Polícia

Caso F Gomes: Promotor denuncia Advogado, Pastor, Tenente Coronel e Soldado

O Promotor de Justiça, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, entregou no final da manhã de sexta-feira, (11, na secretaria da Vara Criminal da Comarca de Caicó, a denúncia contra os últimos quatro presos sob suspeita de participação na morte do jornalista F Gomes.

Os presos, Rivaldo Dantas de Farias, Gilson Neudo Soares do Amaral e Marcos Antônio de Jesus Moreira, foram denunciados por homicídio triplamente qualificado. As qualificadoras são: homicídio mediante paga, praticado por motivo fútil e cometido à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.

O promotor entendeu que para eles cabe a mesma situação de João Francisco dos Santos, (Dão), que assassinou F Gomes, em frente a sua residência, no dia 18 de outubro de 2010, ou seja, de acordo com o artigo 29 do CP, Quem, de qualquer modo, concorre para o crime incide nas penas a este cominadas, na medida de sua culpabilidade.

Já o policial militar Evandro Medeiros, foi denunciado por homicídio simples, somado ao artigo 29 (quem, de qualquer modo, concorre para o crime), uma vez que ele é apontado como o guardião da arma usada para matar o radialista. O promotor destaca ainda o parágrafo primeiro do artigo 29, que diz: Se a participação for de menor importância, a pena pode ser diminuída de um sexto a um terço.

Com a entrega da denúncia, o juiz Luiz Cândido Villaça, deverá ouvir as testemunhas arroladas pelos advogados de defesa e da acusação. No passo seguinte deverá ocorrer a sentença de pronúncia ou não, mando que eles sejam levados a julgamento popular.

No rol de testemunhas arroladas pelo Ministério Público estão:

Sheila Maria Freitas de Souza (Delegada)

Rubens Pergentino de Araújo (Agente Polícia Civil)

Sidney Silva (Radialista)

Henrique Baltazar Vilar dos Santos (Juiz)

Lucineide Medeiros da Cunha Lopes (Radialista – esposa de Lailson Lopes)

Renner Dantas de Farias (Irmão de Rivaldo)

Silvio Marcelino da Silva Júnior (Agente da Polícia Federal)

A Denúncia

No dia 18 de outubro de 2010, as pessoas já citadas, em unidade de desígnios entre si e com as pessoas de João Francisco dos Santos e Lailson Lopes, já pronunciados em processo diverso do mesmo evento, deram causa à morte de Francisco Gomes de Medeiros, o qual veio a óbito em razão de disparos de arma de fogo que produziram as lesões letais descritas no laudo de exame necroscópico constante nos autos da Ação Penal.

Com base nas investigações policias, foi possível identificar todos os responsáveis pelo crime e a individualização de suas condutas, merecendo destaque o interrogatório de Lailson Lopes colhido na Cadeia Pública da cidade de Caraúbas, no dia 10 de novembro de 2011, quando prestou esclarecimentos decisivos na elucidação do crime.

Segundo consta no procedimento inquisitivo, o delito se perpetrou de forma consorciada entre os autores e com características de homicídio mercenário. Os denunciados Rivaldo Dantas de Farias, Gilson Neudo Soares do Amaral e Marcos Antônio de Jesus Moreira figuraram como mandantes do crime, tendo sido estes, também, os responsáveis pelo pagamento para sua execução.

Apurou-se, sobretudo pelo depoimento de Lailson Lopes, que o denunciado Gilson Neudo chegou a pagar a Rivaldo Dantas o montante de R$ 3.000,00, cuja finalidade seria auxiliar a fuga do executor imediato do crime, João Francisco dos Santos, conhecido como Dão.

Além desse valor, demonstraram nos autos que o denunciado Marcos Antonio de Jesus Moreira custeou a execução do crime com a importância de R$ 5.000,00, também utilizada para o pagamento de “Dão”, por intermédio do denunciado Rivaldo Dantas. Tal quantia foi adquirida como fruto de parte da venda de um triciclo que aquele negociou com a pessoa de Jorge Sandy de Medeiros, de quem recebeu vários cheques no valor de R$ 1.000,00.

