Geral

Ilhas Canárias mantêm nível de alerta para vulcão que poderia gerar tsunamis no Brasil, especialmente, no Nordeste

governo das Ilhas Canárias, arquipélago localizado no noroeste do continente africano, manteve nesta sexta-feira (17) o nível amarelo de alerta para atividades sísmicas no vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma.

Segundo o comitê científico do Plano Especial de Proteção Civil e Atenção às Emergências de Risco Vulcânico das Ilhas Canárias (Pevolca), houve uma diminuição na atividade nas últimas horas, mas o cenário pode ser “transitório”.

Por sua localização, possíveis atividades sísmicas mais intensas poderiam, em tese, causar tsunamis ao longo da costa banhada pelo Atlântico – todo o litoral brasileiro e, no caso, em especial o Nordeste.

Segundo o governo das Canárias, o comitê de monitoramento deve permanecer no nível amarelo devido a atividades registradas em pontos com 6 e 8 quilômetros de profundidade, além de tremores mais superficiais.

O governo das Ilhas Canárias não descarta que a população sinta tremores de maiores intensidades em solo, mas essa ainda não é uma realidade.

O nível amarelo é o segundo na escala de quatro estágios de atenção: o verde indica normalidade e estabilidade; o amarelo requer uma atenção às comunicações oficiais de monitoramento.

Já o laranja indica o início de uma evacuação preventiva na região, e o vermelho é o nível máximo de urgência, com evacuação imediata da área.

Porém, a ocorrência de tsunamis causados pelos vulcões das Canárias seria um evento considerado extremamente raro.

Estudos compilados pelo portal meteorológico MetSul apontam, de um lado, que há uma “superestimações dos efeitos” dos tremores que comumente ocorrem em áreas de vulcões.

Em outra análise, feita pelo geólogo brasileiro Mauro Gustavo Reese Filho, o governo brasileiro deveria, por precaução, criar protocolos de evacuação e alerta caso os temores de um tsunami decorrente dos vulcões sejam concretizados algum dia.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap esclarece que vai manter vacinação contra a Covid entre adolescentes de 12 a 17 anos com ou sem comorbidades no RN

FOTO: ASSECOM/RN

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) esclarece que vai manter a deliberação tomada anteriormente em conjunto com os municípios e orienta a continuidade da vacinação contra a Covid-19 entre adolescentes de 12 a 17 anos, com ou sem comorbidades, no Rio Grande do Norte.

Para tanto, a Sesap irá aguardar ainda um posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), requisitado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), a respeito de eventuais mudanças com relação à aplicação dos imunizantes nos menores de idade, como sinalizou o Ministério da Saúde.

“A Sesap mantém seu apoio ao processo de vacinação, a confiança na segurança dos imunizantes disponíveis e nas experiências científicas que garantem a eficácia para esse público. É público e notório que o avanço da vacinação vem trazendo resultados substanciais no RN, salvando diversas vidas e evitando internações na rede de saúde”, diz texto do órgão.

 

Opinião dos leitores

  1. Tem chifre precisando de tratamento , isso já virou doença, assunto importante de vacinas ai mistura com admiração a bandido Ladrão incrivel ao grau de ……que chegou, deve ter algum remedio

  2. Merece aplauso a decisão. O MS devido a incompetência do governo não tem como garantir as vacinas prometidas no cercadinho e em anúncios do ministro da saúde, aí dá ré, e os bípedes de chifres saem espalhando suas chifradas, tipo vai fazer mal aos adolescentes. Seria mais honesto que o ministério da saúde dissesse não haver condições de atender nesse momento por não dispor de vacinas sem comprometer o esquema. Mas como honestidade e esse governo estão em direção opostas, preferem o caos que a verdade.

    1. 265 milhões de doses distribuídos, 215 milhões aplicadas, tem 50 milhões de doses sobrando

    2. Manoel,

      O Brasil tem 213.300.000 habitantes, nesse caso excluindo os menores de 12 anos, as perdas por frasco de vacina, necessitamos de no mínimo 500.000 doses, ainda estamos muito longe dessa meta, então NÃO EXISTE vacinas sobrando, pelo contrário…..

    3. Xará, parece que vc não calculou que a maioria das vacinas aplicadas no Brasil tem como protocolo aplicar DUAS doses, sendo exceção o uso da vacina de apenas UMA dose aqui. Logo, se foram distribuídas 265 milhões de vacinas, em teoria, estariam cobertas apenas 132 milhões de pessoas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Apesar negar intenção de agredir poderes, Bolsonaro mantém crítica a Moraes e cita Art 5º da Constituição Federal

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou nesta quinta-feira (9) uma manifestação pública a respeito da crise institucional entre os poderes da República.

