Política

Comissão da Câmara ignora protesto de deputados oposicionistas e adia votação de parecer do voto impresso nas eleições de 2022

Foto: DIVULGAÇÃO/TRE-PR

A comissão especial criada pela Câmara dos Deputados para analisar o voto impresso obrigatório já nas eleições de 2022, adiou nesta sexta-feira (16) a votação do parecer favorável do relator, deputado Filipe Barros (PSL-PR), sobre a proposta.

A decisão foi anunciada pelo presidente da comissão, Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), em meio a protestos de deputados oposicionistas e independentes, que defendiam que a votação fosse feita nesta sexta.

“Essa é uma prerrogativa do relator, confome o artigo 57, inciso 11, do regimento interno. Eu concedo o prazo para o relator fazer ajustes no texto até a próxima sessão ordinária”, disse Martins, encerrando a reunião.

Publicamente, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 135/19 era rejeitada por dirigentes de 11 partidos políticos antes da votação. Prevendo a derrota iminente, os deputados governistas chegaram a pedir pela retirada de pauta da proposta antes da votação para chegar a um parecer que fosse aprovado.

A proposta é uma das bandeiras do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que afirma que o sistema de urnas eletrônicas não é seguro, embora ainda não tenha apresentado prova de fraudes. Na semana passada, ele chegou a ofender o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso, e ameaçar as eleições caso o voto impresso seja negado.

A ideia dos governistas, porém, era de que o sistema seja híbrido, com a impressão do voto registrado na urna eletrônica, o que permitiria auditoria no resultado das eleições.

No último dia 5, a comissão especial, formada por 32 deputados, encerrou a discussão sobre o relatório. Oito deputados da oposição apresentaram votos em separado em que pedem a rejeição da proposta e defendem a manutenção da urna eletrônica atual. Houve pedido de vista (mais tempo para analisar o tema) conjunto do texto e a votação foi adiada.

R7

Opinião dos leitores

  1. Eh necessário fazer uma dieta excessiva de capim cloroquinado pra ainda acreditar no MINTOmaníaco das rachadinhas que tem sua família eleita várias vezes pelo voto eletrônico, inclusive pra presidência e só agora vem com essa história sem pé nem cabeça… Ele vai perder seja em votação manual ou eletrônica e isso eh so uma desculpa pra ele inventar mentiras depois… Engraçado que ele disse q N Estados Unidos houve fraude nas eleições manuais … Vai entender…

    1. Quando um tapado agride a inteligência de quem realmente é inteligente para defender um modelo que só o Brasil, Butão e Bangladesh usam… É muita alienação. Gado são os outros. Patético. Esses bandidos de colarinho branco adoram gente dessa qualidade.

  2. Esse time da esquerda maldita sabe que sem fraude a maioria deles não se reelegerão nem por um decreto, então como são verdadeiros “barraqueiros”…………

  3. Todo o mundo sabe quem tá saindo de suas funções institucionais para fazer política e reabilitar o delinquente. Se vc acha que esse tipo de brincadeira ainda não vai se voltar contra vc, é pq vc não entendeu NADA.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FOTO: Barreira sanitária em Mossoró apreende 700 litros de leite in natura impróprio para consumo

Foto: Cedida

Uma barreira sanitária montada na RN-117, em Mossoró, apreendeu nesta terça-feira (28) 700 litros de leite in natura impróprio para consumo. De acordo com o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) da prefeitura de Mossoró, o leite estava sendo transportado fora da temperatura de refrigeração, o que implica risco sanitário ao consumidor pelo fato de ser produto perecível com rápida proliferação de bactérias e contaminantes.  A operação contou com a participação do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (Idiarn), Secretaria de Estado da Tributação do Rio Grande do Norte (SET) e Guarda Civil Municipal.

Segundo o SIM, também não há nenhuma fiscalização na obtenção desse leite, na ordenha das vacas, questão de higiene e manipulação no momento de ordenha. O produto apreendido foi descartado no Aterro Sanitário.

