de saia — disse, acrescentando na sequência: — Não. Convidar uma mulher para falar sobre as feridas da Igreja é convidar a Igreja a falar sobre si mesma, sobre as feridas que tem. E isso eu acho que é o passo que devemos fazer com muita força: a mulher é a imagem da Igreja, uma esposa, uma mãe. Um estilo. Sem esse estilo, falaríamos do povo de Deus, mas como uma organização, talvez um sindicato, mas não como uma família parida pela mãe Igreja.

Antes das declarações do Papa, Linda Ghisoni havia feito sua palestra sobre “agir em conjunto”. Tratou da importância da escuta das vítimas e de se romper o silêncio em torno do assunto.

— Como podemos falar de proteção de menores na Igreja, sem considerar as vítimas e suas famílias, sem falar dos abusadores, dos cúmplices, dos negacionistas, dos acusados injustamente, dos negligentes, dos que desviaram os casos, dos que tentaram falar e agir mas foram calados? — questionou ela para responde rem seguida: — Ajoelhados: essa seria a postura adequada para tratar os assuntos destes dias.

O Papa disse que o discurso de Ghisoni era próprio de “uma mãe”, completou que a Igreja mesma “é uma mãe” e saltou para o tema da presença de mulheres instituição:

— Não se trata de dar mais funções à mulher na Igreja. Sim, isso é bom, mas isso não resolve o problema. Trata-se de integrar a mulher como uma figura da Igreja em nosso pensamento. E pensar assim também na Igreja com as perspectivas de uma mulher — conclui o Papa.

O pronunciamento ocorreu na tarde desta sexta-feira, segundo dia do encontro que reúne clérigos de todo o mundo no Vaticano para debater o tema do abuso de menores na Igreja, em meio à escalada de denúncias de casos em diversos países. A reunião, convocada de forma extraordinária pelo Papa Francisco, segue até domingo, entre palestras, falas do Papa e de sacerdotes, orações e grupos de trabalho — que incluem sobreviventes de abusos cometidos por padres.

Já no primeiro dia do encontro, nesta quinta-feira, um vídeo com cinco depoimentos de vítimas foi apresentado aos 190 clérigos. Em relatos emocionados, os sobreviventes contaram suas histórias e pediram que a Igreja tomasse medidas concretas para combater a pedofilia na instituição.

No segundo dia do encontro, o cardeal americano Seán Patrick O’Malley falou sobre a “terrível crise” que atingiu os Estados Unidos, segundo ele, por causa das “omissões” Boston, de onde O’Malley é arcebispo, foi palco de uma série de denúncias de abuso sexual, reveladas pelo jornal Boston Globe. A investigação dos repórteres deu origem ao filme Spotlight, que levou o Oscar de melhor filme em 2016.

— Não há nada mais urgente para a Igreja do que debater os abusos. Em nossa aldeia global, um fato que ocorre numa parte do mundo tem consequências para todos. Por isso devemos nos ajudar e nos apoiar uns aos outros para tornar a Igreja um lugar seguro para todos, especialmente para as crianças — disse O’Malley.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] ‘Todo feminismo acaba sendo um machismo de saia’, diz Papa em reunião no Vaticano […]

  2. Ideologia de gênero disse:

    Todo feminismo é amassar bombril e fazer sabão quis dizer a Vossa Santidade Papa Francisco. Querem empurrar nas escolas nas crianças, criancinhas.

Bolsonaro se reunirá com Trump em março na Casa Branca

O chanceler Ernesto Araújo e o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em reunião na Casa Branca, nos EUA. FOTO: EFE/ERIK S. LESSER

O presidente Jair Bolsonaro se reunirá com seu homólogo dos Estados Unidos, Donald Trump, em meados de março na Casa Branca, segundo afirmou nesta terça-feira (5) o chanceler Ernesto Araújo.

Em entrevista à imprensa, Araújo disse que a visita de Bolsonaro aos Estados Unidos foi um dos temas que centrou sua reunião em Washington com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

“Em meados de março, ainda estamos determinando a data”, afirmou Araújo, que explicou que, durante sua visita, Bolsonaro abordará tantos temas econômicos como assuntos relacionados com a segurança e a diplomacia na América Latina.

A crise na Venezuela foi o outro assunto que centrou a reunião de Araújo e Pompeo, assim como o encontro que o chanceler brasileiro teve com o assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton.

Em mensagem no Twitter, Bolton detalhou que ambos falaram sobre a “logística” para oferecer ajuda humanitária ao povo venezuelano, assim como sobre seu “apoio mútuo” ao líder do parlamento, Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente em exercício da Venezuela e ganhou o reconhecimento, entre outros, de EUA e Brasil.

Os EUA já começaram a enviar pacotes de ajuda humanitária com alimentos e remédios para o povo venezuelano, segundo informou no sábado à Agência Efe um porta-voz da Casa Branca.

Neste final de semana, Guaidó anunciou que tinha sido formada uma “coalizão nacional e internacional” de assistência humanitária para a Venezuela com pontos de armazenamento de comida e alimentos na Colômbia e no Brasil, assim como em uma ilha do Caribe não especificada.

A entrada de ajuda humanitária através de um corredor humanitário poderia requerer a presença de tropas, fossem americanas ou de algum outro país latino-americano.

O Grupo de Lima, integrado entre outros pelo Brasil e pela Colômbia, decidiu na segunda-feira não considerar a opção militar para forçar a saída da presidência de Nicolás Maduro, que tomou posse do seu cargo em 10 de janeiro após a realização de eleições questionadas por parte da comunidade internacional.

R7, com Agência EFE

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fagner disse:

    Sei não. Acho mais fácil Mourão ir.

  2. Barata disse:

    Será q vai?

  3. Quirino disse:

    Eita que vai subir a catinga de c% no gabinete de Trump! kkkk

  4. Zé Mané disse:

    Eita, agora o Brasil vai ser os EUA 2. Hehehe

Fátima diz que Governo está concentrado no drama do atraso nos salários dos servidores públicos, e reunião com superintendente do Banco do Brasil mira operação de crédito para antecipação de royalties do petróleo

A governadora Fátima Bezerra recebeu na manhã desta quarta-feira (9), o novo Superintendente do Banco do Brasil no Rio Grande do Norte, Antônio Carlos Servo, para tratar da operação de crédito para antecipação dos recursos dos royalties do petróleo, renegociação da operacionalização da folha de pagamento dos servidores e a regularização dos débitos referentes aos consignados. Estas medidas são consideradas prioridades pela chefe do Executivo estadual.

O desdobramento desta reunião acontecerá na próxima sexta-feira (11), em Brasília, onde a governadora e o secretário de Planejamento e Finanças (SEPLAN), Aldemir Freire, estarão reunidos com a diretoria do Banco do Brasil.

“O nosso Governo está concentrado no drama provocado pelo atraso nos salários dos servidores públicos. Estamos trabalhando incansavelmente para que, com o apoio do Banco do Brasil, possamos dar celeridade a este processo, além de garantir receitas extras, e, o quanto antes, darmos fim a esta triste realidade”, ressaltou a governadora.

Aldemir Freire destacou que o compromisso da gestão é não reter o repasse dos empréstimos consignados, como ocorreu na gestão anterior. “Estamos em negociação sobre a retomada dos consignados para os servidores. O Estado tem uma dívida grande com o banco, mas a proposta é que ao firmarmos um acordo para manter os repasses em dia, em contrapartida o banco volte a liberar empréstimos aos servidores”, explica.

O superintendente do Banco do Brasil disse que “Estamos junto com o Governo buscando alternativas para estruturar a operação de crédito, com celeridade. Estaremos em Brasília junto a área econômica do Governo Federal trabalhando para efetivar estas medidas”.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Posso saber porquê estão sorrindo…
    Alguém pode me explicar.

  2. Judeu disse:

    Qualquer economista sério sabe que o Governo vai entrar em colapso em breve período de tempo. Folha milionária com salários em boa parte incompatíveis com a estatura econômica do ente, déficit previdenciário crescente e insustentável( mais 60% dos funcionários tem algum tipo de aposentadoria especial, portanto, o que deveria ser especial se tornou regra) e resistência em fazer um ajuste fiscal sério, vão levar o RN a bancarrota.

  3. Lorena disse:

    Agora está sentindo na pele, a cobrança, e muito fácil criticar e falar que pode, e agora, como vai fazer

  4. Francisco disse:

    Petralha é como velhaco, não perde uma oportunidade pra comprar fiado, como que essa louca vai fazer pra administrar o estado de tá querendo antecipar todas as receitas do estado, e se atualmente as receitas não dá nem pra pagar os funcionários. Eu disse, vamos ser a Venezuela nordestina.

  5. Teo disse:

    Quando vai dispensar todos os comissionados, devolver os 1.100 carros alugados, encerrar o transporte cidadão (que anda com os ônibus vazios)…… Tá na hora de trabalhar!!

    • Luciana Morais Gama disse:

      Até agora não vi Fátima Bezerra falar em CORTAR GASTOS.

  6. George disse:

    Vai comer na frente, ótima solução!

  7. Teo disse:

    Será que Robson Faria saiu com seu salário atrasado?

  8. Brasil é verde e amarelo disse:

    A MUIE do GOPI vai terminar de quebrar o RN ….a ideia é vender o RN ,ela não abre essa maldita boca para trazer investidores,atrair indústrias,gerar empregos ,diminuir a máquina pública ,só fala em pegar dinheiro ,jeito PTralha de ser

Reunião do movimento Marcha da Maconha acontece nesta terça na UFRN

Reprodução: Facebook

A Marcha da Maconha é um movimento político e social que acontece há mais de dez anos no Brasil e luta pela legalização da maconha. Na capital potiguar, interage com seus seguidores através da rede social Facebook sobre atividades durante o ano.

Neste fim de ano, nesta terça-feira(11), a partir das 18h, o movimento Marcha da Maconha Natal se reúne no Departamento de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com as pautas: extrato de atividades 2018 e planejamento 2018.

Um resumo do movimento em escala nacional

Trata-se de um dia de luta e manifestações favoráveis a mudanças nas leis relacionadas a maconha, em favor da legalização da cannabis para fins de medicinais, regulamentação de comércio e uso.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cristiano disse:

    Porque a imprensa não noticia isso nacionalmente pra da mais conotação política a esta Universidade?

  2. LULADRÃO disse:

    É o retrato da UFRN após o desgoverno petista. Aquela instituição virou uma casa de mãe Joana. É um antro de homossexualidade e libertinagem em todos os sentidos.

  3. paulo martins disse:

    Ora, se a Uferrenê precisa fazer marcha da maconha. Aquilo ali já é um paraíso jamaicano.

  4. Pedro Ernesto Guanabara disse:

    Não me espanto pelo local escolhido.
    A lenda reinante diz que o setor II e um local onde a maconha foi liberada e o foi sob olhos complacentes de quem deveria combater isso.
    Será?

  5. lampejao disse:

    Estudar que é bom esses Vagabundos nao querem!!!

  6. Brasil! disse:

    A UFRN já era!

  7. Teixeira disse:

    Que nível se tornou os profissionais formados pelas universidades do pais, profissionais escravos de substâncias ilícitas e delirantes, ? Deus acuda a humanidade?

  8. Igo disse:

    Pega um cigarro de maconha e enfia no c.. desses manés. Vão estudar bando fariseu.

  9. Silvio disse:

    Pau nesses vagabundos. Uma lavagem de roupa seria um bom começo pra esses maconheiros.

  10. Tina disse:

    Patrocinado pelo sindicato ou do pcc? Tem que investir nesses petralhas, vai que luladrão é inocentado.

  11. Anderson disse:

    Chibata no lombo desses marinheiros.

    • Marcelo disse:

      Porque marinheiro?
      Somos de uma classe de muito trabalho, honestidade e princípios éticos e morais. Pense bem antes de falar ou julgar alguém!

    • Sérgio Nogueira disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkk, desculpe, não tive como me conter.

  12. FRANCISCO DAS C A COSTA disse:

    olha o fumaçe aí gente. O PAÍS COM TANTOS PROBLEMAS DEIXADOS PELOS QUE QUERIAM UM FUMAÇE MUITO MAIOR , PODENDO AJUDAR A DIMINUIR A POLUIÇÃO TAO QUERENDO É AUMENTAR. POLITICA DA BOA.

  13. Anderson disse:

    Ai lilo

  14. Anderson disse:

    Se é um "movimento político e social", por que usar a máquina pública como escritório e palco de "planejamento"?

Associações de oficiais e praças, policiais e bombeiros militares do RN se reúnem nesta segunda para discutir novas estratégias

Ainda falta o Governo do Estado efetivar o pagamento do 13°, a implantação dos níveis e o pagamento retroativo das promoções

Os representantes das associações de oficiais e praças, policiais e bombeiros militares do RN, se reunirão nesta segunda-feira (6). Em pauta, os itens do Termo de Compromisso ainda não cumpridos no prazo acordado. Após a reunião será anunciada data para Assembleia Geral com toda a categoria, a fim de deliberar as estratégias de mobilizações.

Segundo o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), ainda falta o Governo do Estado efetivar o pagamento do 13°, a implantação dos níveis e o pagamento retroativo das promoções (a partir de dezembro de 2015).

Durante estas últimas duas semanas, as entidades têm percorrido as secretarias do Estado para acompanhar o andamento das demandas, ainda em ritmo lento para conclusão, conta Eliabe. “Possivelmente sairemos da reunião com uma data para Assembleia Geral e junto com a categoria deliberaremos as ações”, afirma.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pajé disse:

    Pode andar nas principais rua de Natal e vc não vê uma dupla PM circulando a pé. Tudo dentro das viaturas esperando a hora do almoço para pegar as quentinhas nos restaurantes. Alô comando!! coloquem duplas de PMs circulando pelas ruas de Natal. Tirem esse povo de dentro do quartel e dos carros.

  2. Judson disse:

    O ESTADO FALIU E TEM DUAS POLICIAS APOSENTADAS, TUDO COM 50 E POUCOS ANOS. AGORA ACABOU O DINHEIRO E A ESTRATÉGIA É TRANSFORMAR EM GRANA AS FOLHAS DAS ÁRVORES DO CENTRO ADMINISTRATIVO.

  3. Frasqueirino disse:

    Esse pessoal tá pensando que só policial é que merece receber em dia no Estado? Dessa forma a população a cada dia se convence que o movimento tem cunho político.

  4. Ricardo Pufal disse:

    Já passou da hora do STF disciplinar o direito de greve! Para que abusos não sejam cometidos, seja qual for a categoria profissional.

  5. Ronaldo Sergio disse:

    Ea presença da PM nas ruas é minima. Mal vejo viaturas circulando. Acho que continuam "aquartelados"…kd o trabalho intensivo para que o Governador fique com cara de "banana com leite em pó" ???

  6. msael disse:

    foi feito um acordo e até nada saiu do papel.Visite a unidade de policia do seu bairro e comprove pessoalmente as condições de trabalho e não os que alguns falam e ou outros que ouvem/ ou ouvi falar.Faça sua parte cidadãos brasileiro investiguem pra onde estão sendo gasto seu dinheiro.

  7. Joca disse:

    Kkkk esses sao polícia de escritório ,homi faça um teste …atravesse a cidade de ponta a ponta NÃO SE ACHA 1( uma) viatura ,mas em compensação em padarias e restaurante !!!! Estão sempre filando uma BOIA

  8. Reginaldo disse:

    Governador pague o que deve aos policiais.

  9. henrique disse:

    Primerio era as viaturas que não prestavam, depois atraso e salários e agora è mais $$$$$$$$, francamente isso está cansando. politicagem pura.

    • Felix disse:

      E o amigo deve ser esses que recebem do governo sem fazer nada, vem ser Militar, ai você sabe como é fazer parte da segurança publica do nosso estado.

  10. Silva disse:

    Esse Eliabe é um politiqueiro, tá querendo um mandato.

Governadores do Nordeste articulam proposta conjunta sobre segurança na região para Michel Temer

Os governadores da região Nordeste pretendem definir uma proposta conjunta e vão levar ao presidente Michel Temer para que seja adotada na região como medida para a área de segurança pública, informou a Tribuna do Norte.

Os governadores pretendem apresentar ao presidente uma pauta comum de ações emergenciais, que precisam do apoio do governo federal, no combate à violência nos estados.

A partir do anúncio da criação do Ministério da Segurança Pública pelo presidente da República, Michel Temer, os governadores tomaram a iniciativa de articula essa proposta. Eles definiram que vão se reunir em João Pessoa (PB), em breve, a fim de debater a questão do  combate a criminalidade nos nove estados nordestinos.

A data ainda não está agendada, mas o governador do Rio Grande do Norte,
Robinson Faria (PSD) confirmou que “nos próximos dias” participará da reunião na capital da Paraíba, a fim de tirarem uma proposta conjunta para melhorar a questão da segurança pública nos estados do Nordeste, “que sempre se reúnem a cada dois meses” para uma discussão sobre a solução dos problema dos seus estados.

Robinson reclama da falta de isonomia no tratamento com estados

por Dinarte Assunção

O governador Robinson Faria reclamou na reunião desta terça-feira com o presidente Michel Temer que o princípio da isonomia não foi aplicado ao Rio Grande do Norte.

Foi esse um dos princípios evocados pelo MP de Contas das União para barrar a Medida Provisória que iria socorrer o Estado para colocar os salários em dia.

O governador ponderou na reunião que o Estado, um dos que menos devem no Brasil, foi prejudicado com a anistia de dívidas por parte da União aos entes federados.

Alagoas, por exemplo, teve uma dívida de R$ 70 milhões mensais perdoada – quase um bilhão de reais ao ano.

Como o RN é pouco devedor, tal anistia pouco teve de impacto nas finanças públicas do Estado. Agora, pede-se uma compensação em nome do princípio da igualdade.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fora PT Cramunhão disse:

    IRMÃO, ESSA CORRUPÇÃO TODA DE LULA E DO PT FICA DIFÍCIL TER DINHEIRO NO BRASIL. LULA E O PT ROUBARAM O TESOURO NACIONAL, O DINHEIRO DA NAÇÃO,…

  2. O povo é bobo disse:

    E a falta de bancada!

  3. Felipe disse:

    o sistema tributário brasileiro é todo doido, com estados e municípios enfraquecidos. Isso é algo muito sério! Os tributos da Uniao são infinitos: Imposto de Renda, IPI, COFINS, INSS Patronal, INSS dos empregados, Contribuição sobre o lucro líquido (CSLL), CIDE, ITR (imposto territorial rural), etc etc etc, é uma montanha, Imposto de Importação, Imposto de Exportação, etc, etc, vou parar que são muitos. Aí o que segura o Estado do RN? ICMS, IPVA e ITCMD basicamente. É injusta ou nao essa repartição de receitas?! Tem que rever isso, tornar os Estados mais fortes, afinal somos ou nao uma federação? Uma republica federativa somente no nome!? P/ o Estado do RN o custo de um procurador do Estado é o mesmo custo de um procurador da União. Mas como? se as arrecadações estaduais e federais são tao desiguais?! Brasil: esse país é doido, esculhambação total. A parcela de arrecadação federal destinada aos estados era p/ ser muito maior diante das despesas que estes tem. O caos é total, o sistema como um todo é totalmente falho. É falha em todo canto, junta tudo e deu no que deu!

  4. Desalentado disse:

    Ninguém está pouco se lixando para o RN, Riquinho comemorando na cadeia, Jájá se refestelando e Fáfá doida para que termine de lascar, para ela ganhar a eleição.

Socorro para folha de pessoal depende diretamente da venda de ativos e de imóveis

por Dinarte Assunção

Uma das principais formas de socorro que o Governo do Estado espera obter do governo federal está diretamente associada à aprovação do projeto que autorizam, na Assembleia Legislativa, a venda de imóveis e ativos do Rio Grande do Norte.

De acordo com o deputado federal Fábio Faria, na reunião com a bancada federal nesta terça-feira (16), foi sinalizado pela equipe econômica de Brasília que para as operações de crédito que devem socorrer o Estado se concretizarem não serão aceitos apenas os imóveis como garantia.

“É muito importante destacar isso. Não há como conseguir os empréstimos colocando os imóveis como garantia. O que nos foi explicado que é eles têm que ser liberados, autorizados para a venda”, explicou o deputado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    Se pelo menos 40% do eleitorado

    do estado anular os votos da próxima eleição, eles mudariam o rumo da história

  2. Alcides disse:

    Vende o servidor precisa receber seu salário

  3. Hilton Macedo disse:

    Conversa FIADA, para enganar bestas. Sempre vão dizer q é para pagar servidores, qdo os recursos ficam disponíveis na conta do Estado eles desviam. ALGUÉM SABE DIZER SE TÊM FORNECEDORES EM ATRASO NO RN?

  4. Frasqueirino disse:

    O RN tem a bancada mais fraca de todos os Estados da Federação. Todos balançando a cabeça e se curvando as exigências da turma de Temer.