Em dez pontos elencados, Bolsonaro afirma que não teve “nenhuma intenção de agredir quaisquer dos poderes” e justifica que suas palavras “por vezes contundentes, decorreram do calor do momento”.

No entanto, reiterou críticas ao ministro Alexandre de Moraes, a quem responsabilizou pelas divergências entre os poderes. “Boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news”, escreve o presidente.

Na sequência, o presidente Jair Bolsonaro cita “as qualidades como jurista e professor”, de Moraes, mas diz que “medidas judiciais serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais”.

Leia a íntegra:

“Declaração à Nação

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. O Temer tá pique Fernanda Montenegro em Central do Brasil: escrevendo carta pra analfabeto

  2. Em pensar que isso tudo podia ter sido evitado se o presidente tivesse cortado a internet de carluxa no início do mandato, mas deixou ele na net sem supervisão de um adulto e ele começou a fazer carinho no STF

  3. Como militar o nosso PR sempre mostrou-se indisciplinado, só que como criança mimada nunca levou umas palmadinhas para entrar no eixo. Agora essa criança mimada que cresceu sem limites quer porque quer colocar em prática seu plano sem nexo de pôr em xeque a estabilidade das instituições constituídas. Alguém faça o favor de lembrar a quem pensa que 2021 é 1964(ano do golpe militar) que procure logo um tratamento psiquiátrico enquanto o quadro for reversível.

  4. É aqui que tem uma boiada iludida com estado de sítio? (nome apropriado, no sítio tem gado…kkkkkk)
    Pêia no gado…kkkkkkkkkk

  5. É aqui que tem um estado de sítio?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Muuuuuuuuuummmmmmmmm

  6. Como sempre os bolsonaristas publicam as coisas sem apresentar a fonte, nesre caso, a carta foi redigida pelo ex- presidente Michel Temer, mas bolsonaristas não têm a decência de dar o crédito a quem tem. Segue a mentira a todo o vapor.

    1. Santa misericórdia, quanta sabedoria e fontes esse rapaz tem, cuidado, as vezes ler demais deixa o indivíduo desorientado e logorreico.

    2. Quem gosta de dar o crédito a ações de outros poderes é fátima Bezerra kkkkkkkkk

  7. O Imbroxavel esperava 1 milhão e meio de pessoas na avenida paulista. Ocorre que o povo na qual ele esperava, não pode comprar combustível, feijão, arroz, carne e tampouco pagar hoteis caros. Resumindo, o povo estará nas ruas no próximo domingo.

    1. Foi mais do que isso,, só não não viram os vesgos 🤭🤭🤭🤭🤭🤫🤫🤫🤫🤫🤫🤫🤫 e eleitores do 🐭🐭🐭🐭🐭🐭🐭🦴

  8. Bolsonaro está cada vez mais parecido com aquele leão velho de circo. Não tem presas mas passa o dia inteiro rosnando querendo botar medo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

MORTANDADE RIO POTENGI: TRF-5 nega recurso do MPF e mantém absolvição de empresas acusadas da tragédia ambiental

Foto: Reprodução

Os desembargadores federais da 2ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), à unanimidade, rejeitaram recurso do Ministério Público Federal e mantiveram a absolvição das empresas Imunizadora Potiguar e Norsa Refrigerantes e seus responsáveis no processo que investigou a mortandande de peixes no Rio Potengi no ano de 2007 e teve ampla divulgação midiática na época.

Na primeira instância, a Justiça Federal do RN julgou improcedente o pedido inicial da ação civil pública (que tramita sob o número 0801590-90.2018.4.05.8400), considerando haver um “cenário de dúvida” com relação à responsabilidade dos réus.

O MPF sustentava no recurso que diversos elementos comprobatórios confirmam a culpa das empresas e de seus gestores, bem como a omissão por parte dos servidores do Idema.

O relator, desembargador Leonardo Carvalho, detalhou em seu voto seguido à unanimidade que: “no entanto, embora se faça presente o laudo do IBAMA levantando como causa provável as condutas daquelas empresas, de igual forma constam dos autos laudos originários da Polícia Federal e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, além do produzido pelo IDEMA, que de forma separada e paralela, trazendo conclusões díspares do órgão ambiental federal, da mesma forma que testemunhas com capacidade técnica e notória qualificação o fizeram em juízo, apontando para diferentes responsabilização pelo desastre ambiental”.

Ainda segundo o magistrado, “o conjunto probatório carreado aos autos aponta, ainda, que o nível de poluição do rio Potengi já se mostrava elevado, por fatos anteriores ao apontado na peça de acusação, pelo que se pode concluir que diversos fatores vieram a influir para o desastre ambiental noticiado, de sorte que ao juízo sentenciante não sobreveio certeza quanto à responsabilidade, sendo de se impor, desta forma, o princípio in dubio pro reo”, destacou o magistrado pelo improvimento do recurso.

Confira o acórdão na íntegra AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

    1. Exatamente, afinal é quem literalmente carrega esse país nas costas!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Natal mantém vacinação no drive-thru do Sesi

A Prefeitura do Natal, em parceria com o Sesi, vai manter o ponto de vacinação contra a Covid-19 em formato de drive-thru no estacionamento do prédio, localizado na Av. Mor Gouveia a partir de segunda-feira (09). O encerramento do drive havia sido anunciado ontem (05), devido ao retorno das atividades presenciais no Sesi, porém a parceria será mantida, com os dois serviços no local: drive-thru no estacionamento e sala de pedestres no Ginásio. A Arena das Dunas volta a oferecer o sistema de drive para a vacinação contra a Covid-19, a partir da próxima segunda-feira (09).

A Secretaria Municipal de Saúde reforça ainda que a partir deste fim de semana todos os pontos de drive passam a aplicar os imunobiológicos de segunda a sábado das 08h às 16h, deixando de funcionar aos domingos, a partir do dia 08 de agosto.

Com isso, a SMS/Natal mantém a aplicação dos imunizantes, em novo horário, no Palácio dos Esportes, Nélio Dias, Sesi, Via Direta, e no novo ponto de aplicação que será retomado na Arena das Dunas. Os locais contam com pontos de vacinação para pedestres, exceto o Arena das Dunas que funciona exclusivamente em formato drive-thru. A população também pode buscar 35 UBS de segunda a sexta-feira.

As informações sobre os públicos em vacinação, documentação, informação em tempo real sobre a fila de carros, perguntas frequentes e demais informações oficiais podem ser conferidas através da plataforma Vacina Natal, disponível no endereço eletrônico vacina.natal.rn.gov.br .

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Estado mantém volta às aulas presenciais na rede pública

O retorno das aulas presenciais na rede pública está mantido, mesmo após a recente decisão do Supremo Tribunal Federal, na qual o ministro Alexandre de Moraes determinou que o Governo seguisse o plano original de retomada das aulas. A informação da Secretaria Estadual de Educação.

A afirmação do Estado ocorre depois que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (Sinte/RN) chegou a falar, baseado na decisão de Alexandre de Moraes, que o retorno estaria suspenso até a completude do esquema vacinal dos professores.

Com Tribuna do Norte

Opinião dos leitores

    1. Ficar em casa?! só se for…..não querem ir trabalhar, mas ficar em casa não ficaram mesmo!!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

STF mantém condenação do ex-governador do Rio Wilson Witzel

Foto: © Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, rejeitou o pedido ajuizado pelo ex-governador do Rio Wilson Witzel e manteve o resultado do julgamento e da condenação por crime de responsabilidade na gestão de contratos na área de saúde do estado.

O julgamento foi realizado no dia 30 de abril deste ano pelo Tribunal Especial Misto, composto por cinco deputados e cinco desembargadores do Estado do Rio de Janeiro.

O ex-chefe do executivo fluminense alegava ter sido julgado por um tribunal de exceção, uma vez que o Parágrafo 3º do artigo da Lei do Impeachment, que dispõe sobre a composição do Tribunal Especial Misto, não teria sido acolhido pela Constituição Federal de 1988 e seria incompatível com o princípio da impessoalidade.

De acordo com Witzel, ao negar a concessão de liminar em mandado de segurança, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), teria aplicado indevidamente as teses jurídicas firmadas pelo STF em diversos precedentes. Para o ex-governador, o Supremo “nunca apreciou a não recepção do artigo da Lei do Impeachment por incompatibilidade com o Inciso 37º do Artigo 5º da Constituição Federal, que veda a criação de tribunais de exceção”. Com este argumento, Witzel pretendia anular a eficácia de seu julgamento e de sua condenação pelo Tribunal Especial Misto até o julgamento final do mandado de segurança no TJRJ.

O ministro Alexandre de Moraes considerou que não existe violação às decisões do STF apontadas por Witzel, porque o juízo natural para o processo e julgamento de crime de responsabilidade praticado por governador de estado é o Tribunal Especial Misto. Na visão do ministro, em respeito ao processo legal e ao princípio do juízo natural, o STF já declarou expressamente a recepção da norma referente à formação do tribunal para o julgamento de governadores. Alexandre de Moraes descartou qualquer violação aos princípios da impessoalidade ou imparcialidade.

“Não há, portanto, qualquer violação aos princípios da impessoalidade ou imparcialidade, mesmo porque, a participação de parlamentares é condição indissociável ao procedimento investigativo de crime de responsabilidade, diante de sua natureza política”, disse.

“Diante do exposto, com base no art. 161, parágrafo único, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal, julgo improcedente a presente reclamação, ficando prejudicada a apreciação da questão de ordem suscitada pelo reclamante. Por fim, nos termos do art. 52, parágrafo único, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal, dispenso a remessa dos autos à Procuradoria-Geral da República.”

Witzel foi afastado do cargo no dia 28 de agosto do ano passado, por decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Benedito Gonçalves, após investigações do Ministério Público Federal (MPF) que apuraram desvios de recursos na saúde.

A decisão do ministro levou ao afastamento do ex-governador por 180 dias. Depois disso, em uma votação no plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) por 69 a 0, os deputados estaduais decidiram dar prosseguimento ao processo de impeachment do governador no Tribunal Misto. Com a notificação e formação do tribunal, o governador se tornou novamente afastado por 180 dias até ser concluído o julgamento que o afastou definitivamente do cargo.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Fiocruz: Brasil mantém tendência de melhora nas taxas de ocupação de leitos de UTI para Covid-19

Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

O Brasil continua apresentando tendência de melhora nas taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos na rede pública. O país também sinaliza queda nos índices de mortalidade pela doença, mas apresenta um alto platô de transmissão, em níveis superiores aos observados em meados de 2020, segundo novo boletim do Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

De acordo com o documento, entre 20 e 26 de junho foi observada estabilidade da incidência da Covid-19, com média de 72 mil casos diários. O número de novas infecções oscilou “ligeiramente”, com queda de 0,2% ao dia.

Já os óbitos pelo coronavírus apresentaram queda de 2,5% ao dia, com média de cerca de 1.700 mortes diárias. “Esse valor ainda é considerado muito alto, o que não permite afirmar que haja qualquer controle da pandemia no Brasil”, afirmam os autores.

Segundo os pesquisadores, a diferença entre as tendências observadas nos registros de casos e mortes pode ser reflexo da campanha de vacinação contra a Covid-19, que atualmente abrange uma grande parcela da população idosa e grupos com maior risco de apresentar formas graves da doença.

“Com a vacinação, a circulação de novas variantes do vírus pode aumentar a sua transmissibilidade, sem que isso represente um aumento no número de casos graves que necessitem internação”, informa o boletim.

Os autores apontam que a redução da ocupação de leitos de UTI em alguns estados pode ser resultado dessa “nova fase da pandemia no país”. Como a transmissão permanece intensa, alertam que podem ocorrer casos mais graves entre grupos populacionais não vacinados ou “‘potencializados pela vulnerabilidade individual e social”.

Ocupação nas UTIs para Covid-19

Segundo a Fiocruz, dados do dia 28 de junho ratificaram a tendência de melhora nas taxas de ocupação dos leitos de UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS), que já havia começado a ser observada na semana passada. Dez estados apresentaram quedas de pelo menos cinco pontos percentuais no índice.

Sete estados e o Distrito Federal (81%) apresentam taxas de ocupação iguais ou superiores a 80%. Os piores índices foram observados no Tocantins (90%), Paraná (94%) e Santa Catarina (92%). Em seguida estão Sergipe (88%), Mato Grosso do Sul (88%), Roraima (87%) e Goiás (85%).

Na região Nordeste, (Rio Grande do Norte), Maranhão, Ceará, Pernambuco, Alagoas e Bahia saíram da zona de alerta crítico para a de alerta intermediário, entre 60% e 80%, e Paraíba saiu da zona de alerta. Rio Grande do Sul e Mato Grosso também deixaram a zona crítica e entraram na intermediária.

Já o Amazonas apresentou alguma piora nas taxas, passando de 54% para 63% e voltando para o alerta intermediário. Piauí também teve piora, passando de 71% para 76%, pois tem sido muito afetado no interior, segundo os pesquisadores.

Medidas coordenadas

A Fiocruz ainda recomenda que, “até que seja decretado o fim da pandemia”, estados e municípios, com apoio do governo federal, combinem um conjunto de ações nas próximas semanas.

Elas incluem medidas não-farmacológicas, com objetivo de reduzir a propagação do coronavírus; relacionadas ao sistema de saúde, para aliviar a sobrecarga dos serviços e reduzir a mortalidade hospitalar; e políticas e ações sociais para mitigar os impactos da pandemia, principalmente para as populações e grupos mais vulneráveis.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Arena das Dunas mantém padrão de excelência na sua segurança

Manter o padrão de excelência na segurança da Arena das Dunas é um desafio. Porém, extremamente necessário. E tem sido com muita dedicação, profissionalismo e parcerias que o trabalho de manter um ambiente seguro vem se concretizando desde a sua fundação. A Arena conta com um plano de segurança integrado ao plano de reposta e emergência, atrelado a equipamentos modernos de monitoramento, bem como também com sua própria equipe patrimonial. A estrutura também contribui na formação de novos profissionais de segurança pública.

VÍDEO ABAIXO:

 

Opinião dos leitores

  1. Manter o time bem treinado, especialmente para situações de emergência, padrões de segurança bem definidos, Acompanhamento das quatro barreiras, atualização dos planos de segurança a cada histórico, necessidade, ampliação ou redução, mensurar sempre o nível de proteção/segurança, são valores considerados como regra de ouro da nossa gestão, para atingirmos o sucesso. A excelência. Parabéns, Daniel Pereira e todo o time Arena das Dunas!

  2. Conhece e admiro o trabalho da equipe de segurança da Arena das Dunas Natal, em partícula meu amigo Daniel Pereira, grande profissional.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Natal mantém funcionamento dos três Centros Covid-19 e atendimento de horário estendido em dez UBS

Em reunião na tarde dessa terça-feira (01), entre a Secretaria Municipal de Saúde de Natal e a Cooperativa dos Médicos – Coopmed, com pauta principal a escala nos Centros de Enfrentamento Covid-19, a Coopmed reiterou dificuldade em fechar a escala desses profissionais, mas que vai manter o envio dos profissionais diariamente os centros Covid de Natal. Com isso, a SMS Natal decidiu que os três Centros de Enfrentamento à Covid-19 da capital (Cemure, Nélio Dias e Palácio dos Esportes) vão funcionar de segunda à sexta – exceto feriados – no horário das 8h às 14h.

As pessoas que necessitam de atendimento médico para Covid-19, também podem procurar as unidades básicas da cidade, que contam com sala de priorização de atendimento (SPA), e reitera que após as 16h, dez Unidades Básicas de Saúde funcionam em horário estendido.

“Parte da nossa equipe das UBS é qualificada para fazer a coleta do teste swab e até o final da próxima semana todos os profissionais serão qualificados para que, caso o médico prescreva, a coleta do swab aconteça na própria UBS evitando deslocamentos dos pacientes”, disse George Antunes, secretário de Saúde de Natal.

O Secretário adiantou também que o Palácio dos Esportes será um Centro Avançado para tratamento da Covid-19, que vai atender pacientes regulados das UPAS, UBS e tratamento pós Covid da Rede Municipal de Hospitais. “ Ainda nesta semana daremos mais informações sobre o Centro Avançado. Estamos trabalhando para colocar em funcionamento no dia 07 de Junho”, declara.

Horário de atendimento estendido

Distrito Sanitário Norte I (segunda a sexta-feira)

UBS Pajuçara: Rua Maracaí, S/N – 7h às 16h

UBS Nova Natal: Rua do Pastoril, S/N, Conjunto Lagoa Azul – 7h às 19h.

Distrito Sanitário Norte II (segunda a sexta-feira)

UBS Panatis: Rua Milton Servita Brito, nº 994, Potengi – 7h às 19h.

UBS Vale Dourado: Rua irmã Vitória, 706, N. Srª. da Apresentação – 7h às 19h.

Distrito Sanitário Leste (segunda a sexta-feira)

UBS São João: Av. Romualdo Galvão, nº 891, Tirol – 13 às 20h.

UBS Brasília Teimosa: R. Miramar, nº 32, Praia do Meio – 16h às 19h.

Distrito Sanitário Oeste

UBS Felipe Camarão II: R. Santa Cristina, S/N – 8h às 19h (segunda, quarta e sexta-feira)

UBS Bom Pastor: R. Augusto Calheiros, nº 1 – 8h às 20h (segunda a sexta-feira).

Distrito Sanitário Sul (segunda a sexta-feira)

UBS Nova Descoberta: Av. Xavier da Silveira – 8h às 20h.

UBS Rosângela Lima: Rua Santa Beatriz, 11, Planalto – 7h às 19h.

Opinião dos leitores

  1. Falta informar que não tem médico. As filas de pacientes covid estão enormes e voltam pra casa sem atendimento e sem realizar os exames. Seria uma nova metodologia de controle dos casos? Faz sentido.

    1. Se pra conseguir contratar e manter médicos pra pronto atendimento a Prefeitura está tendo essa dificuldade toda, imagine para montar uma UTI, onde são necessários diversos insumos, diversos aparelhos sofisticados e profissionais devidamente qualificados (todos esses estão em falta no mundo todo)…

  2. O Prefeito Álvaro Dias, fazendo sua parte. Enquanto o governo do estado, segura vacinas.
    #FORA FATIMA CADEADO

    1. Que parte ele está fazendo?? Está faltando gestão no pagamento do pessoal, valorizar categorias que realmente são essenciais para a população!

  3. Falta gente pra vacinar, mas a idade não baixar de maneira nenhuma. Já inventaram todo tipo de comorbidade e sem comorbidade, mas baixar a idade que é bom, nada.

    1. Desvios de vacinas, já está claro. Favorecimento político em troca de vacinas, Atestados falsos e desvios pra correligionários, famíliares e amigos, são os políticos e gestores que estão tirando proveitos ilegais, polícia civil, PF, MP e ALRN pfv, fiscalize essa imoralidade. É estarrecedor esse absurdo

    2. A culpa de falta médico é dos gestores ou seja prefeito e governadores.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

ESTADUAL: Pleno do TJD-RN mantém pena de perda de pontos do Palmeira

Foto: Reprodução/ TV FNF

O Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte manteve a pena com a perda de 12 pontos ao Palmeira pela escalação irregular de um jogador com menos de 16 anos em três jogos do Campeonato Nota Potiguar 2021.

Com a perda de pontos, o Verdão do Agreste aparece agora na última colocação na soma geral dos dois turnos com apenas um ponto conquistado. A diretoria do Palmeira ainda pode recorrer ao STJD e estuda tomar essa decisão.

No julgamento de ontem, 20 de maio, o TJD-RN decidiu anular a multa de R$ 500,00 que seria aplicada ao clube.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Natal mantém vacinação e funcionamento dos Centros Covid no feriado de Tiradentes

Foto: Alex Régis/Secom

A Prefeitura do Natal mantém nesta quarta-feira (21), feriado de Tiradentes, a vacinação contra Covid-19 (imunizante Oxford) e Influenza, que acontecem simultaneamente nos drivers do município. O horário de funcionamento dos pontos de vacinação segue das 08h às 16h.

Natal continua vacinando pessoas a partir de 63 anos disponibilizando a segunda dose do imunizante Oxford para quem estiver dentro do tempo aprazado no cartão vacinal. Já para a Influenza, neste momento a imunização é destinada aos trabalhadores da saúde, gestantes, crianças de seis a meses a menores de seis anos e mães em até 45 dias após o parto. Em todos os casos é necessário levar documento de identificação com foto, cartão de vacinação e comprovante de residência de Natal.

Na quinta-feira (22), os imunobiológicos continuam sendo disponibilizados nos drivers que funcionam no feriado e ainda no drive do SESI (Covid), além das Unidades Básicas de Saúde. Até que chegue uma nova remessa de vacinas para retomada do drive UnP e Arena das Dunas, esses locais ficarão em manutenção provisoriamente a partir do feriado.

Centros Covid

O funcionamento dos Centros de Atendimento para Enfrentamento da Covid Nélio Dias e Cemure também continua na quarta-feira (21), assim como no sábado (24) e domingo (25), pela Secretaria Municipal de Saúde de Natal, no horário das 08h às 16h.

Destinado a pacientes com casos leves sugestivos de infecção pelo coronavírus (tosse, febre, dor de cabeça, perda de olfato ou paladar), nos Centros Covid os usuários têm acesso à consulta médica, dispensação de medicamentos e possibilidade de testagem swab com prescrição.

Locais de vacina:

Via Direta (Covid)
OAB (Covid)
Nélio Dias (Covid e Influenza)
Palácio dos Esportes (Influenza)

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN mantém intervalo de 14 a 28 dias entre doses da CoronaVac

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informa que a campanha de imunização contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte vai seguir com a recomendação de intervalo de 14 a 28 dias entre a aplicação das duas doses da vacina CoronaVac. No domingo passado (11), um estudo preliminar do Instituto Butantan apontou que a eficácia desta vacina pode aumentar de 50,7% para 62,3% quando o intervalo entre as doses é maior, de 21 a 28 dias.

Em meio a dúvida, a Sesap informou que continua valendo a recomendação enviada aos municípios na nota técnica mais recente, do dia 2 de abril. Mas pede preferência para aplicação da segunda dose no período máximo – depois do 21º dia.

“Ressaltamos que é de extrema importância que os esquemas vacinais com a D2 (segunda dose) sejam completados até a 4ª semana (de 2 a 4 semanas) após a dose inicial. Orienta-se que a D2 seja administrada, preferencialmente, levando em consideração o intervalo máximo (4 semanas)”, diz a nota.

Em Natal, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que não recebeu nenhuma recomendação do Ministério da Saúde e seguirá a atual – com a aplicação a partir de 14 dias. A pasta disse que, se o Ministério da Saúde orientar um novo período entre as doses, “seguirá as recomendações e atualizações do MS”.

Com acréscimo do G1

Opinião dos leitores

  1. Infelizmente tem Currais Novos adotaram outro protocolo de nais de 30 dias,após a primeira dosagem. Nisso minha mãe gripou e como fica a eficácia??

  2. É bom que as próximas doses sejam só para 2 dose para não acontecer como João Pessoa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Câmara Municipal de Natal mantém restrições e retoma reuniões virtuais das comissões

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Natal publica nesta terça-feira (6), no Diário Oficial do Município, o Ato n° 09/2021 determinando a manutenção das medidas restritivas com a suspensão das atividades presenciais, porém, retomando as reuniões das comissões permanentes de modo virtual, com as deliberações através do Sistema de Deliberação Remota – SDR.

O encontro, mesmo que remoto, entre os vereadores das comissões se faz necessário para a tramitação dos projetos que são encaminhados para votação em plenário durante as sessões ordinárias, que continuarão ocorrendo às terças e quartas-feiras, às 14h, também de forma exclusivamente virtual com Sistema de Deliberação Remota – SDR.

Durante as sessões, no plenário só serão permitidas as entradas dos membros da Mesa Diretora (presidente, 1º e 2º secretários), de um procurador legislativo e dos servidores de apoio do Setor Legislativo, TV Câmara e Assessoria de Comunicação e Redes Sociais da Câmara Municipal.

Continuam suspensas as demais atividades da Casa, bem como permanece restrito o acesso às dependências do Poder Legislativo e aos gabinetes parlamentares. Fica proibida a presença do público externo. As atividades administrativas da Diretoria Geral, Controladoria, Recursos Humanos, Setor Financeiro e Administração, inclusive os procedimentos licitatórios, que são atividades essenciais ao mínimo funcionamento administrativo da Câmara Municipal, sendo o trabalho efetuado através de regime de escala e tele trabalho, quando possível. O novo ato ficará em vigor até o dia 16 de abril.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Gilmar Mendes contraria entendimento de Nunes Marques e mantém proibição de missas e cultos em SP

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes rejeitou nesta segunda-feira (5) a concessão de uma liminar (decisão provisória) para suspender o decreto do governo de São Paulo que proíbe celebrações religiosas no estado diante do aumento expressivo dos casos e mortes pela Covid-19. O ministro enviou o caso ao plenário da Corte.

A decisão contraria o entendimento do ministro do STF Nunes Marques, que determinou neste sábado (3), em caráter liminar, que governadores e prefeitos não podem proibir a celebração de atos religiosos desde que preservados protocolos sanitários, entre eles, lotação máxima de 25% da capacidade do local.

Com as decisões conflitantes, caberá ao plenário do Supremo dar a palavra final sobre a liberação, ou não, dos cultos e missas. De acordo com o blog da Andréia Sadi, o presidente do STF, ministro Luiz Fux, marcou o julgamento para esta quarta-feira (7).

A suspensão da proibição foi pedida pelo PSD em uma ação em que o partido questiona o decreto do governo de São Paulo, que instituiu medidas emergenciais destinadas ao enfrentamento da pandemia, entre elas, a proibição de cultos, missas e outras atividades religiosas com presença de público no estado.

O partido afirmou que a restrição é desproporcional e atinge o direito fundamental à liberdade religiosa e de culto das religiões. A legenda disse ainda que medidas menos gravosas podem ser adotadas para garantir o direito à saúde da população sem prejuízo da realização das atividades religiosas de caráter necessariamente presencial.

Em sua decisão, Mendes afirmou que estados e municípios podem fixar medidas restritivas para o enfrentamento da pandemia, inclusive, o fechamento de templos e igrejas. Para Mendes, restringir cultos não atinge a liberdade religiosa, uma vez que não interfere nas liturgias.

“A restrição temporária de frequentar eventos religiosos públicos traduz ou promove, dissimuladamente, alguma religião? A interdição de templos e edifícios equiparados acarreta coercitiva conversão dos indivíduos para esta ou aquela visão religiosa? Certamente que não”, afirmou.

O ministro disse ainda que, além da escalada do número de mortes, São Paulo vive um verdadeiro colapso no sistema de saúde.

“Em um cenário tão devastador, é patente reconhecer que as medidas de restrição à realização de cultos coletivos, por mais duras que sejam, são não apenas adequadas, mas necessárias ao objetivo maior de realização da proteção da vida e do sistema de saúde”, afirmou.

O relator ressaltou também que a restrição imposta em São Paulo levou em consideração questões técnicas.

“No caso em tela, a própria norma impugnada esposa o entendimento de que as medidas impostas foram resultantes de análises técnicas relativas ao risco ambiental de contágio pela COVID-19 conforme o setor econômico e social, bem como a necessidade de preservar a capacidade de atendimento da rede de serviço de saúde pública”, disse.

O ministro citou que o presidente do STF, Luiz Fux, e a ministra Rosa Weber já reconheceram que as restrições de realização de cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas podem ser determinadas por decretos municipais e estaduais e que podem se mostrar medidas adequadas e necessárias para o enfrentamento da pandemia da Covid-19.

O Brasil vive o momento mais crítico da pandemia. Nas últimas 24 horas foram registradas 1.233 mortes em decorrência da Covid-19 e 30.939 novos casos da doença no país. Totalizando, 331.530 óbitos e 12.983.560 casos desde o início da pandemia.

Outra ação

Gilmar mendes rejeitou nesta segunda-feira (5) um pedido do Conselho Nacional de Pastores do Brasil (CNPB) que também solicitava a suspensão do decreto do governo de São Paulo, que proíbe celebrações religiosas no estado diante do aumento expressivo dos caso e mortes pela Covid-19.

Em sua decisão, Mendes alegou que o STF já fixou o entendimento de que a Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure) não tem legitimidade para entrar com ações constitucionais na Corte para questionar medidas de restrição de locomoção por causa da Covid-19, por isso, o CNPB também não teria. A decisão de Nunes Marques que liberou os cultos foi dada em uma ação da Anajure.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Com o colapso de saúde de São Paulo, esse governador desastrado, não vai levar nem uma carraspana, sei, ele é do PSDB, partido do dono do STF.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap mantém distribuição de vacinas durante Semana Santa

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) vai manter a entrega de doses das vacinas contra a covid 19 durante o período da semana santa, com objetivo de manter o ritmo de aplicação das doses na população.

Para isso, a Sesap solicita aos municípios que mantenham a continuidade de todas as ações em torno da vacinação para que não haja descontinuidade da campanha e o estado continue avançando na imunização dos grupos prioritários.

Opinião dos leitores

  1. O pessoal só vai se baixarem as idades de vacinação , acredito que vcs já vacinaram todos seus apaniguados que anteriormente não tenham direito e agora conseguiram, então por favor baixe as idades e vamos vacinar quem realmente tem direito acima dos 60 anos.

  2. Vacina continua na faixa etária de 69 anos. Está parada nessa faixa etária. Se tivesse avançado de terça-feira para hj estaria talvez vacinando a faixa de 65 anos para baixo.

  3. Lamentável a postura do prefeito e do secretário de saúde de Natal, desvirtuando da determinação do Ministério da Saúde, em priorizar o grupo de idosos. Estamos há muitos dias paralisados em 69 anos , sem haver por parte desses representantes, quaisquer explicações. Cadê as autoridades competentes, para cobrarem uma posição. Isto caracteriza improbidade administrativa , passível também de ação penal. Praticamente todos os municípios brasileiros, estão vacinando faixa etária em torno de 64 anos. Exemplo João Pessoa, que já está vacinando na faixa etária de 60 anos. O grupo da faixa etária de 60 anos acima , exige explicações. Em eleições, teremos retorno

  4. A SESAP era pra pagar aos polícias que estão fazendo segurança das vacinas na suas folgas( Diárias operacional) desde de janeiro e ainda não pagaram até hoje.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *