Agora é torcer pelo sorteio: Copa do Mundo recebe mais 3,5 milhões de pedidos por ingressos

A Fifa revelou nesta quinta-feira que 3.505.656 ingressos foram requisitados por torcedores na segunda fase de vendas dos ingressos da Copa do Mundo. Os pedidos foram realizados por meio milhão de torcedores de 199 países, sendo que aproximadamente 80% dos interessados são brasileiros, que solicitaram 2,6 milhões de entradas para os 62 jogos – os ingressos para a abertura e a final não estavam à disposição.

Os torcedores dos países das 32 seleções classificadas para a Copa do Mundo têm até o dia 7 de fevereiro para pedir ingressos das equipes participantes através do site da Fifa. A entidade destacou que somente os nativos ou residentes dos respectivos países em campo podem requisitar as entradas.

Para cada jogo, 16% dos ingressos são reservados para esses torcedores, sendo 8% de cada país. E a Fifa explicou que recebeu pedidos de 95.848 torcedores, que requisitaram 585.350 ingressos de seleções participantes.

O sorteio eletrônico dos ingressos que tiveram mais pedidos do que a demanda comporta será realizado em fevereiro com a participação de representantes da Caixa Econômica Federal e do Ministério do Esporte, além de um tabelião público.

Todos os solicitantes serão informados por e-mail ou mensagem de texto quanto ao êxito ou não do pedido até 11 de março. Assim, o novo período de vendas de ingressos, dessa vez por ordem de pedido, começará apenas no dia seguinte.

“Com um total de pouco mais de 3 milhões de ingressos disponíveis para os 12 estádios, os pedidos são em quantidade pelo menos 10 vezes superior ao estoque que temos. Naturalmente, esse nível de demanda pode causar decepção, insatisfação e incompreensão entre os fãs de futebol. Este é o maior problema com ingressos para a Copa do Mundo, já que não podemos agradar a todos, mas que não deixa de ser um grande sinal da enorme expectativa para o evento”, explicou Thierry Weil, diretor de marketing da Fifa.

Na primeira fase de vendas, realizada ainda antes do sorteio dos grupos ocorrido no dia 6 de dezembro – quando foi definido o calendário de jogos da Copa -, foram comercializados quase 1,1 milhão de ingressos.

Estadão