No interrogatório, Lailson Lopes e de Moreira, este último antecipou o levantamento do valor de cinco desses cheque, ou seja, os exatos R$ 5.000,00 com o denunciado Rivaldo Dantas mediante custódia bancária, tendo sido utilizada para a transação a conta correte da pessoa jurídica pertencente a seu irmão, Renner Dantas de Farias, fato corroborado pelos extratos bancários e pelo oficio oriundo da Agência do Banco do Brasil de Jucurutu/RN.

Indagado pela autoridade policial acerca da destinação do referido numerário, o Tenente Coronel da PM não apresentou justificativa convincente, limitando-se a afirmar, genericamente, que havia efetuado o pagamento de dívidas, o que não fora comprovado nos autos do inquérito, ratificando, as afirmações prestadas pelo coautor Lailson Lopes, ou seja, de que aquele teria financiado a execução do crime, principalmente por ter este detalhado, certeiramente, a forma utilizada para pagamento da recompensa ao executor do delito, a saber, “troca” de cheques no valor de R$ 1.000,00.

Ainda foi esclarecido na investigação, que os denunciados, para chegarem ao resultado criminoso pretendido, mantiveram diversos contatos telefônicos entre si, antes e depois do crime, uma ligação seguida da outra, com destinação intercalada entre eles, conforme se pôde extrair dos relatórios de ligações realizadas e recebidas.

O denunciado Rivaldo Dantas revelou-se um dos mais importantes articuladores do crime, tendo intermediado, inclusive, o pagamento combinado para a execução da morte da vítima e fornecido a arma utilizada para tanto.

Constatou-se que o executor dos disparos que vitimaram o radialista F Gomes, o réu João Francisco dos Santos, “Dão”, era empregado e homem de confiança de Rivaldo. No dia do crime, na intenção de instruir seu subordinado e de acompanhar o resultado do plano, comunicou-se com este por telefone por inúmeras vezes, nos seguintes horários: às 18:35hs, 18:42hs, 22:21hs (usando o terminal 84 9962.2430, 22:44hs, 23:40hs (usando o terminal 84 9962.2430), e 23:46hs (usando o terminal 84 9962.2430), e na madrugada seguinte, às 00:27hs. Destaque-se que o próprio “Dão”, conforme termo de depoimento, afirmou que no dia do fato portava dois aparelhos celulares, o que confirma o uso de dos terminais telefônicos distintos.

Além de “Dão”, constam nos extratos de ligações telefônicas que Rivaldo Dantas conversou por telefone com o réu Lailson Lopes inúmeras vezes no dia do fato e na madrugada seguinte, também como forma de acompanhar e trocar informações acerca da execução do crime. As conversas se deram às 18:01hs, 18:10hs, 21:51hs, 22:53hs, 22:56hs, 23:37hs, 02:26hs, 02:32hs, merecendo ênfase a realizada após o crime, ou seja, 21:51hs, quando poucos instantes depois Lailson liga para “Dão”, deixando claro, portanto, que tratavam do crime que acabara de ser consumado.

Ficou evidenciado, também, que o denunciado Rivaldo Dantas possuía forte ligação com o Tenente Coronel Marcos Moreira, motivo pelo qual, inclusive, foi alvo de denúncias publicadas no programa de rádio da vítima, dando conta de irregularidades na fiscalização do cumprimento da pena pelo apenado Melquisedeque Claudino da Silva, seu cliente. Tais fatos foram objeto de ação penal onde o Tenente Coronel Moreira foi denunciado, entre outros crimes, por facilitação da fuga do referido preso.

Outras circunstâncias demonstrativas do vínculo existente entre os denunciados Rivaldo Dantas e Marcos Moreira refere-se à própria negociação acerca da custódia dos cheques, cujos valores serviram para o cumprimento da promessa de pagamento a “Dão”, e aos vários registros de ligação telefônicas realizadas entre eles, antes e depois do crime.

Assim, estando Rivaldo Dantas e o Tenente Coronel Moreira unidos por estreitos laços, e considerando que ambos foram envolvidos nas “denúncias” divulgadas no programa de rádio da vítima, decidiram, simplesmente por esta razão, ceifar a vida da mesma, evidenciando a futilidade da motivação do delito.

O denunciado Gilson Neudo Soares do Amaral, por sua vez, também representou figura relevante no projeto criminoso, na medida em que, a exemplo de Moreira, custeou a execução do crime, tendo repassado para o denunciado Rivaldo Dantas a quantia de R$ 3.000,00 para auxiliar na fuga de “Dão”.

Constatou-se que o pastor Gilson Neudo, parceiro comercial de Lailson Lopes e amigo próximo de Rivaldo Dantas, seu companheiro de igreja, aderiu ao plano de matar o radialista F Gomes pelo simples fato de ter sido objeto de comentários, no seu entender acusadores, noticiados no programa de rádio da vítima, por fato pretérito relacionado à fiscalização de seu estabelecimento comercial, o que de ensejo a uma ação indenizatória por danos morais em desfavor da rádio onde laborava o radialista.

Ainda segundo as investigações, o aparelho telefônico utilizado por João Francisco dos Santos no dia do crime pertencia ao denunciado Gilson Neudo, uma vez que entre os dias 05 e 09 de outubro de 2010, o mesmo código de Imei, conforme monitoramento policial, estava atrelado ao seu “chip” de número 84 9989-4848,  o que evidencia sua ligação também com o executor imediato do crime.

Além de mandantes, Gilson Neudo e Rivaldo Dantas prestaram auxílio direto a “Dão” após a execução do crime, encontrando com o mesmo nas imediações do açude Itans, onde providenciaram a troca de suas vestes para afastar as suspeitas de sua autoria no homicídio.

A partir da quebra do sigilo de dados telefônicos, comprovou-se que o Evandro Medeiros, mesmo com participação de menor importância, interagiu com os demais autores do crime no dia do fato por várias vezes. Pelos extratos, observou-se que o denunciado falou com Lailson Lopes, às 18:36hs, 21:10hs, 21:56hs, e com Rivaldo Dantas, às 21:10hs, ao que tudo indica quando a vítima estaria sendo assassinada, comunicou-se com “Dão”, às 20:55hs, e este (“Dão”) logo em seguida ligou para Rivaldo, às 22:44hs, demonstrando que realizavam tratativas recíprocas para o êxito do plano homicída.

Nos moldes expendidos na peça inaugural da Ação Penal, os disparos de arma de fogo deflagrados contra a vítima se deram de modo que dificultou sua defesa, haja vista que estava sentada na calçada de sua casa, totalmente despreparada, portando, para se furtar de qualquer ato de violência. Apurou-se, ainda, que “Dão”, aguardou o momento oportuno para surpreender a vítima, chegando de capacete em uma moto e efetuando os disparos de inopino, não havendo dúvidas, pois, acerca da incidência da qualificadora prevista no artigo 121, paragrafo 2º e inciso IV do Código Penal.

Os denunciados Rivaldo Dantas de Farias, Gilson Neudo Soares do Amaral e o Tenente Coronel Marcos Antonio de Jesus Moreira, dada a condição de mandantes do crime, e pela forma com que conjuntamente o articularam, tinham o inteiro domínio do fato, inclusive no que concerne aos meios de execução escolhidos, motivos pelo qual a eles também deverá recair a aludida qualificadora.

Registre-se que os denunciados figuram como sujeitos ativos de outros crimes denunciados em ações penais diversas. Rivaldo Dantas, por exemplo foi acusado recentemente da prática de estelionato em desfavor da Loja Eletrocenter, nesta cidade, onde, inclusive o coautor do homicídio objeto dos presentes autos, Lailson Lopes, foi beneficiado indevidamente.

Gilson Neudo, foi denunciado e condenado por tráfico de drogas, nos autos de uma ação penal que tramita na comarca de Caicó, ao passo que a Marcos Moreira foram imputados diversos delitos, entre eles merece destaque a facilitação da fuga do apenado Melquisedeque Claudino, cliente de Rivaldo Dantas.

Com a morte da vítima, sua família também foi vitimizada pela perda da pessoa responsável pela subsistência do lar, o que amplia as consequências lesivas do fato.

Fonte: Blog do Sydney Silva

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil vai vacinar adolescentes de 12 a 17 anos após finalizar distribuição de doses para adultos, anuncia Queiroga

Foto: reprodução/CNN Brasil

O Brasil vai iniciar a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos assim que já tiver distribuído doses a todos os maiores de idade, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira (27) pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e por representantes de estados e municípios.

Neste momento, menores não estão formalmente listados no Programa Nacional de Imunizações (PNI). De acordo com governo federal, Conass e Conasems, a prioridade será para os adolescentes com comorbidades.

Duas semanas atrás, o Ministério da Saúde foi intimado a analisar incluir os adolescentes no PNI, por uma decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O magistrado argumentou que, diante da existência de adolescentes com comorbidades e da adequação da vacina da Pfizer a essa faixa etária, não faria sentido manter a restrição a maiores de idade.

A decisão foi tomada no bojo da análise de um caso da cidade de Belo Horizonte (MG). A prefeitura da capital mineira foi ao Supremo para contestar uma outra decisão judicial, que a obrigou a administrar o imunizante da Pfizer em uma adolescente de 15 anos, portadora de uma doença crônica que afeta os pulmões.

Na nota, o ministro Marcelo Queiroga, o presidente do Conass, Carlos Lula, e o presidente do Conasems, Wilames Ferreira, manifestam concordância com a ideia de que estados e municípios não devem antecipar por conta própria os prazos entre a primeira e a segunda dose de vacinas.

Segundo o documento, foi pactuado que “estados e municípios devem seguir, rigorosamente, as definições do Programa Nacional de Imunizações (PNI) quanto aos intervalos entre as doses e demais recomendações técnicas”.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

IMPRESSIONANTE: Confira drogas, armas, munições e carro apreendidos em operação policial em Extremoz

Imagens: cedidas

Uma operação policial realizada na noite desta terça-feira em Extremoz apreendeu grande quantidade de drogas, fuzil, munições e um automóvel.

VEJA MAIS: BOCA QUENTE: Operação das polícias em Extremoz apreende mais de 180Kg de maconha e cocaína, fuzil e munições

Segundo os policiais, cerca de 180 Kg de maconha e cocaína, além de outra quantidade de pasta base foram apreendidos. Entre as armas, um fuzil M 16 e outra arma de calibre 12.

 

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Conquista da medalha de ouro em Tóquio rende premiação de R$ 250 mil para Italo Ferreira

Foto: reprodução/SporTV

O surfista potiguar Italo Ferreira receberá R$ 250 mil como premiação oferecida pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) pela conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão.

Em junho, o COB anunciou que a conquista do ouro valeria R$ 250 mil. A prata seria recompensada com R$ 150 mil e o bronze garantiria R$ 100 mil aos atletas.

Já as equipes com até seis atletas terão os seguintes valores para serem divididos: R$ 500 mil (ouro), R$ 300 mil (prata) e R$ 200 mil (bronze), em caso de conquista de medalha. Já os atletas das modalidades coletivas podem receber R$ 750 mil (ouro), R$ 450 mil (prata) e R$ 300 mil (bronze), também para serem divididos.

A premiação deverá ser entregue aos atletas ainda durante o ano de 2021, no Prêmio Brasil Olímpico ou em outro evento designado pelo COB. Atletas com medalhas em mais de uma prova acumulam premiação, recebendo a cada conquista.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

BOCA QUENTE: Operação das polícias em Extremoz apreende mais de 180Kg de maconha e cocaína, fuzil e munições

Fotos: cedidas

Uma operação das polícias militar e civil apreendeu na noite desta terça-feira (27) uma grande quantidade de drogas durante uma operação na cidade de Extremoz.

Foram apreendidos aproximadamente 100 Kg de maconha e mais 80 Kg de cocaína.
Na operação, os policiais também apreenderam um fuzil AM 16, 500 munições, uma arma calibre 12, além de uma quantidade de pasta base de cocaína que ainda está sendo contabilizada.

Também foi apreendido um veículo que pertenceria a um vereador do município de Extremoz, com bastante material das eleições passadas no interior do automóvel.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

À Polícia Federal, Luis Miranda nega ter gravado conversa com Bolsonaro e coloca celular à disposição

Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo (01/07/21)

Em depoimento à Polícia Federal (PF) nesta terça-feira, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) negou ter gravado a conversa que teve com o presidente Jair Bolsonaro em 20 de março, em que trouxe denúncias sobre a Covaxin, o mesmo que já havia dito em outras ocasiões. Deixou também seu celular à disposição das autoridades para extração das mensagens sobre o tema.

A PF investiga se o presidente Jair Bolsonaro teria cometido prevaricação ao deixar de levar adiante as denúncias apresentadas por Miranda e seu irmão, Luis Ricardo Miranda, servidor concursado do Ministério da Saúde. Luis Ricardo disse que estava sofrendo uma pressão atípica de superiores no processo de importação da Covaxin, vacina indiana comprada por R$ 1,6 bilhão em contrato hoje suspenso.

Miranda disse que o delegado que o interroga nesta tarde de terça-feira é “muito sério e interessado na verdade dos fatos” e não perguntou “nada que me deixasse constrangido”. O depoimento ainda está em andamento.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Deputado da espécie da Joice Pig, só foram eleitos graças a onda bolsonarista e só, não insignificantes, incompetentes, idiotas, megalomaníacos, mentirosos e loucos. Além de fazem qq coisa p aparecerem

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil fecha dois pontos de vendas de drogas em Macaíba

Foto: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba fecharam, nesta terça-feira ( 27), dois pontos de vendas de drogas, na cidade de Macaíba.

Em um imóvel no bairro Vila José, em Macaíba, foram apreendidas sete munições calibre 38. O local foi identificado como esconderijo de criminosos com mandados de prisão em aberto, entre eles Jean Felipe dos Santos Chiola, conhecido como “Lipe”, que continua sendo procurado. Também foi apreendido cerca de um quilo de maconha, no bairro Recanto Verde.

Foto: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

O responsável pelo entorpecente já foi identificado e conduzido à delegacia, além dos adolescentes que eram usados por ele para a distribuição do material ilícito. A Polícia Civil pede à população que continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.

Opinião dos leitores

  1. Estão roubando a fiação no centro da cidade. Façam uma campana por lá, pois nesses dias só vão ficar os postes.

    1. Ta feliz com Ciro Nogueira na Casa Civil??
      Responde ai gado imundo, o frouxo do Bozo já disse que não vai vetar o fundão eleitoral……só o gado mesmo acreditou no Mentiroso.
      Espero que esteja bastante orgulhoso do BOZO.

    2. Por falar em decreto, cadê o decreto que o Bozo disse está pronto a uns meses atrás ?????
      Esperando até agora aquele frouxo que só sabe blefar e fazer o gado de otário.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

EUA recomendam que vacinados voltem a usar máscara em locais fechados

Pessoas usam máscara em loja de sapatos em Los Angeles, nos EUA, em foto de 20 de maio de 2021 — Foto: Marcio Jose Sanchez/Arquivo/AP Photo

Os norte-americanos totalmente vacinados contra a covid-19 devem voltar a usar máscaras em locais públicos fechados em regiões onde o coronavírus, em especial a variante Delta, estão se espalhando rapidamente, disseram as autoridades dos Estados Unidos nesta terça-feira.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC)também recomendou que todos os alunos e professores, da pré-escola até o ensino médio, usem máscaras, independentemente do patamar de vacinação. O CDC disse que as crianças devem retornar à aprendizagem presencial em tempo integral a partir de setembro, com estratégias de prevenção adequadas.

As mudanças marcam uma reversão do anúncio do CDC em maio, que levou milhões de norte-americanos vacinados a abrir mão de suas coberturas faciais.

Aumento de infecções

Os Estados Unidos voltaram a liderar o mundo em número médio diário de novas infecções, sendo responsável por um em cada nove casos notificados em todo o mundo a cada dia. A média de sete dias para novos casos tem aumentado acentuadamente e está em 57.126.

“Em áreas com transmissão alta, o CDC recomenda que os indivíduos totalmente vacinados usem máscara em ambientes públicos fechados para ajudar a prevenir a propagação da Delta e proteger outras pessoas”, disse a entidade.

O CDC afirmou que 63% dos condados dos EUA têm altas taxas de transmissão que justificam o uso de máscara. A variante Delta é altamente transmissível.

Em maio, o CDC aconselhou que pessoas totalmente vacinadas não precisavam mais usar máscaras ao ar livre e poderiam evitá-las na maioria dos locais fechados, uma orientação que segundo a agência permitiria que a vida voltasse ao normal.

O epidemiologista David Doudy, da Universidade Johns Hopkins, disse que a nova orientação do CDC foi motivada por uma mudança nos padrões de infecção. “Estamos vendo dobrar o número de casos a cada 10 dias ou mais”, disse.

Com informações de Reuters e R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

CASACOR Rio Grande do Norte revela sede para edição 2021


A mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas está de volta e já tem endereço revelado. A 6ª edição da CASACOR Rio Grande do Norte, marcada para acontecer de 27 de outubro a 30 de novembro na capital potiguar, escolheu sua sede em um casarão com quase 4 mil metros quadrados, situado na área nobre da Zona Leste de Natal, no bairro Petrópolis.

Atraente por sua dimensão e beleza, a residência escolhida para a edição 2021 pertence ao casal de empresários Tuiza e Luís Flor, e foi construída com assinatura do arquiteto Ubirajara Galvão, responsável por projetos arquitetônicos que entraram para a história urbanística de Natal-RN desde os anos 60.


Os franqueados Cesar Revorêdo e Luciano Almeida já assinaram contrato e seguem com preparativos para o início das obras. A Mostra vai cumprir, rigorosamente, os protocolos recomendados pelos órgãos da saúde.

“Vai ser mais uma linda e marcante edição. Vamos trabalhar incansavelmente para entregar ao visitante mais do que espaços, e sim, experiências e sensações únicas. Elenco, fornecedores, parceiros e franqueados estarão atuando em sincronia para o melhor”, comentam os franqueados do Rio Grande do Norte.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Motorista de aplicativo que havia sido baleado e preso em Natal após ser confundido com assaltante ganha liberdade

Foto: reprodução

O motorista de aplicativo, José Helynton, que no último dia 19 havia sido baleado e em seguida preso, após ser confundido com assaltante, teve a prisão preventiva revogada e ganhou a liberdade. Familiares dele confirmaram a informação ao Via Certa Natal no início da noite desta terça-feira (27).

José Helynton, de 29 anos, segue no Hospital Walfredo Gurgel, mas já está de alta e aguarda a chegada do alvará de soltura das mãos das autoridades. Ele seguia internado em razão do tiro que sofreu no tórax, durante o confronto entre a polícia e os bandidos que haviam solicitado uma corrida por um aplicativo e que embarcaram no veículo dele, no bairro de Mãe Luíza. Na ocasião, os criminosos haviam anunciado

Na ação criminosa, no dia 19 deste mês, o motorista foi colocado no banco de trás do seu próprio carro e os criminosos saíram pela cidade procurando vítimas para assaltarem. Ao chegarem em uma praça no bairro Candelária, por trás do Natal Shopping, os meliantes assaltaram duas mulheres. Nessa hora Helynton tentou fugir, mas foi recapturado por um dos bandidos, que ainda o ameaçou de morte. Eles seguiram a fuga, mas foram interceptados pela polícia, que já havia sido avisada do assalto, mas não sabia que entre os criminosos havia também uma vítima. Durante a abordagem, deu-se início a uma troca de tiros e Helynton foi atingido no tórax. Dois criminosos também foram baleados.

Uma familiar de Helynton ainda disse que os próprios PMs socorreram o motorista para o hospital. Os assaltantes, ainda segundo ela, também confirmaram a inocência dele, que mesmo assim teve a prisão preventiva decretada na quinta-feira (21).

Opinião dos leitores

  1. Merece uma indenização do Estado, além de ser baleado ficou preso indevidamente. Que se recupere logp.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Com 60% da população vacinada com 1ª dose, mortes e casos de covid-19 caem 40%, segundo o Ministério da Saúde

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Com a vacinação de mais de 96 milhões de brasileiros contra a covid-19 com, pelo menos, a primeira dose do imunizante, o número de casos e de óbitos pela doença caíram cerca de 40%, em um mês, de acordo com dados do LocalizaSUS, plataforma do Ministério da Saúde.

Os números consideram a média móvel de casos e mortes de 25 de junho a 25 de julho deste ano. No caso das mortes, a queda é de 42%: passou de uma média móvel de 1,92 mil para 1,17 mil, no período.

O número de casos caiu para 42,77 mil na média móvel de domingo (25), o que representa redução de 40% em relação ao dia 25 de junho, segundo o Ministério da Saúde.

Vacinas

O Brasil ultrapassou a marca de 60% da população vacinada com, pelo menos, uma dose de vacina contra a covid-19. Nessa situação já são mais de 96,3 milhões de brasileiros, dos 160 milhões com mais de 18 anos. Apesar da boa marca de primeira dose, segundo dados do vacinômetro do Ministério da Saúde, o número de pessoas com ciclo de imunização completo, ou seja, que tomaram duas doses da vacina ou a dose única é de 37,9 milhões de pessoas. Para que as vacinas sejam de fato eficazes, as autoridades de saúde alertam que é necessário que as pessoas tomem as duas doses. “A medida reforça o sistema imunológico e reduz as chances de infecção grave, gravíssima e, principalmente, óbitos em decorrência da covid-19”, destaca o Ministério.

Ainda segundo balanço da pasta, das 164,4 milhões de doses enviadas para os estados, 81,5 milhões são da AstraZeneca/Oxford, 60,4 milhões são da CoronaVac/Sinovac, 17,8 milhões de Pfizer/BioNTech e 4,7 milhões da Janssen, imunizante de dose única. “Todas as vacinas estão devidamente testadas, são seguras e têm autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para serem aplicadas nos braços dos brasileiros”, destacou o Ministério.

Novas doses

Até o fim de 2021, a expectativa é de que mais de 600 milhões de doses de imunizantes contra o novo coronavírus, contratadas por meio de acordos com diferentes laboratórios, sejam entregues ao Programa Nacional de Imunizações. Somente para o mês de agosto, a previsão é de que a pasta receba, pelo menos, 63 milhões de doses.

Produção local

A partir de outubro, o Brasil deve entrar em uma nova fase em relação à vacinas contra a covid-19 com a entrega das primeiras doses 100% nacionais. É que o Brasil assinou um acordo de transferência de tecnologia da AstraZeneca para a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) que permitirá a produção nacional do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) da vacina de covid-19. Atualmente, o Brasil só produz vacina com o IFA importado.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. Se não fosse esse alesado , despreparado, irresponsável, energúmeno, papangú , cagão e agora peidão, muita gente teria sido salva no 🇧🇷.

    1. Pois é pinguinho vc fez faculdade na escola do MST, esse seu ALESADO diz da sua capacidade ortográfica kkkkk.

    2. Ainda bem que na Argentina Lula ganhou.
      110 mil óbitos.
      22 milhões de doses de vacina da Rússia…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *