Condenada por quebrar ovo em Bolsonaro, estudante faz vaquinha virtual, ultrapassa valor e diz que vai doar o excedente

Estudante quebra ovo em Bolsonaro | Reprodução

Sabe a estudante Alana Gabriele de Oliveira Arruda, a Gabrielle Van Pelt, 25 anos, condenada a pagar R$ 499 por ter quebrado um ovo no então presidenciável Jair Bolsonaro, em agosto de 2017, em Ribeirão Preto?

A vaquinha virtual que ela abriu no site Catarse para “pagar o ovo mais caro do mundo” arrecadou, até ontem, R$ 1.985. Ela disse que vai doar o excedente.

Ancelmo Gois – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joaquim disse:

    Vamos jogar ovos podres.

  2. Potiguar disse:

    A moça deveria pagar R$ 499 por conta de um ovo e arrecadou quase R$ 2.000, 00. Imagine, se o Adélio fizer? Arrecadará milhões em poucos dias.

  3. Ceará-Mundão disse:

    Vejam o tipo de gente, vejam a índole, o caráter desses esquerdopatas doentes e seguidores de bandidos. Era a elementos desse naipe que o nosso Brasil estava entregue. Dá prá entender perfeitamente porque estamos nessa situação. Mas, sairemos e nos livraremos dessa corja. Nas próximas eleições a gente completa a faxina. Político sabido tratará ao menos de camuflar suas más intenções. Ou será desempregado pelo povo.

    • Michel disse:

      Fala muita mercadoria esse Ceará, o bom e velho "eles contra nós". Sua atitude não ajuda o Brasil, cada comentário esbravejando ódio, parece que foi abusado por alguém com a camisa vermelha.

  4. Giselle disse:

    Quero doar…

COMENTE AQUI