Durante a fiscalização, os veículos eram verificados se estavam transportando produtos de origem animal sem registro no órgão oficial de inspeção. Um veículo que estava transportando produtos de origem animal também fora da temperatura de refrigeração também foi autuado e os produtos encaminhados novamente à distribuidora.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministro da Saúde anuncia dose de reforço contra Covid-19 para pessoas com mais de 60 anos

Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou de um evento em João Pessoa, capital da Paraíba, e por meio de uma videoconferência nesta terça-feira (28), anunciou a ampliação da aplicação de doses de reforço das vacinas contra Covid-19 para idosos acima de 60 anos.

Até aqui, o Ministério da Saúde havia anunciado a dose de reforço para imunossuprimidos, profissionais de saúde e pessoas com 70 anos ou mais. A dose de reforço em pessoas com 60 anos ou mais, entretanto, já ocorre em alguns locais, como Salvador e São Paulo.

O ministro em exercício da pasta, Rodrigo Cruz, reforçou a medida durante uma entrevista à TV Cabo Branco.

“E, hoje, a recomendação é de que todos brasileiros acima de 60 anos tomem essa dose de reforço. São todos os brasileiros [dentro da faixa etária anunciada] que tomaram as segundas doses há mais de seis meses”, disse.

Ainda conforme Rodrigo Cruz, a distribuição das doses de reforço para este novo grupo deve começar a ser realizada ainda nesta semana.

Vacinação de outros grupos

Durante a entrevista, o ministro em exercício lembrou que profissionais de saúde também devem tomar as doses de reforço das vacinas contra a Covid-19, medida aprovada na última sexta-feira (24).

“Além de reforçar a imunização por faixa etária, mostrou-se interessante reforçar a imunização do profissional de saúde também”, reforçou.

A previsão da pasta é de que até o fim do mês de outubro deste ano, a distribuição de imunizantes para vacinação de adultos a partir dos 18 anos esteja concluída.

G1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

VÍDEO MEIO-DIA RN: Confira o programa desta terça-feira

Confira programa desta terça-feira (28). O Meio–Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo. Clique abaixo e assista via YouTube.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Cientistas criam vacina em adesivo mais eficaz que injeção e autoaplicável


Foto: Reprodução/University of North Carolina at Chapel Hill

Cientistas da Universidade de Stanford e da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, nos Estados Unidos, criaram uma vacina em formato de adesivo, impressa em 3D, que demonstrou oferecer maior proteção que a vacina aplicada por meio de injeção.

A inovação é composta por microagulhas impressas em 3D alinhadas em um adesivo de polímero e apenas o tempo suficiente para alcançar a pele para aplicar a vacina.

O estudo foi realizado em animais e publicado pela equipe de cientistas no Proceedings of the National Academy of Sciences. Os resultados mostraram que a resposta imune resultante do adesivo vacinal foi 10 vezes maior do que uma vacina aplicada em um músculo do braço com uma picada de agulha.

O “truque”, segundo os cientistas, é aplicar o adesivo da vacina diretamente na pele, que está cheia de células do sistema imunológico que as vacinas visam.

“Ao desenvolver esta tecnologia, esperamos estabelecer a base para um desenvolvimento global ainda mais rápido de vacinas, em doses mais baixas, de uma maneira sem dor e sem ansiedade”, disse em comunicado o principal autor do estudo e empresário em tecnologia de impressão 3D Joseph M. DeSimone, professor de medicina translacional e engenharia química na Universidade de Stanford e professor emérito da UNC-Chapel Hill.

No comunicado em que divulgaram os resultados ao público, os pesquisadores lembram que a pandemia do novo coronavírus mostrou a importância da vacinação feita em momento oportuno, mas, ao mesmo tempo, destacou obstáculos logísticos, como ter que se dirigir a um posto de imunização, necessidade de geladeira ou freezer para armazenamento, manipulação dos frascos por profissionais treinados e, por fim, injeção no braço.

“Enquanto isso, os adesivos de vacina, que incorporam microagulhas revestidas de vacina que se dissolvem na pele, podem ser enviados para qualquer lugar do mundo sem manuseio especial e as próprias pessoas podem aplicar o adesivo. Além disso, a facilidade de uso de um adesivo vacinal pode levar a taxas de vacinação mais altas”, destacaram os cientistas.

UOL

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Petrobras anuncia alta de 9% no diesel nas refinarias a partir de quarta-feira

A Petrobras reajustou o preço do diesel nas refinarias em quase 9%, após 85 dias de estabilidade, segundo anúncio desta terça-feira (28).

Com a mudança, o valor médio do combustível vendido às distribuidoras vai de R$ 2,81 para R$ 3,06 por litro, um reajuste médio de R$ 0,25 por litro.

“Esse ajuste é importante para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras”, disse a companhia em comunicado.

A estatal diz ainda que o aumento reflete parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo e da taxa de câmbio.

O repasse do aumento para as bombas, nos postos, depende de uma série de questões, como margens de distribuidoras e revendedoras, misturas de biodiesel, assim como tributos.

‘Política de preços não muda’

Na tarde de ontem, o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, convocou coletiva de imprensa para reforçar que não haverá mudança na política de preço dos combustíveis da empresa.

“Entendo como uma oportunidade para mostrar como a Petrobras tem participado de tudo isso. Começo afirmando que não há nenhuma mudança na política de preço da Petrobras. Continuamos trabalhando da forma como sempre trabalhamos”, disse.

O anúncio foi feito após repercussão de comentário do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que disse que chegou a falar com o ministro de Minas e Energia sobre como diminuir o preço dos combustíveis.

CNN Brasil

 

Opinião dos leitores

  1. “Na tarde de ontem, o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, convocou coletiva de imprensa para reforçar que NÃO HAVERÁ mudança na política de preço dos combustíveis da empresa” . Depois dessa afirmação fica claro que mesmo que se ZERE o ICMS, de nada adiantará para o consumidor.

  2. O ICMS é o imposto com maior impacto no preço dos combustíveis na bomba. O aumento dos mesmos pela Petrobrás e importadores determina o aumento e reflete a realidade do mercado. Ou seja, uma redução nos impostos, principalmente ICMS, teria um impacto positivo no preço nas bombas. Poderia reduzir pelo menos para o Diesel. A discussão, como sempre, é superficial, só pra lacração política.

  3. Vejo aqui muitos colocando a culpa no presidente. Isso é uma política de preço da Petrobras desde o governo temer ! Se o presidente interferir vão dizer q é indevida ! E se não interferir é culpa dele. Perai omi.. sejam pelo menos coerentes com as críticas infundadas

    1. Eu até sei que o aumento dos preços dos combustíveis pela Petrobras é política da Estatal desde Temer mas foi o próprio MINTO que disse q iria mudar o presidente da Petro (apesar que muitos sabem que foram outros motivos que tem a ver com um contrato de publicidade de cerca de 100 milhões de reais) para apaziguar os aumentos sucessivos nos preços dos combustíveis. Então , se ele mentiu que aguente as cobranças! Ainda vem culpar os Estados pelo ICMS que nem teve aumento de alíquota…

  4. Faz arminha enrolado com a bandeira do brasil e depois solta um peido e grita é o minto, a culpa é de Lula e Dilma.

  5. Assim fica difícil pra gadolândia e outros que postam aqui acreditar nas mentiras do MINTO das rachadinhas! O ICMS dos Estados continua o mesmo: Então como pode ser culpa dos governadores?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: Polícia Civil divulga identidade de mulher desaparecida desde o início deste mês em Natal

Foto: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), divulgou, nesta terça-feira (28), o desaparecimento de Maria de Fátima Pelágio, 56 anos, natural da cidade de João Pessoa, desaparecida desde o dia 13 deste mês.

Segundo as informações, a mulher, diagnosticada com transtorno bipolar, já possui um histórico de desaparecimento e de constante deslocamento para a sua cidade natal (João Pessoa).

A Polícia Civil solicita que a população continue informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, que possam auxiliar na localização de Maria de Fátima.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FOTOS: Ministério das Comunicações marca mil dias de governo com entregas no assentamento Maísa, no RN

Ministro das Comunicações, Fábio Faria, inaugurou, nesta terça-feira (28), serviços de inclusão digital na comunidade. Fotos: Divulgação

O assentamento Maísa, em Mossoró, no Rio Grande do Norte, saiu do deserto digital e entrou para o mapa da conectividade. Essa nova realidade se tornou possível graças a entregas realizadas nesta terça-feira (28/9) pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria. A população recebeu pontos de conexão via satélite que vão garantir internet banda larga gratuita, por meio do programa Wi-Fi Brasil. Além disso, o ministro fez a doação de 100 computadores, por meio do programa Computadores para Inclusão. A ação marca o ciclo de mil dias de governo.

Na cerimônia, o ministro recordou que 48 milhões e 500 mil pessoas não tinham acesso à internet no início de 2019. Cenário de exclusão que está se transformando graças aos programas desenvolvidos. “Assumi o ministério e implantamos o programa chamado Wi-Fi Brasil. A gente pega uma antena da Telebras e coloca em uma praça, em uma escola, em algum órgão público, e hoje já são 15 mil pontos. Já são 9 milhões de pessoas que saíram do escuro, do deserto digital – igual à Maísa – para ter internet e estar conectado om os brasileiros”, destacou.

As cinco mil famílias que vivem no assentamento agora poderão usufruir de todos os benefícios que a tecnologia proporciona. As entregas do MCom marcam o início de uma nova fase com inclusão social e digital para a população. A internet e os novos computadores chegam como um sinal de esperança para comunidades de Maísa e Alagoinha, levando conectividade para cinco Unidades Básicas de saúde (UBS), três escolas e uma base da Polícia Militar. “Hoje todos os órgãos públicos da saúde, da segurança, e da educação de Maísa já têm Wi-Fi gratuito e ilimitado”, comemorou o ministro Fábio Faria.

As comunidades beneficiadas estão instaladas em uma área correspondente à antiga Fazenda MAISA (Mossoró Agroindustrial S.A.), símbolo de força da agropecuária na região, grande produtora de caju e melão. Porém, ao longo do ano de 2002, seus quase 20 mil hectares foram desapropriados.

*Conectividade* – Nos últimos anos, o Brasil passou por importantes transformações que impactaram, para melhor, o dia a dia dos brasileiros. O Ministério das Comunicações (MCom), recriado em 2020, tem se destacado com as políticas de promoção de inclusão digital e expansão dos serviços de conectividade, com o esforço de trazer tecnologia de banda larga móvel de quinta geração para o país, o chamado 5G; e com o fortalecimento do setor de radiodifusão; além de garantir que as parcelas mais vulneráveis da população tenham acesso à recepção de televisão digital.

Já são 14 mil pontos de internet banda larga gratuita, via satélite, do programa Wi-Fi Brasil. Do total, 78% estão nas regiões Norte e Nordeste, sendo que mais de 10 mil conexões estão instaladas em escolas da rede pública, 91% delas em atividade na região rural. O programa também beneficia unidades de saúde, telecentros, povos e comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas e pescadores), além de outros equipamentos de interesse público. Nos próximos meses, a instalação de mais três mil pontos foi pactuada com a Telebras (2.000), com a Fundação Banco do Brasil (500) e com o Sebrae (500). Só no RN, são 119 municípios atendidos com 450 pontos instalados (78% na área rural).

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

PENSE NUMA ‘ORATÓRIA’: Greta Thunberg critica líderes mundiais em evento sobre clima: “Não existe planeta B, não existe planeta blá blá blá, economia verde blá blá, neutralidade do carbono até 2050, blá blá”

Foto: Flavio Lo Scalzo / REUTERS

A ativista sueca Greta Thunberg criticou líderes mundiais durante o evento “Youth4Climate” realizado nesta terça-feira pela Organização das Nações Unidas (ONU) em Milão, um mês antes da conferência climática COP26. Greta afirmou que os representantes apenas apresentam “promessas vazias” em prol do clima, enquanto fazem um “trabalho insuficiente”.

— Não existe planeta B, não existe planeta blá blá blá, economia verde blá blá, neutralidade do carbono até 2050, blá blá. Isso é tudo o que ouvimos de nossos chamados líderes: palavras. Palavras que parecem boas, mas não levaram a nenhuma ação. Nossas esperanças e sonhos são afogados em suas palavras e promessas vazias — disse.

A jovem lamentou a falta de ações concretas de dirigentes e chegou a afirmar que eles agem dessa forma “propositalmente” porque afirmam implementar medidas contra as mudanças climáticas, enquanto continuam a explorar recursos, mas “não o fazem aumentar os fundos para os países vulneráveis “.

As Nações Unidas, o governo da Itália e a presidência da COP26 convidaram 400 jovens de quase 200 países, entre 15 e 29 anos, para passar três dias em Milão e redigir uma declaração conjunta que será apresentada aos respectivos ministros numa reunião durante o próximo fim de semana.

— Convidam jovens para reuniões como esta e fingem nos ouvir, mas não fazem. Nunca nos ouvem. Mas é possível mudar as coisas — ressaltou.

A ativista terminou o discurso perguntando várias vezes para a plateia: “O que queremos e quando queremos?”, e o público respondeu: “Ação climática agora”.

COP26

Adiada por conta da pandemia de Covid-19, a COP 26 será realizada presencialmente na Escócia entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro. Em maio, o presidente da conferência, Alok Sharma, informou que a cúpula era a “última esperança” de limitar o aumento da temperatura média global a abaixo de 1,5°C em relação à era pré-industrial, limiar a partir do qual os cientistas acreditam que a mudança climática seja incontrolável.

Segundo a ONU, as emissões de gases causadores do efeito estufa teriam de ser reduzidas em quase 8% a cada ano para se manter dentro do aumento global de 1,5°C exigido pelo Acordo de Paris. Isso seria o equivalente a economizar anualmente, até 2030, a mesma quantidade de emissões feita durante a pandemia.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Se esta mulher é um modelo para a juventude a humanidade está frita. Parece ter QI bem abaixo do esperado. Talvez uns 60 ou 70.

  2. Se a mídia divulgasse o que ela come, onde mora e como é o seu dia a dia, além dos seus meios de transporte, constataria mais um blefe progressista.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Natal terá Dia D para vacinação antirrábica neste sábado

Foto: SMS

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS/Natal) vem intensificando a vacinação antirrábica de cães e gatos no município com a antecipação da campanha, em 16 de agosto, após a incidência do vírus rábico em algumas regiões da cidade. No próximo sábado (02) será realizado o Dia D, com vacina disponível em vários pontos da cidade para que os tutores possam levar seus animais para receber o imunizante.

A campanha foi iniciada de forma volante com programação semanal porta a porta, sendo essa semana de 27 de setembro a 01 de outubro voltada para os bairros de Ponta Negra (proximidades do Frasqueirão), Barro Vermelho (proximidades da Régulo Tinoco), Guarapes (conjunto Santa Clara), Pajuçara (conjunto Além Potengi, loteamento Novo Horizonte e conjunto Vila Verde) e no Potengi (conjunto Soledade II nas proximidades da Avenida João Medeiros Filho).

A SMS/Natal vai divulgar ainda essa semana a lista com todos os pontos vacinais do Dia D. A capital conta com uma população de 108.335 animais domésticos aptos a receber o imunizante, sendo 68.892 cães e 39.443 gatos, mas até agora atingiu 18.426 do total dessa população, que representa 23,9%. A meta é vacinar pelo menos 80% da população total desses cães e gatos na cidade no ano de 2021.

“Vale salientar que até o momento o vírus da Raiva somente foi identificado em Quirópteros (morcegos), no total de 11 casos confirmados pelo Laboratório Central (Lacen). Mas é muito importante ter adesão da população nessa vacinação para diminuição dos riscos de contágio e disseminação do vírus rábico em animais domésticos, consequentemente contribuindo para a proteção e segurança de suas famílias. Tutores que tenham a partir de 05 animais e condomínio residenciais também poderão agendar a vacinação domiciliar através dos telefones 3232-8235 e 3232-8237 ou preencher o formulário disponível no site da Prefeitura”, indica Vaneska Gadelha, Chefe do Centro de Controle de Zoonoses de Natal.

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 25,1%

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 25,1%, registrada no fim da manhã desta terça-feira (28). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 101.

Até o momento desta publicação são 158 leitos críticos (UTI) disponíveis e 53 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 103 disponíveis e 48 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 30% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 14,8% e a Região Seridó tem 17,6%.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *