Água que chega a Currais Novos tem mau cheiro, acusa deputado

O deputado Ezequiel Ferreira disse que a população anda reclamando do mau cheiro da água vinda do Sistema Adutor do Seridó, que abastece Currais Novos através de um canal que traz água do Açude Gargalheiras, em Acari. O reservatório está atualmente com volume de 30,32% de sua capacidade.

 “Eu soube que a Caern e a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos implantaram novas válvulas, material filtrante e fizeram a calibração da Adutora no início deste ano, mas a qualidade da água que chega à casa da população de Currais Novos tem um forte mau cheiro”, argumentou. Ezequiel, que passa o feriado da Semana Santa em Currais Novos, disse que vai colher mais dados e fará um pronunciamento na Assembleia Legislativa, na próxima semana.

O Sistema Adutor do Seridó teve obras recém-concluídas pelo Governo do Estado. “Essa adutora foi construída para garantir o abastecimento de água das cidades de Currais Novos e Acari pelos próximos 20 anos. Soube que técnicos da Caern falaram que falta um produto para melhorar a água, que tem que vim de São Paulo. A população não pode continuar recebendo uma água com mau cheiro, que até para tomar banho incomoda, além da possibilidade de atrair doenças. Isso impossibilita a população até do uso diário de higiene”, frisou.