Com 75 casos suspeitos no RN, Sesap mantém avaliação diária das medidas de prevenção ao coronavírus

A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, afirmou, em entrevista concedida à TV Tropical na manhã desta sexta-feira, 20, que tem mantido avaliações frequentes das medidas de contenção do coronavírus no Rio Grande do Norte. “A Sesap trabalha com ambos os cenários, pensando nos dados que temos e em todas as circunstâncias que podem agravar o quadro, as reuniões são frequentes e as medidas preventivas são reavaliadas diariamente”.

Até o momento os dados correspondem aos 75 casos suspeitos que aguardam resultados dos exames laboratoriais, 32 casos que já foram descartados e apenas um caso confirmado.

Uma instabilidade a nível nacional do sistema do Ministério da Saúde demandou alteração dos processos de trabalho. “Os problemas foram corrigidos no final do dia de ontem e ainda hoje serão divulgados os dados atualizados do MS, em parceria com o Estado do RN”, informou.

Sobre a atualização dos dados do estado, ela explica que a forma de acessar as bases de dados pode provocar uma variação. “Alguns estados estavam liberando essa informação com maior frequência, por utilizarem um sistema de informação único, que só depois alimentava a base do Ministério. Mas o Rio Grande do Norte segue usando a base de dados direto do Ministério da Saúde”.

De acordo com os dados atuais, não há circulação viral comprovada no Rio Grande do Norte. “É um processo mutável, com dados atualizados com uma frequência muito grande e que vai depender dos resultados dos exames”.

O boletim epidemiológico com os dados atualizados no coronavírus no RN deverá ser divulgado ainda hoje (20).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Almir Dionisio disse:

    O governo/sesap não tem feito muita coisa p amenizar a situação, diferente da prefeitura de Natal e do Sec Saude Dr George q com a experiência e vivência na gestão da saúde pública tá agindo rápido.
    O Dr Cipriano só sabe discutir o SUS c seus companheiros e a UFRN .
    A saúde do estado tá um caos. Acorda Fatão q esse vai levar a saúde e o sus do RN p o buraco.

  2. Lope disse:

    O que a SESAP quis dizer e que estamos fundidos pois quem deveria fazer os testes não estão fazendo não querem se contaminar ficam jogando o paciente de um lado pro outro e não se resolve nada

  3. andrea disse:

    acredito que muitos de nós, ja ouviu alguem dizer que esteve na UPA com sintomas relacionados, e que são mandados de volta para casa, sem exames, e que so haverá investigação se a pessoa tiver difuculdade em respirar, então nas ultimas. certas atitudes só ajudam na propagação.

  4. Cigano Lulu disse:

    A palavra da Sesap – e não é de hoje – não vale um tostão furado. Entra governo e sai desgoverno e ela jamais reconhecerá o caos instalado nós corredores dos hospitais de guerra da taba de Poti.

  5. Rodrigo disse:

    E como vão ser feitos as confirmações se não estam fazendo testes?

  6. César disse:

    Bom dia BG, será q a SESAP está coletando os dados dos hospitais particulares? Porq segundo informes, nesses hospitais tem pessoas com todos os sintomas. Gostaria q o blog visse essa questão junto ao governo.

COMENTE AQUI