VÍDEO: 'McDonald's': gerentes mandavam funcionários passar mostarda em queimaduras

As batatas são fritas em uma mistura de óleos vegetais aquecidos a mais de 160 graus Celsius. A grelha dos hambúrgueres fica coberta de gordura. E os fornos também tão estão sempre quentes. Este cenário é propício a um acidente. E a queimadura é o ferimento mais comum entre os trabalhadores de redes de fast-food nos Estados Unidos — já afetou 79% da força de trabalho —, segundo pesquisa sobre segurança no trabalho divulgada na segunda-feira pela Hart Research Associates. E para tratar dos ferimentos, a indicação dos gerentes do McDonald’s, segundo relato de um grupo de trabalhadores, era aplicar condimentos, como mostarda e maionese.

ASSISTA VÍDEO AQUI 

Por isso, 28 trabalhadores do McDonald’s em 19 cidades americanas apresentaram queixas de saúde e segurança junto a reguladores federais e estaduais do país, alegando condições de trabalho perigosas que levaram a queimaduras graves com óleo de fritura.

As reclamações abriram um novo front em uma campanha de mais de dois anos de trabalhadores e sindicatos que buscam dobrar o salário para US$ 15 por hora e melhorar as condições de trabalho para os funcionários de redes de fast-food nos EUA. Os relatos das condições de trabalho foi registrado pelo grupo Fight for 15 em vídeo por alguns trabalhadores. (Veja abaixo o vídeo em inglês)

Os trabalhadores do McDonald’s, que também alegaram terem sido submetidos a roubo de salários, discriminação racial e retaliação por tentativa de sindicalização, esperam que o McDonald’s seja responsabilizado pelas ações de seus franqueados.

As reclamações, encaminhadas nas duas últimas semanas à Administração de Saúde e Segurança Ocupacional dos EUA (Osha, na sigla em inglês) bem como a várias autoridades estaduais, incluem alegações de que trabalhadores eram pressionados a limpar e filtrar óleo de fritadeiras ainda quentes.

As reclamações, que têm como alvo 19 lojas franqueadas e nove operadas pelo McDonald’s, também afirmam que em muitos estabelecimentos faltavam kit básicos de primeiros socorros ou equipamentos de proteção adequados para a segurança do trabalhador. Também alega que gerentes disseram a empregados para tratarem queimaduras com condimentos como mostarda e maionese.

O McDonald’s disse que a companhia e suas franquias estão comprometidas em prover condições de trabalho seguras para empregados em cerca de 14 mil lojas nos EUA.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jorge disse:

    O diferencial do seu blog era os comentários que você os publicava,mas pelo visto Bruno por querer baixar custo não tem quem leia e publique os comentários ……seu blog com o tempo será mais um……chegar ao top é fácil difícil é ser manter !!!! Cabide na assembleia não é emprego é bico !!!!!

COMENTE AQUI