  5. Sinezio. disse:

    Essa é a chamada reunião meia boca, não resolve, so serve pra tira foto. O caminho é outro esses parlamentares ao invés de estarem preocupados em indicar cargos no governo, deveriam botar a faca no pescoço desses disonestos e dizerem. Da qui pra frente ou o sr ajuda ao RN ou vou trabalhar contra a reforma da previdência, o povo potiguar não aguenta essa humilhação, ponto final. O fato é que essa bancada e FRACA IGUAL A CALDO DE BILOCA , são todos descomprometidos com o Estado, só pensam em reeleição.

    • M. D. R. disse:

      O importante que a cúpula, ñ acredita neste Governo, já tem conhecimento que dinheiro para esse governo é buraco sem FUNDO.

  6. Dirã disse:

    Esses Deputados e Senadores do Rn,são mais Fracos que Caldo de Batata…..

  7. Aldair da Silva disse:

    Que chantagem!!!! O governo federal libera para os outros estados sem cobrar nada e para o RN tem essa imposição.

Temer condiciona ajuda financeira ao RN à aprovação de projeto fiscal na AL

por Dinarte Assunção

Em reunião com a bancada federal do Rio Grande do Norte nesta terça-feira (16), em Brasília, o presidente Michel Temer e sua equipe econômica sinalizaram todas as medidas que estão ao alcance da União para socorrer o Estado, mas condicionaram a ajuda à aprovação do ajuste fiscal que está em tramitação na Assembleia Legislativa.

“O governo federal já sabe que o Estado tem a menor folha e custeio do Brasil, que não gastou errado, e que o problema é previdenciário. O governo federal nos vê como um case da previdência, um modelo que vai explodir em outras unidades da federação. Por isso, do que precisamos nesse momento? Da aprovação do ajuste enviado à Assembleia Legislativa para diminuir o rombo nas contas públicas”, explicou o deputado Fábio Faria.

O parlamentar lembrou que atualmente, o rombo nas contas públicas mensal é de R$ 108 milhões. A expectativa é que o projeto de revisão da alíquota previdenciária forneça o maior impacto sobre as contas. Se ele for aprovado, com a contribuição passando de 11% para 14%, em sintonia com as demais medidas, o rombo diminuirá em 50%

Com a aprovação das reformas, o governo federal se mobiliza, então, para aportar a ajuda através da contratação de crédito para despesas da folha de pessoal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Frasqueirino disse:

    Quem vai cobrir o rombo do RN são os servidores que em.nenhum momento contribuíram para o caos financeiro que se instalou no RN.

  2. Jr disse:

    Diminuir os cargos da AL, TJ, e outros órgãos nem fala. Cortar os altos salários que estão acima do teto também não. Tem jeito não. Só um golpe militar mesmo.

    • M. D. R. disse:

      Concordo em gênero, número e grau. E, fechar às assembleias e o congresso Nacional.

  3. BRASILEIRO disse:

    NÃO DEVERIA REPASSAR O DUODÉCIMO PARA O TJ. LÁ SÓ TORRA PARA PAGAR AUXÍLIOS PARA JUIZ E COMISSIONADOS.

  4. Mortadela com pão disse:

    É imoral um negócio desse.
    Retirar as mordomias de quem ganha rios de dinheiro nada.
    Mais uma vez a conta vai pra conta dos pobres coitados.

  5. Eleitor disse:

    Essa ajuda é um presente de grego, aí no final algum milionário vai fazer um bom negócio com a venda dos patrimônios. E os servidores, digam até logo nos direitos estatutários.

Governador convoca bancada federal para discutir solucões para a crise

O governador Robinson Faria convocou a bancada federal para reunião na Governadoria no dia 4 de janeiro, às 10h.

A reunião vem após uma série de conflitos públicos entre o governo e a bancada. Com reunião, proposta inclusive pelo deputado federal Beto Rosado na quarta (27), mas no auge da crise entre os políticos do RN, serão buscadas ações coordenadas para o enfrentamento da crise.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Manda o endereço do encontro para eu ir participar

  2. Cláudio disse:

    O governo federal quer comprar alguns deputados venais para que votem a favor da famigerada reforma da previdência. QUEM VOTAR A FAVOR, NÃO SE REELEGERÁ. O deputado da maldosa reforma trabalhista já tá fora. Acorda RN.

  3. Indignado disse:

    Eu (cidadão do povo) não fui convocado para esta atrasada reunião. Mas convoco, desde já, meus colegas eleitores a promovermos as devidas mudanças no pleito que se aproxima!

    • Cláudio disse:

      Concordo, amigo! Vamos começar trocando as duas cadeiras oligárquicas no senado federal.

  4. Jose disse:

    O pior que os federais não estão nem aí. Fingem com os senadores dizendo : liguei para o presidente, outro diz é hora de unirmos. Querem saber o quê? Quando pior melhor e ir sangrando o governo.

  5. M.D.R. disse:

    Cada vez mais, esse Governador brincando com
    os sentimentos alheios. Mas, acredite se qui se
    ainda tem ousadia de pensar em REELEIÇÃO.

  6. Antônio disse:

    Esse pessoal não tem paciência.
    No réveillon todo mundo ocupado, comemorações…

  7. E costa disse:

    Eles não foram eleitos para olhar para o povo. Estão preocupados com o deles. Logo logo vem o efeito Marun, e povo paga o pato…

  8. cara de otário disse:

    Eh um brincante!

  9. Marcelo disse:

    Esse governador esta brincando com as pessoas !!! Dia 04 de Janeiro ?

  10. Amigo disse:

    Será o efeito Marun?

  11. Jean Carlos disse:

    Dia 04/01 ainda!! porque não amanhã dia 30/12/2017?

    • Flávio Andrade disse:

      Verdade pq não amanhã. Será que esses políticos não podem trabalhar um dia sequer em prol dos servidores do estado? ? O povo está sofrendo sem saúde e segurança e eles nem aí!!!!

Corregedor-geral do MPRN aborda MP resolutivo em reunião de Conselho Nacional

Nesta sexta-feira (18), segundo e último dia da 108ª Reunião do Conselho Nacional dos Corregedores-Gerais do Ministério Público (CNCGMP), o corregedor-geral do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), Anísio Marinho Neto, fez uma explanação sobre a implementação da Carta de Brasília e o MP Resolutivo. O evento começou na quinta-feira (17), no hotel Serhs, em Natal.

“O evento foi coroado de êxito tendo em vista que os debates aqui centraram na questão da efetividade, da resolutividade de querer um Ministério Público proativo e que a Corregedoria seja orientadora, procurando agir junto aos colegas para atendermos as metas e os objetivos”, observou Anísio Marinho, reforçando que também foi discutida a atuação nas Promotorias Eleitorais, um desafio que 2018 reserva para a instituição.

A programação também contou com uma homenagem à corregedora potiguar Zélia Madruga, por ter contribuido ativamente com o Conselho Nacional no debate de questões de fundado interesse institucional e especialmente na qualidade de fundadora da instituição – além de ter sido a primeira mulher a presidi-lo.

“Esse momento muito me emociona porque me reporta a março de 1994 quando na condição de corregedora-geral participei de um encontro de corregedores e naquela ocasião discutimos e concretizamos a ideia da criação do Conselho Nacional”, rememorou a homenageada, destacando que após 23 anos de criação o colegiado está solidificado, forte, atuante e preparado para enfrentar os desafios exigidos pelo momento.

O Conselho reúne os corregedores-gerais dos MPs estaduais, do Distrito Federal, da União, do Trabalho e Militar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Josiel disse:

    Até que enfim alguém do MPRN fala em MP Resolutivo.
    Para quem não sabe, esse é o MP que a Constituição Federal de 88 estabeleceu.
    Porém, o DEMANDISMO é que tem imperado.
    Demandismo facilmente observado na pontuação para progressão na carreira utilizado pela corregedoria. Quem demanda mais (quem abre mais inquéritos e ajuíza mais ações) é que progrede na carreira. Então vamos meter o pau a abrir processo contra todo mundo por tudo quanto é motivo.
    Exemplo disso está nas promotorias especializadas.
    Os Promotores que se propõem a serem Resolutivos e buscam a solução dos problemas por outros meios estão fadados a serem perseguidos e taxados de pouco produtivos em função dos demandistas exigirem apenas números e não qualidade. Igual a muitos órgão do governo que se preocupam mais com horários dos servidores do que se os trabalhos estão em andamento e não existem pendências. Velha questão entre quantidade versus qualidade.
    O que é melhor?

Órgãos de segurança definem plano de operações para manifestação desta quinta-feira em Natal

Reunião GGI 2O Gabinete de Gestão Integrado Estadual (GGI-E), composto por órgãos da segurança pública das esferas municipal, estadual e federal, além de outras instituições, definiu em reuniu na tarde desta quarta-feira (30), na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), o plano de operações a ser executado para garantir que a manifestação social desta sexta-feira (31), em Natal, transcorra mais uma vez de forma pacífica e ordeira, semelhante a ocorrida no dia 18 deste mês.

Desta vez, a concentração dos participantes está marcada para às 16h, e ocorrerá novamente no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira. A partir das 16h30 os manifestantes seguirão a pé, em deslocamento no contra fluxo da Avenida Salgado Filho e ocuparão a marginal e a via principal da BR 101 (sentido Parnamirim/Natal) até a praça do Bairro Mirassol. No primeiro protesto apenas a marginal foi ocupada. O encerramento está previsto para às 19h.

Cerca de 550 profissionais, entre agentes de segurança pública (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Itep, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Guarda Municipal), trânsito, entre outros órgãos, está sendo disponibilizado pelos governos Federal, Estadual e Municipal especialmente para o evento em Natal. A previsão inicial dos organizadores é de que 15 mil pessoas participem da manifestação.
A recomendação do GGI-E é para que condutores de veículos evitem trafegar no trecho da manifestação a partir das 15h, quando uma das vias, sentido Parnamirim/Natal será interditada.

A Polícia Rodoviária Federal orienta os condutores que necessitarem deslocar neste sentido que busquem recorrerem a vias paralelas, como o prolongamento da Prudente de Morais (entrado pelo Conjunto Cidade Satélite), Avenida Integração (retornando pelo viaduto de Ponta Negra) ou pelas rotas do Campus Universitário (entrado pela Avenida Eng. Roberto Freire). Por uma questão de segurança não será permitida o acúmulo de pessoas nas passarelas sobre o trecho do percurso.

A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito Urbano (STTU) reforça a recomendação da PRF, já que uma das vias da Avenida Salgado Filho estará interditada, orientando os condutores a seguirem pelas avenidas São José, Jaguarari, Rui Barbosa e Prudente de Morais e também a Via Costeira.

A Polícia Civil atuará com uma Delegacia Móvel, que permanecerá nas proximidades do posto de gasolina existente no bairro do Mirassol, completa com delegados, agentes e escrivães. Além disso, equipes extras da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) e profissionais velados do serviço de inteligência estarão circulando no evento. O funcionamento das delegacias de plantão Zona Norte e Sul ocorrerá normalmente. Ao todo, a Polícia Civil contará com 30 policiais envolvidos na operação.

A Polícia Militar e os Bombeiros contarão com diversas unidades operacionais distribuídas em pontos estratégicos do percurso. Somente a PM estará com um efetivo de 450 policiais, sendo deste total, 80 do Comando de Policia Rodoviária Estadual (CPRE) e os demais do Comando de Policiamento Metropolitano. Barreiras policiais serão montadas em todo o perímetro do evento, onde ocorrerão abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita.

Policiais também serão distribuídos a pé e veículos durante todo o percurso para garantir a segurança dos participantes, bem como do público que circulará pelo trajeto. Já os bombeiros atuarão com cerca de 20 militares especializados no atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio que caminharão junto com os participantes oferecendo o atendimento necessário. Além disso, a tropa se manterá de sobreaviso para qualquer necessidade de acionamento imediato.

O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) irá disponibilizar uma Plataforma de Observação Elevada (POE) que estará transmitindo imagens em tempo real para o Centro de Comando e Controle Móvel onde estarão os comandantes das unidades operacionais.
O Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E) será ativado a partir das 14 horas, na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) visando facilitar a comunicação entre os órgãos envolvidos na operação e a imprensa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nice disse:

    Interessante que se monta todo um aparato pra ficar resguardando esses sem futuro no meio da rua, e enquanto isso, a MAIORIA DA POPULAÇÃO fica a mercê dos bandidos….É um absurdo, que a população não mereça diariamente um PLANO DE SEGURANÇA para podermos ter a certeza de que não seremos, assaltados, ou até mesmo não ter nosso retorno para nossas casas!!!! Q GOVERNO É ESSE!!!!

  2. Paulo disse:

    Essa turma da mortadela e 30 reais só da trabalho ao poder publico, e a população faz no dia de semana para causar transito e transtorno a população.

  3. caio fabio disse:

    Esses pelegos defensores dos PTralhas deviam arranjar uma lavagem de roupa ao invés de perturbar o direito de ir e vir dos que trabalham